domingo, 18 de agosto de 2019

Açores: Liga Grupo ESO RE/MAX começa a 22 de Setembro

Desportivo de São Roque com o maior recinto de jogo

A edição do Campeonato de Futebol dos Açores/Liga Grupo ESO RE/MAX que começa a 22 de Setembro conta com oito campos sintéticos e com dois relvados naturais.
O estádio João Paulo II, em Angra do Heroísmo, onde actuará o Lusitânia, e o estádio municipal de Santa Cruz, da Graciosa, onde jogará o Marítimo da Graciosa, são os únicos com relva natural.
Os restantes recintos dispõem de relvados sintéticos, uns mais recentes do que outros.
Em matéria de dimensões, é o campo de São Roque, onde o Desportivo local realizará os seus jogos, o de maiores dimensões dos 10 que compõem o campeonato. São 105 metros de comprido e 68 de largura.
Cinco rectângulos de jogo dispõem das mesmas medidas. O estádio municipal de Angra do Heroísmo, “casa” do Sport Angrense; o estádio da Alagoa, na Horta, recinto do Fayal Sport; campo do Sporting de Guadalupe; campo de São Roque do Pico, do Vitória, e o estádio municipal de Santa Cruz, “casa” do Maritimo da Graciosa. Todos têm 100 metros de comprimento e 64 de largura
O campo do Boavista da Ribeirinha é o que apresenta as medidas mais reduzidas. Tem 101 metros de comprimento mas somente 54 metros de largura, o que, por exemplo, impede de ali serem disputados jogos do Campeonato e da Taça de Portugal. 
O estádio municipal da Ribeira Grande, que volta a receber os jogos do Desportivo de Rabo de Peixe, apresenta 105x65, com o campo João Gualberto Borges Arruda, na Lagoa, a ter 103 metros de comprido e 65 de largo para o Operário actuar.
Finalmente o Lusitânia vai jogar no estádio João Paulo II, em Angra do Heroísmo, com 104x68 metros.
CA/MN

Sem comentários: