O eurodeputado do PS André Bradford, que estava em coma induzido desde dia 8 de julho após um episódio de síncope e paragem cardiorrespiratória, morreu esta quinta-feira no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, aos 48 anos de idade.
O eurodeputado tinha tomado posse recentemente no Parlamento Europeu, tendo o socialista açoriano seguido em quinto lugar na lista do PS às europeias de maio.
Natural de Ponta Delgada, André Bradford era licenciado em Comunicação Social e tornou-se no ano de 2000 assessor de imprensa da Secretaria Regional do Ambiente do Governo dos Açores, tendo desempenhado depois funções de assessor político e de secretário regional.
Como deputado à Assembleia Legislativa Regional dos Açores, exercia as funções de líder do grupo parlamentar do PS até ter sido apontado pela estrutura regional do partido para integrar a lista nacional socialista nas eleições europeias de 26 de maio de 2019.
As mensagens de condolências e de tristeza pelo falecimento de André Bradford têm surgido de várias frentes, desde o Governo Regional, Governo da República, Partidos Políticos, Presidente do Parlamento Europeu, Sindicatos, entre outros.
À família enlutada endereçamos as nossas sentidas condolências.
AO/MN