terça-feira, 6 de junho de 2017

Marcelo Rebelo de Sousa terminou visita aos Açores

Visita do Presidente da República “excedeu claramente as expetativas”, afirma Vasco Cordeiro
O Presidente do Governo dos Açores afirmou que a visita do Presidente da República a todas as ilhas dos grupos Ocidental e Central do arquipélago, que hoje terminou em São Jorge, excedeu, claramente, as expetativas.
“Julgo que falo por todos os Açorianos que tiveram oportunidade de contactar com o Senhor Presidente da República, que esta visita excedeu, claramente, as expetativas”, salientou Vasco Cordeiro, no balanço conjunto desta deslocação de Marcelo Rebelo de Sousa às ilhas do Corvo, Flores, Terceira, Pico, Graciosa, Faial e São Jorge.
Em declarações aos jornalistas, o Presidente do Governo considerou que esta visita permitiu que o Presidente da República atualizasse o conhecimento que já tinha das ilhas que foram visitadas, mas também que o Governo dos Açores apresentasse um conjunto de aspetos de grande relevância para a Região, assim como as suas posições sobre os mesmos.
“Foi uma visita que, sobretudo, naquelas áreas em que, porventura, poderá ter havido a aparência de uma diferente opinião, teve, claramente, a vantagem de ter reafirmado a liberdade, a abertura e a compreensão para a expressão dessas posições”, disse Vasco Cordeiro.
Falando na ilha de São Jorge, o Presidente do Governo destacou que, em relação a todas estas matérias, o Executivo regional compromete-se a buscar a melhor solução para a Região, porque, “como disse o Senhor Presidente da República, o melhor para os Açores é, também, o melhor para Portugal”.
Questionado sobre a questão relativa ao cargo do Representante da República, Vasco Cordeiro garantiu que “esta não é uma questão de pessoas, não é uma questão de caraterísticas pessoais”.
“É uma questão que tem a ver com a conceção e com o trabalho que está a ser feito sobre a forma como, hoje, quatro décadas passadas da consagração da Autonomia, pode este cargo fazer, ou não, sentido”, afirmou o Presidente do Governo.
GaCS/PC /MN
 

Sem comentários: