quinta-feira, 25 de maio de 2017

Programa 'Mais Família, Mais Jovem' na Praia da Vitória

Educação Parental é aposta forte do Governo dos Açores, afirma Andreia Cardoso
A Secretária Regional da Solidariedade Social afirmou, na Praia da Vitória, que o Governo dos Açores está empenhado, através de programas como o de Educação Parental, em garantir que pais e cuidadores disponham de todos os recursos no sentido da construção de uma relação saudável com os seus filhos.
“Este projeto de Educação Parental é um projeto em que o Governo tem apostado muito em toda a Região”, frisou Andreia Cardoso, recordando o recente encontro que contou com a presença de cerca de duas centenas de famílias integradas em grupos de formação e comprovou que “não há estigma na Educação Parental, todos podemos precisar de apoio, independentemente das nossas circunstâncias”.
Andreia Cardoso falava quarta-feira no encerramento de mais um conjunto de formações do programa 'Mais Família, Mais Jovem', que decorreram no primeiro semestre de 2017, durante o qual foram entregues 10 diplomas a pais e crianças que completaram, com sucesso, as formações no eixo de intervenção dirigido ao contexto escolar nas escolas Básica e Secundária Tomás de Borba e Secundária Vitorino Nemésio.
A titular da pasta da Solidariedade Social elogiou as escolas participantes pelo seu envolvimento e por terem acolhido “de braços abertos” este projeto, considerando-o importante para o sucesso educativo das crianças.
Entre as várias medidas promovidas pelo Governo dos Açores em matéria de apoio à criança e à família, e tendo como objetivo a promoção de uma parentalidade positiva, os programas de Educação Parental têm vindo a ser reforçados desde a sua implementação, em 2011, abrangendo cuidadores, figuras parentais e técnicos de São Miguel, Terceira, Faial e Pico.
A primeira edição do 'Mais Família, Mais Jovem', dirigido a famílias com crianças/jovens dos 9 aos 18 anos de idade, teve lugar em julho de 2016, com a participação de 63 profissionais da área, e foi realizada em parceria com o Centro Social e Paroquial Nossa Senhora de Oliveira, através de um protocolo com a NORMA-AÇORES e com a Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, da Universidade de Coimbra.
Estão previstas novas edições deste programa formativo para o segundo semestre deste ano, que abrangerão os contextos escolar, residencial e de famílias sinalizadas pelas entidades competentes ou que queiram participar por sua própria iniciativa.
GaCS/SC /MN

Sem comentários: