domingo, 14 de maio de 2017

Campeonato de Portugal Prio: Praiense não conseguiu subir

CPP - Zona sul - Subida:
Do sonho ao pesadelo em 180 minutos
Praiense esteve à porta da subida direta à II Liga mas agora só no play-off poderá concretizar a desejada promoção.
O Praiense passou do sonho ao pesadelo em apenas 180 minutos. A formação da Praia da Vitória dependia apenas de si para garantir a subida direta à II Liga mas nas últimas duas jornadas do campeonato deixou escapar a posição privilegiada que ocupava.
Depois da derrota consentida em casa diante do Fátima, o Praiense estava obrigado a ganhar ao Farense para manter a posição sem depender de terceiros. Perdeu por 3-1 e foi ultrapassado pelo Real Massamá que recebeu e bateu o Sacavenense por 2-1.
Mas não se perdeu tudo. O Praiense ainda vai ter a oportunidade de discutir a subida no play-off com uma equipa da II Liga, adversário que será apurado na última jornada deste campeonato. O Fátima, que empatou em casa frente ao Louletano, ficou arredado das posições cimeiras.
O Operário também não conseguiu melhor do que uma igualdade sem golo no terreno do Torreense, terminando a segunda fase do campeonato na última posição mas com a permanência há muito garantida.
Grupo E - Manutenção-Despromoção:
Lusitânia conseguiu a manutenção na última jornada em Alcobaça
 Quem festejou a manutenção foi o Lusitânia que foi a Alcobaça derrotar o despromovido Ginásio por 3-0, mantendo-se assim à frente do Angrense que recebeu e derrotou o Benfica e Castelo Branco por 3-2, resultado insuficiente contudo para evitar a liguilha de permanência. Já o Sporting Ideal bateu em casa o Sertanense por 2-1, fechando o campeonato com um triunfo caseiro.
Acácio Mateus

Sem comentários: