segunda-feira, 15 de maio de 2017

4ª Edição do Azores Trail Run com 700 atletas

Azores Trail Run esgota voos e hotelaria
A prova de corrida em trilhos conta com 700 inscritos e irá realizar-se de 26 a 27 de maio, no Pico e Faial.
O Azores Trail Run conta com 700 inscritos e esgotou hotelaria e voos, afirmou à Lusa o diretor da prova.
"Enchemos a hotelaria toda, é muito difícil haver um quarto neste momento no Faial para as datas da prova. O mesmo se passa com os voos, se há 15 dias se tentasse marcar uma viagem custava 700 euros, neste momento não custa nada porque não há", explicou Mário Leal.
O diretor do Azores Trail Run defendeu mesmo a "marcação de voos extras" na programação anual da SATA, companhia aérea que assegura as ligações entre as ilhas dos Açores, porque "há pessoas a tentar chegar à ilha do Faial por todas as vias".
Mário Leal lembrou também que a competição exige uma "logística enorme", envolvendo cerca de 200 pessoas na organização. Além de bananas, "produto de eleição dos atletas", os 14 pontos de abastecimento existentes para todas as provas implicam "muitas toneladas de água, laranjas, marmelada, queijos, amendoins, favas, tomate e sal".
A quarta edição do evento que inclui corridas e caminhadas, dos 10 aos 120 quilómetros, vai levar aos Açores cerca de 500 pessoas "de fora da Região", entre estas "cerca de 100 estrangeiros de 23 nacionalidades diferentes" sendo Alemanha, Espanha, França, Reino Unido e Luxemburgo os países representados com maior número de atletas.
 A maior novidade deste ano está na grande rota dos Baleeiros. São 120 km, com a linha de partida a ser dada no porto salão e a meta no vulcão dos capelinhos.
Atletas de 23 países participam nesta edição. Esta é uma das provas com mais notoriedade não só nos Açores como no estrangeiro. 
 O "Trilho dos 10 Vulcões", de 22 quilómetros, continua a ser a prova mais procurada, havendo um limite de 250 participantes, estando ainda marcada para sábado provas de 25, 48 e 70 quilómetros, no Faial, depois do quilómetro vertical, no Pico, na véspera.
Fonte: Lusa /MN

Sem comentários: