quarta-feira, 26 de abril de 2017

Vasco Cordeiro falava na Câmara Municipal das Velas

Investimento público garante condições para os Açorianos construírem o seu futuro, afirma Vasco Cordeiro
O Presidente do Governo afirmou, no passado domingo à noite, na ilha de São Jorge, que o esforço de investimento público que está a decorrer em toda a Região tem o objetivo de criar as condições para permitir que os Açorianos construam o seu futuro.
“Os investimentos que estão a decorrer por todas as ilhas têm o objetivo de serem colocados à disposição das comunidades que visam servir, para que elas, aproveitando-os da melhor forma, possam construir o seu futuro”, afirmou Vasco Cordeiro, que falava na sessão solene promovida pela Câmara Municipal das Velas, no âmbito das Festas de São Jorge.
Na sua intervenção, o Presidente do Governo manifestou-se ainda convicto que, “se cada um cumprir o seu papel o melhor possível, na respetiva área”, os Açores terão todas as condições para, como Região, vencer os desafios com que estão confrontados.
Nesse sentido, Vasco Cordeiro destacou o compromisso do Governo em criar as condições em São Jorge, assim como nas restantes ilhas, com vista a um cada vez maior desenvolvimento, através da realização de investimentos públicos destinados às comunidades em que se inserem.
“Temos cerca de 43 milhões de euros de investimento público em São Jorge em plena execução e outros 13 milhões em fase de contratação”, salientou Vasco Cordeiro, apontando os exemplos da ampliação do porto comercial das Velas, da nova escola da Calheta, da recuperação da Igreja das Manadas, da beneficiação e ampliação dos centros de saúde da Calheta e das Velas, da construção da rampa Ro-Ro da Calheta, do melhoramento da operacionalidade do porto do Topo, assim como da requalificação da Casa de Repouso João Inácio de Sousa, após o levantamento das respetivas necessidades, e da requalificação do CAO da Calheta.
Nesta sessão solene, o Presidente do Governo destacou, por outro lado, o trabalho dos Jorgenses e dos Açorianos que permitiu uma “pujança visível e notória” em setores como o Turismo, que, no caso de São Jorge, cresceu 57 por cento em fevereiro no número de dormidas, em relação ao mesmo mês do ano passado, enquanto os proveitos totais subiram quase 16 por cento no mesmo periodo.

GaCS/PC/MN                        

Sem comentários: