quarta-feira, 26 de abril de 2017

Santa Casa da Misericórdia do Corvo

Governo dos Açores garante fornecimento de refeições escolares aos alunos do Corvo
O Secretário Regional da Educação e Cultura afirmou hoje, em Ponta Delgada, que os alunos do Corvo poderão ter acesso a refeições preparadas e servidas pela Santa Casa da Misericórdia local “no início do próximo ano letivo”.
Avelino Meneses, que foi ouvido na Comissão de Assuntos Sociais da Assembleia Legislativa sobre uma proposta de construção de um refeitório e fornecimento de refeições escolares na Escola Básica e Secundária Mouzinho da Silveira, salientou, em declarações aos jornalistas, que aquele serviço está dependente da conclusão das obras que decorrem na cozinha da Santa Casa da Misericórdia do Corvo.
A Secretaria Regional, segundo adiantou Avelino Meneses, celebrou há cerca de uma semana um protocolo com a Santa Casa da Misericórdia do Corvo que, entre outros aspetos, contempla o fornecimento de refeições aos alunos e a utilização do refeitório nas instalações contíguas à escola do Corvo.
Com esta solução, que não prevê necessariamente a construção de uma cozinha e de um refeitório, com custos estimados em mais de 300 mil euros, sem contar com a eventual necessidade de contratar pessoal especializado, o Governo dos Açores garante aos estudantes do Corvo “os mesmos direitos como aos das demais ilhas”, frisou o Secretário Regional.
Avelino Meneses salientou que, num arquipélago caraterizado pela "diversidade", como os Açores, "nem sempre as soluções a adotar serão idênticas para todos em todas as ilhas”, frisando que existe “a obrigação de explorar alternativas” em benefício, no caso, “da gestão do erário público e sem prejuízo da comunidade estudantil do Corvo”.
GaCS/PB/MN

Sem comentários: