segunda-feira, 3 de abril de 2017

Inuguração de água do Cabouco do Cume na Terceira

Furo de captação de água do Cabouco do Cume vai beneficiar 220 explorações agrícolas na Terceira, afirma João Ponte
O Secretário Regional da Agricultura e Florestas considera que investir no reforço do abastecimento de água “é importante e estruturante para a agricultura na ilha Terceira, na medida que vai abastecer toda a rede de água à lavoura do Perímetro de Ordenamento Agrário da Serra do Cume e Agualva beneficiando, assim, 220 explorações agrícolas no concelho da Praia da Vitória”.
João Ponte falava hoje na inauguração do furo de captação de água do Cabouco do Cume, respetivo equipamento, eletrificação e ligação aos 25 Km da rede distribuidora, com 460 ramais, 4 reservatórios e 8 pontos de abastecimento, que custou 360 mil euros.
“A obra que que hoje disponibilizamos aos lavradores”, afirmou João Ponte, “vai permitir tornar a rede autónoma do Cabrito e sem quebras no abastecimento, mantendo uma boa qualidade da água fornecida”.
O Secretário Regional considera que “houve um percurso extraordinário na Região em termos de investimentos em infraestruturas para a atividade agrícola, seja no domínio dos caminhos, da água ou da eletricidade. Hoje, quando assistimos a algumas críticas sobre o trabalho do Governo nesta matéria, elas são perfeitamente injustas.
Para o Secretário Regional, “a infraestrutura que agora se inaugura representa mais um passo na estratégia de atuação do Governo Regional nesta área, que é norteada pelos objetivos de promover o desenvolvimento sustentado das zonas rurais, incentivar a modernização e diversificação da agropecuária, contribuindo para a melhoria da competitividade da produção regional e elevando a qualidade do trabalho dos agricultores da Região”.
João Ponte recordou na ocasião que “os principais e mais importantes investimentos efetuados nos últimos anos no abastecimento de água à lavoura na ilha Terceira estiveram focados na captação de novas fontes de água para fazer face às necessidades dos agricultores".
 Assim, o Governo Regional executou o furo de captação de água subterrânea no Cabrito, o reservatório na Ribeira dos Moinhos, o abastecimento de água ao Pico da Bagacina e a rede de abastecimento de água à Canada de Santana. Investimentos com um valor global superior a meio milhão de euros.
Nos últimos anos, em infraestruturas de apoio às explorações agrícolas, o Governo Regional executou 314 km de caminhos agrícolas, 107 dos quais na Terceira, e 523 km de extensão da rede de abastecimento de água, 156 dos quais nesta ilha.
“Como sabemos, atualmente verifica-se uma grande pressão no preço do leite pago aos produtores" afirmou, “daí que este tipo de investimentos, que são da responsabilidade do Governo Regional, têm de continuar no futuro com o objetivo de dar melhores condições aos agricultores e reduzir os seus custos de exploração”.
“O facto de o produtor ter hoje água nas suas explorações”, segundo João Ponte, “dá outro tipo de condições para a produção do leite e para que este tenha a qualidade que todos nós desejamos e que maximiza o rendimento dos produtores”.
Para o Secretário Regional, “obras desta importância e com este alcance terão de prosseguir no futuro para que o setor continue a evoluir e para que continue a atingir os patamares de excelência que nós desejamos.
João Ponte dirigiu ainda uma palavra aos autarcas de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória, presentes na ocasião, agradecendo o contributo que têm dado ao setor agrícola, assegurando o abastecimento de água em zonas que a empresa IROA não consegues chegar, dai que as parcerias com o poder local são essenciais para o desenvolvimento na agricultura na ilha Terceira continue.
GaCS/SF

Sem comentários: