quarta-feira, 1 de março de 2017

Victor Fraga visitou o Porto da Madalena no Pico


Análise ao manto de proteção do Porto da Madalena avança logo que existam condições climatéricas favoráveis
O Secretário Regional dos Transportes e Obras Públicas anunciou hoje, no Pico, que, logo que existam condições climatéricas favoráveis, será imediatamente realizada “uma análise a todo o manto de proteção" do Porto da Madalena, através de uma sonda de varrimento lateral.
Vítor Fraga, em declarações no final de uma visita ao porto e toda a zona envolvente, onde se registaram danos provocados pelo mar alteroso que ocorreu segunda-feira, adiantou que já foi contactada a entidade que fará este trabalho, que avança logo que as condições climatéricas o permitam “para se ter uma estimativa do custo envolvido nos danos provocados por esta intempérie”.
A visita do Secretário Regional dos Transportes e Obras Públicas, que também contou com a presença do Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia e do Conselho de Administração da Portos dos Açores, permitiu uma primeira inspeção visual ao molhe, concluindo-se que, além do que "já era visível, com o deslocamento dos blocos do muro de cortina, existe um indício de que tenha havido também algum deslocamento junto do manto de proteção”.
Vítor Fraga salientou que é necessário aguardar a melhoria do estado do tempo, adiantando que, “por aquilo que são as previsões, esta semana não será possível” realizar este levantamento, acrescentando que, no limite, será feito “no decorrer da próxima semana”, embora as condições não sejam ainda muito favoráveis.
“Só depois disso é que se poderá ter uma estimativa quer dos montantes que estão envolvidos, quer do prazo de execução da obra”, disse o titular das pastas dos Transportes e das Obras Públicas. 
Por outro lado, Vítor Fraga salientou que na zona do pesqueiro também se verificaram galgamentos, o que “requer também uma análise, em termos de solução de intervenção, para evitar que situações futuras venham a acontecer, uma vez que a zona de proteção que aqui estava sofreu alguma degradação a este nível”, não havendo assim garantias de que não volte a acontecer.
Em relação à operação no Porto da Madalena, o Secretário Regional recordou que, para já, “foi emitido um aviso de sinalização pela Capitania, e o tráfego está condicionado”.
No que se refere à operação do tráfego local, acrescentou, implicará “uma deslocalização mais para o interior da bacia”, sem mais alterações, fazendo com que continue a decorrer normalmente.
Vítor Fraga revelou ainda que há uma intervenção que se prevê que seja feita de imediato, que é a remoção dos blocos que estão em cima do cais e do bloco que caiu para o interior da bacia.
Segundo o Secretário Regional, essa intervenção terá lugar “no menor espaço de tempo", acrescentando que, assim que estiver terminada, as condições serão retomadas em termos de manobrabilidade dentro da bacia.
Enquanto decorrer essa operação, “toda a operação naquela zona do cais fica condicionada, pela própria intervenção que será necessário efetuar”, afirmou Vítor Fraga.
GaCS/HB/MN

Sem comentários: