quarta-feira, 8 de março de 2017

Secretário Regional do Mar visita à Fábrica de Santa Catarina

Obra de melhoria do entreposto frigorífico das Velas arranca no quarto trimestre deste ano, afirma Gui Menezes
O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou hoje, em São Jorge, que as obras de melhoria do entreposto frigorífico das Velas “vão avançar no quarto trimestre deste ano”, salientando a importância deste investimento para a conservação e valorização do pescado capturado na ilha.
Gui Menezes adiantou que o projeto da obra ficou concluído em dezembro de 2016 com os devidos licenciamentos, estando a Lotaçor a analisar a nova portaria que regula o FEAMP - Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas, de modo a proceder à sua candidatura no decorrer deste mês.
O Secretário Regional do Mar, que falava à margem de uma visita à Fábrica de Santa Catarina, destacou a "importância desta unidade conserveira para a economia da ilha e da Região”, enquanto geradora de emprego.
Gui Menezes afirmou que a conserveira “tem tido uma atitude muito inovadora nesta fileira”, apontando a aposta em “produtos de qualidade”, reconhecidos a nível internacional.
Nesse sentido, lembrou o Prémio 5 Estrelas, arrecadado pela conserveira Santa Catarina em fevereiro, um galardão que distingue serviços, produtos e marcas que estão no topo da preferência dos portugueses, tendo sido o único produto da Região a receber este prémio.  
Na data em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, o Secretário Regional fez questão de frisar "o papel que as mulheres têm na indústria conserveira”, onde “a mão de obra é essencialmente feminina”.
O governante referiu ainda a importância das mulheres em toda a fileira da pesca, nomeadamente no setor extrativo, nas associações do setor e também na área da investigação, onde o seu trabalho é muito relevante.
Nesta deslocação a São Jorge, Gui Menezes esteve também reunido com a associação de pescadores desta ilha, tendo-se inteirado das preocupações dos profissionais da pesca jorgenses, nomeadamente de questões relacionadas com a recolha do peixe e a manutenção de equipamentos nos portos de pesca.
Questionado pelos jornalistas, o Secretário Regional do Mar defendeu que o projeto para a obra de melhoria do Porto do Topo “deverá ser reformulado”, estando previsto “lançar novo concurso durante este ano”.
“Este Governo tem intenção de realizar esta obra”, assegurou Gui Menezes, prevendo o seu arranque em 2018.
GaCS/GM/MN

Sem comentários: