quarta-feira, 8 de março de 2017

Secretário Regional da Agricultura e Florestas nas Capelas

João Ponte destaca importância das mulheres no setor agrícola açoriano
O Secretário Regional da Agricultura e Florestas destacou hoje, nas Capelas, em S. Miguel, a "importância crescente" que as mulheres têm vindo a assumir no setor agrícola dos Açores.
“Os dados revelam que este deixou de ser um setor quase exclusivamente masculino, assumindo as mulheres um papel cada vez mais relevante, não só como proprietárias de explorações agrícolas, mas também como modelos de inovação, dinamismo e capacidade de conciliar o trabalho com a vida familiar”, afirmou João Ponte.
Os últimos dados conhecidos do Inquérito à Estrutura das Explorações Agrícolas de 2013 indicam que, entre as 11.825 explorações registadas na Região, 10.464 pertenciam a homens e 1.361 a mulheres.
O Secretário Regional, na data em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, visitou a exploração agrícola de Marília Câmara, uma agricultora de 45 anos que tem a exploração registada em seu nome desde 2004, onde trabalha com o marido, além de cuidarem dos dois filhos.
A exploração tem meia centena de animais, dos quais 33 vacas em lactação, numa área de cerca de 18 hectares com ordenha fixa e um pequeno estábulo.
Além de tratar de toda a parte financeira e burocrática da exploração, Marília Câmara também ajuda nas operações.
A sua proatividade levou-a a fazer projetos de investimento e a ocupar durante 10 anos um lugar nos corpos sociais da AJAM - Associação de Jovens Agricultores Micaelenses.
“Trata-se de um exemplo de empreendedorismo na agropecuária açoriana", frisou João Ponte, destacando este exemplo, como o de "tantas outras mulheres neste setor que contribuem de forma significativa para o desenvolvimento desta área, que é um autêntico motor económico da Região”.
GaCS/SF/MN

Sem comentários: