sexta-feira, 31 de março de 2017

Inaugurado o gabinete de representação dos Açores e Madeira

Vasco Cordeiro destaca importância do Gabinete de Representação em Bruxelas para a defesa dos interesses dos Açores
O Presidente do Governo destacou a importância do Gabinete de Representação das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira em Bruxelas, hoje inaugurado, frisando que o sucesso deste espaço depende da utilização que lhe for dada pelas forças representativas das sociedades civis das duas regiões.
“Este não é um espaço de representação do Governo, mas de representação da Região e isto não é uma questão de terminologia, porque faz recair também sobre o conjunto das forças vivas da Região a responsabilidade sobre aquilo que deve ser e que será este espaço”, afirmou Vasco Cordeiro na cerimónia de inauguração.

Para o Presidente do Governo, o gabinete de representação agora inaugurado na capital belga, localizado junto ao edifício sede da Comissão Europeia, “será aquilo que os parceiros sociais, as administrações, os governos quiserem que seja”.
Na sua intervenção nesta cerimónia, que contou com a presença da Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Margarida Marques, além de membros do corpo diplomático, eurodeputados e representantes dos parceiros sociais, Vasco Cordeiro salientou que este gabinete de representação será “um espaço de afirmação” das duas regiões autónomas portuguesas em Bruxelas, mas garantiu que “não é concorrente, nem alternativo à REPER - Representação Permanente de Portugal junto da União Europeia”.
 “Este espaço não visa apenas ser mais um instrumento a juntar ao trabalho desenvolvimento pela REPER, ao trabalho desenvolvido pelos eurodeputados, ao trabalho desenvolvido num conjunto muito variado de instituições da União”, frisou, acrescentando que, a partir de agora, existe “mais este instrumento para ajudar a promover e a defender os interesses dos Açores e da Madeira”.
“Este é o momento de início, é o momento de construção daquela que será a função deste espaço. Esta é a casa dos Açores e a casa da Madeira em Bruxelas. Utilizem-na, recorram a ela, dêem-lhe a utilidade, realizem o potencial que esta ideia claramente tem”, afirmou Vasco Cordeiro.
GaCS/FR/MN

Sem comentários: