sábado, 4 de março de 2017

Futebol nos Açores: Campeonato de S. Miguel

Campeonato de São Miguel da 1ª Divisão

Jornada dominada pelo equilíbrio

Registaram-se três empates na 10.ª jornada do Campeonato de São Miguel de futebol. Apenas o Mira Mar logrou vencer, numa ronda onde foram apontados onze golos.
As igualdades verificadas nos jogos Águia dos Arrifes-Vitória do Pico da Pedra e Vale Formoso-Santiago beneficiaram a equipa do Marítimo, que assim continua a assumir a liderança, agora com mais dois pontos de vantagem sobre o Vale Formoso e Vitória do Pico da Pedra e mais três sobre o Águia dos Arrifes.
Face aos desfechos apurados, as posições das equipas na pauta classificativa mantêm-se inalteráveis, com o conjunto do Marítimo a aguentar o comando, seguido pelo Vale Formoso e Vitória a ocuparem os lugares imediatos. No 4º lugar continua a formação do Águia, que folga na próxima ronda onde poderá ver o Mira Mar aproximar-se. Os povoacenses somaram três importantes pontos, depois de quatro jornadas sem vencer qualquer jogo.
No confronto de maior cartaz, Águia e Vitória empataram-se, resultado que agrada mais a equipa vitoriana. De realçar que, antes do jogo, foi guardado um minuto de silêncio em memória de Manuel Bispo, antigo atleta e Presidente do Águia, falecido recentemente.
Os golos do Águia foram marcados por Bruno Alves e Hugo Machado, um em cada parte. O mesmo aconteceu com os tentos da equipa comandada por António Oliveira, que foram apontados por Paulo Roberto, de penálti, e Vitinha. Dirigiu a partida César Andrade.
O Vale Formoso não conseguiu superar em casa o Santiago. Já com Pedro Costa no banco, o emblema pauense alcançou um precioso ponto no terreno do principal candidato. Mesmo assim, esse resultado não retira a equipa do 6.º posto, a oito pontos do comandante Marítimo.
Moskito fez o golo “axadrezado” ainda no decorrer da 1.ª parte, tendo João Carraia apontado o tento do Santiago na etapa complementar. A arbitragem de João Paulo Branco foi muito contestada pelas duas equipas
.
RABO DE PEIXE “B” COM GRUPO REDUZIDO
Na Ribeira Grande e perante número reduzidíssimo de público, o Mira Mar triunfou sobre o Desportivode Rabo Peixe “B” pela margem mínima. Logo aos 2’ de jogo Telmo inaugurou o marcador, após excelente arrancada, não dando qualquer hipótese ao guarda-redes André. Aos 25’ é a vez de Pedro Cabral fazer o 2.º golo para a formação de Ricardo Miranda.
O tento de honra do Desp. Rabo Peixe “B” foi apontado por Diogo Marroco, num soberbo cabeceamento (60’), após bom cruzamento da direita.
O técnico do Desp. Rabo Peixe “B” Vítor Cunha, ainda a cumprir castigo associativo, tem um plantel bastante reduzido. Viu a sua equipa jogar com menos dois elementos nos instantes finais da partida devido a lesões. Um deles foi o guarda-redes Vieira que saiu maltratado aos 82’, tendo Lelé ocupado o seu lugar na baliza. Já no tempo de compensação foi Diogo Marroco que saiu pelos mesmos motivos. Assim, não há treinador que resista. O experiente árbitro Duarte Travassos deixou o jogo endurecer algumas vezes. Diversas entradas grosseiras de jogadores da equipa da casa, mereciam maior atenção por parte do mais antigo árbitro da nossa Associação de Futebol.
CA/MN
Resultados da 10.ª jornada:
Desp. Rabo Peixe “B”, 1 – Mira Mar, 2;
Águia dos Arrifes, 2 – Vitória Pico da Pedra, 2;
Vale Formoso, 1 – Santiago FC, 1;
Santo António, 1 – Marítimo, 1 (realizado a 19/2).
Folgou a Casa Povo Maia.
A classificação está assim ordenada:
1.º Marítimo, 20 pts (17 golos marcados e 10 sofridos); 2.º Vale Formoso, 18 pts (28-7); 3.º Vitória, 18 pts (17-10); 4.º Águia, 17 pts (20-12); 5.º Mira Mar, 14 pts (14-9); 6.º Santiago, 12 pts (13-12); 7.º Desp. Rabo Peixe “B”, 6 pts (12-21); 8.º Santo António, 3 pts (9-21); 9.º Casa Povo Maia, 3 pts (7-35)
Destaque na próxima rodada (11.ª) para a receção do líder Marítimo ao 2.º classificado Vale Formoso. Sem dúvida o jogo da jornada.

Sem comentários: