sábado, 4 de março de 2017

CD Santa Clara homenageou o antigo guarda-redes

Santa Clara homenageou Marinho
A direção do Clube Desportivo Santa Clara homenageou o antigo guarda-redes Marinho, que se distingui nas equipas do clube na década de 70 e início da de 80, fazendo parte das primeiras formações que participaram na série “E” da 3.ª divisão nacional de futebol.
Marinho recebeu a última camisola que o filho João Botelho envergou com as cores do Santa Clara, no jogo da meia-final da Taça de S. Miguel com o Desportivo de S. Roque, a 11 de Maio de 2016.
João Botelho recebeu também o diploma de Mérito e Dedicação, pelos 86 jogos com a camisola do Santa Clara. O atual guarda-redes do Operário, que esteve cerca de 8 meses inativo, fez a última partida na 2.ª Liga a 17 de Abril do ano passado, na vitória, por 2-1, sobre o Penafiel.
Na fase de agraciação aos jogadores profissionais do Santa Clara, a festa, que reuniu muitas pessoas na sede, destacou ainda quem fez 100 ou mais jogos pelo clube.
Depois de Pacheco e de Accioly, que há muito completaram os 100 jogos com a camisa do Santa Clara, e também de João Dias, que na época passada atingiu aquela marca, receberam o “Cem Prateado” os atletas Hugo Santos, Serginho, Igor e Clemente. Todos atingiram os cem jogos.
Como o número de jogos continua a aumentar para Accioly e para Pedro Pacheco, os dois “capitães” da equipa, que já tinham recebido o “Duzentos Dourado”, foram também agraciados, respectivamente, com o “Diploma” dos 250 jogos e com o “Trezentos Azul/Diamante”.
Mas o principal motivo do encontro foi a IV Edição dos “Prémios Mérito e Prática Desportiva” da Fundação Campo Açores.
Foram premiados os atletas do escalão de Benjamins Henrique Teixeira e Mateus Machado e do escalão de Infantis Diogo Melo.
Nesta edição e nas próximas o histórico e carismático presidente do Clube Desportivo Santa Clara, engenheiro Dionísio Leite, será o patrono.
Recorde-se que entre a presidência da direcção e a presidência da Assembleia Geral Dionísio Leite despendeu cerca de 30 anos da sua vida, um terço do tempo de existência do clube.
CA/MN

Sem comentários: