quarta-feira, 22 de março de 2017

Centro Social e Paroquial da Ajuda da Bretanha

Andreia Cardoso defende rede de equipamentos e serviços sociais próxima das populações
A Secretária Regional da Solidariedade Social salientou hoje, em São Miguel, que a rede de equipamentos e serviços sociais dos Açores deve-se afirmar como “uma resposta descentralizada e próxima das comunidades”.
Andreia Cardoso, que falava no final de uma visita à obra de adaptação de um edifício para Centro de Dia e de Noite na freguesia da Ajuda da Bretanha, no concelho de Ponta Delgada, afirmou que este investimento representa “uma resposta de grande utilidade para a população que vai servir”.
Trata-se de uma obra do Centro Social e Paroquial da Ajuda da Bretanha, integralmente financiada pelo Governo dos Açores, num investimento de cerca de 600 mil euros, que pretende instalar um Centro de Dia, com capacidade para 25 utentes, e um Centro de Noite para nove utentes.
A Secretária Regional referiu que o projeto resultou do diagnóstico de uma necessidade local e teve acolhimento por parte do Centro Social e Paroquial da Ajuda da Bretanha.
Para Andreia Cardoso, trata-se de uma obra de grande importância social para aquela zona do concelho de Ponta Delgada, abrangendo as freguesias da Ajuda, Pilar e Remédios.
 
GaCS/JMB/MN

Sem comentários: