terça-feira, 14 de março de 2017

Associação de Nadadores Salvadores dos Açores

Governo dos Açores apoia cursos de nadadores salvadores na Região
O Diretor Regional dos Assuntos do Mar salientou hoje que estão abertas candidaturas para cursos de nadadores salvadores em várias ilhas do arquipélago, destacando a importância da presença destes profissionais nas zonas balneares “na prestação de assistência e socorro aos banhistas em situações de perigo, bem como na prevenção destas situações”.
Filipe Porteiro adiantou que, com o objetivo de “colmatar o número insuficiente de nadadores salvadores”, estão neste momento agendados seis cursos que vão decorrer durante o primeiro semestre em quatro ilhas do arquipélago e que contam com o apoio da Direção Regional dos Assuntos do Mar.
A Federação Portuguesa de Nadadores Salvadores, em colaboração com a Associação de Nadadores Salvadores dos Açores, organiza dois cursos em São Miguel, nomeadamente de 5 de abril a 17 de maio, em Ponta Delgada, e de 18 de maio a 22 de junho, na Lagoa, ambos com inscrições até 3 de abril, e dois cursos na Terceira, que terão lugar de 24 de março a 27 de abril, na Praia da Vitória, com inscrições até 22 de março, e de 28 de abril a 2 de junho, em Angra do Heroísmo, com inscrições até 26 de abril.
As inscrições devem ser feitas através do endereço eletrónico www.fepons.org/ ou do email fepons@fepons.org.
A Autoridade Marítima Nacional também está a organizar cursos nas ilhas do Faial e Santa Maria, promovidos pela Capitania do Porto da Horta e pelo Município de Vila do Porto, respetivamente.
No Faial, o curso decorre entre 2 de maio a 6 de junho, devendo as inscrições ser efetuadas até 21 de abril, na Capitania do Porto da Horta ou nas delegações nas Velas, em São Jorge, e em São Roque e nas Lajes do Pico.
Em Santa Maria, o curso de nadador salvador vai realizar-se entre 17 de março a 21 de abril, devendo as inscrições ser feitas na Câmara Municipal de Vila do Porto, até 15 de março.
A Direção Regional dos Assuntos do Mar comparticipa o custo das inscrições, em especial aos formandos que queiram trabalhar nas ilhas onde não se realizam cursos, nomeadamente Graciosa, São Jorge, Pico, Flores e Corvo.
“A Direção Regional dos Assuntos do Mar, enquanto entidade pública coordenadora das zonas e águas balneares dos Açores, apoia ativamente estas iniciativas”, frisou Filipe Porteiro, que apelou aos jovens da Região “para que se inscrevam nestes cursos certificados”.
O Diretor Regional salientou que a presença de nadadores salvadores transmite “confiança e segurança” aos utentes das zonas balneares, tornando a experiência balnear mais “tranquila e agradável”, acrescentando que as entidades gestoras, “maioritariamente câmaras municipais, estão cada vez mais sensibilizadas para dotarem estes locais com meios de vigilância e segurança adequados”.
Segundo a legislação nacional, os nadadores salvadores devem receber formação por entidades reconhecidas pelo Instituto de Socorros a Náufragos.
Os candidatos a estas formações têm de ter 18 anos à data de início do curso, a escolaridade obrigatória, de acordo com a data de nascimento, e ainda passar na prova de admissão.
GaCS/GM /MN

Sem comentários: