segunda-feira, 6 de março de 2017

52.ª edição do Azores Airlines Rallye

Governo dos Açores promove campanha de prevenção rodoviária nos maiores eventos da Região
O Secretário Regional dos Transportes e Obras Públicas anunciou hoje a realização de uma campanha de prevenção rodoviária ao longo deste ano que alertará para os perigos do excesso de velocidade e da condução sob o efeito de álcool.
A campanha, que será realizada durante os maiores eventos culturais e desportivos que têm lugar nos Açores, terá início no final deste mês, acompanhando a 52.ª edição do Azores Airlines Rallye.
Na cerimónia de apresentação do rali, hoje realizada na Lagoa, em S. Miguel, Vítor Fraga salientou que “uma das imagens de marca desta prova tem sido, ano após ano, a segurança”, frisando que esta “não se limita às equipas participantes no rali”, devendo “estender-se a todos aqueles que vão para a estrada acompanhar o espetáculo”.
Nesse sentido, e também respondendo às preocupações recentemente apresentadas pelo diretor de prova, Vítor Fraga anunciou a realização de "uma campanha de prevenção rodoviária, focando dois aspetos essenciais: o excesso de velocidade e o consumo de álcool”.
O titular da pasta dos Transportes adiantou que a campanha, que terá como lema 'Diverte-te sempre dentro dos limites - conduz a tua vida com segurança', será efetuada junto dos automobilistas, com a distribuição de materiais de suporte promocionais.
Vítor Fraga frisou, no entanto, que esta campanha "não se limita apenas aos dias em que o rali decorre, nem somente à ilha de S. Miguel", acrescentando que se "inicia aqui uma campanha que será extensiva a todas as ilhas, sendo associada aos principais eventos e festividades ao longo deste ano”.
Relativamente ao rali hoje apresentado no NONAGON, o Secretário Regional lembrou que a prova assume “uma importância determinante para a promoção e captação de fluxos turísticos para a Região”, sendo “um elemento essencial no setor do turismo, naquilo que concerne ao combate à sazonalidade".
"O facto de se realizar este ano no final do mês de março e início de abril, se, por um lado, traz desafios acrescidos, por outro, também traz algumas vantagens, nomeadamente no que concerne ao combate à sazonalidade”, acrescentou.
Vítor Fraga salientou que a 51.ª edição desta prova, “foi efetivamente uma edição memorável, não só pelo retorno económico de 14,9 milhões de euros que já foi anunciado, como também pela vitória de um Açoriano na prova”, sendo esta “a cereja no topo do bolo”.
“Estou certo que a 52.ª edição será, do ponto de vista organizativo, da promoção, da captação de fluxos, ainda melhor do que a anterior. Do ponto de vista desportivo, desejo apenas e tão só que seja igual à do ano anterior, ou seja, que um piloto Açoriano volte a vencer”, afirmou o Secretário Regional.
GaCS/HB/MN

Sem comentários: