segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Secretário Regional dos Transportes e Obras Públicas

Serviços do LREC contribuem de forma determinante para a redução de custos das empresas de construção civil, afirma Vítor Fraga
O Secretário Regional dos Transportes e Obras Públicas afirmou hoje, em Ponta Delgada, que os serviços prestados pelo Laboratório Regional de Engenharia Civil (LREC) contribuem de forma determinante para a redução de custos das empresas do setor da construção civil e obras públicas.
Vítor Fraga salientou que o LREC “tem vindo a desempenhar um importante papel junto das empresas do setor da construção e obras públicas, no sentido de, por um lado, reduzir os custos que estão associados à sua atividade e, por outro, possibilitando a oportunidade de criação de valor”.
Para o titular da pasta das Obras Públicas, este papel tem uma tradução prática, “ao nível do desenvolvimento que foi efetuado com a implementação de um 'pack' de Marcação CE dos produtos que essas empresas produzem", o que representou "uma redução ao nível do custo associado de cerca de 30%", destacando também o apoio disponibilizado ao nível do aconselhamento, "com a criação de um gabinete de apoio às empresas para a marcação dos seus produtos”.
“Há também a destacar o facto de o LREC ser um laboratório acreditado para efetuar calibrações, o que nos permite estar hoje aqui a assistir a este ensaio, que irá contribuir de uma forma determinante para a redução de custos das empresas, por um lado, evitando a deslocação destes esquipamentos para o continente e, por outro, evitando a deslocação de técnicos credenciados à Região”, frisou Vítor Fraga, em declarações à margem da apresentação do ensaio de calibração de peneiros, que o LREC passa agora a efetuar.
Para o Secretário Regional, este é “mais um contributo para que a redução de custos seja efetiva, junto das empresas do setor da construção civil e obras públicas”.
Vítor Fraga destacou ainda “o importante papel que o LREC tem vindo a desempenhar, nomeadamente ao nível do desenvolvimento do catálogo de materiais endógenos produzidos e transformados na Região", que considerou ser "um instrumento fundamental para criar valor na fileira da construção”.
GaCS/HB/MN

Sem comentários: