terça-feira, 23 de setembro de 2014

Noite de Fados em Mississauga

 Luís Ferraz lança o seu primeiro trabalho discográfico no CCPM, intitulado ‘’Fado... esta saudade em mim’’
Radicado no Canadá há nove anos, nasce um novo fadista na comunidade luso-canadiana, o lisboeta Luís Ferraz, hoje também locutor da CIRV-Rádio em Toronto.
Luís Ferraz é o novo fadista da comunidade portuguesa radicado no Ontário, que como nos disse á nossa reportage, ‘’foi um sonho que se tornou realidade’’ há praticamente um ano e meio atrás, quando pediu a opinião de alguns amigos e falou com o Manuel da Silva que o incentivou para ir avante, porque ele tinha boa voz e vivia o fado, não fosse ele o Luís nascido e criado em Alfama em Lisboa, onde estudou mesmo ao lado da igreja de Santo Estevão, quando era jovem e frequentou a escola primária até a quarta classe.
Luís Ferraz decidiu então fazer o seu primeiro trabalho discográfico com a ajuda e apoio da sua esposa, Ilda Alves Ferraz e filhos e de outros tantos amigos, incluindo os guitarristas que o acompanharam, e o sonho veio-se a  tornar numa realidade, este sonho de cantar o fado, que saíu a casa de banho no chuveiro para os palcos canadianos, coisa que nunca pensou que viesse a acontecer, mas como o sonho comanda a vida, tudo aconteceu com o seu tempo, mesmo apesar de ser no Canadá, que tem amigos e padrinhos é que se batiza, dizemos nós.
E foi assim que decidiu no passado sábado dia, 13 de Setembro, o lançamento do seu primeio CD, no salão nobre de festas do Centro Cultural Português de Mississauga (CCPM), intitulado na capa como, ‘’Fado... esta saudade em mim’’. O título diz tudo o que este homem sente e ama, o sentimento do verdadeiro fado lisboeta.
Perguntamos ao fadista o porquê da escolha do clube de Mississauga para o lançamento do seu primeiro CD, e ele logo nos disse desde que veio para o Canadá há nove anos atrás, esta foi a primeira casa que ouviu o fado em Mississauga, e desde o primeiro ano na realização da ‘’Gala de Fados’’ dedicado em memoria de Amália, ele tem marcado sempre presença todos os anos, não fosse ele um amante do fado tradicional lisboeta. Sendo assim foi esta a razão da decissão de lançar o seu trabalho musical neste clube que lhe deixou marcas desde o primeiro dia que o visitou.
O trabalho discográfico , ‘’Fado... esta saudade em mim’’, conta com dez temas, e teve o acompanhamento de tres guitarristas, Manuel Moscatel, Valdemar Mesduby e Hernani Raposo.
A noite decorreu com a entrada de um jantar á maneira das noites lisboetas, com o tradicional caldo verde e bacalhau assado com batatas, seguindo-se a noite fadista.
Foram três fadistas da nossa comunidade convidados a apradinhar o lançamento do CD do Luís Ferraz, que foram os amigos, Teresa Santos, Paulo Filipe e Carmen Moscatél, que foram acompanhados, por Manuel Moscatel na Guitarra portuguesa, Valdemar Mesduby, Viola e Januário Araujo, viola baixo.
O espetáculo teve a apatrentação de Henrique Conde, e começou a deslilhar a história do artista seguindo-se a entrada dos guitarrista que tocaram um número e de seguida subiu ao palco os fadistas convivados que cantaram dois temas cada, na primeira parte do serão.
Na segunda parte foi então apresentado o fadista Luís Ferraz que cantou vários temas do seu novo trabalho, começando a cantar Igreja de Santo Estevão.
No final foi ovacionado pela plateia e agraciado pelo o amigo Manuel da Silva que lhe ofereceu uma placa, que o Luis agradeceu emocionado, como também pediu logo de seguida uma grande salva de palmas aos amigos fadistas e guitarristas e ao publico em geral que marcaram presença nesta noite memorável em Mississauga,  em apoio ao seu novo trabalho.
Nos informou também que estará num espetáculo em Toronto a data a anunciar e lugar, como também vai cantar no restaurante ‘’Lisboa a Noite’’, onde os residentes em Toronto que não puderam se deslocar a mississauga, poderão o ouvir e adquirir o seu novo album de fado.
Resta-nos desejar os parabéns ao Luís Ferraz por nos trazer o fado castiço lisboeta até nós na sua voz, para os amantes do verdadeiro fado alafacinha.
João G. Silva

Sem comentários: