domingo, 28 de setembro de 2014

Taça de Portugal - Resultados completos da 2ª eliminatória:

Taça de Portugal: 
Cinco da II Liga eliminados
Resultados da segunda eliminatória já com equipas profissionais. As maiores proezas foram do Amora e do Real, que jogam ambos nos campeonatos distritais. 
Chaves (2ª L) 3-1 Louletano (CNS)
Espinho (CNS) 1-0 Sanjoanense (CNS)
Atlético (2ª L) 4-0 Moimenta da Beira (CNS)
Eléctrico (CNS) 2-3 Tondela (2ª L)
Vila Real (CNS) 2-3 Casa Pia (CNS)
Académico Viseu (2ª L) 1-2 Famalicão (CNS)
Santa Eulália (CNS) 2-1 Leixões (2ª L)
Malveira (CNS) 1-5 Varzim (CNS)
Moura (CNS) 2-0 Montalegre (AF Vila Real)
Aljustrelense (CNS) 0-3 Aves (2ª L)
Trofense (2ª L) 6-0 Febres (AF Coimbra)
Cesarense (CNS) 1-3 Covilhã (2ª L)
Beira-Mar (2ª L) 4-2 Sintrense (CNS)
Atlético Reguengos (CNS) 3-0 Paivense (AF Viseu)
Marinhense (AF Leiria) 0-6 Torreense (CNS)
Pedras Salgadas (CNS) 2-1 Ouriense (CNS)
Alcanenense (CNS) 2-0 Lourosa (CNS)
Ribeirão (CNS) 4-0 Gouveia (CNS)
Sourense (CNS) 2-1 Santa Clara (2ª L)
Cova Piedade (CNS) 1-0 Silves (AF Algarve)
Vianense (CNS) 0-0 (1-3gp) Serzedo (AF Porto)
Argozelo (AF Bragança) 0-1 Alcains (AF Castelo Branco)
Mafra (CNS) 1-1 (2-3 gp) Feirense (2ª L)
Vizela (CNS) 4-3 (ap) Sousense (CNS)
Câmara Lobos (AF Madeira) 0-2 Mortágua (CNS)
Angrense (CNS) 0-1 Sernache (CNS)
Pombal (CNS) 1-0 (ap) Limianos (CNS)
Cinfães (CNS) 1-1 (4-5 gp) Coimbrões (CNS)
Amora (AF Setúbal) 3-2 (ap) União Madeira (2ª L)
Oriental (2ª L) 3-2 (ap) Farense (2ª L)
Loures (CNS) 2-2 (1-3 gp) AD Oliveirense (CNS)
Portimonense (2ª L) 1-2 Real (AF Lisboa)
Boavista Ribeirinha (AF Açores) 0-3 Felgueiras (CNS)
Mosteirense (AF Portalegre) 0-4 Salgueiros (CNS)
Benfica CB (CNS) 0-0 (5-4gp) Sertanense (CNS)
Tirsense (CNS) 1-1 (5-3gp) Leiria (CNS)
Sacavenense (CNS) 0-0 (1-3gp) Vieira (CNS)
Pedras Rubras (CNS) 2-1 Anadia (CNS)
Naval (CNS) 0-2 (ap) Fafe (CNS)
Vilaverdense (CNS) 1-2 Gondomar (CNS)
Caldas (CNS) 1-1 (1-3 gp) Santa Maria (CNS)
Operário (CNS) 1-1 (3-1 gp) Lusitano Vildemoínhos (CNS)
Riachense (CNS) 2-2 (3-2) Praiense (Portalegre)

Oliveirense (2ª L) 2-0 União Montemor (CNS)
Olhanense (2ª L) 2-0 Quarteirense (CNS)
Freamunde (2ª L) 2-1 Águeda (AF Aveiro)

Taça de Portugal: Santa Clara fora da taça

Surpresa no Estádio Municipal de Soure
Sourense, 2 - Santa Clara, 1
Açorianos foram eliminados
O Sourense, do Campeonato Nacional de Seniores, causou este domingo sensação na segunda eliminatória da Taça de Portugal, ao eliminar o Santa Clara, da 2.ª Liga, com um triunfo por 2-1, em jogo disputado no estádio Municipal de Soure.
A equipa da casa esteve a vencer por 2-0 até praticamente ao final da partida, mas o Santa Clara conseguiu reduzir, de grande penalidade, nos cinco minutos de descontos dados pelo árbitro Paulo Baptista.
O primeiro golo do jogo foi apontado aos 32 minutos, por Nita, num golpe de cabeça sem hipótese para o guarda-redes da equipa insular, na sequência da marcação de um canto.
Antes do intervalo, aos 42 minutos, o Sourense esteve perto do segundo golo, num remate de Pedro Ribeiro dentro de área, que Serginho defendeu para a linha final com os pés.
Na segunda parte, o Santa Clara intensificou o seu domínio, mas foi a equipa da casa a marcar o segundo golo, aos 88 minutos, num rápido contra-ataque conduzido por Larry, que, depois de ultrapassar o guarda-redes Serginho, atirou para o fundo das redes.
A formação açoriana dispôs de várias oportunidades, nomeadamente duas bolas ao poste, aos 67' e aos 82'. O Santa Clara reduziu já em período de compensação, aos 90'+3 minutos, por Geraldo, na conversão de uma grande penalidade, a castigar uma mão na bola de um jogador do Sourense.
Jogo realizado no Estádio Municipal de Soure.
Sourense-Santa Clara, 2-1
Ao intervalo: 1-0.
Marcadores: 1-0, Canita, 32 minutos. 2-0, Larry, 88'. 2-1, Geraldo, 90'+3 (grande penalidade).
Equipas:
Árbitro: Paulo Baptista (Portalegre).
- Sourense: Manú, Tony, Tiago Gomes, Mauro, Nita, Tiago Crachat, Hugo Amado (Cissé, 61'), Anderson, Derick (Tiago Clemente, 75'), André Gonçalo (Larry, 68') e Pedro Ribeiro.
Suplentes: Miguel, Cissé, Will, Paulito, Moacir, Tiago Clemente e Larry.
Treinador: Nuno Raquete.
- Santa Clara: Serginho, Luís Dias, Amoreirinha (Paulo Henrique, 75'), Accioly, Guilherme, Malafaia (Ruizinho, 66'), Tiago Ronaldo, Pacheco, Nuno Silva (JP, 53'), Geraldo e Ely.
Suplentes: Pedro Freitas, Patas, Paulo Henrique, Ruizinho e JP.
Treinador: Cláudio Braga.
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Tony (17'), Tiago Ronaldo (20'), Anderson (48'), Nita (52'), Serginho (84'), Ely (86'), Pedro Ribeiro (87'), Larry (90'+5).
Assistência: cerca de 250 espetadores. 

Taça de Portugal - 2ª eliminatória - Resultados:

TAÇA PORTUGAL – 2ª ELIMINATÓRIA
 
2014/2015 
Operário única equipa açorina em prova
SOURENSE 2 – 1 SANTA CLARA
33´Nita   1 - 0
44´Lerri  2 - 0
45´Geraldo (Pen.) 2 - 1 
ATLE. RIACHENSE 3 - 2 PRAIENSE
34´Ricardo (AG)      1 - 0
1 - 1 58´Filipe Andrade
84´Bruno Lemos(Pen.) 2 -1
2 - 2 86´Ruben Rodrigues
91´Mauro                     3 - 2
ANGRENSE 0 – 1 VIT. SERNACHE
0 - 1 1´Flor (AG)
OPERÁRIO 4 – 2 LUSITANO VILDEMOINHOS
0 - 1 20´Costinha
58´João Peixoto (Pen)  1 - 1
Penalidades
Camará (Pen.) 1 - 1 Costinha(Pen.)
Cristiano (Pen.) 2 - 1 Moura (Pen.) Falhou
João Peixoto (Pen.) 3 - 1 Marco Almeida (Pen.) Falhou
Manú (Pen.) Falhou  3 - 1 Zé Rui (Pen.) Falhou
BOAVISTA RIBEIRINHA 0 - 3 FELGUEIRAS
0 - 1 25´Coelho
0 - 2 66´Mané
0 - 3 77´Bessa
Liga Meo Açores - 2014/2015:
1ª Jornada
SC Barreiro 0 - 0 Marítimo Graciosa
Sp. Guadalupe 0 - 0 CD Rabo Peixe
Prainha FC 1 - 2  SC Lusitânia
0 - 1 47´Benjamim
73´Ruizinho   1 - 1
1 - 2 79´Rui Marques
Flamengos 0 - 2 Sporting Ideal
0 - 1 13´Paulo César
0 - 2 66´Ariston

terça-feira, 23 de setembro de 2014

II Liga Portuguesa: Vimaranenses vencem nos Açores

Santa Clara, 1 - V. Guimarães B, 3
Açorianos acabaram com 9
O Vitória de Guimarães B venceu hoje o Santa Clara por 3-1, numa partida da oitava jornada da 2.ª Liga que a equipa açoriana terminou reduzida a nove futebolistas, no Estádio de São Miguel.
A formação de Ponta Delgada começou melhor, com muitas oportunidades de golo, sobretudo nos primeiros 20 minutos, embora sem concretizar, e o Vitória de Guimarães aproveitou as fragilidades da equipa, a partir do 2-1 em cima do final da primeira parte, para somar os três pontos.
Numa primeira parte forte da equipa "encarnada", o Santa Clara desperdiçou várias oportunidades para inaugurar o marcador, primeiro aos 15 minutos, com Ely a cabecear para fora, e no minuto seguinte, num caso mais flagrante, em que a equipa de Guimarães perdeu a bola junto à grande área, mas Pacheco rematou ao lado quando podia ter feito melhor.
O Vitória de Guimarães B beneficiou de uma grande penalidade aos 17 minutos, por suposta mão na bola de Clemente, convertida em golo por Crivellaro, que rematou certeiro para a direita, enquanto Serginho se atira para o lado oposto.
O Santa Clara igualou pouco depois, numa excelente jogada que começou com Tiago Ronaldo a bater um livre direto e acabou com Pacheco a servir Clemente, que marcou à saída do guardião adversário.
Em cima do intervalo, já passavam dois minutos de descontos da primeira parte, Crivellaro recebeu de Ricardo pela esquerda e deu novamente vantagem aos minhotos, rematando entre o poste e Serginho.
À entrada do segundo tempo, Ely podia ter feito o empate, mas rematou à figura de Oliveira.
Os vimaranenses acabaram por ampliar a vantagem aos 59 minutos, já com equipa açoriana reduzida a 10 jogadores, através de Ricardo, que aproveitou a passividade de Amoreirinha dentro da área para rematar forte.
Numa altura em que o Santa Clara estava sem argumentos para chegar à baliza adversária, aos 77 minutos ficou reduzida a nove jogadores, quando o árbitro João Capela mostrou o segundo amarelo a Clemente, por simulação de grande penalidade.
Até ao final da partida, a equipa de Guimarães jogou para segurar a vitória.
Jogo no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.
Santa Clara -- Vitória de Guimarães B, 1-3.
Ao intervalo: 1-2.
Marcadores:
0-1, Crivellaro, 19 minutos.
1-1, Clemente, 23.
1-2, Crivellaro, 45+2.
1-3, Ricardo, 59.
Equipas:
Árbitro: João Capela (Lisboa).
- Santa Clara: Serginho, Luís Dias, Materazzi, Accioly, Mike (Paulo Henrique, 34), Patas, Pacheco, Tiago Ronaldo, Nuno Silva (Amoreirinha, 58), Clemente e Ely (Geraldo, 61).
(Suplentes: Pedro Freitas, Amoreirinha, Paulo Henrique, Malafaia, Joni, Diego Zílio e Geraldo).
Treinador: Claúdio Braga.
- Vitória de Guimarães B: Oliveira, Josué, Lima Pereira, Luís Rocha, Ricardo (Benjamim, 69), Helinho (Telmo, 77), Areais, Crivellaro, João Pedro, Bruno Gaspar e Knezevic (Vigário, 46).
(Suplentes: João Miguel, Telmo, Isaac, Benjamim, Vigário, Xande Silva e Gilberto).
Treinador: Armando Evangelista.
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Clemente (17 e 77), Bruno Gaspar (37), João Pedro (48), Materazzi (51 e 56), Helinho (67), Geraldo (71) e Luís Rocha (79). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Materazzi (56) e Clemente (77).
Assistência: 499 espetadores.
Record / foto: João Raposo

Festa de Santa Cecilia em Brampton

Brampton: Na Paróquia de Nossa Senhora de Fátima
Banda Lira Portuguesa celebra festa de Santa Cecília
A Banda Filarmónica Lira Portuguesa de Brampton fundada em 1976, realizou a sua festa anual em honra de Santa Cecília, padroeira dos músicos, que é festejada em Portugal no mês de Novembro, mas que as nossas filarmónicas na provincia do Ontário,  celebram esta efeméride religiosa em setembro, muito por causa do tempo muito frio que se faz sentir no sul do Ontário no Canada.
No último domingo dia 21 de setembro, realizou-se uma missa por alma dos falecidos músicos e que fizeram parte desta filarmónica da cidade de Brampton, ao longo destes 38 anos de actividade da Lira Portuguesa, celebrada pelo pároque Andrezc Chilmon.  Depois de celebrada o acto litúrgico, saíu em procissão em volta da igreja de Nossa Senhora de Fátima, com a linda e bem decorada imagem de Santa Cecília levada aos ombros por quatro jovens luso-canadianos, acompanhada por vários anjinhos e pelos acordes da filarmónica em festa, representada também com direcção e o maestro António Moreira da Silva.
Depois do cortejo a imagem e os executantes da Banda Lira Portuguesa de Brampton, dirigiram-se par a sede da filarmónica na Fisherman Drive a norte da cidade para celebrarem em união com as suas famílias um apetitoso almoço em dia de festa, num lindo dia de sol e céu azul, em pleno fim de verão, talvez dito verão de São Matinho, depois do anterior fim-de-seana ser de muito frio o tempo aqueceu e a procissão apesar de pequena foi bonita como o tempo.
Parabéns á Banda Lira de Brampton por participar nos últimos 38 anos nas festividades portuguesas no Canadá, EUA e Açores, onde já marcou presença com a sua música em várias festas reigiosas dando mais brilho com o som dos acordes musicais, liderada pelo regente Sr. António Moreira.
*João G. Silva 

CNS - Serie H: Angrense lidera isolado

Campeonato Nacional Seniores - Série H
Magina embala o líder Angrense
 Golo do avançado valeu a vitória no derby com o Praiense e o reforço da liderança isolada na série H. Operário também cumpriu e já é terceiro.
O Angrense está imparável na série H do campeonato nacional de seniores. A formação de Angra do Heroísmo alcançou a quarta vitória consecutiva em outras tantas jornadas ao derrotar, fora, o Praiense por 1-0, golo de Magina aos 75 minutos.
Na curta mas sempre difícil deslocação à Praia da Vitória, o Angrense fez valer o estatuto de líder ao carimbar mais três pontos para a classificação que mantêm a equipa de Angra do Heroísmo no topo da classificação, com doze pontos somados, mais cinco que o Ferreiras que é segundo e será o próximo opositor dos encarnados.
A subir de produção está o Operário que recebeu e derrotou o Moura por 1-0, golo apontado por João Peixoto, de grande penalidade, no segundo minuto da compensação dada pelo árbitro. Golo que chegou tarde mas que coroou uma exibição dominante dos fabris que já se alojaram na terceira posição da tabela.
Santa Clara marca passo em casa.

Bem menos incisivo tem sido o desempenho do Santa Clara em casa nos jogos disputados para o campeonato da II Liga. Depois de três empates, a turma de Ponta Delgada perdeu na receção ao Guimarães B, por 1-3, e terminou o desafio reduzida a nove elementos por expulsões de Materazzi e Clemente.Os insulares podem queixar-se do lance da grande penalidade que originou o primeiro golo dos vimaranenses mas no global produziram pouco para garantir um resultado melhor e o treinador voltou a revelar pouca audácia nas substituições efetuadas.

Acácio Mateus / Omilhafre

Futebol nos Açores: Taça de Honra da AFPD - S. Miguel

Futebol em São Miguel – época 2014/15:
AF Ponta Delgada – Taça de Honra
Série A:
Resultados da 1ª. jornada:
Capelense, 3 – Mira Mar, 2
Santo António, 1 – Águia CD, 0
Folgou: U. Micaelense.
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS       J  V  E   D   GM-GS    P
1º Capelense SC   1   1   0   0      3 – 2      3
2º Santo António   1   1   0   0      1 – 0      3
3º U. Micaelense   0   0   0   0      0 – 0      0
4º Águia CD         1   0   0   1      0 – 1      0
5º Mira Mar SC    1   0   0   1      2 – 3      0
2ª. JORNADA | 28-09-2014:
Águia CD – Capelense
Mira Mar – U. Micaelense
Série B:
1ª. jornada | 28-09-2014:
GD São Roque – Marítimo
Santiago FC – U. Nordeste
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS    J  V  E  D  GM-GS   P
1º Santiago FC   0  0  0   0     0 – 0     0
2º Marítimo SC  0  0  0   0     0 – 0     0 
3º São Roque     0  0  0   0     0 – 0     0  
4º U. Nordeste   0  0  0   0     0 – 0     0
2ª JORNADA | 05-10-2014:
Marítimo SC – U. Nordeste
São Roque – Santiago FC
Campeonato de São Miguel – Juniores.
Operário da Lgoa segue isolado na frente
Resultados da 1ª jornada:
U. Micaelense, 0 – Os Oliveirenses, 2
Operário, 13 – União de Nordeste, 0
Vitória P. Pedra, 1 – Águia CD, 5
Santa Clara, 12 – Vale Formoso, 0
Folgou: Sporting Ideal.
Resultados da 2ª jornada:
União Nordeste, 1 – Vitória CPP, 2
Os Oliveirenses, 0 – Operário, 3
Águia CD, 1 – Sporting Ideal, 5
Vale Formoso, 2 – U. Micaelense, 6
Folgou: CD Santa Clara.
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS         J  V  E  D   GM-S      P
1º Operário Lagoa   2  2   0   0    16 – 0      6
2º Santa Clara        1  1   0   0     12 – 0     3
3º Sporting Ideal     1  1   0   0      5 –1       3
4º Oliveirenses      2   1   0   1      2 – 3      3
5º Águia CD         2   1   0   1      6 – 6      3
6º U. Micaelense   2   1   0   1      1 – 6      3
7º Vitória CPP      2   1   0   1       1 – 3     3
8º U. Nordeste      2   0   0   2      1 – 15    0
9º Vale Formoso   2   0   0   2      2 – 18    0
3ª. jornada | 27-09 -2014:
Vitória CPP – Os Oliveirenses
U. Micaelense – Santa Clara
Operário  - Vale Formoso
Sporting Ideal – U. Nordeste
Folga: Águia C. Desportivo.
por: JGS

Futebol nos Acores: Ilha de São Jorge

Equipa do Grupo Desportivo Velense
Mudanças nas competições seniores de S. Jorge!
A reunião dos clubes com a Associação de Futebol de Angra do Heroísmo no passado sábado produziu algumas alterações aos quadros competitivos ao nível de ilha.
No escalão de seniores o habitual torneio de abertura foi substituído pela taça AFAH a disputar no sistema de todos contra todos a duas voltas e que marca o início da época.
O campeonato de ilha será uma verdadeira maratona com 18 jornadas para apurar o campeão da ilha de São Jorge.
Finalmente a taça de ilha com uma eliminatória a duas mãos e a final em campo neutro prevista para 26 Abril de 2015.
Vinte e seis (26) jogos garantidos para cada uma das equipas participantes nas competições séniores a prometerem muita emoção ao longo da época.
Estão definidos todos os calendários para a época desportiva 2014/2015. As competições de formação arrancam no próximo dia 27 e os seniores no dia seguinte.
A primeira jornada da taça AFAH na ilha de São jorge tem início já no próximo domingo com os seguintes jogos:
1ª jornada - 28 Setembro:
G.D.Beira - G.D.Velense
F.C.Calheta - F.C.Urzelinense

2ª jornada - 5 Outubro;
G.D.Velense - F.C.Calheta
F.C.Urzelinense - G.D.Beira
Por: J.G.S.

Futebol nos Açores - Zona Faial/Pico 2014-2015

TAÇA A.F. HORTA – ÉPOCA 2014-2015:
A formação das Angústias Atlético Clube deslocou-se à vila da Madalena e venceu a formação da casa por dois zero encontro a contar para a segunda jornada da taça da associação de futebol da Horta. Marcaram para a equipa do Atlético, Milton Mota fez 0-1 aos  80 minutos e o mesmo jogador bisou aos 87 minutos fechando o resultado final em 2-0.
Ainda na ilha do Pico o Clube Desportivo Lajense recebeu o Grupo Desportivo Cedrense, e venceu por quatro um, os marcadores dos golos...
1-0 por José Pedro - Desp. Lajense aos 11 minutos | 1-1 por Luís Picanço – Grupo Desp. Cedrense, 35 minutos | 2-1 por Paulo Bettencourt - Desp. Lajense, 49 minutos | 3-1 por Marco Melo - Desp. Lajense 74 minutos | 4-1 por  Paulo Bettencourt - Desp. Lajense 77 minutos.
Na ilha do Faial realizou-se o Fayal Sport - Vitória F.C. triunfo para a equipa da casa por um zero. O único golo da partida foi apontado por Valdo Silva do Fayal Sport aos 82 minutos.
Nesta segunda jornada foram marcados 8 golos.
JGS
RESULTADOS DA 2ª JORNADA:
FC Madalena, 0  – Angústias Atlético, 2
Fayal Sport, 1 – Vitória do Pico, 0
CD Lajense, 4 – GD Cedrense, 1
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS             J  V  E  D  GM-GS     P
1º Angústias Atlético  2   2  0  0       5 – 0       6
2º Fayal Sport Club    2   2  0  0       3 – 0       6
3º CD Lajense            2   1  0  1       4 – 4       3
4º Vitória do Pico       2   1  0  1       1 – 0       3
5º FC Madalena         2   0  0  2        0 – 3      0
6º GD Cedrense         2   0  0  2       1 – 6       0
3ª JORNADA | 28-09-2014:
Ang. Atlético – Fayal Sport
Vitória FC – GD Cedrense
CD Lajense – FC Madalena

Noite de Fados em Mississauga

 Luís Ferraz lança o seu primeiro trabalho discográfico no CCPM, intitulado ‘’Fado... esta saudade em mim’’
Radicado no Canadá há nove anos, nasce um novo fadista na comunidade luso-canadiana, o lisboeta Luís Ferraz, hoje também locutor da CIRV-Rádio em Toronto.
Luís Ferraz é o novo fadista da comunidade portuguesa radicado no Ontário, que como nos disse á nossa reportage, ‘’foi um sonho que se tornou realidade’’ há praticamente um ano e meio atrás, quando pediu a opinião de alguns amigos e falou com o Manuel da Silva que o incentivou para ir avante, porque ele tinha boa voz e vivia o fado, não fosse ele o Luís nascido e criado em Alfama em Lisboa, onde estudou mesmo ao lado da igreja de Santo Estevão, quando era jovem e frequentou a escola primária até a quarta classe.
Luís Ferraz decidiu então fazer o seu primeiro trabalho discográfico com a ajuda e apoio da sua esposa, Ilda Alves Ferraz e filhos e de outros tantos amigos, incluindo os guitarristas que o acompanharam, e o sonho veio-se a  tornar numa realidade, este sonho de cantar o fado, que saíu a casa de banho no chuveiro para os palcos canadianos, coisa que nunca pensou que viesse a acontecer, mas como o sonho comanda a vida, tudo aconteceu com o seu tempo, mesmo apesar de ser no Canadá, que tem amigos e padrinhos é que se batiza, dizemos nós.
E foi assim que decidiu no passado sábado dia, 13 de Setembro, o lançamento do seu primeio CD, no salão nobre de festas do Centro Cultural Português de Mississauga (CCPM), intitulado na capa como, ‘’Fado... esta saudade em mim’’. O título diz tudo o que este homem sente e ama, o sentimento do verdadeiro fado lisboeta.
Perguntamos ao fadista o porquê da escolha do clube de Mississauga para o lançamento do seu primeiro CD, e ele logo nos disse desde que veio para o Canadá há nove anos atrás, esta foi a primeira casa que ouviu o fado em Mississauga, e desde o primeiro ano na realização da ‘’Gala de Fados’’ dedicado em memoria de Amália, ele tem marcado sempre presença todos os anos, não fosse ele um amante do fado tradicional lisboeta. Sendo assim foi esta a razão da decissão de lançar o seu trabalho musical neste clube que lhe deixou marcas desde o primeiro dia que o visitou.
O trabalho discográfico , ‘’Fado... esta saudade em mim’’, conta com dez temas, e teve o acompanhamento de tres guitarristas, Manuel Moscatel, Valdemar Mesduby e Hernani Raposo.
A noite decorreu com a entrada de um jantar á maneira das noites lisboetas, com o tradicional caldo verde e bacalhau assado com batatas, seguindo-se a noite fadista.
Foram três fadistas da nossa comunidade convidados a apradinhar o lançamento do CD do Luís Ferraz, que foram os amigos, Teresa Santos, Paulo Filipe e Carmen Moscatél, que foram acompanhados, por Manuel Moscatel na Guitarra portuguesa, Valdemar Mesduby, Viola e Januário Araujo, viola baixo.
O espetáculo teve a apatrentação de Henrique Conde, e começou a deslilhar a história do artista seguindo-se a entrada dos guitarrista que tocaram um número e de seguida subiu ao palco os fadistas convivados que cantaram dois temas cada, na primeira parte do serão.
Na segunda parte foi então apresentado o fadista Luís Ferraz que cantou vários temas do seu novo trabalho, começando a cantar Igreja de Santo Estevão.
No final foi ovacionado pela plateia e agraciado pelo o amigo Manuel da Silva que lhe ofereceu uma placa, que o Luis agradeceu emocionado, como também pediu logo de seguida uma grande salva de palmas aos amigos fadistas e guitarristas e ao publico em geral que marcaram presença nesta noite memorável em Mississauga,  em apoio ao seu novo trabalho.
Nos informou também que estará num espetáculo em Toronto a data a anunciar e lugar, como também vai cantar no restaurante ‘’Lisboa a Noite’’, onde os residentes em Toronto que não puderam se deslocar a mississauga, poderão o ouvir e adquirir o seu novo album de fado.
Resta-nos desejar os parabéns ao Luís Ferraz por nos trazer o fado castiço lisboeta até nós na sua voz, para os amantes do verdadeiro fado alafacinha.
João G. Silva

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Faleceu Fernando Cabrita aos 91 anos

Morreu Fernando Cabrita
Fernando Cabrita, antigo selecionador de Portugal, faleceu esta segunda-feira, aos 91 anos.
 
Natural de Lagoa, onde nasceu a 1 de maio de 1923, Fernando Cabrita destacou-se como treinador, mas iniciou o percurso no futebol como jogador, no Olhanense, em 1942, tendo inclusivamente sido chamado à Seleção Nacional. Representou ainda o Angers (França) e o Covilhã.
Como treinador esteve várias vezes ligado ao Benfica, passando ainda por clubes como Portimonense, União de Tomar, Rio Ave, Académico Viseu, Penafiel, Estrela da Amadora e Esperança de Lagos, tendo também orientado o Raja Casablanca, conquistando o título de campeão de Marrocos.
Em 1984 esteve ligado à qualificação da Seleção Nacional para o Campeonato da Europa, liderando equipa técnica composta também por Toni, António Morais e José Augusto. Portugal, recorde-se, viria a chegar às meias-finais dessa competição, que decorreu em França.
ABola

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Liga Europa: Rio Ave perde em casa e Estoril na Holanda

Rio Ave, 0 - Dínamo Kiev, 3
Rio Ave perde em casa por 3-0 com Dínamo de Kiev
O Rio Ave estreou-se hoje com uma derrota na fase de grupos da Liga Europa em futebol, ao perder em casa com o Dínamo de Kiev por 3-0, em encontro da primeira jornada do Grupo J .
O “capitão” Andriy Yarmolenko, aos 20 minutos, o marroquino Younes Belhanda, aos 25, e Artem Kravets, aos 70, apontaram os tentos da formação ucraniana, que contou com o internacional luso Miguel Veloso desde os 67.
No outro encontro do agrupamento, os romenos do Steaua Bucareste golearam em casa os dinamarqueses do Aalborg por 6-0.
Lusa
PSV Eindhoven, 1 - Estoril Praia, 0
Estoril estreia-se na Liga Europa com derrota por 1-0 no reduto do PSV Eindhoven
O Estoril-Praia estreou-se hoje na edição 2014/15 da Liga Europa em futebol com um desaire por 1-0 no reduto dos holandeses do PSV Eindhoven, na primeira jornada do Grupo E .   
O único golo do encontro foi apontado aos 26 minutos, por Luuk de Jong, na transformação de uma grande penalidade.
A formação “canarinha”, agora orientada por José Couceiro, está a cumprir a segunda presença consecutiva na fase de grupos e continua à procura do primeiro triunfo, já que em 2013/14 somou três empates e outros tantos desaires.
Lusa

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Liga dos Campeões: FC Porto goleou e o Sporting empata

FC Porto, 6 - BATE Borisov, 0
FC Porto goleia BATE por 6-0, com três de Brahimi
O FC Porto goleou hoje em casa os bielorrussos do BATE Borisov por 6-0, com três golos do argelino Yacine Brahimi, em encontro da primeira jornada do Grupo H da Liga dos Campeões em futebol.    
Brahimi marcou aos 05, 32 e 57 minutos, e o colombiano Jackson Martinez, aos 37, o espanhol Adrian Lopez, aos 61, e o camaronês Vincent Aboubakar, aos 76, completaram a maior goleada de sempre dos portistas na “Champions”.
A formação portista, que está a cumprir a 19.ª presença na fase de grupos, tinha como vitória mais expressiva os 5-0 ao Werder Bermen, na Alemanha, a 30 de março de 1994.
LUSA
Maribor, 1 - Sporting, 1
Sporting "oferece" golo nos descontos e empata em Maribor
O Sporting "ofereceu" hoje um golo nos descontos e ficou-se por um empate (1-1) no reduto dos eslovenos do Maribor, em encontro da primeira jornada do Grupo G da Liga dos Campeões em futebol.    
O internacional português Nani adiantou os “leões”, aos 80 minutos, mas, aos 90+2, falhas consecutivas dos centrais “leoninos” isolaram Luka Zahovic, que selou o resultado final.
No outro encontro do agrupamento, Chelsea e Schalke 04 também empataram a um golo, em Londres.
LUSA

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Ciclismo: Equipa feminina colombiana causa polémica

Equipamento de equipa feminina colombiana causa polémica no ciclismo

Taças europeias: Cristiano Ronaldo chega aos 71 golos

Português Cristiano Ronaldo marcou 71.º golo nas taças europeias
O internacional português Cristiano Ronaldo apontou hoje o seu 71.º golo nas taças europeias de futebol, isolando-se no segundo lugar histórico, a apenas cinco golos do espanhol Raul Gonzalez.
Cristiano Ronaldo, que apontou o terceiro dos cinco golos com que o Real Madrid superou em casa o Basileia (5-1), na primeira jornada do Grupo B, deixou para trás o italiano Filippo Inzaghi, que marcou 70 golos.
Em 2014/15, o "7" dos "merengues" já tinha marcado dois golos, os que permitiram aos atuais campeões europeus bater o Sevilha por 2-0, na Supertaça Europeia, disputada a 12 de agosto, em Cardiff, no País de Gales.
Na história das taças europeias de futebol, iniciada há quase 60 anos, em 1955/56, Cristiano Ronaldo afastou-se também do argentino Lionel Messi, que segue no quinto posto da tabela e só joga na quarta-feira.
O futebolista do FC Barcelona, que disputou menos 22 jogos europeus do que o "capitão" da seleção lusa (89 contra 111), conta 68 golos e ainda está atrás de do alemão Gerd Müller, quarto da tabela, com 69.
No que respeita em exclusivo à prova "rainha", Cristiano Ronaldo reforçou o segundo posto, somando agora 69 golos, a escassos dois do líder Raul e com mais dois do que Messi, terceiro.
Em relação à Liga dos Campeões, prova criada em 1992/93 e que não contabiliza os tentos em pré-eliminatórias, o avançado luso "perde" um tento, ostentando 68, mais um do que Messi, que mantém a contabilidade, tal como Raul.
Cristiano Ronaldo começou a sua carreira europeia no Sporting, pelo qual cumpriu três jogos em 2002/03, mas só se estreou a marcar pelo Manchester United, na terceira das seis épocas em que representou os "red devils".
Após ter ficado em "branco" em 2003/04 (cinco jogos) e 2004/05 (oito), marcou pela primeira vez em 2005/2006: a 09 de agosto de 2005, em Old Trafford, "faturou" face aos húngaros do Debreceni (3-0), na terceira pré-eliminatória.
O seu primeiro golo válido para as contas da "Champions" aconteceu apenas em 2006/2007, quando "bisou" na receção à AS Roma, numa histórica goleada por 7-1, na segunda mão dos quartos de final, a 10 de abril de 2007.
Na época seguinte, marcou, finalmente, na fase de grupos e, curiosamente, face ao "seu" Sporting, em Alvalade, num tento que valeu ao Manchester United um triunfo por 1-0, a 19 de setembro de 2007.
Cristiano Ronaldo acabou como o melhor marcador da edição 2007/08, com oito tentos, incluindo um na final, com o Chelsea, que os "red devils" venceram no desempate por grandes penalidades (6-5), depois de 1-1 nos 120 minutos.
Na época de despedida do Manchester United (2008/09), marcou mais quatro golos, terminando a sua trajetória europeia no clube inglês com 16 tentos, em 55 jogos.
A sua veia goleadora "nasceu" apenas no Real Madrid, pelo qual apresenta a espantosa média de mais do que um golo por jogo: 54 golos em 52 jogos europeus pelos madrilenos, ao serviço dos quais está a cumprir a sexta temporada.
O jogador luso marcou sete golos na época de estreia (2009/10), seis na segunda (2010/11), 10 na terceira (2011/12), 12 na quarta (2012/13) e um "enorme" recorde de 17 na temporada transata, rumo ao seu segundo título europeu.
Nas duas últimas épocas, Cristiano Ronaldo foi o melhor marcador da prova - depois de quatro "títulos" consecutivos de Lionel Messi -, repetindo o "cetro" de 2007/08.

Discriminação a emigrantes portugueses no Canadá

Canadá: Preocupação com discriminação a emigrantes portugueses
O deputado federal canadiano Andrew Cash, do NDP (esquerda), mostrou-se preocupado com o que considerou "discriminação racial" para com os imigrantes portugueses e latinos, num discurso proferido no parlamento, em Otava.
Cash apontou "a discriminação racial" e a fiscalização dirigida "principalmente a imigrantes portugueses e latinos" no seu distrito eleitoral, Davenport, na cidade de Toronto.
"Este verão, agentes dos Serviços de Fronteiras do Canadá (CBSA, sigla em inglês) alegadamente foram a padarias, centros comerciais e a locais de construção pedindo aos trabalhadores que se identificassem", referiu perante a Câmara dos Comuns, dirigindo-se ao Presidente da Câmara (Speaker).
O deputado do NDP (Partido dos Novos Democratas) eleito por Davenport, o círculo eleitoral onde reside a maior comunidade portuguesa, frisou ainda que "esta limpeza (de trabalhadores ilegais) criou indignação, raiva e medo em muitos dos bons trabalhadores das comunidades imigrantes".
"Ouvi pela primeira vez falar dessas fiscalizações através de um estudante de uma escola secundária, que à beira de lágrimas me contou a história do seu pai, que trouxe a família para o Canadá há uns anos atrás, proveniente de Portugal, conseguiu um emprego e está a trabalhar no duro. Estão a construir a vida aqui, mas como os contratos de trabalho estão a expirar, estão com medo de também serem alvo de fiscalização por parte da imigração", relatou.
Andrew Cash referiu ainda que com estas medidas, em vez de incentivar as famílias imigrantes de bons trabalhadores, o governo "está a assustá-los".
O deputado defendeu que este sistema necessita de "ser corrigido, pois não funciona", e devem-se colocar as "necessidades das famílias no coração do sistema de imigração".
Davenport, área localizada na cidade de Toronto, tem cerca de 100 mil habitantes e é o círculo eleitoral onde reside a maior comunidade portuguesa, que constitui 27,4 por cento de residentes, segundo dados de 2011.
Calcula-se que existam no Canadá cerca de 550 mil portugueses e lusodescendentes, estando a grande maioria localizada na província de Ontário.

Liga dos Campeões / Grupo C: Benfica perde na Luz

Benfica, 0 - Zenit St. Petersburgo, 2
Benfica perde em casa por 2-0 com o Zenit na estreia na Liga dos Campeões
O campeão português Benfica estreou-se hoje na edição 2014/15 da Liga dos Campeões com uma derrota por 2-0 na receção aos russos do Zenit St. Petersburgo, em encontro da primeira jornada do Grupo C.    
O brasileiro e ex-portista Hulk, aos cinco minutos, e o belga e ex-benfiquista Axel Witsel, aos 22, apontaram os tentos da formação comandada pelo português André Villas-Boas.
A formação “encarnada”, que não perdia um jogo europeu em casa desde 02 de outubro de 2012 – 11 vitórias e dois empates, após o 0-2 com o FC Barcelona -, jogou reduzida a 10 unidades desde os 18 minutos, por expulsão do guarda-redes Artur.
LUSA

Campeonato Nacional de Séniores – Série H

Campeonato Nacional de Séniores – Série H
Angrense mais só na frente
Formação de Angra do Heroísmo recebeu e derrotou o Louletano. Praiense já é segundo.
O Angrense está mais só na frente da classificação da série H do campeonato nacional de seniores. A formação de Angra do Heroísmo está a rubricar um arranque de campeonato notável, reforçado este domingo com a vitória por 2-1 sobre o Louletano em partida da terceira jornada.
São três triunfos em outras tantas jornadas e a liderança isolada na série com três pontos de vantagem para os mais diretos perseguidores. O Angrense soma e segue na época 2014/15, assinalando um início de temporada muito promissor tendo em vista a conquista do objetivo que é a manutenção.
Os dois golos de Vitória deram mais uma vitória aos encarnados da rua de São João que, curiosamente, são secundados na tabela classificativa pelo vizinho e rival Praiense que foi a Reguengos de Monsaraz derrotar o Atlético local por 1-0, golo de Filipe Andrade na reta final do encontro. Praiense e Angrense defrontam-se na próxima jornada.
Quanto ao Operário, viu o jogo com o Lusitano de Vila Real de Santo António adiado para data a agendar oportunamente. Os problemas nas ligações aéreas para Lisboa levaram o clube a solicitar o adiamento da partida, pretensão que foi atendida pela Federação Portuguesa de Futebol.
Já na II Liga, o Santa Clara voltou a ceder pontos em casa, continuando sem vencer para o campeonato no seu reduto. Na partida da sexta jornada, a formação de Ponta Delgada recebeu e empatou (0-0) com o Olhanense, resultado que mantém os açorianos na 10.ª posição, agora com nove pontos, a quatro do duo que lidera, Benfica B e Freamunde.
Santa Clara empatou e continua sem vencer em casa para o campeonato.
Já na II Liga, o Santa Clara voltou a ceder pontos em casa, continuando sem vencer para o campeonato no seu reduto. Na partida da sexta jornada, a formação de Ponta Delgada recebeu e empatou (0-0) com o Olhanense, resultado que mantém os açorianos na 10.ª posição, agora com nove pontos, a quatro do duo que lidera, Benfica B e Freamunde.
Acácio Mateus - foto de arquivo

Hóquei em Patins: VI Torneio Cidade de Ponta Delgada

Hóquei em Patins

 Candelária vence VI Torneio Cidade Ponta Delgada

Terminou o VI Torneio Cidade Ponta Delgada, com a uma vitoria do Candelária Sport Clube da ilha do Pico.
Na luta pelo 3º Lugar estiveram duas equipas do Hóquei Clube PDL, sorrindo a vitória à equipa (A) por 7 - 1.
No jogo do título entre o Marítimo e o Candelária, os Picarotos venceram por 5 - 1, vencendo o torneio.
Quanto à Taça de Disciplina foi para Candelária SC. O melhor marcador para o Açoriano Bruno Botelho do Candelária SC com 6 golos. O melhor guarda redes foi o João Miguel  do Candelária com 3 golos sofridos.
De referir que nos três dias da prova, o muito publico que compareceu no Pavilhão Sidónio Serpa vibrou com os excelentes jogos de Preparação e promoção da Modalidade.
Na arbitragem os três árbitros Micaelenses, Rui Martins, Nicolau Botelho e Fernando Lopes marcaram presença pela positiva no VI Torneio Cidade de Ponta Delgada.

Acores9
Classificação final:
1º Candelária Sport Clube – 9 pontos
2º Marítimo Sport Clube – 6 pontos
3º Hóquei Clube PDL (A) – 3 pontos
4º Hóquei Clube PDL (B) – 0 pontos