quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Noite de Fados no Centro Cultural Português Mississauga

Mais um noite de fados no Centro Cultural Português Mississauga
Nathalie Pires cantou e encantou e fez correr o fado nas veias dos amantes da canção nacional de Portugal
O Centro Cultural Português de Mississauga levou a efeito na última sexta-feira á noite, no dia 22 de Outubro , mais uma noite de fados que se realizou no salão nobre e teve a prsença de três fadistas, dois luso-canadianos e uma luso-americana radicada em New Jersey – EUA.
Como não podia deixar de ser, esta noite dedicada ao fado teve como era de esperar um jantar apropriado para o efeito, com o tradicional caldo verde e o fiel amigo dos portugueses, o bacalhau com batatas à murro, tal como se faz nas noites lisboetas nas casas de fado ainda hoje.
Depois de ser servido o jantar, Gilberto Moniz , presidente do CCPM, agradeceu a presença de todos e perguntou se o jantar estava bom, o que conresponderam com uma grande salva de palmas. Também anunciou os próximos ventos e pediu aos sócios e amigos do clube para marcaram quanto antes as suas reservas para a passagem do ano no clube. Convidou logo de seguida para apresentar o espectáculo, a Christina Costa – locutora da CHIN-Rádio em Toronto, para a anunciar os artistas da noite. Primeiramente foram os músicos guitarristas, Manuel Moscatel (Guitarra portuguesa), Valdemar Mejdoubi (viola portugues) e Hernani Raposo (viola baixo), que deram início ao serão com uma guitarrada, depois abriu o espetáculo a jovem luso-canadiana Jennifer Bettencourt, seguindo-se depois o novo fadista nestas andanças Luís Ferraz, alfacinha de raiz que cantou alguns temas conhecidos nas noite de alfâma como ele disse, do tempo da sua infância, duas vozes desconhecidas do público para os lados de Mississauga.
Após um intervalo a noite de fados continuou com a artista convidada lusa-americana, que deu entrada no palco vestida a rigor, e surpreendeu tudo e todos, com a sua simpatia e simples presença em palco á vontade, que cantou e encantou com a sua voz de fadista dotada, apesar de ainda jovem não desiludiu os presentes e realizou um excelente espetáculo, terminando a cantar ao lado da plateia sem microfone, tal como os tocadores que a acompanharam  expresendo a sua grande voz de fadista que é, apesar de ser ainda por estas paragéns desconhecida, não ficou atrâs de qualquer fadista vindo de Portugal.
O CMC falou com a fadista lusa-americana que tinha chegado de Portugal no dia anterior, e nos disse que se encontrava um pouco nervosa antes de cantar, devido á viagem e a mudança de clima, mas tudo correu bem com esta simpatica jovem.
Nathalie Pires nasceu em New Jersey –EUA, no ano de 1986, e conta com 27 anos de idade. Começou a cantar aos treze anos de idade onde atuou pela primeira vez no clube Perth Amboy (New Jersey).
Filha de pais portugueses, naturais de Bustos – Oliveira do Bairro, é uma bairratina como nos disse, e tem a dupla nacionalidade, americana-Portuguesa, e tem com referência a preferida diva do Fado – Amália Rodrigues que a inspirou a cantar o fado como ela tanto gosta. Por esta razão lançou o seu primeiro CD em 2007, intitulado ‘’Corre-me o Fado nas Veias’’ que conta com 16 canções.
Nathalie regressou de Portugal, onde está já a preparar um novo trabalho discográfico, que será gravado em Coimbra, e provalvelmente saírá em meados do próximo ano de 2014.
Esta jovem fadista que é dona duma excelente voz que toca na alma dos amantes do fado, já atuou em vários países na Europa, como em várias cidades nos Estados Unidos e Canadá.
Foi mais uma boa iniciativa do CCPM, em oferecer mais uma noite memoravél, que ficará na mente daqueles que assisrtiram a esta noite de fados em Mississauga.
No próxinmo dia 30, será a vez da Matança do Porco á moda do Pico e terá a presença do conjunto Ritz para animar o baile.
João G. Silva

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

39º Aniversário do Centro Cultural Português de Mississauga

 Centro Cultural Português de Mississauga
Jantar de Gala do 39º Aniversário do CCPM
O salão nobre do do Centro Cultural Português de Mississauga (CCPM), engalou-se a rigor para comemorar o 39º Aniversário no passado sábado dia 16 de Novembro.
A mestre de cerimónia foi Vânia Domingos, que deu a s boas-vindas a todos e apresentou os convidados chamando logo de seguida o Monsenhor Eduardo Resendes para abençoar os alimentos, no entanto monsenhor Resendes antigo sócio dirigiu algumas palavras de incentivo ao trabalho valioso que toda a direção tem feito pelo CCPM, e adiantou que este era um dos melhores centros do Canadá, senão ou melhor, visto ser o único que oferece aos seus sócios um ano cheio repleto de atividades e o melhor entertenimento possivél ao longo do ano – depois foi a vez de uma oração antes do servirem o jantar.
Após o requintado jantar de gala de aniversário aolongo da noite Vânia chamou para discursar vários diretores da coletividade, como o presidente Gilberto Moniz que agradeceu a toda sua direção executiva e colaboradores pelo dedicado trabalho desenvolvido ao longo de mais um ano de sucesso, o melhor de sempre segundo suas palavras. Afredo Pita (presidente do conselho fiscal) e Tibério Branco (presidente da assembleia geral) também dirigiram algumas palavras aos convidados e sócios e um breve historial do clube de Mississauga.
Manuel de Sousa (chancelor do Consulado Português em Toronto), leu uma carta de congatulação dirigida aos diretores do CCPM, como também Brad Butt (MP de Mississauga –Streetsville).
No final das cerimónias Vânia Domingos leu duas cartas enviadas ao clube, uma da Mayor Hazel McCallion, que pediu desculpas por não poder estar presente como também uma carta de Vasco Alves Cordeiro (presidente do Governo Regional dos Açores).
Gilberto Moniz depois convidou todos os membros a apresentaram-se em frente do palco para receberam as respetivas placas em vidro de reconhecimento a toda a direção.
Seguiu-se o partir do bolo de aniversário pelo pres.Giberto Moniz, Alfredo Pita e Tibério Branco, onde cantaram os parabéns que depois foi servido com champanhe a todos os presentes.
Gilberto ainda recebeu um quadro do rancho folclorico do grupo da juventude do CCPM.
Depois das cerimónias foi a vez de dar início ao baile pelo conjunto Mexe-Mexe, que chamou todos para a pista de dança que se encheu.
Donativos: Scotiabank ofereceu mil dólares e o Rancho Folclorico Amigos do MInho duzentos e ciquenta dólares.
Sócios honorácios que foram gratificados nesta noite de aniversário:
Alberto Teixeira e esposa, Tony de Sousa e esposa, Ângie Câmara, Vitor Vieira e esposa, Gilberto Moniz e esposa e Hóracio Domingos e esposa – Jack Prazeres e Raimundo Favas não puderam estar presentes.
Deixamos aqui o nome das pessoas da direcão executiva e convidados que marcaram presença nesta noite como também aqueles que não puderam estar presentes nesta noite.
Na mesa de honra ao centro: Giberto Moniz presidente da direção e esposa Helena Moniz; Tibério Branco, presidente da Assembleia geral e esposa Rosa Branco; Manuel de Sousa, chancelor do Consulado Português em Toronto e Monsenhor Eduardo Resendes.
Na mesa ao lado direito; Brad Butt – MP Mississauga-Streetsville, Tony Sousa – sócio honorário-vice presidente do CCPM e esposa Luisa Sousa, Ângie Câmara – sócia honorária e Andrew Câmara, presidente da junventude.
Na mesa do lado esquerdo: Alfredo Pita – presidente do conselho fiscal e esposa Marta Pita, Vitor Vieira – sócio honorário, e esposa Milu Vieira.
João G. Silva

II Liga: Santa Clara sofre quarta derrota frente ao Braga B

Santa Clara, 0 - Sp. Braga B, 1
Sasso decide perto do fim
CENTRAL MARCOU O ÚNICO GOLO
O Santa Clara perdeu por 1-0 na receção ao Sp. Braga B, na estreia do técnico Horácio Gonçalves, somando a quarta derrota consecutiva na II Liga, em encontro da 16.ª jornada.
A formação bracarense resolveu o encontro na parte final, mais precisamente aos 84 minutos, através de um cabeceamento de Sasso, que surgiu ao primeiro poste, no seguimento de um canto e perante uma defesa que ficou a ver jogar. Numa primeira parte marcada por um jogo muito a meio campo e com um Santa Clara muito à defesa, foi o Sporting de Braga B que criou mais jogadas de perigo em campo, a primeira por Sasso (20 minutos) e a segunda por Djibril (31).
Antes do tempo de intervalo, a equipa da casa conseguiu efetuar, finalmente, a um remate à baliza adversária, através de Mike, valendo aos forasteiros a defesa de Tiago Sá. Na segunda parte, o jogo ganhou maior clarividência na construção de jogadas de ataque e, aos 57 minutos, o "omnipresente" Sasso, o homem do jogo, evitou o golo da formação açoriana, depois de dois remates à baliza.
Ainda antes do final da partida, aos 82, Lucas Souza ameaçou, rematando ao lado da baliza dos forasteiros, mas, dois minutos depois, foi Sasso quem garantiu que o Sporting de Braga B levasse os três pontos para casa.
Jogo no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada
Santa Clara-Sporting de Braga B, 0-1
Marcador: 0-1, Sasso, 84 minutos
Árbitro: Artur Soares Dias (Porto)
- Santa Clara: Serginho, Paulo Arantes (João Ventura, 60), Sandro, Accioly, Igor, Seiddiki, Pedro Cervantes (Lucas Souza, 80), Pacheco, Mike, Minhoca e Tiago Leonço (João Pedro, 46)
Suplentes: João Botelho, Lucas Souza, Miguel Lourenço, Ruizinho, João Ventura, Diogo Moniz e João Pedro
Treinador: Horácio Gonçalves
- Sporting de Braga B: Tiago Sá, Sasso, Joãozinho, Luís Silva (Erivaldo, 65), Miljkovic, Djibril, Grunt (Patrão, 65), Hugo Basto, Piqueti, Nikiema (Xeka, 72) e Zhestkov
Suplentes: Cavadas, Patrão, Leandro Albano, Diogo Ribeiro, Xeka, Gonçalo e Erivaldo)
Treinador: José Alberto Costa
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Grunt (02), Djibril (09), Piqueti (23), Paulo Arantes (32), Nikiema (55) e Mike (66)
Assistência: Cerca de 200 espetadores.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Horácio Gonçalves já começou a trabalhar no Santa Clara

Foto: Acácio Mateus - Novo treinador subiu ao relvado do Lajedo
Horácio Gonçalves aponta à recuperação
Novo treinador do Santa Clara começou a trabalhar nesta terça-feira e estreia-se sábado frente ao Braga B. Primeiro objetivo é retirar o peso dos últimos resultados.
Horácio Gonçalves foi apresentado como novo treinador do Santa Clara. O experiente técnico de 50 anos orientou esta terça-feira o primeiro treino depois de uma maratona negocial que chegou a bom porto e permitiu a assinatura de contrato válido até ao final da temporada em curso.
Em Ponta Delgada espera-o mais um desafio complicado. Os encarnados atravessam uma fase difícil de resultados que resultou na saída de Carlos Condeço após a derrota caseira diante do Desp. Aves e os quatro pontos que os separam do último classificado não oferecem total tranquilidade.
Ciente do cenário complicado que tem pela frente, Horácio Gonçalves diz-se preparado para a missão. «Já tive experiências mais difíceis que esta», lembrou, antes de traçar as prioridades: «Face aos últimos resultados a equipa não está no seu melhor em termos anímicos. Fazer um tratamento de choque e paulatinamente introduzir as nossas ideias. Há muito trabalho pela frente, a começar por fazer acreditar um grupo que tem qualidade para estar melhor classificado», disse.
Horácio Gonçalves estreia-se sábado na recepção ao Sp. Braga B e já começou a trabalhar o subconsciente dos seus atletas. «Os jogadores têm valor mas nesta fase precisam soltar-se e tirar de cima o peso dos últimos resultados. Vamos ser uma equipa mais agressiva, mais lutadora, mais brava e vamos conseguir ultrapassar as dificuldades».
O abraçar deste novo projecto é a concretização de um namoro antigo. «É, para mim, motivo de orgulho poder representar o Santa Clara. E digo isso porque é uma situação que já poderia ter acontecido noutros momentos», recordou Horácio Gonçalves, pronto para «honrar a camisola».

Acácio Mateus

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Hat-trick de Ronaldo leva Portugal ao Mundial no Brasil

SwedenSuécia, 2 - Portugal, 3 Portugal 
Ronaldo ‘Álvares Cabral’ dá a nova rota para o Brasil
Por Inês Henriques
O avançado português leva 47 golos pela Seleção Nacional. Os quatro marcados à Suécia, nos dois jogos, garantiram passaporte para o Brasil.
Um jogo de nervos, de fazer roer as unhas, com sofrimento até quase ao final. Incontornável figura do jogo, Cristiano Ronaldo viu ‘baixar’ em si Pedro Álvares Cabral, e com um hat-trick mostrou qual a nova rota para o Brasil. Foi preciso primeiro fazer escala na Suécia e vencer por 3-2 (4-2 no cômputo das duas mãos), mas Portugal garantiu o apuramento.
A equipa das quinas esteve a maior parte do jogo por cima. Gerir a vantagem de 1-0 não era estratégia de Paulo Bento e não o foi. A Suécia entrou mais agressiva, muito menos apática do que o jogo na Luz, mas durou 15 minutos, altura em que Bruno Alves, de cabeça e na sequência de um livre de Moutinho, obrigou Isaksson a defesa apertada.
Portugal começou a ganhar terreno e a chegar mais perto. O golo teimava em não aparecer e foram muitas as ocasiões desperdiçadas. A primeira foi mesmo por Ronaldo, aos 36 minutos, a cruzamento de João Pereira. Ronaldo não marca só golos, também os dá de bandeja. Aos 39’, cruzamento milimétrico para a cabeça de Hugo Almeida, a cabecear à malha lateral. O avançado podia ter feito melhor. O capitão da Seleção teve ainda uma boa ocasião aos 42’, num bom passe de Nani, Ronaldo a romper na grande área, com a bola a passar por cima.
Mas o grande espectáculo de golos estava marcado para a segunda parte, onde, aí sim, se viu o esperado duelo entre CR7 e Ibra, que quase ganhava nesse confronto.
Logo a abrir, Ronaldo fez o primeiro. Um passe de ‘gigante’ de Moutinho, outra vez em grande plano, tal como na primeira mão, para a velocidade de Ronaldo. Estava feito o primeiro da partida e o 2-0 na eliminatória. Portugal inteiro pensou que o bilhete para atravessar o Atlântico estava garantido, mas eis que Ibrahimovic resolveu aparecer. O avançado sueco passou ao lado dos dois jogos, esteve bastante longe do jogador do PSG, só que um ‘bis’ muda logo tudo.
Ibra apareceu aos 68’, num cabeceamento a canto, com Bruno Alves a encolher-se e a deixar Patrício à mercê da bola. Quatro minutos volvidos, livre direto perfeito e um susto de morte para a equipa das quinas. Os suecos gritavam pela sua selecção, com os cânticos a durarem cinco minutos. Aos 77’ e aos 79’, o ‘Comandante’ da Nau portuguesa puxou dos galões e, primeiro a passe de Hugo Almeida, depois de Moutinho, fechou a sua conta em três golos e um carimbo gigante no passaporte. É o mesmo que dizer que o jogo teve selo de Ibrahimovic e um carimbo de Ronaldo.
Pela terceira vez consecutiva, Portugal está apurado para um Mundial e desde 2000 que não falha uma fase final de uma grande competição. E Ronaldo, esse, igualou Pauleta, com 47 golos. Está encontrado o novo melhor marcador de sempre da Seleção, é uma questão de meses. 
por SportInforma

Portugal apurado para o Mundial 2014

Portugal apurado para o Mundial 2014
Cristiano Ronaldo foi a grande figura do jogo. O capitão apontou três golos e 'apanhou' Pauleta na lista de melhores marcadores da Seleção.
Portugal garantiu esta terça-feira o apuramento para o Mundial2014, ao vencer a Suécia por 3-2 (4-2 no cômputo das duas mãos) com todos os golos a serem apontados por Ronaldo.
Os tentos suecos foram 'obra' de Ibrahimovic, que conseguiu virar o jogo, mas logo Ronaldo, com dois golos seguidos, não deixou margem para dúvidas de que seleção portuguesa estaria no Brasil.
Num jogo impróprio para cardíacos, Portugal esteve quase sempre por cima no encontro e reagiu bem ao 'bis' de Ibrahimovic.
Portugal consegue, assim, a quarta presença consecutiva em fases finais de Mundiais (2002, 2006, 2010 e 2014), desta vez no país que descobriu há mais de 500 anos. Ronaldo iguala Pauleta no topo dos melhores marcadores de sempre da equipa das quinas, com 47 golos.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Campeonato Nacional de Séniores – Série G: Operário sofre primeiro desaire

Campeonato Nacional de Séniores – Série G:
Operário consente primeira derrota
Líder da série G do campeonato nacional de seniores averbou o primeiro desaire no fecho da primeira volta mas mantém a liderança.
O Operário consentiu a primeira derrota no campeonato nacional de seniores, série G, no fecho da primeira volta da competição. Os fabris foram a Lisboa defrontar o Casa Pia e perderam por 1-0, golo apontado pelos gansos em cima do intervalo. Apesar do desaire, o primeiro ao cabo de nove jornadas, os lagoenses mantêm-se na posição cimeira da classificação.
Se o Operário estreou-se a perder, o Sporting Ideal estreou-se a ganhar. A formação da Ribeira Grande recebeu e goleou o Elvas por 4-0 mas continua na penúltima posição, aproximando-se contudo do Praiense que voltou a perder, desta feita em Loures, por 2-0, diante do conjunto da casa.
Acacio Mateus

Campeonato dos Açores 2012-2013:

Lusitânia, 0 - Angrense , 1
Liga Meo Açores:
Angrense reforça liderança
Angrense mais só na frente do campeonato de futebol dos Açores.
Quanto ao campeonato de futebol dos Açores, a jornada deste fim-de-semana reforçou a liderança do Angrense pois os encarnados de Angra do Heroísmo saíram vitoriosos no derby com o Lusitânia. A turma da rua de São João foi ao recinto do antagonista vencer por 1-0, dilatando para quatro os pontos em relação ao segundo classificado.
Goleadas no Pico e em Água de Pau com o Prainha a superar o Rabo de Peixe por 5-0 e o Santiago a alcançar a primeira vitória com 4-0 sobre o Sporting Guadalupe, deixando a última posição entregue ao Lajense que perdeu no terreno do Marítimo por 2-1.
Já o Barreiro rece e derrotou o Capelense por 2-0.
Resultados da 7ª Jornada (1ª Fase):
Santiago FC, 4 – Sp. Guadalupe, 0
SC Lusitânia, 0 – SC Angrense, 1
Prainha FC, 5 – Rabo de Peixe, 0
SC Marítimo, 2 – CD Lajense, 1
SC Barreiro, 2 – Capelense SC, 0
CLASSIFICAÇÃO:

L   Equipas             J   V   E   D   GM-GS      P
1º Angrense           7   5   1   1       9 – 4      16
2º SC Lusitânia      6   4   0   2       6 – 6      12
3º Prainha FC        7   3   2   2      13 – 5     11
SC Marítimo       7   3   2   2       6 – 6      11
5º Rabo de Peixe   7   3   2   2     10 –10     11
6º SC Barreiro        7   3   1   3       7 – 6      10
7º Capelense SC   7   2   3   2       8 –10       9
8º Sp. Guadalupe   7   2   1   4       9 -11       7
9º Santiago FC       6   1   4   1     10 –10      6
10º CD Lajense      7   0   1   6       5 –13      1
8ª. jornada - 01-12-2013
SC Maritimo – Sp. Guadalupe
Prainha FC – Capelense
Rabo de Peixe – Angrense
SC Barreiro – Santiago FC
SC Lusitânia – CD Lajense

Santa Clara com vista no novo treinador Horácio Gonçalves

Horácio Gonçalves vai treinar Santa Clara
Técnico de 50 anos é aguardado nas próximas horas em Ponta Delgada para se reunir com a SAD. Tudo indica que será o escolhido para suceder a Carlos Condeço.
Horácio Gonçalves, 50 anos, é o senhor que se segue no comando técnico do Santa Clara.

O experiente treinador português é aguardado nas próximas horas em Ponta Delgada para reunir com a SAD encarnada, encontro que deverá confirmar o acordo e a assinatura de contrato até ao final da época em curso.Depois de ter conversado com Jorge Simões e João Carlos Costa, a SAD do Santa Clara deverá optar por Horácio Gonçalves, treinador em quem os dirigentes apostam no sentido de retirar a equipa da fase menos positiva por que atravessa e devolver ao coletivo a tranquilidade necessária para realizar uma época tranquila.

O sucessor de Carlos Condeço já deverá começar a trabalhar no início da semana, devendo orientar o treino de segunda-feira já a pensar na preparação para o desafio com o Braga B, agendado para sábado, dia 23, às 15.00 horas, no estádio de São Miguel.

Acacio Mateus

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Play- off Mundial 2014: Portugal saí na frente

Portugal Portugal, 1 - Suécia, 0 Sweden
Portugal ganhou mas tudo se decide na Suécia
Por Bruno Miguel Dias
Na terça-feira, em Estocolmo, Portugal e Suécia voltam a encontrar-se num jogo decisivo para saber qual dos dois vai estar no Mundial do Brasil. Na Luz, Cristiano Ronaldo fez a diferença e marcou o único golo do jogo.
Num jogo disputado a ritmo alto, Portugal e Suécia deram o pontapé de saída para o play-off de acesso ao Mundial e no final dos 90 minutos foi Portugal a fazer a festa. Cristiano Ronaldo marcou já perto do fim e fez o 1-0 final. Apesar da vantagem lusa, o resultado nada decide e a vaga para o Brasil vai decidir-se em Estocolmo, na terça-feira.
Portugal ganhou mas tudo se decide na SuéciaPortugal entrou melhor no jogo do Estádio da Luz e a primeira oportunidade de jogo pertenceu-lhe. João Moutinho isolou-se na área a passe de Raul Meireles, tirou Isaksson do caminho, mas o remate saiu à malha lateral.
Na resposta, a Suécia quase se punha em vantagem. Elmander apareceu no centro da área sozinho e atirou a poucos centímetros do poste de Rui Patrício. Aos 20 minutos foi Larsson a assustar, mas Rui Patrício defendeu para canto uma bola que ia mesmo para o fundo da baliza portuguesa. Na sequência do lance, Postiga cometeu falta e livre muito perigoso para a Suécia: Kallstrom tirou tinta ao poste da baliza lusa numa conversão quase irrepreensível.
Na primeira parte a Suécia surpreendeu Portugal, mas na entrada para o segundo tempo a equipa das quinas encostou os nórdicos às cordas. Durante meia hora, Ibra e companhia nem se acercaram da baliza à guarda de Patrício.
Portugal viveu o melhor período no jogo e sob a batuta do genial João Moutinho conseguiu boas ocasiões para fazer golo. Postiga e Ronaldo atrapalharam-se num lance na área ao minuto 50 e depois foi um cruzamento de Moutinho a ser intercetado no último segundo, quando dois jogadores portugueses já estavam à boca da baliza.
Nani esteve em noite pouco inspirada mas apareceu com 20 minutos jogados no segundo tempo. Num remate colocado, o 17 português viu Isaksson fazer a defesa da noite e impedir a festa no Estádio da Luz.
O melhor estava guardado para o fim. Quando os suecos já se davam por satisfeitos com o empate, Miguel Veloso encontrou Cristiano Ronaldo e aquele que é para muitos o melhor do Mundo não perdoou e de cabeça atirou para o fundo da baliza de Isaksson.
Ainda se festejava na Luz e já CR7 ensaiava nova festa. A trave devolveu a bola e gorou-se o 2-0 para Portugal.
Apesar do resultado "magro", com este resultado, a equipa nacional fez história e bateu pela primeira vez os suecos em Portugal e parte em vantagem para a Suécia. Uma certeza sai do jogo de hoje: vai ter de saber sofrer para sair do país nórdico com o bilhete para o Brasil. O jogo é terça-feira e terá arbitragem de Howard Webb.
por SportInforma

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

CD Santa Clara ainda procura treinador

Jorge Simão, é um dos candidatos a treinar o Santa Clara
O antigo técnico adjunto do Belenenses, Jorge Simão, é um dos candidatos a treinar o Santa Clara.
O treinador está em São Miguel para conhecer as condições do clube.
O presidente do Santa Clara, Mário Baptista, confirma a presença do treinador nos Açores, mas adianta que existem mais dois candidatos ao lugar.
A direção espera apresentar o treinador que sucede a Carlos Condeço, até ao final da semana, de forma a preparar o próximo jogo do campeonato, marcado para o dia 23 em casa com a equipa B do Sporting de Braga.
Antena 1 Açores

Futerbol nos Açores: Terceira - São Jorge e Faial/Pico


Campeonato da ilha Terceira:
 
Campeão perdeem São Mateus
Resultados da 1ª jornada:
Vilanovense, 0– JD Lajense, 1
GD Fontinhas, 3 – ‘’Os Leões’’, 2
SC Salão, 3 – Boavista CR, 2
Classificação:
L   Equipas          J   V   E   D   GM-GS     P
1º SC Salão          1   1   0   0       3 – 2      3
GD Fontinhas   1   1   0   0       3 – 2      3
3º JD Lajense       1   1   0   0       1 – 0      3
4º ‘’Os Leões’’      1   0   0   1       2 – 3      0
5º Boavista CR     1   0   0   1       2 – 3      0
6º Vilanovense     1   0   0   1       0 – 1      0
2ª. jornada / 17 Novembro:
"Os Leões" – SC Vilanovense,
Boavista CR – GD Fontinhas
JD Lajense – SC Salão.
CAMPEONATO DE SÃO JORGE:
Campeão empata em casa
Resultados da 1ª jornada:
GD Velense, 0 – GD Beira, 0
Urzelinense, 1– FC Calheta, 1
Classificação:
L   Equipas              J   V   E  D    GM-GS     P
1ºF.C.Urzelinense   1   0   1   0       1 – 1       1
2ºF.C.Calheta          1   0   1   0       1 – 1       1
3ºG.D.Velense        1   0   1   0        0 – 0       1
4ºG.D.Beira             1   0   1   0       0 – 0        1        
Futebol na ilha do Faial / Pico:
Taça Associação de Futebol da Horta:
FC Madalena vence taça AFH
Resultados da 8ª. jornada:
GD Cedrense, 0 – Fayal Sport, 2
Flamengos, 2 – FC Madalena, 2
Folga: Vitória FC
CLASSIFICAÇÃO:
L   Equipas            J   V  E  D      GM-GS     P
1º Madalena         7   5   2   0    16 – 7    17
2º Flamengos       6   3   2   1      9 – 4     11
3º Vitória FC         6   2   2   2      5 – 8      8
4º Fayal Sport      6   1   1  4      6 –10      4
5º GD Cedrense   7   1   1  5      2 – 9       4
9ª. jornada – 17/11/2013:
Vitória FC – GD Cedrense
Fayal Sport – FC Flamengos
Folga: FC Madalena.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Futebol nos Açores:

SÃO MIGUEL - II Divisão:
Taça de Honra AFPD - Séniores
Santo António lidera isolado
Série «A»
Resultados da 4ª jornada:
Vitória P. Pedra, 3 – Casa Povo Arrifes, 2
Folgou: Santo António.
CLASSIFICAÇÃO:
L   EQUIPAS               J   V   E   D     GM-GS         P
1º Santo António         2   2   0   0        8 – 1         6
2º Casa Povo Arrifes    3   1   0   2        6 – 6         3
3º Vitória CPP             3   1   0   2        3 – 7         3
4º Aprender a Viver     0   0   0   0        0 – 0         0
5ª Jornada: 17 de Novembro.
CP Arrifes – Santo António
Folga: Vitória C.P. Pedra
Série «B»
Casa do Povo da Maia isolou-se
Resultado da 4ª jornada:
São Roque B, 2 – Casa Povo Maia, 4
Folgou: Rabo de Peixe B.
CLASSIFICAÇÃO:
L   EQUIPAS                J   V   E   D       GM-GS       P
1º Casa Povo Maia        3    2   1   0       11 – 8       7
2º Rabo de Peixe B       2   1   1   0         2 – 1        4
3º GD São Roque B       3    0   0   3        7 –11        0
5ª jornada: 17 de Novembro.
CP Maia – Rabo de Peixe B
Folga: GD São Roque B.

Futebol nos Açores:

Futebol em São Miguel – 1ª. Divisão:

 
Taça de Honra da AFPD -Séniores:
Vale Formoso e U. Micaelense na final
O Futebol Clube Vale Formoso das Furnas e o Clube União Micaelense de Ponta Delgada, apuraram-se para a final da Taça de Honra da AFPD, ao eliminarem nas partidas em duas mãos, respetivamente o GD São Roque (5-3), e a União Desportiva de Nordeste (4-2).
A final disputa-se no Campo Municipal da Vila da Povoação no próximo dia 17 deste mês de Novembro pelas 15 horas.
Quadro das meias-finais:
Resultados da 1ª mão :
GD São Roque, 1 - Vale Formoso, 2
U. Micaelense, 3 - União de Nordeste, 1
Resultados da 2.ª mão:
Vale Formoso, 3 - GD São Roque, 2 (5-3)
União de Nordeste, 1 – U. Micaelense, 1 (2-4)
Apurados para a final:
FC Vale Formoso - Clube União Micaelense
TAÇA ANIVERSÁRIO DA AFPD:
Águia derrota o Mira Mar (4-1)
Águia Clube Desportivo recebeu nos Arrifes o Mira Mar Sport Clube e goleou por 4-1, os povoacenses, e igualaram os homens da Povoação na liderança da Taça Primavera da AFPD, após a segunda jornada da prova.
Resultado da 1ª. jornada:
Mira Mar, 4 – Marítimo, 3
Folgou: Águia CD
Resultados da 2ª. jornada:
Águia CD, 4 – Mira Mar, 1
Folgou: Marítimo SC.
CLASSIFICAÇÃO:
L   EQUIPAS      J   V   E   D   GM-GS     P
1º Águia CD     1   1   0   0       4 – 1      3
2º Mira Mar    2   1   0   1       5 – 7      3
3º Marítimo    1   0   0   1       3 – 4      0
3ª Jornada - 17-11-2013:
Marítimo – Águia CD
Folga: Mira Mar SC.

Camp. Nacional de Seniores - Série G: Operário líder isolado

Campeonato Nacional de Seniores / Serie G:
Operário segue imparável
Fabris receberam e golearam o Praiense por 4-1. Sete pontos de vantagem sobre o terceiro classificado dão margem para sonhar com a qualificação. Santa Clara voltou a perder em casa.
O Operário soma e segue no campeonato nacional de seniores. Os fabris receberam e derrotaram o Praiense por 4-1 em partida que estava em atraso da sétima jornada, reforçando a liderança isolada na série G da competição, agora com quatro pontos de vantagem sobre o segundo e sete sobre o terceiro.
Uma diferença que oferece algum conforto aos comandados de André Branquinho no que respeita à luta pela qualificação para a segunda fase – passam os dois primeiros de cada série – e que abre boas perspetivas de sucesso. Frente ao Praiense, o Operário não deu hipóteses, marcando cedo tanto na primeira como na segunda partes.
II Liga - Santa Clara terceira derrota caseira
Ao invés, na II Liga, o Santa Clara continua sem conseguir arrepiar caminho. No encontro da 15.ª jornada consentiu a terceira derrota caseira consecutiva ao perder (1-2) diante do Desportivo das Aves. Os encarnados de Ponta Delgada até estiveram a ganhar com um golo de Mike mas permitiram a reviravolta logo depois. Após mais este desaire o treinador Carlos Condeço apresentou a demissão.
Campeonato MEO Açores: Angrense volta ao comando
Quanto ao campeonato de futebol dos Açores, a jornada deste fim-de-semana devolveu o Angrense ao topo da classificação, bastando-lhe um empate (0-0) frente ao Barreiro porque o Lusitânia foi goleado (4-0) em Rabo de Peixe pela formação da casa. Na Graciosa também deu nulo (0-0) entre Guadalupe e Prainha, enquanto os últimos Lajense e Santiago repartiram os pontos com uma igualdade a uma bola.
Acácio Mateus

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Comemoração inaugural do 39º Aniversário do CCPM

CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS DE MISSISSAUGA
Eduardo Sant'ana no arranque das comemorações do 39º Aniversário
Teve início no passado domingo dia 10 de Novembro as celebrações do 39ºAniversário do Centro Cultural Português de Mississauga (CCPM), sediado na 53 Queen Street North, Streetville em Mississauga, com a cerimónia inaugural da semana de aniversário, que começou no domingo de manhã pelas 10h30m com o içar das bandeiras em frente do edifício.
Depois de cantarem os hinos do Canadá e Portugal, foi o içar das bandeiras nos mastros com Tibério Branco (pres. da Assembleia geral), que levantou a bandeira de Portrugal, seguido de Alfredo Pita (pres. conselho fiscal), a bandeira do Canadá, Tony de Sousa (vice-pres. do CCPM) , a bandeira da cidade de Mississauga e finalmente, Gilberto Moniz (Pres. do CCPM), levantou a bandeira do clube. Já dentro do salão principal da colectividade foi celebrada missa, em homenagem pela alma dos sócios falecidos e suas familias, presidida pelo Rev. Pe. Fernando Pinto da paróquia de São José dos Portugueses que se veio de Oakville.
Durante a tarde foi oferecido um almoço grátis a todos os sócios, com entertenimento e variedades.
Foram convidados todos os clubes e organizações luso-canadianas, para este almoço, mas por razões desconhecidas só marcaram presença dois representas, João Freixo do Peniche de Toronto e Betina Matos do Clube Amor da Pátria também de Toronto, que desejaram os parabéns a toda a coletividade do CCPM, e entregaram os diplomas de congratulações da efeméride.
Na tarde de variedades, depois da intervenção das saudações ao clube pelos convidados, houve um pouco de música para dançarem pelo DJ TNT, e pelas 15h00, deu entrada no salão de festas os dois Ranchos folclóricos do PCCM, de adultos e juvenil que animaram parte da tarde com as suas danças regionais de norte a sul de Portugal, como já é do conhecimento dos amantes deste grupos da comunidade.
Os artistas também participaram, primeiro com o cantor comunitário Victor Martins, que aminou a tarde festiva, e que foi acompanhado numa canção do último trabalho por Luís Bonanza.
Gilberto Moniz depois subiu ao palco para apresentar a novidade que veio de Portugal continental, o famoso cantor Eduardo San’Ana, que fez este ano 25 anos de carreira, e lançou o seu último trabalho com o mesmo título á seis meses atrás, e tem como primeiro tema ‘’Não me sais da cabeça’’, terminando a sua atuação com a canção ‘’Mocidade’’.
Eduardo San’Ana é mais um dos grandes artistas de Portugal e a sua voz e as canções bem animadas não deixa seu valor por mãos alheias, e agradou ao público plenamente, nesta matiné da celebração do trigésimo nono aniversário do CCPM.
No próximo sábado, dia 16 de Novembro, o Centro Cultural realiza o jantar de Gala do 39º Aniversário, com convidados especiais, seguindo-se baile pelo conjunto Mexe-Mexe.
João G. Silva.

Festa de São Martinho do P.C. Integration Movement



PCIM – 1ª Irmandade do Divino Espítito Santo de Mississauga
Festa de São Martinho reuniu mais de 600 convivas
A Organização do Portuguese Canadian Integration Movement (PCIM) - Primeira Irmandade do Divino Espírito Santo de Mississauga, fundada em 1972, reuniu no passado sábado dia 9 de Novembro, mais de 600 pessoas para celebrarem a festa anual do Baile de São Martinho, que teve lugar no salão principal de St. John’s Hall no 2185 Stavebank Road na cidade de Mississauga.
A festa foi muito participada por todos com um requintado jantar á maneira servido pela prata da casa com um elenco de muitos jovens a prestarem um exelente serviço de mesa, porque não foi fácil a realização de um bom serviço sem estes valiosos colaboradores e seus familiares.
O mestre de cerimónias foi o Manuel Martins, que agradeceu a presença de todos nesta festa em honra de São Martinho, que após o jantar com é já habitual todos os anos nesta festa, altura em que se dá a passagem do estandarte e coroa do Divino Espírito Santo dos velhos aos novos mordomos para 2014, em frente do palco onde se encontra uma mesa onde aconteçe esta cerimónia.
Desta feita, os Mordomos de 2013, António Bento natural da freguesia do Topo, ilha de São Jorge e esposa Fátima Bento (falecida), que foi representada pela prima, Manuela Brasil, passaram o testemunho ao casal, António Manuel Mariano e Margarida Mariano naturais da freguesia da Bretanha conselho de Ponta Delgada, São Miguel, Açores, que não puderam marcar presença nesta noite, devido a compromisos familiares, e delegaram ao cunhado Carlos Martins e esposa para os representar, recebendo o testemunho nesta noite.
No entertenimento estiveram o conjunto de London, Ontário ‘’Além Mar’’, que animaram o serão com música variada para dançar e algums temas do ultimo trabalho discográfico com o titulo ‘’Memórias de um Povo’’.
No intervalo houve leilão e sorteio das rifas e a entrega dos respetivos prémios aos vencedores.
Não faltou logo depois as castanhas cozidas e o vinho para celebrar a noite de São Martinho.
O conjunto Além Mar fechou a noite festiva com mais música para dançarem.
No próximo mês de Dezembro, sábado dia 7, esta organização leva a efeito  um convívio natalício entre os sócios e suas familias no St. John's Hall em Mississauga.
Até lá bem hajam!
João G. Silva

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Liga 2 : Carlos Condeço demite-se do cargo de treinador do Santa Clara

Carlos Condeço abandona o Santa Clara
Treinador saiu por «respeito ao clube» e admitiu que «não soube tirar proveito dos jogadores». Derrota com o Desportivo das Aves, a terceira consecutiva em casa, ditou o desfecho esperado.
A derrota frente ao Desportivo das Aves, a terceira consecutiva consentida em casa pelo Santa Clara, precipitou a saída de Carlos Condeço do comando técnico dos encarnados e Ponta Delgada. O treinador confirmou a decisão no final do encontro relativo à 15.ª jornada do campeonato da II Liga.
«Os jogadores deram tudo, eu é que não soube tirar proveito deles. Vem aí um interregno no campeonato e esta é uma boa altura sair. Em primeiro lugar está, e sempre esteve, o
Santa Clara, e para bem do clube tem de vir alguém para mudar algo. É um fim de ciclo? Sim! Agradeço às pessoas que apostaram em mim mas sinto que era preciso mudar algo», disse.
Carlos Condeço decidiu sair «por respeito ao clube», uma decisão que «já estava pensada», esclarecendo que só não a tomou mais cedo porque «nunca fui de atirar a toalha ao
chão nem sou cobarde». No entanto, os resultados recentes tornaram difícil a continuidade nos insulares.
A SAD, presidida por Mário Batista, deverá reunir esta segunda-feira para começar a tratar de encontrar um sucessor para Condeço cuja estreia só acontecerá dentro de duas semanas quando os encarnados voltarem a atuar em casa diante do Braga B.
omilhafre c/AO