segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Açores: Lista dos 19 presidentes de câmara eleitos

Autárquicas 2013 logo
 Lista dos 19 presidentes de câmara eleitos nos Açores
Lista dos nomes dos 19 presidentes de câmara eleitos, por distrito, na Região Autónoma dos Açores, nas autárquicas de domingo, segundo os dados da Direção Geral da Administração Interna (DGAI).
Açores:
SANTA MARIA:
Vila do Porto – Carlos Henrique Lopes Rodrigues (PPD/PSD)
SÃO MIGUEL:
Lagoa (R.A.A) – João António Ferreira Ponte (PS)
Nordeste – Carlos Mendonça (PS)
Ponta Delgada – José Manuel Cabral Dias Bolieiro (PPD/PSD)
Povoação – Carlos Emílio Lopes Machado Ávila (PS)
Ribeira Grande – Alexandre Branco Gaudêncio (PPD/PSD)
Vila Franca do Campo – Ricardo Manuel de Amaral Rodrigues (PS)
TERCEIRA:
Angra do Heroísmo – José Gabriel do Álamo de Meneses (PS)
Vila da Praia da Vitória – Roberto Lúcio Silva Pereira Monteiro (PS)
GRACIOSA:
Santa Cruz da Graciosa – Manuel Avelar Cunha Santos (PS)
SÃO JORGE:
Calheta (R.A.A.) – Décio Natálio Almada Pereira (Independente)
Velas – Luís Virgílio de Sousa da Silveira (CDS-PP)
PICO:
Lajes do Pico – Roberto Manuel Medeiros da Silva (PS)
Madalena – José António Marcos Soares (PPD/PSD)
São Roque do Pico – Mark Anthony Silveira (PS)
FAIAL:
Horta – José Leonardo Goulart Silva (PS)
FLORES:
Lajes das Flores – Luís Carlos Martins Maciel (PS)
Santa Cruz das Flores – José Carlos Pimentel Mendes (PS)
CORVO:
Corvo – José Manuel Alves da Silva (PS)

domingo, 29 de setembro de 2013

Liga 2 Cabovisão: Santa Clara perdeu com o FC Porto B

FC Porto B, 2 - Santa Clara, 1
Ivo deu vitória e "deslaçou" o empate aos 77 minutos
O FC Porto B voltou este sábado às vitórias na Segunda Liga portuguesa com um triunfo caseiro por 2-1 frente ao Santa Clara, num jogo da oitava jornada.
Os portistas tinham perdido na Madeira com o Marítimo B (2-0) e hoje ganharam, mas sem grande brilho, com uma exibição que raramente passou do suficiente, mas que chegou para se isolar provisoriamente no comando da Segunda Liga.
O Santa Clara mostrou por que chegou aqui com apenas cinco golos marcados, revelando problemas claros de finalização, que são mais penalizadores quando se ataca pouco. O encontro rendeu três golos, mas nenhum deles deixou saudades: o primeiro foi de penálti, o segundo surgiu de um erro clamoroso e o terceiro aconteceu após um lance confuso. O FC Porto marcou cedo, aos seis minutos, e quando tinha feito muito pouco por isso, na conversão de um penálti, por Tozé, a punir, alegadamente, mão na bola do lateral direito Paulo Arantes. O Santa Clara não se entregou, atacou sempre que pôde, mas sem grande clarividência, e minutos depois podia até ter empatado, quando Accioly atirou à barra da baliza de Fabiano (09).
Sem forçar muito e num ritmo pausado, o FC Porto B comandou quase sempre as operações, teve mais bola, mais cantos, também atacou mais e Fabiano fez a sua primeira defesa aos 40 minutos, o que prova, por outro lado, a inoperância ofensiva do Santa Clara. A equipa açoriana ficou reduzida a dez jogadores, por expulsão de Seddiki segundos antes do intervalo e aos 55 minutos teve uma nova contrariedade, quando Cervantes se lesionou e teve de ser substituído. Foi, porém, em inferioridade numérica que o Santa Clara jogou melhor, explorando o relaxamento coletivo do FC Porto e atrevendo-se mais no ataque. Os visitantes chegaram inclusive ao empate: Reyes fez um mau atraso para Fabiano e este, sob pressão, aliviou mal a bola colocando-o ao alcance de Tiago Leonço, que aproveitou e fez o 1-1.
O FC Porto reagiu, pressionou, acelerou e acabou por fazer o 2-1 final, num lance confuso concluído pelo jovem sub-19 Ivo (77), que em apenas 11 minutos fez mais do que Kleber nos 79 minutos que esteve campo.
Jogo no Estádio Municipal Jorge Sampaio, em Vila Nova de Gaia
FC Porto B-Santa Clara, 2-1.
Ao intervalo: 1-0. Marcadores: 1-0, por Tozé, 7 minutos (grande penalidade). 1-1, Tiago Leonço, 63. 2-1, Ivo, 77.
Equipas:
Árbitro: Manuel Mota (Braga).
FC Porto B: Fabiano, Victor Garcia (Ivo, 66), Reyes, Tiago Ferreira, Quiño, Pedro Moreira (Leandro, 87), Herrera, Ricardo, Tozé, Kelvin e Kléber (Caballero, 79).
Suplentes: Kadu, Caballero, David, Tiago Ferreira, Bruno Silva, Leandro e Ivo).
Treinador: Luís Castro.
Santa Clara: Serginho, Paulo Arantes, Miguel Lourenço, Accioly, Igor, Seddiki, Cervantes (Ruizinho, 52), Pacheco, Hugo Santos (João Pedro, 79), Tiago Leonço (João Ventura, 64) e Minhoca.
Suplentes: João Botelho, Mike, Ruizinho, João Ventura e João Pedro).
Treinador: Carlos Condeço.
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Paulo Arantes (06), Seddiki (28), Quiño (55), Reyes (62), Igor (72), Herrera (80), Ruizinho (89) e Tozé (90+2) e Miguel Lourenço (90+4). Cartão vermelho para Seddiki (45+1).
Assistência: 370 espetadores.
JR

Campeonato da Liga Meo Açores:

Liga Meo Açores 2013/2014:
Favoritos saem na frente - Angrense, Prainha e
 Marítimo repartem o primeiro lugar

Angrense confirmou a teórica superioridade e somou os três pontos no arranque do campeonato. Prainha também passou incólume e é o primeiro líder. Falta de policiamento no Santiago-Lusitânia manchou a jornada de abertura.

Jornada tranquila para as equipas teoricamente mais fortes no arranque do novo campeonato de futebol dos Açores. O Angrense, tido como o principal candidato à vitória final, recebeu e derrotou o Sporting Guadalupe por 3-2, arrecadando três importantes pontos na ronda de abertura da competição.
Quem também venceu e assumiu a liderança pela maior diferença entre golos marcados e sofridos foi o Prainha FC que derrotou, fora, o Desportivo Lajense por 3-0. No grupo da frente também está o Marítimo da Graciosa que recebeu e bateu o Barreiro por 2-1, virando um resultado que começou por lhe ser desfavorável.
Empate somente no Capelense-Rabo de Peixe (1-1) com os visitantes a chegarem à vantagem quando jogavam reduzidos a nove elementos por expulsão de João Flor e Márcio Lima. Vitinha inaugurou o marcador aos 74 minutos mas Ruben Leite fixou a igualdade final aos 85.
A primeira jornada do campeonato de futebol dos Açores ficou manchada pela não realização da partida que oporia o Santiago ao Lusitânia por falta de policiamento. Os pauenses não recrutaram força policial e o árbitro entendeu que não estavam reunidas condições para a realização do mesmo.
O regulamento da prova é omisso quanto à obrigatoriedade, ou não, de haver polícia mas nestas circunstâncias remete-se para os regulamentos da Federação Portuguesa de Futebol que obrigam à presença dos agentes da autoridade. Um caso que promete dar ainda muito que falar.

LIGA MEO AÇORES:
1ª Fase / 1ª Jornada / Resultados:
Angrense - Sp. Guadalupe      3 - 2
Marítimo Graciosa - Barreiro   2 - 1
Capelense - Rabo Peixe         1 - 1
CD Lajense - Prainha FC        1 - 3
Santiago - Lusitânia (adiado por falta de policiamento)
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS              J   V   E   D  GM-S     P
1º Prainha FC         1   1   0   0   3 – 1    3
2º Angrense           1   1   0   0   3 – 2    3
3º Marítimo           1    1   0   0   2 – 1    3
4º Capelense         1    0   1   0   1 – 1    1
5º Rabo de Peixe   1    0   1   0   1 – 1    1
6º Sp. Guadalupe   1   0   0   1   2 – 3    0
7º SC Barreiro        1   0   0   1   1 – 2    0
8º CD Lajense       1    0   0   1   1 – 3    0
9º Santiago FC      0    0   0   0   0 – 0    0
10º Lusitânia        0    0   0   0   0 – 0    0
Próxima jornada (06-10-2013):
Sp. Guadalupe - SC Barreiro
Lusitânia – Marítimo Graciosa
Rabo Peixe – CD Lajense
Angrense - Capelense SC
Prainha FC - Santiago FC
 

Hóquei em Patins - V Torneio Cidade de Ponta Delgada

Marítimo SC venceu o V Torneio de Ponta Delgada
Terminou o V Torneio Cidade Ponta Delgada de Hóquei em Patins Seniores, com a vitoria 
do Marítimo Sport Clube que levou a melhor em dois jogos muito bem disputados sobre o
Hóquei Clube PDL. Certamente um Derby Micaelense, muito competitivo e emotivo onde se mostrou que o Hóquei Micaelense está Vivo e veiopara ficar.
Disputaram-se no último dia de prova 2 jogos , sendo o primeiro um jogo entre veteranos, onde a alegria e a diversão estiverem presentes, tendo finalizado com o jogo entre o Marítimo e o Hóquei Clube de PDL que terminou com uma Vitoria do Clube da Calheta por 7 bolas a 5.
Foi um Torneio Organizado com Prata da casa,na qual foi sem dúvida uma mais valia na preparação das equipas Micaelenses, bem como na promoção e divulgação da modalidade.
De referir que os jogos foram arbitrados pelos três árbitros nacionais desta Associação, Rui Martins, Nicolau Botelho e Fernando Lopes.
Resultados:
1ª Jornada: Marítimo SC  Hóquei Clube PDL 5 - 2
2ª Jornada: Hóquei Clube PDL Marítimo SC 5 - 7
Classificação final:
Marítimo SC - 6 Pontos
2º Hóquei Clube PDL - 0 Pontos
MSC

Eleições autárquicas nos Açores:

Mapa
Socialistas ganham 13 das 19 câmaras dos Açores
Socialistas ganham 13 das 19 câmaras dos Açores e pintam de rosa o mapa político regional e local. 
O PS ganhou claramente as eleições autárquicas deste domingo nos Açores, reforçando a vitória que já tinha conseguido há quatro anos (passou de 12 para 13 câmaras) e viu o PSD ficar reduzido a apenas quatro câmaras, numas eleições onde São Jorge virou costas aos maiores partidos dando uma vitória ao CDS e outra a um Grupo de Cidadãos, dando mais colorido a um mapa político que sempre se dividiu entre PS e PSD nos Açores.
Os socialistas açorianos perderam duas câmaras: Velas (ilha de S. Jorge) e Ribeira Grande (S. Miguel), mas conquistaram três ao PSD: Lajes das Flores, S. Roque (Pico) e Nordeste (S. Miguel).
Já o PSD perdeu quatro dos concelhos que governava: além das três que passaram para o PS, perdeu a Calheta (S. Jorge), tendo apenas roubado uma câmara aos socialistas, a Ribeira Grande, uma das maiores autarquias dos Açores.
A vitória do PSD na Ribeira Grande foi uma das surpresas da noite eleitoral nos Açores e teve como protagonistas Ricardo Silva (o autarca do PS que se recandidatava a um terceiro mandato e presidia à associação de municípios da ilha de S. Miguel) e Alexandre Gaudêncio, o secretário-geral do PSD/Açores que, aos 30 anos, conseguiu esta vitória para os sociais-democratas.
Mas uma das grandes novidades destas eleições é que os concelhos dos Açores deixaram de estar repartidos apenas entre PS e PSD, já que as duas autarquias da ilha de S. Jorge foram entregues pelos eleitores ao CDS-PP (Velas) e ao independente Décio Pereira (Calheta).
É aliás a primeira vez que nos Açores um independente ou grupo de independentes ganha uma câmara.
O PS vai assim continuar a presidir à associação de municípios dos Açores, que tem atualmente à frente João Ponte, reeleito no domingo presidente da câmara da Lagoa, ilha de S. Miguel.
No entanto, os socialistas continuam sem conquistar Ponta Delgada, o maior concelho açoriano e que só governaram durante um mandato desde o 25 de Abril.
José Manuel Boleiro derrotou José Contente, ex-secretário regional de governos de Carlos César, e superou assim a missão de conservar Ponta Delgada nas mãos do PSD depois do longo consulado de Berta Cabral, que esteve à frente da autarquia entre 2001 e 2012.

Ciclismo / Mundiais de Florença em Itália:

rui costa campeão mundial ciclismo 
Rui Costa campeão do Mundo de ciclismo
O ciclista português Rui Costa sagrou-se hoje campeão mundial de ciclismo, ao vencer a prova de fundo nos Mundiais de Florença, em Itália.
O luso da Movistar cumpriu os 272,26 quilómetros, em 7:25,43 horas, à frente dos espanhóis Joaquin Rodriguez e Alejandro Valverde.
LUSA

sábado, 28 de setembro de 2013

Camp. Nacional de Séniores: Praiense goleou em Lisboa

Futebol Benfica, 3 - SC Praiense, 7
Marco Aurélio brilha na capital ao apontar cinco golos
Avançado do Praiense marcou cinco golos na goleada do Praiense sobre o Futebol Benfica. Operário também venceu fora de casa e mantém-se na perseguição ao líder. Santa Clara voltou a perder, desta vez frente ao FC Porto B.
Tarde de glória para Marco Aurélio na capital portuguesa. O Praiense foi a Lisboa defrontar o Futebol Benfica em partida da quarta jornada da série G do campeonato nacional seniores e o avançado do emblema da Praia da Vitória apontou cinco golos na goleada por 7-3.
O atacante já tinha marcado quatro ao 1.º de Dezembro no empate (4-4) de há três semanas e na tarde deste sábado marcou cinco no terreno do último classificado, sendo o maior responsável pelo regresso às vitórias do Praiense, equipa que continua a fazer um campeonato tranquilo.
Pelos lugares cimeiros também permanece o Operário que foi à Ribeira Grande derrotar o Sporting Ideal por 2-1. Os fabris marcaram os três golos – o auto-golo de Breno ainda deu alguma esperança aos locais – do encontro e somaram mais três pontos que lhes permitiram segurar a segunda posição, mantendo-se a dois do líder, Oriental.
4ª Jornada(Grupo G) Resultados:
1º Dezembro, 0 - Loures, 1
Futebol Benfica, 3 - Praiense, 7
Oriental, 1 - Casa Pia, 0
Sintrense, 2 - O Elvas, 3
Sporting Ideal, 1 - Operário, 2
Classificação:
1º Oriental, 12 pontos.
2º Operário, 10
 

No campeonato da II Liga, o Santa Clara voltou a perder e novamente frente a uma equipa B, desta feita diante do FC Porto. Os encarnados entraram praticamente em desvantagem na partida quando Tozé inaugurou o marcador aos seis minutos na marcação de uma grande penalidade, reagindo os insulares à desvantagem com o empate assinado por Tiago de Leonço numa altura em que já jogavam reduzidos a dez elementos por expulsão de Seddiki. Na parte final da contenda o FC Porto B pressionou e chegou à vitória com golo de Ivo.
Acácio Mateus

13º Rallye Além Mar/ XXXV Ilha Lilás: Moura vencedor

Campeonato dos Açores de Ralis
Ricardo Moura vence Rali Ilha Lilás
O piloto micaelense Ricardo Moura, ao volante de um Mitsubishi Lancer Evo IX, foi o vencedor do 13º Rallye Além Mar/ XXXV Ilha Lilás, prova que terminou ontem na ilha Terceira. A sexta e penúltima etapa do Campeonato dos Açores de Ralis ficou marcado pelo forte nevoeiro que condicionou e muito o espetáculo.
Depois de ter vencido a Superespecial Avenidas (2 km) na sexta-feira, o já hexacampeão regional sentiu muitas dificuldades na 2ª etapa do rali. Tanto que, na 3ª classificativa, Moura perdeu a liderança para Tiago Azevedo (Renault Clio Sport R3 Maxi), recuperando-a no 5ª troço, mas sempre com Azevedo nos calcanhares.
A partir da 7ª classificativa, o micaelense arrancou de vez para a vitória, quando a viatura de Azevedo já apresentava problemas mecânicos. Segue-se o último rali do regional, o II Rali ilha do Pico Além Mar.
Classificação final:
1º Ricardo Moura, 49:53,9 segundos
2º Henrique Moniz, a 2:20,3
3º Artur Silva, a 4:22,6.

Liga 2 cabovisão: Santa Clara soma segunda derrota consecutiva

FC Porto B, 2 - Santa Clara, 1
Santa Clara perde contra o FC Porto B
Encarnados de Ponta Delgada somaram a segunda derrota consecutiva na Liga2 Cabovisão, ao cair no campo dos bês azuis e brancos, em partida a contar para a 8ª jornada.
Tozé, de grande penalidade, e Ivo marcaram para os da casa, enquanto Tiago Leonço fez o golo do Santa Clara. Os encarnados terminaram reduzidos a 10, após Sedikki ter visto o 'vermelho' direto.
Resultados da 8.ª jornada:Sexta-feira:
Sporting B – Aves, 1-2
Sábado:
Farense – SC Braga B, 2-0
Oliveirense – Marítimo B, 2-2
Atlético – Penafiel, 0-0
União – Académico, 1-0
Beira-Mar – Leixões, 0-0
Feirense – Covilhã, 1-1
Trofense – Portimonense, 3-4
FC Porto B – Santa Clara, 2-1
Chaves – Tondela, a decorrer
Segunda-feira:
Benfica B - Moreirense
Operário vence o Ideal na Ribeira Grande (2-1)
No Campeonato Nacional Seniores, na 4ª jornada do Grupo G, o Operário venceu o Sporting Ideal na Ribeira Grande por 1-2, golos de João Peixoto e Steb para os fabris e um autogolo de Breno para os da casa. Quanto ao Praiense, goleou o Futebol Benfica por 3-7, numa partida em que Marco Aurélio fez cinco golos.
Liga Meo Açores
A Liga Meo Açores começou hoje mas aos soluços, isto porque a partida entre o Santiago e o Lusitânia, marcado para as 15h00, em Água de Pau, foi adiado porque o árbitro da partida recusou-se a apitar sem policiamento no campo. Situação idêntica aconteceu na Vila das Capelas, mas a partida entre o Capelense e o Desportivo Rabo de Peixe começou com meia hora de atraso (17h30).
Nas partidas que se realizaram, Angrense venceu o Sporting Guadalupe (3-2), Marítimo derrotou o Barreiro (2-1) e o Desportivo Lajense perdeu em casa diante do Prainha (1-3). AO

Mundial Hóquei Patins: Espanha vence Argentina na final

Mundial Hóquei Patins: Espanha, 4 - Argentina, 3
Espanha conquista quinto título mundial consecutivo
Pedro Gil marcou o golo da vitória espanhola no último minuto.
A Espanha garantiu hoje um feito inédito, ao conquistar o quinto título mundial consecutivo, ao vencer a Argentina, por 4-3, na final do Mundial 2013, em Angola.
Espanha conquista quinto título mundial consecutivoDepois de bater Portugal na meia-final, a seleção argentina não conseguiu ultrapassar a muralha espanhola, apesar de, nos minutos finais, ter feito a equipa de Carlos Feriche tremer.
Durante a primeira parte, a Espanha exerceu grande pressão e foi a equipa mais forte e dominadora no rinque.
Por isso mesmo, com poucos minutos de jogo, os agora pentacampeões mundiais chegaram ao golo por intermédio de Jordi Ardroer.
A Argentina tentou responder mas uma defesa espanhola muito bem organizada não permitiu lances de grande perigo junto à baliza da Espanha.
Antes do intervalo, a vantagem foi aumentada por intermédio de Jordi Bargalló, dando ainda mais confiança à Espanha para defrontar a segunda metade da prova.
No entanto, e apesar de ter voltado a marcar pouco depois do intervalo, por intermédio de Marc Gual, a seleção espanhola viu a Argentina fazer uma espetacular recuperação e a conseguir igualar a partida em 3-3, a pouco mais de três minutos do final, com dois golos de Matias Platero e Marc Gual.
Mas a superioridade da Espanha acabou por ser evidente no último minuto, altura em que o ex-portista Pedro Gil marcou o golo decisivo e que deu o quinto título consecutivo à equipa de Carlos Feriche.
por SportInforma c/ Lusa
Espanha conquista quinto titulo consecutivo no Mundial de hoquei em Patins em Angola
Medalheiro dos mundiais de hóquei em patins:
1. Espanha 16 (ouro) - 12 (prata) - 7(bronze)
2. Portugal 15 - 10 - 13
3. Itália 4 - 8- 10
4. Argentina 4 - 7 -10
5. Inglaterra 2 - 1 - 0
6. Suíça   0 - 1 - 1
7. Bélgica 0 - 1 - 0
8. Holanda 0 - 1 - 0

Mundial Hóquei Patins: Portugal goleia Chile e garante pódio

Portugal, 10 - Chile, 3
Portugal conquista 3º lugar no Mundial de Hóquei em Angola
Depois de ter perdido com a Argentina no encontro das meias-finais, a seleção portuguesa encerrou a prestação no Mundial com uma boa exibição.
Portugal garantiu hoje o terceiro lugar na edição de 2013 do Mundial de hóquei em patins, ao golear o Chile por 10-3, numa partida em que a seleção comandada por Luís Sénica dominou do início ao fim.
Portugal goleia Chile e garante pódioGonçalo Alves mostrou a veia de goleador ao apontar quatro dos dez golos portugueses, logo seguido por Jorge Silva que somou mais três à sua conta pessoal.
Mesmo assim, a equipa chilena teve oportunidade de reduzir a desvantagem através de dois lances de bola parada. Primeiro, Nicolas Fernandes foi chamado a marcar uma grande penalidade mas Pedro Henriques defendeu. Depois, novamente o mesmo jogador chileno não conseguiu aproveitar um lance direto.
Portugal, por outro lado, foi bastante eficaz na concretização e, por isso, não foi de admirar os cinco golos de vantagem com que a seleção portuguesa se apresentou ao intervalo.
No segundo tempo manteve-se o cenário, com Portugal a dominar por completo a seleção chilena. No entanto, o espetáculo ficou desgastado com vários erros da equipa de arbitragem, que apesar de não influenciar diretamente Portugal, poderia ter colocado a equipa de Luís Sénica numa posição complicada, caso o Chile tivesse aproveitado os lances de bola parada.
Alheia a isso, a seleção portuguesa manteve o nível da exibição mas, acusando algum desgaste, ainda viu o Chile chegar com sucesso à baliza de André Girão.
Portugal, que conquistou pela última vez o título mundial em 2003, altura em que a prova se realizou em Oliveira de Azeméis, regressa a casa no domingo à noite com uma "amargo" terceiro lugar, um resultado repetido nas últimas duas provas.
por SportInforma c/ Lusa

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Mundial Hóquei em Patins: Argentina elimina Portugal

Mundial de Hóquei 2013 - Meias-finais:
Portugal, 0 - Argentina, 1 *ap
Portugal foi eliminado no prolongamento
Os sul-americanos superaram Portugal por 1-0, após prolongamento.
Espanha e Argentina são os finalistas do Campeonato do Mundo de hóquei em patins, que decorre em Angola, depois de terem vencido o Chile e Portugal, respetivamente, nas partidas das meias-finais.
A Espanha foi a primeira a garantir o acesso à final, e conseguir a oportunidade de revalidar o título mundial, após golear o Chile, por 7-0, numa partida que controlou desde o início sem dar qualquer hipótese de reação ao adversário.
Para a Argentina, a tarefa foi bem mais complicada.
Após 40 minutos pautados pelo equilíbrio, e manchado com algumas más de decisões dos árbitros, como foi exemplo a anulação de um golo apontado pelo português João Rodrigues, no final do tempo regulamentar a partida encontrava-se empatada sem golos.
O jogo ficou definido no final da primeira parte, após Portugal fazer a décima falta, e a Argentina, através de livre direto, apontado por Matias Nicolia, marcar o golo de ouro que afastou a seleção comandada por Luís Sénica da final.
Portugal fica mais uma vez impedido de lutar pelo troféu, que conquistou pela última vez em 2003, aquando o Mundial se realizou em Oliveira de Azeméis, em Portugal, e a seleção lusa era comandada por Vítor Hugo.
Espanha e Argentina encontram-se este sábado, último dia do Campeonato do Mundo de hóquei em patins, às 21h15, para lutar pelo título mundial, que há três provas consecutivas é conquistado pela equipa espanhola.
SportInforma c/ Lusa

Mundial Hóquei em Patins: Espanha chega á final

Mundial Hóquei 2013 - Meias-finais:
Espanha, 7 - Chile, 0
Espanha goleia Chile e está na final
Espanha fica a espera de Portugal ou Argentina
A seleção espanhola de hóquei em patins apurou-se para a final do Mundial, que decorre em Angola, ao golear o Chile por 7-0, na primeira meia-final disputada esta sexta-feira
No encontro decisivo, a disputar no sábado, a seleção espanhola vai defrontar o vencedor da outra meia-final, a disputar entre Portugal e Argentina.
SportInforma c/ Lusa

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Mundial de Hóquei Patins: Portugal nas meias-finais

Mundial de Hóquei Patins:
Moçambique, 0 - Portugal, 6
Portugal goleia Moçambique e passa às meias-finais
Nas meias-finais, que se disputam na sexta-feira, Portugal vai medir forças com a Argentina.
A seleção de Portugal entrou para a partida como favorita, dado os quinze títulos que ostenta e a presença regular na prova.
Aos três minutos, os lusos chegaram ao golo. O capitão Valter Neves teve a missão de abrir o placar do Multiusos de Luanda.
Bruno Pinto, da parte de Moçambique, isolado, não fez melhor se não rematar para a figura do guarda-redes português.
Portugal goleia Moçambique e passa às meias-finaisTudo muito fácil para os europeus, que num remate seco de Diogo Rafael, marcaram o segundo golo que fazia antever um resultado mais dilatado até ao final da primeira parte.
A resistência na baliza africana manteve-se, onde em dois livres diretos a bola não entrou, dada a eficácia do seu guarda-rede mais uma vez, e a merecer os aplausos do público.
Jorge Silva, jogador de má memória para os angolanos, marcou o quarto golo da partida que deixou a defesa completamente batida, o que levou o treinador de Moçambique, José Querido, a ficar irritado.
Portugal rematava como bem quisesse e o seu adversário quase não dava réplica no sentido de mudar o quadro e acabou mesmo por sair ao intervalo com a desvantagem de quatro a zero.
Na segunda parte, nos primeiros minutos, Portugal bem que tentou ampliar ainda a marcha do marcador, mas a baliza de Moçambique esteve bem melhor, sobretudo o guarda-rede, que destacou-se ao impedir lances de golo eminente.
Igor Alves mostrava muito mais segurança na baliza moçambicana, ao defender dois livres diretos, algo que não acontecia com o ataque, que beneficiou de inúmeras oportunidades para fazer golos e tentar criar um possível "susto" ao candidato ao título.
Jorge Silva, a quatro minutos do fim, elevou para 5-0 e no último minuto, Gonçalves fez o golo meia dúzia e selou o placar.
Com este resultado, os lusos dão um passo rumo ao título, que está na pose da Espanha e vão defrontar a Argentina nas meias-finais. Já Moçambique vai disputar jogos das classificativas do quinto ao oitavo lugar.
por SportInforma c/ Angop

Mundial 2015: Selecção feminina estreia-se com goleada na Grécia

Selecção feminina estreia-se com goleada na Grécia
Fase de Apuramento para o Mundial 2015:
Selecção de Portugal feminina goleou a Grécia (5-1)
A seleção portuguesa de futebol feminino estreou-se hoje na fase de apuramento para o Mundial 2015 com uma goleada sobre a Grécia, por 5-1, e garantiu provisoriamente a liderança do Grupo 5, em igualdade com Noruega e Bélgica.
Na cidade helénica de Fyli Attikis, Laura Luís, aos seis e 42 minutos, Xera na própria baliza, aos 68, Edite Fernandes, aos 80, e Jéssica Silva, aos 90+2, marcaram os golos de Portugal, enquanto Pelekouda, aos 74, fez o tento de honra da seleção grega.
Com este resultado, a formação lusa, comandada por António Violante, somou os primeiros três pontos no Grupo 5 de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2015, que se vai realizar no Canadá, e igualou Noruega e Bélgica no topo da classificação, embora as belgas tenham mais um jogo disputado.
Na próxima jornada, Portugal recebe a Holanda, a 26 de outubro, e cinco dias depois (31 de outubro) desloca-se à Bélgica.

Treinador holandês Mitchell deixa o futebol

Van der Gaag deixa Belenenses devido a problema cardíaco
Van der Gaag deixa Belenenses devido a problema cardíaco
O treinador holandês Mitchell van der Gaag anunciou hoje o abandono do comando técnico do Belenenses, da I Liga portuguesa de futebol, devido a problemas cardíacos e "porque a vida é mais importante".
O treinador holandês Mitchell van der Gaag anunciou hoje o abandono do comando técnico do Belenenses, da I Liga portuguesa de futebol, devido a problemas cardíacos e "porque a vida é mais importante".
"Estou vivo hoje, foi uma coisa muito violenta que aconteceu no sábado. Eu tenho um problema no coração, já há algum tempo, antes de chegar ao Belenenses, tenho um 'pacemaker' e um desfibrilhador. No sábado, durante o jogo senti-me mal e recebi dois choques e o aparelho salvou a minha vida", afirmou o antigo futebolista, em conferência de imprensa.
Mitchell van der Gaag, de 41 anos, treinava o Belenenses desde o início da época 2012/13, quando comandou os "azuis" ao regresso ao principal escalão, depois de ter orientado o Marítimo.
"Para já vou deixar de trabalhar, porque a vida é mais importante. O meu médico agora é o meu treinador", referiu o técnico, acrescentando desconhecer quanto tempo vai estar ausente dos bancos.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Taça da Liga : Belenenses empata em São Miguel

Santa Clara, 0 - Belenenses, 0
Santa Clara empata a zero com Belenenses
Santa Clara empatou a zero com Belenenses, em partida a contar para a 1ª mão da 2ª eliminatória da Taça da Liga.
As duas formações mostraram-se sempre mais preocupados com a gestão do esforço, pois estão a meio de uma semana com três jogos. O Santa Clara visita o Belenenses no próximo dia 30 de outubro, para o jogo da 2º mão.

Num jogo com escassas oportunidades de golo, realce apenas para dois lances dignos de registo.
Aos 78 minutos, numa boa jogada individual, Tiago Silva podia ter colocado o Belenenses na frente do marcador, mas o remate forte bateu na trave de João Botelho.
Ainda antes do apito final, o Santa Clara desperdiçou a oportunidade de alterar o nulo da partida, através de Minhoca, que rematou por cima.
A segunda mão joga-se no Estádio do Restelo, a 30 de Outubro.
Programa da Jornada:
quarta-feira, 25 de Setembro de 2013
Farense – Marítimo, 0-2
Santa Clara – Belenenses, 0-0
Moreirense – Gil Vicente, 0-0
Beira Mar – Arouca, 0-1

quarta-feira, 9 de Outubro de 2013
Sp. Covilhã – Olhanense, 15:00
sábado, 12 de Outubro de 2013
Penafiel – Académica, 16:00
Portimonense – V. Setúbal, 17:00
domingo, 13 de Outubro de 2013
Leixões – Guimarães, 15:00
quarta-feira, 30 de Outubro de 2013
Gil Vicente – Moreirense, 16:00
Guimarães – Leixões, 16:00
V. Setúbal – Portimonense, 16:00
Arouca – Beira Mar, 16:00
Marítimo – Farense, 16:00
Académica – Penafiel, 16:00
Olhanense – Sp. Covilhã, 16:00
Belenenses – Santa Clara, 16:00

Futebol na ilha Terceira:

Associação de Futebol de Angra do Heroísmo (AFAH)
Temporada 2013/14 arranca a 29 de setembro
Seis equipas vão marcar presença nas provas locais sob a égide da Associação de Futebol de Angra do Heroísmo (AFAH), escalão de seniores, na temporada desportiva 2013/14.
A grande novidade é a estreia absoluta do Salão, grémio da freguesia de São Mateus da Calheta com um percurso notável ao nível do Inatel, registando-se ainda o regresso de "Os Leões".
Boavista, Lajense, Vilanovense e Fontinhas mantêm-se em plena atividade, daí que teremos o quadro competitivo com mais equipas dos últimos anos. Um sinal de retoma do futebol terceirense? Esperemos bem que sim.
A época desportiva 2013/14 arranca a 29 de setembro com a Supertaça "Francisco Borges Pinheiro", que coloca frente-a-frente o campeão Boavista da Ribeirinha e o atual detentor da Taça Ilha Terceira, o Juventude Lajense.
A Taça AFAH concretiza-se entre seis de outubro (primeira ronda) e três de novembro (quinta rodada). Aqui fica o respetivo calendário:
1.ª Jornada, 06 de outubro, Boavista - Salão, Lajense - Vilanovense e "Os Leões" - Fontinhas. 2.ª Jornada, 13 de outubro, Salão - Lajense, Fontinhas - Boavista e Vilanovense - "Os Leões". 3.ª Jornada, 20 de outubro, "Os Leões" - Salão, Lajense - Boavista e Fontinhas - Vilanovense.
4.ª Jornada, 27 de outubro, Salão - Vilanovense, Boavista - "Os Leões" e Lajense - Fontinhas. 5.ª Jornada, 03 de novembro, Fontinhas - Salão, Vilanovense - Boavista e "Os Leões" - Lajense.
Como se percebe, a prova materializa-se a uma volta, a pontos, no sistema de todos contra todos, servindo, em certa medida, como rodagem para o Campeonato da Terceira.
CAMPEONATO
O sempre aguardado e emotivo Campeonato da Ilha Terceira tem pontapé de saída marcado para 10 de novembro. A ronda inaugural oferece-nos as pelejas Fontinhas - "Os Leões", Vilanovense - Lajense e Salão - Boavista. A última rodada (20.ª) acontece a 27 de abril.
O vencedor assegura o direito de representar a ilha Terceira no Torneio de Apuramento do Campeão da AFAH, juntamente com os congéneres de São Jorge e Graciosa, sendo que o melhor do trio garante entrada direta no Campeonato de Futebol dos Açores, época 2014/15.
Como é habitual, numa das próximas edições apresentaremos o mapa completo da prova máxima do futebol local, que se discute a quatro voltas, por pontos, no sistema de todos contra todos.
TAÇA DE ILHA
Virando agulhas para a prestigiada Taça Ilha Terceira, a primeira eliminatória está calendarizada para 26 de janeiro. Jogos em cartaz: Boavista - Lajense (jogo 1), Salão - Vilanovense (jogo 2) e "Os Leões" - Fontinhas (jogo 3).
As meias-finais, realizadas a duas mãos, efetuam-se a 09 de março e 04 de maio, mediante o enquadramento que aqui deixamos: vencedor jogo 1 - melhor vencido e vencedor jogo 2 - vencedor jogo 3. A final, entre os vencedores das meias-finais, disputa-se a 18 de maio.
Feitas as devidas apresentações, só falta mesmo a bola começar a rolar. Está quase.

DI

Açores - Futebol Distrital: Taça de Honra da AFPD

Futebol em São Miguel:
AF Ponta DelgadaTaça de Honra da AFPD – Séniores:
São Roque, U. Micaelense e Vale Fomoso entram a ganhar
Começou na ilha de São Miguel as competições oficiais da Associação de Futebol de Ponta Delgada (AFPD), época 2013-2014, com o início do futebol sénior com a 1ª. jornada da Taça de Honra da AFPD, dividida em duas séries.
Na série «A» a equipa dos amarelos de São Roque foram á Povoação derrotar o Mira Mar por 2-3, somando os primeiros três pontos da época. Em Ponta Delgada o União Micaelense recebeu e venceu o Águia dos Arrifes por duas bolas a uma e conquistou três valiosos pontos. São Roque e  a União Micaelense seguem no comando da prova.
Na Série «B» o FC Vale Formoso venceu nas Furnas o União de Nordeste por duas bolas a uma e é o líder, enquanto o Marítimo folgou nesta primeira ronda da taça de honra.
A primeira jornada forneceu os seguintes resultados.
Série «A»
Resultados da 1ª. jornada:
Mira Mar, 2 – GD São Roque, 3
U. Micaelense, 2 – Águia CD, 1
CLASSIFICAÇÃO:
L   Equipas            J   V   E    D     GM-S      P
1º São Roque          1   1   0    0      3 – 2      3
2º U. Micaelense     1   1   0    0      2 – 1      3
3º Águia CD            1   0   0    1      1 – 2       0
4º Mira Mar            1   0    0   1       2 – 3      0
2ª. jornada – 28/08/2013:
Águia CD – São Roque
U. Micaelense – Mira Mar
SÉRIE «B»
Resultados da 1ª. jornada:
FC Vale Formoso, 2 – U. Nordeste, 1
Folgou: Marítimo SC.
CLASSIFICAÇÃO:
L   Equipas            J   V    E   D     GM-S      P
1º Vale Formoso     1   1    0    0     2 – 1       3
2º U. Nordeste       1   0    0    1     1 – 2       0
3º Marítimo SC       0   0    0    0     0 – 0       0
2ª. jornada – 29/08/2013:
Marítimo SC – Vala Formoso
Folga: União de Nordeste.
Futebol na ilha do Faial / Pico:

Taça Associação de Futebol da Horta:
Madalena na frente da Taça AFH
Iniciou-se domingo a competição da Taça da Associação de Futebol da Horta.
O F.C. Flamengos jogou em casa e venceu por 1-0 o GD Cedrense, enquanto o FC Madalena recebeu e venceu o Vitória FC por 3-1.
A tabela é assim liderada pelo FC Madalena, seguido do FC Flamengos e do Vitória FC. Grupo Desportivo Cedrense e Fayal Sport ocupam os últimos lugares da tabela.
Na próxima jornada, disputada sábado por domingo ser dia de eleições, o Cedrense recebe o FC Madalena e o Vitória FC recebe o Fayal Sport.
Resultados da 1ª. jornada:
FC Flamengos, 1 – GD Cedrense, 0
FC Madalena, 3 – Vitória F.C., 1
Folgou: Fayal Sport Clube.
CLASSIFICAÇÃO:
L   Equipas          J   V   E   D     GM-S    P
1º Madalena         1   1   0    0     3 – 1     3
2º Flamengos       1   1   0    0     1 – 0     3
3º Vitória FC        1   0   0    1     1 – 3     0
4º Cedrense         1   0   0    1     0 – 1     0
5º Fayal Sport      0   0   0    0     0 – 0     0
2ª. jornada – 28/09/2013:
Cedrense – Madalena
Vitória FC – Fayal Sport
Folga: FC Flamengos.

domingo, 22 de setembro de 2013

Taça de Portugal: Santa Clara passa em Pinhal Novo

Vitória e apuramento garantido em Pinhal Novo - Tiago Leonço resolveu aos 18 minutos.
Pinhalnovense, 0 - Santa Clara, 1
Golo solitário de Tiago Leonço foi decisivo
O Santa Clara, da Segunda Liga, venceu este domingo o Pinhalnovense, do terceiro escalão, com um golo solitário do avançado Tiago Leonço, e garantiu o apuramento para a terceira ronda da Taça de Portugal.
Numa tarde de muito calor, o Santa Clara, fazendo jus ao estatuto de equipa de um escalão superior, entrou melhor na partida e esteve perto do golo por duas vezes, aos 11 e 12 minutos, ambas pelo avançado brasileiro Tiago Leonço.
Na primeira ocasião, o avançado ganhou na área e rematou ao lado da baliza de Pedro Alves e, um minuto depois, Tiago Leonço elevou-se mais alto que a defesa do Pinhalnovense, mas o cabeceamento saiu por cima.
Depois de dois avisos, o avançado brasileiro acabou mesmo por inaugurar o marcador para a equipa da II Liga aos 18 minutos, depois de surgir solto nas costas da defesa adversária para desviar um cruzamento de Mike da direita.
Com o golo sofrido, o Pinhalnovense subiu no terreno e conseguiu incomodar a defesa açoriana. Logo na resposta, o avançado Lito surgiu sozinho na cara de Botelho, mas o guarda-redes conseguiu defender.
Aos 32 minutos, o Pinhalnovense, orientado por Luís Manuel, beneficiou de uma grande penalidade, por derrube de Seddiki a Lito, mas Filipe Falardo permitiu a defesa de Botelho.
Na segunda parte, a primeira oportunidade de golo foi do Santa Clara. O médio Hugo Santos foi da esquerda para o meio e rematou forte de pé direito, com a bola a bater com violência no poste.
Em desvantagem no marcador, o Pinhalnovense instalou-se depois no meio-campo na equipa açoriana e pressionou bastante, mas sem conseguir criar oportunidades de golo, com o Santa Clara a defender com dificuldade a magra vantagem.
Jogo no Campo Santos Jorge, no Pinhal Novo.
Pinhalnovense - Santa Clara, 0-1.
Ao intervalo: 0-1
Marcadores:
0-1, Tiago Leonço, 18 minutos.
Equipas:
Árbitro: João Capela
- Pinhalnovense: Pedro Alves, João Oliveira, Alain, Douglão, Jorge Peixoto, Ricardo Correia, Filipe Falardo, Rui Baião, Lito (Nuno Tavares 68), Ângelo Rego (João Santos, 58) e Ary (Pablo, 81).
(Suplentes: Ricardo Rolo, Pablo, João Santos, Gonçalo, Nuno Tavares, Edy e Diogo).
Treinador: Luís Manuel.
- Santa Clara: João Botelho, Paulo Arantes, Accioly, Miguel Lourenço, Igor, Seddiki (Lucas, 68), Cervantes, Minhoca, Hugo Santos, Mike (Diogo Moniz, 68) e Tiago Leonço (João Ventura, 80).
(Suplentes: Serginho, Lucas, João Ventura, Diogo Moniz e João Pedro).
Treinador: Carlos Condeço.
Ação disciplinar: cartão amarelo para Filipe Falardo (23), Angelo Rego (30), Seddiki (32), Ricardo Correia (48), Rui Baião (60), João Peixoto (83), Paulo Arantes (86) e Accioly (90).
Assistência: cerca de 200 espectadores.

Taça Portugal - 2ª. eliminatória: Desp. Chaves deu 8-0

Taça de Portugal - 2ª. Eliminatória:
Chaves deu 8-0 no Avanca, União da Madeira eliminado
A tarde é de Taça de Portugal e, na segunda eliminatória da competição, registou-se uma surpresa, com o União da Madeira a ser derrotado em casa do Benfica de Castelo Branco.
O Boavista assustou o Portimonense, mas acabaram por ser os algarvios a seguirem em frente, tal como o Penafiel, que se viu a perder em casa diante do Tirsense, mas que virou o resultado dentro dos 90 minutos.
A goleada da tarde pertenceu ao Desportivo de Chaves, que recebeu o Avanca e aplicou chapa 8, com destaque para três golos de Clemente.
Académico de Viseu, Tondela, Beira-Mar, Oliveirense, Covilhã, Santa Clara, Leixões, Trofense e Desp. Aves também seguem para a próxima eliminatória.
- Sábado, 21 setembro - Jogos e Resultados:
(+) Moreirense (2L) - Merelinense (D), 9-0
(+) Louletano (CNS) - SC Praiense (CNS), 2-0
(+) Oriental (CNS) - Aliados Lordelo (D), 1-0
(+) Feirense (2L) - Sousense (CNS), 2-1 
- Domingo, 22 setembro - Jogos e Resultados: 
(+) Desportivo de Chaves (2L) - Avanca (D), 8-0
(+) Farense (2L) - Lusitânia Lourosa (CNS), 1-1 (2-2 ap, 7-6 gp)
(+) Penafiel (2L) - Tirsense (CNS), 2-1
(+) Sporting Covilhã (2L) - Tourizense (CNS), 3-1
(+) Tondela (2L) - Torres Novas (D), 5-1
(+) Leixões (2L) - Sacavenense (D), 2-0
(+) Académico de Viseu (2L) - Nogueirense (CNS), 2-1
(+) Atlético (2L) - Mirandela (CNS), 0-0 (1-0 ap)
(+) Beira-Mar (2L) - Grijó (CNS), 4-1
(+) Oliveirense (2L) - Limianos (CNS), 2-1
Pinhalnovense (CNS) -- (+) Santa Clara (2L), 0-1
Boavista (CNS) -- (+) Portimonense (2L), 1-2
(+) Trofense (2L) - Juventude Pedras Salgadas (CNS), 3-0
Gondomar (CNS) -- (+) Desportivo de Aves (2L), 1-2
(+) AD Fafe (CNS) - Perafita (CNS), 2-1
Marinhense (D) -- (+) Caldas (CNS), 0-6
(+) Benfica Castelo Branco (CNS) -- União de Madeira, 2-1
(+) Lusitano Vildemoínhos (CNS) - Futebol Benfica (CNS), 2-1
(+) São João Ver (CNS) - Lusitano VRSA (D), 5-0
Cerveira (D) -- (+) Cova da Piedade (CNS), 1-3
(+) Santa Eulália Vizela (D) - Ninense (CNS), 2-1
(+) Felgueiras (CNS) - Bustelo (CNS), 2-0
Maria da Fonte (D) -- (+) Grandolense (D), 2-2 (2-3 ap)
(+) GD Fátima (CNS) - Sporting Ideal (CNS), 1-1 (2-1 ap)
(+) Vilaverdense (CNS) -- Riachense (CNS), 1-0
(+) Varzim (CNS) - Sporting de Espinho (CNS), 3-0
(+) Esperança Lagos (CNS) - Pedras Rubras (D), 1-0
(+) União de Leiria (CNS) - Marinhas (D), 3-1
(+) Ribeirão (CNS) - Juventude Évora (D), 4-0
Estarreja (CNS) -- (+) Cinfães (CNS), 1-5
(+) Santa Maria (CNS) - Cesarense (CNS), 4-1
(+) Alba (D) - União Montemor (CNS), 2-1
(+) Loures (CNS) - Carapinheirense (CNS), 5-0
(+) Alcanenense (CNS) - Barreirense (CNS), 3-1
(+) Famalicão (CNS) - Eirense (D), 4-0
(+) Mafra (CNS) - Oriolenses (D), 3-0
(+) Gafetense (D) - Sourense (CNS), 1-1 (2-2 ap, 4-1 gp)
Fabril Barreiro (D) -- (+) Operário (CNS), 0-2
(+) Freamunde (CNS) - Ronfe (D), 4-0
(+) AD Oliveirense (CNS) - Vizela (CNS), 1-0
(+) Piense (D) - Vitória de Sernache (D), 2-2 (4-3 gp)
Castrense (D) -- (+) Camacha (CNS), 2-3
(+) Aljustrelense (D) - Igreja Nova (D), 3-1
(+) Sertanense (CNS) - Amora (D), 4-2
(+) - Apurados para a 3. eliminatória
Siglas das divisões dos campeonatos:
(D) - Distritais
(CNS) -- Campeonato Nacional Seniores
(2L) -- II Liga
(L) -- Liga 
Nota: A terceira eliminatória realiza-se em 20 de outubro de 2013. 

Taça de Portugal - 2ª. eliminatória: Santa Clara e Operário seguem em frente

Santa Clara e Operário apuram-se para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal
Santa Clara e Operário venceram os respetivos encontros da 2ª eliminatória e seguem em frente na Taça de Portugal, enquanto o Sporting Ideal foi eliminado no prolongamento.
Os encarnados de Ponta Delgada derrotaram o Pinhalnovense por 0-1, golo de Tiago Leonço, enquanto os fabris da Lagoa venceram o Fabril Barreiro por 0-2, tentos de Evandro e Fufuco.
Quanto ao Sporting Ideal, acabou eliminado da competição, ao perder contra o GD Fátima por 2-1, já no prolongamento, após o empate a uma bola, registado no final do período regulamentar. Vitinha fez de penálti o golo dos leões da Ribeira Grande.
OMilhafre/

Taça de Portugal - 2ª eliminatória: Praiense foi eliminado

Equpia do Praiense perdeu por 2-0 no campo do Louletano
Praiense eliminado da Taça de Portugal
Os terceirenses caíram na 2ª eliminatória da Taça, ao perderem em casa do Louletano por 2-0.
O Sport Clube Praiense, que tinha ficado isento na 1ª eliminatória da taça, termina assim a sua participação na Taça de Portugal.
Hoje, domingo, é a altura dos restantes três representantes açorianos entrarem em prova.
Santa Clara desloca-se ao campo do Pinhalnovense, enquanto o Operário visita o Fabril do Barreiro e o Sporting Ideal viaja até ao reduto do GD Fátima.
Todos os jogos com início marcado para as 14h00.

Eurosurf 2013: Hugo Pinheiro e Ruben Gonzalez conquistam ouro nos Açores

Hugo Pinheiro e Ruben Gonzalez conquistam medalhas de ouro no Eurosurf 2013
Hugo Pinheiro, em Bodyboard Open, e Ruben Gonzalez, em Surf Sénior, conquistaram hoje as respetivas medalhas de ouro no Eurosurf 2013, o Campeonato da Europa por equipas, que termina hoje na praia de Santa Bárbara, em São Miguel.
Os dois atletas portugueses sagraram-se assim campeões da Europa, depois de terem dominado as suas baterias da grande final.
Rodrigo Herédia, em Surf Master, conquistou a medalha de prata e Catarina Sousa a de bronze em Bodyboard Senhoras, depois de ter dominado praticamente toda a final.
O Eurosurf 2013 está neste momento parado, devido à ausência de ondas durante a maré cheia, retomando pelas 16:00 locais (17:00 em Lisboa), para as duas últimas baterias da competição, onde as seleções de França e Espanha vão disputar o título coletivo.
Entre 14 equipas participantes, Portugal terminou em terceiro lugar, conquistando o bronze, atrás de Espanha e França.
Em sete categorias neste campeonato da Europa por seleções, Portugal colocou quatro atletas nas grandes finais, conquistando o ouro em duas.
OMilhafre/Lusa