sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Supertaça Europeia: Bayern conquista a supertaça

 Supertaça Europeia
Bayern, 2 - Chelsea, 2 (ap)
Bayern vence Chelsea nos penalties
Os Blues jogaram todo o prolongamento com 10 pela expulsão de Ramires no final da segunda parte.
O Bayern de Munique conquistou esta sexta-feira a sua primeira Supertaça Europeia ao bater o Chelsea nas grande penalidades, depois do 2-2 verificado no final do prolongamento.
José Mourinho continua a não conseguir vencer uma Supertaça Europeia e Guardiola, depois de ter perdido a Taça da Alemanha para o Borussia Dortmund, conquista o seu primeiro troféu ao serviço do Bayern.
Fernando Torres marcou o primeiro, Ribéry, eleito ontem Melhor Jogador da Europa, empatou e valeu ao Chelsea Hazard, já no prolongamento, a fazer o golo da vitória.
Num jogo de uma intensidade tremenada, qualquer uma das equipas poderia levantar a Taça. O Chelsea entrou melhor, com Torres a inaugurar cedo o marcador (oito minutos). Pontapé de primeira do espanhol, sem deixar cair a bola, após movimento no centro da área - marcação deficiente da defesa alemã - respondendo da melhor forma a cruzamento de Schürrle na direita. Bola na gaveta, sem hipótese para Neuer.
O Bayern Munique chegaria ao golo do empate no início da segunda parte, aos 47', por Ribéry. O médio conduz da esquerda para o meio, ao seu jeito, e envia uma bomba ao primeiro poste, para o fundo das redes. Cech voou, mas sem chegar à bola.
Antes do golo de Hazard, Mourinho ficou a jogar com 10 por expulsão de Ramires, que viu o segundo amarelo. Mesmo em desvantagem numérica, o Chelsea não baixou a guarda e colocou-se na frente. Aos 93', passe de David Luiz para Hazard, encostado na esquerda. O belga ataca o lateral, simula um primeiro remate, foge para o meio já na área ultrapassando mais um defesa, e fuzila para o poste mais próximo. Lance individual de excelência de Hazard. Neuer reagiu um pouco tarde, mas a bola levava fogo.
Em desvantagem, os alemães encostaram os ingleses, tentaram de todas as formas, com Cech a ser imperial, negando por várias vezes o golo. Só que aos 121 minutos, a poucos segundos do apito final, Javi Martínez fez o 2-2 e levou o jogo para as grandes penalidades.
Lukaku na luta com Neuer perdeu e a Taça foi para Munique.
por SportInforma

Motores: 13.º Rali Além-Mar/XXXV Ilha Lilás

Automobilismo: 13.º Rali Além-Mar/XXXV Ilha Lilás
Primeiras informações do Ilha Lilás já estão disponíveis
Já se encontram on-line as primeiras informações da sexta prova do Campeonato dos Açores de Ralis de 2013 - o 13.º Rali Além-Mar/XXXV Ilha Lilás - também pontuável para a Taça de Ralis Além Mar Açores de 2013, como segunda prova.
Regulamentos (CRA e TRAMA), boletins de inscrição (CRA e TRAMA), controlos horários/itinerários (CRA e TRAMA) e informações aos concorrentes (não residentes na ilha Terceira) são algumas das informações já disponíveis para consulta em
www.tac.com.pt/alem_mar_ilhalilas2013.
A 13.ª edição do Rali Além-Mar e 35.ª Ilha Lilás, que será praticamente toda nova em relação a edições recentes e a provas do Terceira Automóvel Clube (TAC), terá 10 provas especiais, iniciando-se na sexta-feira, dia 27 de setembro, com duas passagens pela especial de Avenidas/Além-Mar (idêntica à realizada no XXXII Rali Sical) que serão disputadas com a regulamentação específica de "Super-Especiais".
No sábado de manhã, dia 28, serão percorridas por duas vezes as especiais de Ribeirinha/Cidral (13,89Km) e Barro Vermelho/Quinhão Grande (11,58Km) e durante a tarde também por duas vezes as especiais de Catarina Vieira (5,70Km) e Viveiros/Ramada (9,14Km), sendo a segunda passagem por esta especial e última PE do rali a "Power Stage" do 13.º Rali Além-Mar/XXXV Ilha Lilás. A prova rainha do TAC terá uma extensão total de 239,17Km, sendo 84,62Km reservados às 10 provas especiais.
Os participantes na Taça de Ralis Além-Mar Açores efetuarão seis provas especiais, as duas passagens por Avenidas/Além-Mar e as quatro PE da manhã de sábado.
As inscrições decorrerão entre 10 (terça-feira) e 14 (sábado) de setembro, encerrando pelas 23h00, estando a apresentação da prova e publicação da lista oficial de inscritos reservadas para o dia 19 de setembro (quinta-feira).

Campeonato dos Açores: Equipas preparam-se para a nova época

 Campeonato dos Açores:
SC Barreiro regressou ao trabalho 
O Sport Clube Barreiro da ilha Terceira, apresentou-se ao trabalho no dia 26 de agosto, tendo como objetivo assumido a permanência na edição inaugural do Campeonato de Futebol dos Açores. Mantendo a dupla Hildeberto Borges (treinador principal)/Francisco Maciel (treinador adjunto) no comando técnico, o grémio do Porto Judeu garantiu a renovação de 12 atletas, a saber:
Bruno Pereira, Célio Gonçalves, Chiquinho, Fábio Almeida, Ivo Tavares, Jorge Ferreira, José Isidro, Mário Cota, Marco André, Nelson Rocha, Nuno Lima e Nobita.
Para já, estão assegurados cinco reforços: Fanica (ex-Boavista), Gonçalo (ex-Angrense), André Chibante (ex-Vilanovense), Gilberto (ex-Praiense) e André (ex-Lajense).
O clube procura ainda mais cinco jogadores, todos eles a recrutar no mercado local, uma vez que a ideia é constituir um plantel com 22 elementos.
Entre dispensas (cinco) e atletas que abandonaram a coletividade por opção própria (também cinco), o Barreiro perdeu 10 jogadores em relação à pretérita temporada.
A exemplo do sucedido na campanha transata, a turma do Porto Judeu vai utilizar o campo municipal de Angra do Heroísmo aquando dos encontros na condição de visitada.
Equipas da Graciosa prontas a começar a pré-época
Sp. Guadalupe mantém treinador da época passada
A pré época de futebol está quase a começar para Marítimo e Guadalupe, que vão estar no
Campeonato dos Açores com início a 29 de setembro.
Os azuis e brancos recebem o Barreiro e os leões defrontam o Angrense na ilha Terceira.
Entretanto, Nené já não deve iniciar a temporada no comando técnico do Sporting de
Guadalupe, ao contrário do que tinha sido anunciado no final da época passada.
O antigo capitão já tinha formado o plantel, que pode não ser o mesmo devido às novas
regras de atribuição de apoios ao abrigo do contrato programa com o governo regional e
que condiciona a participação de jogadores formados fora da região. Além disto, Nené
deverá sair da ilha por motivos pessoais e profissionais.
A escolha da direcção deverá recair na continuidade do treinador Luís Guerreiro, que
subiu a equipa na época passada.
Guadalupe e Marítimo voltam aos treinos

As equipas graciosenses que vão participar na primeira edição do Campeonato dos Açores de futebol sénior estão a voltar ao trabalho.
Luís Guerreiro orienta o primeiro treino do Sporting de Guadalupe esta segunda-feira, às 19 horas.
No Marítimo, a equipa técnica constituída por Rui Cordeiro e Jimmy Cunha, marcaram o primeiro treino para o próximo domingo, 1 de Setembro.
Entretanto o plantel azul e branco será formalmente apresentado aos sócios num jantar que se realiza sábado, 31 de Agosto.
As respetivas reportagens passam no Teledesporto do próximo domingo.
A primeira jornada do campeonato realiza-se a 29 de Setembro. O Guadalupe defronta o Angrense fora de casa e o Marítimo recebe o Barreiro.

II Liga: Ruizinho rescindiu por mútuo acordo com o CDSC

Ruizinho rescindiu por mútuo acordo com os encarnados
Ruizinho rescinde contrato com o Santa Clara
Avançado vinha sendo pouco utilizado e a SAD não colocou objeções na saída. Está a caminho do Cinfães. Caboverdiano Killy está a treinar à experiência.
Ruizinho, avançado de 22 anos que o Santa Clara contratou há um ano, rescindiu por mútuo acordo o vínculo laboral que o ligava aos encarnados de Ponta Delgada até ao final da temporada 2013/14. O jovem atacante vinha sendo pouco utilizado por Carlos Condeço e optou por sair.
A SAD, presidida por Mário Batista, não colocou entraves de maior à saída de Ruizinho, avançado que nunca se conseguiu fixar nas primeiras escolhas do treinador. O jogador já não treinou nesta quarta-feira e o seu futuro deverá passar pelo Cinfães.
Entretanto, às ordens de Carlos Condeço está um avançado caboverdiano que procura agradar ao treinador dos insulares. Trata-se de Euclides Mendonça, mais conhecido por Killy, um extremo direito de 21 anos que até há pouco tempo integrou o plantel do Sporting B, acabando por sair devido ao excesso de alternativas para os flancos.
Formado no Celtic da Praia, Killy é internacional pelas camadas jovens de Cabo Verde e recentemente teve de recusar a chamada à seleção de Santiago que prepara a presença na Taça Independência por ter rumado a Portugal para prestar provas no Sporting B e agora no Santa Clara.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Liga Europa / Play-offs: Estoril apurado - SC Braga foi eliminado em casa

Liga Europa / Resultados do play-off (act.)
Resultados dos jogos da segunda “mão” do play-off da Liga Europa.
Destaque para a eliminação de clubes como Estugarda, Feyenoord, Nice, Udinese e ainda do SC Braga.
Seguem para a fase de grupos os seguintes clubes: St. Gallen, Rubin Kazan, Dínamo Kiev, Elfsborg, Maccabi Haifa, HNK Rijeka, Rapid Viena, Trabzonspor, Zulte Waregem, Sheriff, Slovan Liberec, Esbjerg, Besiktas, Swansea, Genk, Apollon, Thun, Dnipro, Eintracht Frankfurt, Estoril, Standard Liège, Salzburgo, Sevilha, Chornomorets, Kuban Krasnodar, Fiorentina, Tottenham, Betis e Pandurii.
Resultados:
Spartak Moscovo - St. Gallen, Sui, 2-4 (1-1 na primeira mão)
Rubin Kazan - Molde, 3-0 (2-0)
Dínamo Kiev - Aktobe, 5-1 (3-2)
Nordsjaelland - IF Elfsborg, 0-1 (1-1)
Astra - Maccabi Haifa, 1-1 (0-2)
Estugarda - HNK Rijeka, 2-2 (1-2)
FC Dila - Rapid Viena, 0-3 (0-1)
Trabzonspor - FK Kukes, 3-1 (2-0)
APOEL - Zulte Waregem, 1-2 (1-1)
Sheriff - Vojvodina, 2-1 (1-1)
Slovan Liberec - Udinese, 1-1 (3-1)
St. Étienne - Esbjerg, 0-1 (3-4)
Besiktas - Tromso, 2-0 (1-2)
Petrolul - Swansea, 2-1 (1-5)
Genk - Hafnarfjördur, 5-2 (2-0)
Nice - Apollon, 1-0 (0-2)
Thun - Partizan, 3-0 (0-1)
Dnipro - Kalju, 2-0 (3-1)
Eintracht Frankfurt - Qarabag, 2-1 (2-0)
ESTORIL - Pasching, 2-1 (4-1)
Standard Liège - Minsk, 3-1 (2-0)
Zalgiris - Salzburgo, 0-2 (0-5).
Slask Cracóvia - Sevilha, 0-5 (1-4)
Skënderbeu – Chornomorets, 1-0, 6-7 g.p. (0-1)
Slask - Sevilha, 0-5 (1-4)
Feyenoord - Kuban Krasnodar, 1-2 (0-1)
Fiorentina - Grasshoppers, 0-1 (2-1)
Tottenham - Dínamo Tbilisi, 3-0 (5-0)
Betis - FK Jablonec, 6-0 (2-1)
SC Braga - Pandurii, 0-2 (1-0)
AZ Alkmaar - Atromitos (jogo suspenso e adiado para sexta-feira (10:00)

Liga dos Campeões: Benfica ficou grupo C e FC Porto no grupo G

Sorteio da Liga dos Campeões
Arsenal, Dortmund e Nápoles no "grupo da morte"
A composição dos oito grupos da Liga dos Campeões 2013/2014. FC Porto ficou no Grupo G, Benfica no Grupo C.
Arsenal, Dortmund e Nápoles no "grupo da morte"A UEFA já sorteou a composição dos oito grupos de equipas que irão disputar a Liga dos Campeões 2013/2014.
O FC Porto, campeão de Portugal, irá defrontar os espanhóis do Atlético Madrid, os russos do Zenit de São Petersburgo e os austríacos do Áustria de Viena. Um grupo que se pode considerar acessível, tal como o que calhou ao Benfica.
Os encarnados ficaram no grupo C, juntamente com o PSG de França, o Olympiakos da Grécia e o Anderlecht da Bélgica.
Dos oito grupos, o F pode ser considerado o "grupo da morte". Além do Arsenal, o grupo conta com o super-reforçado Nápoles que apostou em Rafa Benitez para levar o clube ao título italiano e a altos voos na Champions. A equipa napolitana perdeu Cavani mas contratou Higuain, Callejon, e Reina e Raul Albiol.
Ainda neste grupo há que contar com o todo-poderoso Borussia Dortmund, vice-campeão europeu e vice-campeão alemão. Jurgen Klopp perdeu Goetze mas foi buscar Aubameyang e ainda conseguiu convencer Lewandowski a permanecer no plantel. Depois é preciso contar com o Marselha, vice-campeão francês.
O Grupo A também promete bons jogos, com o Manchester United, Shakhtar Donetsk, Bayern Leverkusen e Real Sociedad.
O Barcelona volta a reencontrar o Milan e o Celtic, equipas que já tinha defrontado na temporada passada.
O Chelsea de Mourinho foi bafejado pela sorte e terá no Schalke 04 a equipa mais complicada no Grupo E. Os outros adversários são o Basileia da Suíça e Steaua Bucareste da Roménia.
Os atuais campeões europeus, Bayern Munique, terão um duelo especial com o Manchester City no D.
Composição dos oito grupos:
Grupo A: Manchester United, Shakhtar Donetsk, Bayer Leverkusen e Real Sociedad
Grupo B: Real Madrid, Juventus, Galatasaray e FC Copenhaga,
Grupo C: Benfica, PSG, Olympiakos e Anderlecht
Grupo D: Bayern Munique, CSKA Moscovo, Manchester City e Viktoria Pilzen
Grupo E: Chelsea, Schalke 04, Basileia e Steaua Bucareste
Grupo F: Arsenal, Marselha, Borussia Dortmund e Nápoles,
Grupo G: FC Porto, Atlético Madrid, Zenit e Áustria Viena
Grupo H: Barcelona, AC Milan, Ajax e Celtic
por SportInforma

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Champions-Playoff: Paços de Ferreira volta a perder e cai para a Liga Europa

 Playoff Champions:
Danny de sonho verga Paços de Ferreira
Por João Paulo Godinho
O internacional português marcou dois golos e foi decisivo na vitória por 4-2 sobre o Paços de Ferreira.
O Zenit S. Petersburgo acabou esta quarta-feira com o sonho milionário do Paços de Ferreira de chegar à Liga dos Campeões. Se a goleada da primeira mão, por 4-1, tinha tido a assinatura de Shirokov, com três golos, esta tarde a equipa russa vergou os pacenses, por 4-2, com uma atuação fenomenal de Danny.
O internacional português liderou a orquestra russa de Luciano Spalletti, dinamizando o ataque e apontando os dois primeiros golos, sendo que o segundo irá correr o mundo pela sua genialidade.
Curiosamente, o jogo até começou com o Paços de Ferreira em grande... a desperdiçar ocasiões de golo. Nos primeiros três minutos, Manuel José e Carlão perderam boas chances de abrir o ativo na Rússia. A formação de Costinha, ciente da missão praticamente impossível que a trazia até São Petersburgo, entrou desinibida e rápida.
Depois de um arranque positivo da equipa portuguesa, o Zenit - com Neto e Danny no onze - equilibrou, tanto no ritmo como no número de oportunidades perdidas. Só aos 30 minutos é que surgiu o primeiro golo, por obra de Danny. O médio português recebeu um passe atrasado do flanco esquerdo, livrou-se da oposição da defesa do Paços e rematou fulminante e sem hipóteses para Degrá.
O golo era o corolário da óbvia superioridade dos russos, que foi particularmente evidenciada no segundo tempo.
Danny quis continuar a espalhar magia e aos 49 assinou o melhor momento do encontro, fugindo em velocidade aos defesas pacenses e batendo Degrá com um chapéu pleno de classe. Fantástico!
O Paços sabia que estava derrotado, mas nem por isso deixou de tentar a sua sorte. Porém, o Zenit voltou a ser implacável e Bukharov elevou para 3-0 aos 66', com um cabeceamento certeiro.
Ainda assim, o Paços reergue-se e Manuel José reduziu imediatamente a seguir, com um remate de fora da área, cuja trajetória enganou o guardião russo. A equipa de Costinha lançou-se então em busca de mais golos.
Contudo, foi novamente o Zenit a marcar, com Arshavin a ser derrubado na área pacense. O criativo russo encarregou-se ele mesmo de converter a grande penalidade, colocando a "chapa 4" uma vez mais sobre o Paços de Ferreira.
O desafio não terminaria sem mais uma demonstração de dignidade da equipa de Costinha, com o 4-2 a ser assinado por Carlão nos minutos finais.
O Zenit segue assim para a Liga dos Campeões, enquanto o Paços de Ferreira passará a integrar a fase de grupos da Liga Europa.
por SportInforma

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Campeonato Nacional de Seniores / Serie G:

Foto: Acácio Mateus/Avançado foi um autêntico quebra-cabeças para a defesa contrária
 Fufuco arrasa na estreia
Avançado do Operário marcou três golos na vitória sobre o Futebol Benfica. Sente-se feliz na Lagoa e quer continuar a marcar.
Primeiro jogo, primeira vitória com contornos de goleada – 5-0 ao Futebol Benfica – e a perceção de que mora na Lagoa um goleador que promete dar que falar. Fufuco marcou três golos no triunfo expressivo do Operário e melhor arranque não poderia desejar. Tanto a nível coletivo como individual.
O avançado de 27 anos é um dos reforços dos fabris para a nova temporada e no arranque do campeonato mostrou ao que vem. «O meu objectivo é marcar sempre. Reconheço que estou numa boa forma e ainda posso mostrar mais. Ainda vão ver mais de mim», disse o possante avançado. «Estou no feliz no Operário», reforçou.
Fazer um hat-trick na estreia é algo que um jogador recorda para sempre e os três golos que fez até o surpreenderam. «Trabalho todos os dias para marcar mas sabíamos que o Futebol Benfica nos iria criar dificuldades. Não entramos tão bem como esperávamos mas no final tudo correu bem. Os golos foram o corolário do trabalho coletivo», salientou.
Fufuco não escondeu a satisfação pela tarde inspirada e festejou de forma efusiva os golos que apontou. Um grito de revolta depois de uma época menos exuberante no Chaves? «Sei a qualidade que tenho e é por isso que o Operário acreditou em mim. No Chaves as coisas não correram bem mas são opções técnicas que só tenho de respeitar», disse.
Acácio Mateus

II Liga - João Pedro novo reforço do Santa Clara

Na temporada 2012/2013, João Pedro Pereira dos Santos esteve ao serviço do Palmeiras
 II Liga: Santa Clara
João Pedro chega por empréstimo do Brasil
Avançado de 20 anos é reforço do Santa Clara por cedência do Corinthians.
Na época transata esteve ao serviço do Palmeiras. Falta equilibrar o setor defensivo.
O Santa Clara reforçou o ataque com a contratação de João Pedro, avançado de 20 anos que chega aos encarnados de Ponta Delgada por cedência a título de empréstimo do Corinthians, emblema que na época transata já tinha cedido o jovem atacante ao Palmeiras.
A aquisição de João Pedro é o concretizar de um dos desejos do técnico Carlos Condeço que na última semana viu chegar ao setor ofensivo três elementos: Tiago Leonço, Lucas Souza e agora João Pedro. O primeiro já se estreou, o segundo aguarda pela chegada do certificado internacional e o terceiro cumpriu hoje o primeiro treino.
Preenchidas as vagas no ataque, a SAD encarnada vira-se agora para o reforço da defesa. O Santa Clara procura pelo menos mais um central para equilibrar as opções no eixo defensivo, uma carência que o emblema insular tentará colmatar até ao final da semana.
A primeira janela de transferências termina no final do mês.
Acácio Mateus

domingo, 25 de agosto de 2013

Arranca a competição que sucede às II e III divisões

Grupo G:  Praiense, 3 - Sporting Ideal, 0
Campeonato Nacional de Seniores: resultados da 1ª jornada
Resultados da primeira jornada do Campeonato Nacional de Seniores:
Série A
Valenciano - Santa Maria, 0-2
Mirandela - Fafe, 1-1
Pedras Salgadas - Limianos, 1-2
Vilaverdense - Bragança, 1-1
Ninense - Vianense, 1-2
Série B
Varzim - Felgueiras, 3-0
Ribeirão - Famalicão, 1-2
Oliveirense - Lixa, 0-0
Joane - Vizela, 3-1
Tirsense - Vitória de Guimarães B, 1-2
Série C
Amarante - Perafita, 4-1
Coimbrões - Gondomar, 0-1
Freamunde - Vila Flor, 4-0
Sousense - Boavista, 1-3
Salgueiros 08 - Camacha, 1-3
Série D
Lusitano Vildemoínhos - Bustelo, 3-1
Estarreja - São João Vêr, 1-3
Anadia - Grijó, 3-2
Cinfães - Cesarense, 2-0
Sp. Espinho - Lusitânia Lourosa, 0-1
Série E
Nogueirense - Benfica Castelo Branco, 1-1
Manteigas - Pampilhosa, 0-2
Sertanense - Tourizense, 0-2
Águias Moradal - Carapinheirense, 1-0
Naval 1.º Maio - Sourense, (adiado para 3 de setembro)
Série F
Lourinhanense - Torreense, 2-0
Caldas - Alcanenense, 0-1
Riachense - Mafra, 0-2
União de Leiria - Carregado, 1-0
Fátima-Portomosense, 4-1
Série G
Casa Pia - Loures, 1-2
Praiense - Sporting Ideal, 3-0
Elvas - 1.º Dezembro, 1-3
Sintrense - Oriental, 0-2
Operário - Futebol Benfica, 5-0
Série H
União Montemor - Louletano, 2-1
Almodôvar - Ferreiras, 1-2
Barreirense - Moura, 0-0
Esperança Lagos - Cova Piedade, 1-1
Pinhalnovense - Quarteirense, 1-2

Futebol / Série G: Operário e Praiense entram a golear

Fufuco marcou três na goleada do Operário
Campeonato Nacional Seniores / Série G
Operário e Praiense entram com vitórias robustas no campeonato
Fabris despacharam o Futebol Benfica por 5-0 e já lideram a série G do campeonato nacional seniores. Praiense bateu o Sporting Ideal por 2-0 mas passou ao lado de um desfecho mais volumoso.
O Operário entrou a ganhar e a golear na série G do novo campeonato nacional seniores. Os fabris receberam o Futebol Benfica na ronda de abertura da novel competição e melhor arranque não poderiam desejar: vitória clara por 5-0 e uma exibição muito agradável com o ponta-de-lança Fufuco a encher as medidas.
Desde os minutos iniciais que os fabris mostraram que queriam chegar ao golo mas o último passe não saía nas devidas condições, enguiço que foi quebrado ao minuto 41 com o primeiro de dois auto-golos do defesa Walney após cruzamento de Daniel. No minuto seguinte, Breno terá feito falta sobre Jorginho, foi expulso e da penalidade resultou a defesa do guarda-redes Bruno Costa ao remate frouxo de Nelson.
A jogar com menos uma unidade ao longo de todo o segundo tempo o Operário não tirou o pé da toada ofensiva e caminhou para a goleada com Fufuco a aparecer como verdadeiro homem golo. O avançado fez o 2-0 aos 49 minutos com um golo de bandeira e se a qualidade deste já era difícil de bater, voltou a repetir a façanha quando fez o 4-0 aos 83 minutos, fechando a contagem aos 88. Pelo meio, novo auto-golo de Walney.
Na ilha Terceira, o Praiense recebeu e derrotou o Sporting Ideal por 3-0 com golos de Ruben Rodrigues, logo aos quinze segundos do desafio, e Marco Aurélio, avançado que bisou. A superioridade dos encarnados da Praia não sofre contestação e o desfecho até poderia ter sido mais dilatado se os locais mantivessem no segundo tempo a qualidade evidenciada no primeiro tempo.
Acácio Mateus

Liga 2 Cabovisão: Santa Clara empata a uma bola em Santa Maria da Feira

Ricardo Barros e Minhoca marcaram os golos
Feirense, 1- Santa Clara, 1
Equilíbrio dá em empate
Santa Clara foi a Santa Maria da Feira arrancar um ponto no confronto com o Feirense mas poderia ter somado os três. Pacheco acertou na trave já depois de Minhoca ter restabelecido a igualdade.
O Feirense e o Santa Clara, que partiram para a quarta ronda nos lugares de despromoção, empataram este domingo 1-1, num encontro disputado no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira.
Os fogaceiros adiantaram-se no marcador, com um golo de Ricardo Barros, aos sete minutos, mas Minhoca restabeleceu a igualdade ainda na primeira parte, no tempo de compensação (45'+2).
O Feirense entrou melhor no jogo e Ricardo Barros acabou por marcar cedo, respondendo com eficácia a um cruzamento certeiro e sem oposição da defensiva do Santa Clara, aos sete minutos.
A perder, o Santa Clara tornou-se mais pressionante e Minhoca teve nos pés o golo do empate (26' e 34'), mas foi displicente nas oportunidades de que dispôs já dentro da área. À terceira, o avançado do Santa Clara não desperdiçou e empatou o jogo ainda antes do apito para o intervalo (45'+2 minutos).
No segundo tempo, o jogo foi apático, com as equipas a mostrarem-se lentas nas transições ofensivas. O Feirense ainda deu um ar da sua graça, com um remate de Zé Pedro (57'), mas o guarda-redes do Santa Clara mostrou-se atento.
O Feirense continua sem vencer, enquanto o Santa Clara somou o seu primeiro ponto na 2.ª Liga, repartindo a última posição com a Oliveirense, sendo que estas equipas ainda têm por disputar o encontro relativo à terceira jornada.
Jogo no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira
Feirense-Santa Clara, 1-1
Ao intervalo: 1-1
Marcadores: 1-0, Ricardo Barros, 7 '. 1-1, Minhoca, 45'+2.
Equipas:
Árbitro: Olegário Benquerença (Leiria)
Feirense: Marco, André Santos (João Ricardo, 52'), Carvalho, Tonel, Barge, Sténio, Cris (Marcelo, 74'), Zé Pedro, Xavier, Chapinha (Ricardo Valente, 46') e Ricardo Barros.
Suplentes: Paiva, Pedro Santos, João Ricardo, Tiago Jogo, Renato, Ricardo Valente e Marcelo
Treinador: Pedro Miguel
Santa Clara: Serginho, Sandro, Mike, Tiago Leonço, Igor, Pedro Cervantes (Ruisinho, 34'), Minhoca, João Ventura (Paulo Arantes, 74'), Accioly, Pacheco e Seddiki
Suplentes: João Botelho, Paulo Arantes, Ruisinho, Diogo Moniz e Hélder Arruda
Treinador: Carlos Condeço
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Seddiki (71') e Ricardo Valente (81')
Assistência: Cerca de 500 espectadores

sábado, 24 de agosto de 2013

Jogo de apresentação do Operário aos sócios com vitória

Operário Desportivo, 3 - Santiago FC, 1
Operário vence Santiago em jogo de apresentação
O Clube Operário Desportivo venceu o Santiago FC no jogo de apresentação de futebol da equipa sénior de futebol, realiazado no passado dia 14 de Agosto no Campo Municipal João Gualberto Borges Arruda, sito na Freguesia de N. Sra. do Rosário.
 O apoio de todos os sócios e simpatizantes deste clube tem se revelando um componente fundamental para o sucesso desta equipa.

Nuno Amaral assinou pelo Angrense

Nuno Amaral reforca o SC Angrense 
Depois de uma época simplesmente espetacular ao serviço do Lusitânia, Nuno Amaral de 23 anos assinou pelo maior rival dos verdes-brancos da rua da Sé, o Angrense.
Esta será a segunda época do avançado Micaelense na ilha Terceira, isto depois de quatro épocas ao serviço do Operário da Lagoa.
Nuno Amaral vem assim colmatar a saída de Ruben Rodrigues para o SC Praiense e certamente será um reforço de peso para o novo técnico, Roldão Duarte.
Recorde-se que na época transata Amaral foi o melhor marcador da Segunda Divisão - Zona Centro.
Foto: Diário Insular

Torneio da Praia da Vitória - Scottie 2013:

TORNEIO DA PRAIA DA VITÓRIA 2013
Praiense derrotou o Angrense por 3-2 e venceu o torneio da Praia, em futebol.
Caneco de pre-época fica dentro de casa
Depois de uma primeira-parte onde deu mais Angrense, o segundo tempo trouxe um melhor Praiense, o suficiente para garantir a vitória no torneio.
O Sport Clube Praiense venceu o torneio de Verão a ‘’favor’’ da menina Lara Gomes.
Os encarnados da Praia da Vitória venceram no último domingo o ‘’Torneio da Praia Sctottie 2013’’, que colocou no terceiro encontro do triangular o Praiense e o Angrense num duelo de salutar, onde o futebol foi rei, e a menina Lara a principal visada com a ajuda arrecadada deste torneio, que se disputou no Estádio Municipal da Praia da Vitória, na ilha Terceira.
O Praiense venceu o desafio por 3-2, e o evento com duas vitórias somando 6 pontos. Assim o SC Praiense conquistou o troféu e consequetemente o torneio de futebol, organizado pelo clube e ficou com o caneco dentro de casa.
O SC Angrense ficou na segunda posição com 3 pontos, ao passo que o Lusitânia não arrecadou qualquer ponto.
Relativamente á escolha do melhor jogador do torneio atríbuida pelos orgãos da comunicação social, que acompanhram o torneio foi escolhido o atleta Marco Aurélio.
André, dos encarnados da Praia da Vitória, foi considerado o melhor guarda-redes do torneio. E o terceiro prémio idividual também foi ganho por um jogador do Praiense, o jovem ainda junior, de seu nome Leandro Silva. 
Os resultados completos do torneio de verão da Praia da Vitória:
1.ª Jornada: Praiense 3 - Lusitânia 0
2.ª jornada : Lusitânia 1 - Angrense 2
3.ª jornada: Angrense 2 - Praiense 3
A classificação final ficou assim estabelecida:
L    Equipa     J   V   E   D    GM-S     P
1.º Praiense     2   2    0    0      6 – 2      6
2.º Angrense   2   1    0    1      4 – 4      3
3.º Lusitânia   2   0    0    2      1 – 5      0

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Liga dos Campeões: Zenit goleia Paços Ferreira (4-1)

Liga dos Campeões-Play-off-1ª.mão:
Paços de Ferreira, 1 - Zenit, 4
Paços sofre uma derrota muito pesada
Mesmo com uma boa exibição na segunda parte, a equipa de Costinha não conseguiu evitar a derrota pesada na primeira mão do play-off da Champions.
O Paços de Ferreira perdeu, esta terça-feira, por 1-4 com o Zenit, em jogo da primeira mão do play-off da Liga dos Campeões, que se disputou no Estádio do Dragão. Os três golos de Shirokov, e o auto-golo do guarda-redes Degra, permitem à equipa russa entrar com uma confortável vantagem na segunda mão. André Leão foi o autor do golo da equipa canarinha.
Paços de Ferreira teve a sua noite de sonho ao ouvir, pela primeira vez na história do clube, o hino da Liga dos Campeões. Mesmo com casa emprestada - o Estádio da Mata Real continua em obras -, no Estádio do Dragão, jogadores e equipa técnica tiveram a oportunidade de fazer história no clube que na temporada passada alcançou a terceira posição.
Devido a algumas lesões no plantel, Costinha viu-se obrigado a mexer na equipa, como foi o caso do capitão Filipe Anunciação, que voltou a jogar como central, à semelhança do que tinha feito na primeira jornada do campeonato, frente ao SC Braga, em que os castores perderam 2-0. Caetano, Poulsen e Manuel José ficaram no banco de suplentes. Gregory saiu da equipa inicial, entrando Ricardo.
Do lado da equipa russa, destaque para a titularidade do ex-benfiquista Witsel e do internacional português Danny. O lesionado Hulk e o castigado Luís Neto ficaram de fora.
O Estádio do Dragão, que tem capacidade para 55 mil pessoas, teve menos de cinco mil espetadores a assistir.
O Paços de Ferreira de Costinha começou o encontro um pouco nervosa mas, por volta do minuto 15, começou a ficar mais atrevido e a pate aos 58 minutos, por intermédio de André Leão, mas a felicidade portuguesa durou apenas dois minutos, isto porque o Zenit voltou a colocar-se em vantagem, com Shirokov a bisar na partida.
O primeiro golo da partida apareceu ao minute, por intermédio do médio Shirokov, que aproveitou uma desatenção da equipa pacense para rematar rasteiro e fazer o primeiro golo.
Ainda no decorrer do primeiro tempo, o Paços de Ferreira havia de fazer mexer as redes da baliza de Lodygin mas o árbitro inglês Martin Atkinson anulou o lance. Sérgio Oliveira bateu o canto, a bola sofreu um desvio, chegando a Hurtado que empurrou para lá da linha de golo. No entanto, o peruano estava em fora-de-jogo.
Já na etapa complementar, os “canarinhos” conseguiram fazer o golo do em aproximar-se da baliza russa. O Zenit apresentou-se mais sereno e confiante. Sem nunca deslumbrar, o plantel russo demonstrou mais qualidade técnica nas jogadas, quando comparadas com as da equipa portuguesa, isto durante o primeiro tempo.
A entrada de Vítor no meio campo pacense, para o lugar de Rui Miguel, fez toda a diferença e o Paços de Ferreira comportou-se como uma equipa digna de um play-off da Champions e até merecia sair deste jogo com outro resultado.
Já nos últimos 10 minutos da partida, e contra a corrente do jogo, num livre direto apontado pelo Zenit, a bola bateu no poste e depois nas costas do guarda-redes Degra, fazendo a bola entrar pela terceira vez na baliza pacense. O quarto golo dos russos surgiu em cima do minuto 90, novamente da autoria de Shirokov.
Para o desafio da segunda mão, agendado para a próxima quarta-feira (dia 28), o Paços de Ferreira leva na bagagem uma derrota, já sem muita esperança de fazer parte da elite dos clubes europeus na fase de grupos da Liga dos Campeões.
por SportInforma

Madeira Park: Festa de Nossa Senhora do Monte

Casa da Madeira Community Centre
Nossa Senhora do Monte padroeira da ilha da Madeira celebrada com veneração
A Casa da Madeira Community Centre de Toronto realizou nos passados dias 17 e 18 de Agosto, a grandiosa festa anual em Honra de Nossa Senhora do Monte padroeira dos madeirenses, que aconteceu no verdejante e florido Madeira Park.
No ano em que a Casa da Madeira C.C. celebra o 50º aniversário da sua fundação (1963-2013) a festa no parque não podia ser melhor com dois dias lindos de sol para ajudar ao evento festivo.
Esta festa anual levou centenas de pessoas ao Madeira Park para assisterem à festa e passarem um fim-de-semana diferente no parque de diversões da Casa da Madeira. Foram muitos aqueles que ficaram do sábado para domingo em tendas de campismo ou então em autocaravanas (trailers), para gozarem um bom dia e assistir ao evento.
No sábado dia 17, começou um cortejo e tradicional romagem de ofertas para o bazar ao som da Banda Lira Portuguesa de Brampton. Depois seguiu-se a actuação dos Ranchos folclóricos tais como: Ribatejano de Toronto, Rancho da Nazaré do Ontário e Casa da Madeira de Toronto.
No que diz respeito à  parte religiosa, aliada a esta festa, houve novena celebrada pelo Diácono Carlos Nogueira cantada pelo Searas de Portugal seguida da procissão das velas, que foi acompanhada por muitos devotos de Nossa Senhora de Fátima em romagem de peregrinação, ao som da Banda filarmonica Lira Portuguesa de Brampton.
Na recolha da imagem de Nossa Senhora de Fátima, o padre Santo que compareceu no parque deu a bênção final de despedida da imagem da Virgem Maria.
No final das cerimónias no palco principal houve música para dançar pelo famoso conjunto luso-canadiano ‘’Mexe Mexe’’. No intervalo do grupo atuou uma artista madeirense.
Não faltou ao longo do dia as famosas espetadas madeirenses e as malassadas.
De salientar que no domingo dia 18, no início da tarde, realizou-se missa campal, celebrada pelo monsenhor Eduardo Resendes, seguida da procissão em honra de Nossa Senhora do Monte, que precorreu o parque, acompanhada por centenas de pessoas, ao som da banda Lira Portuguesa de Brampton. Esta mesma banda realizou também um concerto musical para todos os amantes de bandas filarmónicas.
No decorrerr da tarde, para além do entertenimento, bazar e comes e bebes, houve ainda a realização de um sorteio de uma viagem a Portugal, oferta da SATA-Internacional.
João G. Silva

Segunda Liga: Tiago Leôncio no reforço do Santa Clara

Avançado brasileiro foi apresentado hoje em Ponta Delgada
Segunda Liga:
Tiago Leôncio reforça ataque do Santa Clara
O avançado chega proveniente do Novo Hamburgo, clube das divisões secundárias da Alemanha.
O brasileiro Tiago Leôncio foi apresentado hoje oficialmente como jogador do Santa Clara e quer ser opção válida do técnico Carlos Condeço já para o próximo jogo, frente ao Feirense, na quarta jornada da II Liga.
«Estou muito empolgado, eu quero jogar domingo já, quem sabe para ajudar fazendo golo e afirmar-me como ponta de lança, como peça importante que falta para a equipa», afirmou o jovem jogador, que treina com a equipa há cerca de uma semana.
Tiago Leôncio, com 21 anos de idade e 1,85 metros de altura, integrou na época passada a equipa Novo Hamburgo, das divisões secundárias da Alemanha, e reconhece ter «uma boa relação com o golo».
«Eu sou um bom ponta de lança, não jogo muito parado, gosto de me movimentar mais e ter mais mobilidade e gosto de usar bastante força, cabeceio e finalização forte», sublinhou.
Além de Tiago Leôncio, o brasileiro Lucas Sousa, internacional pelos escalões de formação do Brasil, é apontado como o próximo reforço para o ataque da formação açoriana, sendo que ainda faltam um defesa central e um médio para completar o plantel do Santa Clara.
por SportInforma

II Liga / Cabovisão: Santa Clara sofre segunda derrota

O União da Madeira venceu este sábado em casa o Santa Clara, com um golo solitário de Miguel Fidalgo, e é uma das equipas só com vitórias à segunda jornada da Segunda Liga.
A primeira metade no Estádio do Machico, na Madeira, foi muito equilibrada, com as oportunidades de golo a serem escassas, mas estiveram melhor os açorianos, com um futebol mais ligado e intencional, por oposição ao jogo mais direto dos madeirenses.
Aos 14 minutos, Seddiki lançou o primeiro aviso, num remate de longe, que Pedro Trigueira segurou sem grandes dificuldades, antes de Hugo Santos voltou a obrigar o guardião dos madeirenses a aplicar-se. O União da Madeira apenas aos 28 minutos, por Delmiro, criou algum perigo para Serginho. Ainda antes do intervalo, dois lances a registar. Primeiro, num livre de João Ventura (31) que saiu ligeiramente ao lado e, depois, num potente remate de Hugo Morais (37) que Serginho defendeu com dificuldade.
Na segunda metade, os madeirenses entraram mais soltos e, aos 49 minutos, Serginho, com uma grande defesa, negou o golo a Steve. No minuto seguinte, foi Rúben Andrade que esteve perto de marcar, num potente remate que saiu junto ao poste. O jogo estava mais fluído e, aos 59 minutos, João Ventura, em ótima posição, rematou ao lado.
O União ganhou ascendente e chegaria ao golo, à passagem dos 76 minutos, por Miguel Fidalgo. Os madeirenses alcançaram assim a sua segunda vitória na prova. Por seu turno, os açorianos perderam os dois jogos até agora disputados.
Jogo no Estádio Municipal de Machico, em Machico.
União da Madeira-Santa Clara, 1-0.
Ao intervalo: 0-0.
Marcador: 1-0, Miguel Fidalgo, 76 minutos.
Equipas:
União da Madeira: Pedro Trigueira, Carlos Manuel, Ginho, Zarabi, Delmiro, Ávalos (Tiago, 73), Toni, Hugo Morais, Steve (Bocar Djumo, 90+2), Rúben Andrade (Adilson, 60) e Miguel Fidalgo.
Suplentes: Christopher, Calico, Jimmy, Tiago, Bocar Djumo, Santiago Silva e Adilson).
Treinador: José Barros.
Santa Clara: Serginho, Mike, Sandro, Accioly, Igor, Seddiki, Pedro Cervantes (Rui Furtado, 78), Pacheco, João Ventura (Hélder Arruda, 81), Hugo Santos e Minhoca.
Suplentes: João Botelho, Paulo Henrique, Paulo Arantes, Rui Furtado e Hélder Arruda.
Treinador: Carlo Condeço.
Árbitro: Jorge Tavares (Aveiro).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Hugo Morais (26), Sandro (40), Carlos Manuel (55), Pacheco (56), Seddiki (74), Toni (82), Tiago (88) e Bocar Djumo (90+3).
Assistência: Cerca de 400 espetadores
Autor: LUSA

I Liga Portuguesa de Futebol Profissional:

 Sporting entra a todo o gás no campeonato com goleada ao Arouca
I Liga Zon Sagres - 1ª. jornada:
Dragão e Leão em alta, Águia voa baixinho
FC Porto e Sporting começaram a época 2013/2014 com vitórias, ao contrário do Benfica.
 
V. Setúbal, 1 - FC Porto, 3
Num domingo em que os três grandes jogaram, o FC Porto iniciou a defesa do título de campeão nacional de futebol com um triunfo por 3-1 no terreno do Vitória de Setúbal, em jogo da jornada inaugural da I Liga de futebol.
No Estádio do Bonfim, Rafael Martins colocou o Vitória em vantagem (13 minutos), mas o FC Porto empatou na segunda parte, com um golo de Josué (49), de grande penalidade, na sequência da qual o guarda-redes Kieszek foi expulso, e deu a volta ao marcador por intermédio de Quintero (61), antes de Jackson fechar a contagem (88).
 
Marítimo, 2 - Benfica,  1

Num duelo de tradições o Marítimo foi mais forte que o Benfica e derrotou a tradição de não ganhar aos encarnados. Com um triunfo por 2-1 no Estádio dos Barreiros, os maritimistas colocaram um ponto final no jejum de 11 anos sem vitórias sobre o clube da Luz no seu reduto, com golos de Derley e Sami. Rodrigo faturou pelo clube da Luz.
O Benfica mostrou-se mais fiel à sua tradição negativa e cumpriu assim a sua nona época seguida sem vencer na jornada inaugural do campeonato. Jorge Jesus continua sob fogo.
 
Arouca, 1 - Sporting, 5
Já o Sporting de Leonardo Jardim entrou da melhor forma na época 2013/2014 com uma goleada frente ao Arouca por 5-1. Os visitantes inauguraram o marcador por Bruno Amaro, mas Maurício, Wilson Eduardo e três golos de Fredy Montero construíram a vitória sólida do Sporting.
Com este resultado, o Sporting somou os primeiros três pontos, garantindo a liderança do campeonato com o melhor resultado da jornada.

SC Braga 2 - Paços de Ferreira 0
Destaque ainda para o SC Braga na abertura da I Liga 2013/20134, que venceu o Paços de Ferreira por 2-0. Recorde-se que os Castores disputam esta terça-feira a primeira mão do play-off da Liga dos Campeões.
 

Resultados da 1ª. jornada:
Sex,16.Ago.2013Paços de Ferreira
0 - 2
Sp. Braga
Sab,17.Ago.2013Estoril - Praia
3 - 1
Nacional
Sab,17.Ago.2013Vitória Guimarães
2 -0
Olhanense
Dom,18.Ago.2013Sporting CP
5 - 1
Arouca
Dom,18.Ago.2013Belenenses
0 -3
Rio Ave
Dom,18.Ago.2013Gil Vicente
2 -0
Académica
Dom,18.Ago.2013Marítimo
2 -1
Benfica
Dom,18.Ago.2013Vitória Setúbal
1 -3
FC Porto
Classificação
EquipaJVEDGMGS+/-Pts 
Sporting CP11005143 
Rio Ave11003033 
Gil Vicente11002023 


V. Guimarães
1
1
0
0
2
0
2
3
 



Estoril-Praia
1
1
0
0
3
1
2
3
 



Sp. Braga
1
1
0
0
2
0
2
3
 



FC Porto1
1
0
0
3
1
2
3
 



Marítimo
1
1
0
0
2
1
1
3
 



SL Benfica
1
0
0
1
1
2
-1
0
 

10º

CD Nacional
1
0
0
1
1
3
-2
0
 

11º

Olhanense
1
0
0
1
0
2
-2
0
 

12º

Paços de Ferreira
1
0
0
1
0
2
-2
0
 

13º

Académica
1
0
0
1
0
2
-2
0
 

14º

V. Setúbal
1
0
0
1
1
3
-2
0
 

15º

Belenenses
1
0
0
1
0
3
-3
0
 

16º

Arouca
1
0
0
1
1
5
-40 
    

Melhores Marcadores 
Fredy Montero
1Fredy MonteroSporting3


2
EvandroEstoril2


3
Moussa MaazouGuimarães2


4
Bruno AmaroArouca1


5
Bruno MoraesGil Vicente1
Jogos DisputadosTotal GolosGolos por Jogo
8263,25