terça-feira, 30 de julho de 2013

Mississauga: Festa do Santissimo Salvador do Mundo

Comunidade luso-canadiana celebra a 34ª festa em honra do Santíssimo Salvador do Mundo em Mississauga no Ontário
A primeira igreja de origem portuguesa localizada na 1212 Melton Drive na cidade de Mississauga, esteve em festa no passado fim-de-semana, ao celebrar pelo 34 ano consecutivo o seu padroeiro que dá o nome á igreja, o Santíssimo Salvador do Mundo, festa religiosa que os açorianos oriundos da ilha de São Miguel trouxeram para o Canadá, mais concretamente um casal de micaelenses que ofereceram a imagem que se venera na freguesia da Ribeirinha no conselho da Ribeira Grande na ilha de São Miguel nos Açores.
Os festejos começaram com o tríduo de Preparação nos dias 25, 26 e 27 de Julho.
No sábado, dia 27, foi a noite dedicada á noite internacional com apresentações culturais de vários países onde acturam diferentes grupos folclóricos tais como: Filipinas, Índia e Vietman. E para fechar apesar da chuva que afastou muito gente do parque actuou o artista comunitário Henrik Cipriano. Não faltaram a gastronomia internacional dos países citados acima.
No domingo, dia 28, começou pelas 13h30 a Missa Solene na igreja do Santíssimo Salvador do Mundo na Melton Drive, com pregação pelo Pe. Paulo Cordovile, que foi o convidado que veio ao Canadá pela primeira vez, vindo de Portugal continental da paróquia de N.S. da Esperança em Évora.
Depois do ato liturgico saíu a procissão em honra do Santíssimo Salvador do Mundo que procorreu várias ruas naquela localidade, incorporando no cortejo religioso vários grupos da paróquia, crianças vestidas de anjos e símbolos de Cristo e dos cavaleiros do Knights of Columbus, seguidos de promesas e ao som da banda filarmónica Lira Portuguesa de Brampton. No recolher da procissão em frente á igreja e tocado o hino e feitas as respetivas cerimónicas as imagens de Nossa Senhora de Fátima e do Santissimo Salvador do Mundo desceram até ao parque de diversão atrás da igreja, ficando expostas ao público, onde decorreu ao longo da tarde, a actuação do cantor comunitário Mário Marinho e o concerto pela Banda Lira Portuguesa de Brampton.
No final do arraial o apresentador da festa, Jaime Pereira e o pároque Carlos Macatangga anunciaram os vencedores dos cinco bilhetes sorteados com prémios em dinheiro com o primeiro prémio que chegou aos mil dólares.
No recinto encontra-se várias barracas de comes e bebes com a gastronomia de Portugal, Índia e Filipinas, não faltando as tradicionais malassadas á moda de São Miguel e bazar com música e som do DJ ‘’TNT’’ de Tony Silva.
No final dos festejos já noite dentro as imagens recolheram em procissão para a igreja debaixo de chuva ao som da banda de música, Lira de Brampton que tocava o hino do Santíssimo Salvador do Mundo.
Por: João G. Silva

Sorteio da Taça de Portugal: Operário recebe Salgueiros

Taça de Portugal - 1ª. eliminatória
Operário recebe Salgueiros 08
Santiago recebem o Estarreja. Sporting Ideal e Praiense ficaram 'isentos'.
Sorteio da ronda inaugural da segunda competição do futebol português foi sorteado hoje, na sede da Federação Portuguesa de Futebol.
Operário e Santiago jogam a 1ª eliminatória da Taça de Portugal em casa, ditou o sorteio realizado hoje na sede da Federação Portuguesa de Futebol. Sporting Ideal e Praiense ficaram 'isentos'.
A 1 de setembro, os fabris recebem o Salgueiros 08, nova encarnação do extinto Salgueiros, enquantos os pauenses recebem o Clube Desportivo de Estarreja.
São 123 os clubes que participaram no sorteio - os 80 clubes que disputarão o Campeonato Nacional de Seniores, os 25 clubes despromovidos da extinta terceira divisão, assim como os vencedores das Taças distritais e regionais de Portugal continental promovidas pelas diversas Associações de Futebol.
Vão realizar-se 44 encontros entre 88 clubes. 35 clubes ficarão isentos pelo que terão presença garantida na segunda eliminatória da Taça de Portugal, entre eles o Sporting Ideal e o Praiense.

Sorteio do Campeonato Nacional de seniores da FPF:

Sporting Ideal - SC Praiense na 1ª. jornada
Dérbi açoriano abre Série G do novo Campeonato Nacional de Seniores de futebol
Sporting Ideal visita o Praiense na ronda inaugural da nova competição da Federação Portuguesa de Futebol. Já o Operário recebe na Lagoa o Clube Futebol Benfica.
Sorteio realizou-se hoje de manhã no auditório Manuel Quaresma, na sede da Federação. Primeira jornada joga-se a 25 de agosto.
Na quarta jornada, embate entre as duas formações de São Miguel, com os leões da Ribeira Grande a jogarem em casa diante dos fabris.
A terceira partida entre equipas da região está marcado para a 7ª ronda, quando os terceirenses do Praiense visitarem o Campo Gualberto Borges Arruda para defrontar o Operário.
Calendário / Nacional de Seniores
1ª jornada / 25 agosto
Praiense - Sp. Ideal
Operário - Futebol Benfica
2ª jornada / 8 agosto
1º Dezembro - Praiense
Sp. Ideal - Casa Pia
Loures - Operário
3ª jornada / 15 setembro
Praiense - Oriental
Loures - Sp. Ideal
Operário - Sintrense
4ª jornada / 29 setembro
Futebol Benfica - Praiense
Sp. Ideal - Operário
5ª jornada / 6 outubro
Praiense - Sintrense
Sp. Ideal - 1º Dezembro
Operário - Elvas
6ª jornada / 13 outubro
Elvas - Praiense
Oriental - Sp. Ideal
1º Dezembro - Operário
7ª jornada / 27 outubro
Operário - Praiense
Sp. Ideal - Futebol Benfica
8ª jornada / 3 novembro
Praiense - Casa Pia
Sintrense - Sp. Ideal
Operário - Oriental
9ª jornada / 17 novembro
Loures - Praiense
Sp. Ideal - Elvas
Casa Pia - Operário

Taça da Liga: Santa Clara perde em Faro

TAÇA DA LIGA:
Farense, 1 - Santa Clara, 0
Farense vence Santa Clara e lidera Grupo B
No outro jogo do grupo, Tondela e Desportivo das Aves empataram
Um golo de Matias bastou para o Sporting Farense vencer este sábado na receção ao Santa Clara, por 1-0, em jogo da primeira jornada da Taça da Liga de futebol, passando a liderar o Grupo B.
Após dez anos de ausência, os algarvios assinalaram o regresso às competições profissionais de futebol com um triunfo, graças a um tento do extremo Matias (69 minutos), que ganhou na luta aérea com a defensiva açoriana.
Na primeira parte, o Farense teve ascendente sobre o Santa Clara mas, jogando a um ritmo de início de época, com pouca velocidade, raramente chegou com perigo à baliza de Serginho, salvo em alguns lances de bola parada.
Dois dos “reforços” dos locais protagonizaram os melhores momentos dos algarvios nesse período: aos 22 minutos, João Reis cabeceou ao poste, e pouco depois (36) foi a vez de Livramento proporcionar uma excelente defesa a Serginho, na marcação de um livre direto.
O domínio dos algarvios manteve-se na segunda parte, perante um Santa Clara sem capacidade para incomodar o último reduto do Farense, que acabaria por chegar ao golo aos 69 minutos, já depois de uma tentativa de Fábio Felício que passou perto do poste (62).
O lance do único golo da partida nasceu de uma jogada na direita, onde Carlitos combinou com Fábio Felício e depois centrou para o cabeceamento certeiro de Matias.
Depois de chegar à vantagem, a equipa de Mauro de Brito controlou a partida até ao apito final, perante um Santa Clara que só aos 74 minutos chegou com perigo à baliza de Ivo, que defendeu para canto um "tiro" perigoso de Minhoca.
Ficha de Jogo:
Jogo no Estádio de São Luís, em Faro.
Farense - Santa Clara, 1-0
Ao intervalo: 0-0.
Marcador:
1-0, Matias, 69 minutos.
Equipas:
SC Farense: Ivo, Carlitos, Fausto, Gualter Bilro, Hugo Luz, Atabu, Livramento, Fábio Felício, Matias (Joshua, 90+1), Diop (Rafael, 84) e João Reis.
(Suplentes: Ricardo, Marcelo, Joshua, Rafael, Nikola e Diogo Silva).
Treinador: Mauro de Brito.
Santa Clara: Serginho, Mike, Sandro, Paulo Henrique, Igor (Hélder Arruda, 80), Diogo Moniz, Pacheco, Pedro Cervantes, João Ventura (Rui Carvalho, 85), Minhoca e Hugo Santos.
(Suplentes: Hugo Viveiros, Rui Carvalho, Ivanildo e Hélder Arruda).
Treinador: Carlos Condeço.
Árbitro: Bruno Paixão (Setúbal).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Sandro (39), Pacheco (54), Diogo Moniz (61), Mike (61) e Fábio Felício (64).
Assistência: Cerca de 2.500 espetadores.
Classificação da Série G:
L  Equipas      J  V  E  D   GM-S   P
1º Farense       1  1  0   0    1 - 0    3
2º Tondela       1  0  1   0    1 - 1    1
3º D. Aves       1  0  1   0    1 - 1    1
4º Sta. Clara    1  0  0   1    0 - 1    0

Calendário completo do Campeonato dos Açores

CAMPEONATO DE FUTEBOL DOS AÇORES 2013-2014:


Sorteio do Campeonato de Futebol dos Açores:

Campeonato de Futebol dos Açores 2013/14:
Santiago-Lusitânia abre campeonato
Sorteio do campeonato de futebol dos Açores foi realizado na sexta-feira na cidade da Horta. Primeira jornada da fase regular reserva um Santiago-Lusitânia.
Prova arranca a 29 de setembro.
O novo campeonato de futebol dos Açores, prova que ocupa o lugar deixado vago pela extinção da série Açores da III divisão nacional, vai ser disputado por dez equipas que conheceram nesta sexta-feira o calendário de jogos da primeira fase. Jogam todos contra todos a duas voltas, apurando-se os quatro primeiros para a fase que vai apurar quem sobe ao campeonato de futebol de Portugal. Os últimos seis posicionados jogam pela manutenção.O sorteio da fase regular realizou-se na Horta, ilha do Faial, e reservou para a ronda de abertura um sempre apetecível Santiago-Lusitânia. Os pauenses têm uma tradição a manter e os lusitanistas, despromovidos da antiga II divisão nacional, procuram regressar ao patamar superior.
Quem também joga para subir é o Angrense que inicia a prova em casa frente ao promovido Sporting de Guadalupe. Ainda no campo dos promovidos, o Capelense recebe o Rabo de Peixe, um confronto entre vizinhos que promete animar a competição, enquanto o Desportivo Lajense é visitado pelo Prainha FC. Na Graciosa, o Marítimo recebe o Barreiro.
O campeonato arranca a 29 de setembro e a primeira fase termina a 16 de fevereiro de 2014, mantendo-se o modelo competitivo igual ao que era praticado na III divisão. O campeão sobe ao campeonato de futebol de Portugal que esta época alberga três emblemas açorianos: Operário, Praiense e Sporting Ideal.
Foi sorteado o calendário da primeira edição do Campeonato de Futebol dos Açores, competição que vai substituir a extinta Série Açores da 3ª Divisão nacional.A prova, agora de âmbito regional, vai começar a 29 de setembro com os seguintes encontros:
1ª jornada / 29 setembro
SC Angrense – Sporting Guadalupe
Santiago FC - SC Lusitânia
Marítimo Graciosa - SC Barreiro
Capelense SC - GD Rabo de Peixe
Clube Desp. Lajense – Prainha FC

Futebol nos Açores:

Sporting Ideal. 1 - Santa Clara, 2
Santa Clara vence Ideal na Ribeira Grande
O Santa Clara foi à Ribeira Grande derrotar a turma local por 1-2, naquele que foi o último ensaio dos encarnados de Ponta Delgada antes do primeiro jogo oficial referente à Taça da Liga, agendado para sábado, no Algarve, diante do Farense. Lelé marcou primeiro mas nos últimos dez minutos do encontro Hélder Arruda e Ruizinho, o mais recente reforço às ordens de Carlos Condeço, deram a volta ao resultado.
Bruno Costa novo guarda- redes do Operario
O Clube Operário Desportivo já encontrou o sucessor de João Botelho para a baliza. Trata-se de Bruno Costa, guarda-redes de 26 anos que jogava no GD Fátima.
O guardião é esperado domingo para começar a treinar na segunda-feira e discutir a titularidade com Vítor Vieira.

Novo Campeonato de Futebol de Portugal

Campeonato de futebol de Portugal:
Equipas açorianas na série G
Operário, Praiense e Sporting Ideal integram a série G no novo campeonato de futebol de Portugal. Sorteio é na próxima segunda-feira. Competição arranca a 25 de agosto.
As três equipas dos Açores que vão competir no novo campeonato de futebol de Portugal, prova que sucede à extinta II divisão nacional, vão disputar a série G juntamente com mais sete emblemas do continente português, nomeadamente «Os Elvas», Loures, Sintrense, 1.º de Dezembro, Futebol Benfica, Oriental e Casa Pia.
É um regresso à zona de Lisboa que acarreta menos custos financeiros para os emblemas insulares que a 25 de agosto farão a estreia num remodelado campeonato. A partir da
época 2013/14 a competição desenrola-se sob novos moldes.
São oitenta equipas distribuídas por oito séries que vão jogar a duas voltas na primeira fase. Os dois primeiros classificados de cada série apuram-se para a segunda fase onde
serão acomodados em dois grupos de oito. Os dois vencedores sobem diretamente à II Liga. Os dois segundos classificados disputam uma eliminatória a duas mãos para apurar a terceira equipa a subir de divisão.As restantes 64 equipas serão distribuídas em oito grupos de oito e os dois últimos osicionados descem diretamente de divisão. Os sextos classificados terão ainda de competir numa eliminatória que vai apurar mais quatro emblemas para a despromoção aos regionais.

domingo, 21 de julho de 2013

CICLISMO: Chris Froome (Sky) vence Volta a França 2013

O britânico Chris Froome (Sky) venceu pela 1ª vez a Volta a França em bicicleta
LE TOUR DE FRANCE 100:
Kittel vence na consagração de Chris Froome
O ciclista alemão somou o seu quarto triunfo em etapas, enquanto o corredor britânico venceu pela primeira vez a Volta a França.
O alemão Marcel Kittel (Argos-Shimano) venceu hoje a sua quarta etapa na 100.ª edição da Volta a França em bicicleta, cuja 21.ª e última etapa serviu para o britânico Chris Froome (Sky) confirmar o triunfo final.
Após a disputa eletrizante ao “sprint” entre Kittel, o alemão Andre Greipel (Loto-Belisol) e ao britânico Mark Cavendish (Omega Pharma-Quick Step), Froome cortou a meta instalada na avenida dos Campos Elísios, em Paris, abraçado a todos os “resistentes” da sua equipa.
Kittel vence na consagração de Froome
O alemão Marcel Kittel (Argos-Shimano)
vence a sua quarta e ultima etapa em Paris 
Froome, que partiu para os últimos 133,5 quilómetros desde Versalhes com mais de cinco minutos de vantagem, deu-se ao luxo de ceder 43 segundos para o colombiano Nairo Quintana (Movistar) e o espanhol Joaquim “Purito” Rodriguez (Katusha), segundo e terceiro classificados, respetivamente, e mesmo assim assegurar a sucessão ao seu compatriota e companheiro de equipa Bradley Wiggins, vencedor em 2012.
No final da edição centenária do Tour, Froome, vencedor de três etapas, foi o incontestável vencedor, ao gastar 83:56.40 horas para percorrer os 3.403,5 quilómetros da corrida de três semanas, menos 4.20 minutos do que Quintana e menos 5.04 do que “Purito”, que se tornou no segundo corredor a chegar ao pódio de uma das três grandes voltas sem as vencer, repetindo o feito do belga Herman van Springel.
Depois dos dois festejos de Rui Costa durante a corrida, fruto das vitórias em Gap, na 16.ª etapa, e em Le Grand Bornand, na 19.ª, hoje foi a vez de Sérgio Paulinho subir ao pódio, em Paris, como elemento da Saxo-Tinkoff, vencedora da classificação por equipas.
Nos prémios individuais destacou-se o estreante Nairo Quintana, companheiro de equipa de Rui Costa, que juntou ao segundo lugar na geral a vitória da camisola da montanha e a consagração como o melhor jovem da corrida, e o eslovaco Peter Sagan (Cannondale), vencedor da classificação por pontos.
Conteúdo publicado por SportInforma c/ Lusa

FC Porto vence em digressão pela América do Sul

Anzoatégui, 2 - FC Porto, 4
FC Porto triunfa na Venezuela
Jackson Martinez, Mangala e Varela (2) fizeram os golos portistas na vitória por 4-2 sobre o Anzoatégui.
O FC Porto venceu este domingo o Anzoatégui, por 4-2, no primeiro jogo particular da digressão portista pela América do Sul.
Com o argelino Ghilas no onze inicial, os dragões rapidamente ameaçaram a baliza venezuelana, mas o avançado desperdiçou uma boa ocasião aos dois minutos, permitindo a defesa do guardião Edixon González.
Os anfitriões não se deixaram atemorizar pelo susto inicial e responderam aos 14' em contra-ataque, por David Moreno, com o remate a sair ao lado da baliza de Fabiano.
O jogo entrou então numa toada mais equilibrada, até o nulo ser desfeito aos 39 minutos.
Aguilar desmarcou-se na área a aproveita da melhor maneira um desentendimento entre Fabiano e Mangala para inaugurar o marcador.
A resposta da equipa de Paulo Fonseca surgiu após o intervalo, com a entrada dos cotados Danilo, Lucho González e Jackson Martinez.
As alterações rapidamente surtiram efeito e o empate chegou aos 53', num golo construído a partir do banco de suplentes. Danilo fugiu pelo flanco e cruzou para o cabeceamento do 'Cha cha cha'.
Porém, o Anzoatégui não demorou mais do que nove minutos a responder e voltou a adiantar-se aos 62', por Juan Fuenmayor, assinando o 2-1.
Só que o FC Porto da segunda parte já traduzia uma imagem mais próxima do seu valor real. Assim sendo, os venezuelanos não conseguiram resistir e o FC Porto conseguiu não só o empate mas também a reviravolta e em apenas dois minutos.
Mangala e Varela, aos 64 e 65, fizeram os golos portistas. O triunfo só chegou à sua expressão final nos descontos, com o FC Porto a elevar para 4-2, uma vez mais por Varela.
Conteúdo publicado por SportInforma

Sporting conquista Taça de Honra de Lisboa

Taça de Honra de Lisboa
Estoril-Praia, 3 - Sporting, 3 (7-6)
Sporting conquista troféu
A decisão do vencedor só aconteceu depois de grandes penalidades.
O Sporting conquistou este domingo a Taça de Honra de Lisboa ao vencer o Estoril-Praia nas grandes penalidades, por 7-6, depois do empate a três o tempo regulamentar, e sucede, 20 anos depois, ao Belenenses como detentor do troféu.
Os golos foram apontados por Betinho (dois minutos e 77’), Iuri (83’) , do lado leonino, e por Ruben (27’), Carlitos (32’) e Sebá (56’) do Estoril.
No melhor jogo desta edição da Taça de Honra, as duas equipas entraram aguerridas, com gás e a prometer um bom espetáculo, para mais depois do encontro muito ‘insonso’ entre Benfica e Belenenses.
A onda de golos começou cedo, com o Sporting a adiantar-se no marcador aos dois minutos, com Betinho a receber um bom passe e a passar por Vagner. Até aos 12 minutos, os leões tiveram mais posse de bola, tentando segurá-la o mais possível, com os canarinhos a ganharem novo fôlego a partir dai. Gladestony ameaçou aos 21’ e o Estoril acabaria por chegar ao golo do empate aos 27’. Bom cruzamento de João Pedro, para Rúben Fernandes, de cabeça, desviar e bater Golas.
O segundo golo não demorou a aparecer. Aos 32’, Carlitos fez o 2-1 num remate à meia-volta, levando os estorilistas em vantagem para o intervalo.
Na segunda parte houve mais Estoril e o 3-1, aos 56’, não foi de estranhar. Sebá ganhou posição a Sambinha e atirou forte para a baliza leonina. Aos 68’, João Pedro Galvão atirou forte à trave. Os canarinhos dominavam, mas os leões não desistiram e depois de um fora de jogo de Iuri Medeiros, aos 75’, com a bola ainda a entrar na baliza, conseguiram reduzir por Betinho, que assim bisava.
O golo do Sporting ‘abanou’ a equipa da linha, que viu aos 83’ Iuri Medeiros fazer mesmo um golo, desta vez valido.
Já em tempo de compensação, e quando se percebeu que se iria para grandes penalidades, o Sporting viu-se reduzido a 10 jogadores por expulsão de Zihao, que entrou aos 66’ para o lugar de Viola, por acumulação de amarelos.
Nas decisões por grandes penalidades, foi preciso ir a uma segunda ronda. Anderson Luís falhou para o Estoril, atirando por cima da barra.
O Sporting conquista o primeiro troféu da pré-época. O Estoril ficou em segundo, o Benfica em terceiro e o Belenenses quarto.
Conteúdo publicado por SportInforma

No Canadá: Sporting vence Peñarol em Toronto

Sporting CP, 3 - Peñarol, 3 (5-3 gp)
Sporting vence Peñarol nas grandes penalidades
Leões foram a melhor equipa no tempo regulamentar, onde se verificou um empate a três golos.
A equipa de futebol do Sporting venceu hoje o Peñarol no desempate nas grandes penalidades, depois do jogo ter terminado com um empate a três golos, num particular disputado em Toronto, no Canadá.
Na partida disputada no estádio BMO Field, em Toronto, a segunda do estágio no Canadá, o Sporting entrou melhor na partida e chegou à vantagem aos 16 minutos, por Cristian Ponde.
O jovem avançado aproveitou um cruzamento de Filipe Chaby e cabeceou para o primeiro golo, numa jogada protagonizada pelas duas surpresas nos convocados do técnico Leonardo Jardim para o estágio no Canadá.
A resposta o campeão uruguaio surgiu de imediato e, aos 18 minutos, chegou ao empate, com um golo na própria baliza do defesa brasileiro Maurício, na sequência de um pontapé de canto.
A equipa do Sporting chegou de novo à vantagem aos 32 minutos, com William Carvalho a aproveitar um alívio na sequência de um canto para, de primeira, apontar o segundo golo dos "leões".
Tal como já tinha acontecido, a resposta do Peñarol foi quase imediata e dois minutos depois voltou a chegar ao empate, com Estoyanoff a aproveitar uma desatenção defensiva para bater Rui Patrício.
No início da segunda parte, o Peñarol chegou pela primeira vez à vantagem na partida, logo aos 50 minutos, com Piriz a aproveitar uma defesa incompleta do guarda-redes leonino para fazer o terceiro golo da sua equipa.
A equipa de Leonardo Jardim estava pela primeira vez em desvantagem e foi o “reforço” Salim Cissé, que entrou ao intervalo, a restabelecer o empate, aos 73 minutos, ao rematar de pé esquerdo após um passe do marroquino Labyad.
Com o empate no final do tempo regulamentar, o vencedor da partida foi decidido nas grandes penalidades, com o Sporting a vencer por 5-3, com Labyad, Adrien, Capel, Carrillo e Rojo a não desperdiçarem.
O Sporting alinhou com Rui Patrício, Cédric, Maurício, Rojo, Jefferson, Rinaudo, William Carvalho, André Martins, Wilson Eduardo, Filipe Chaby e Cristian Ponde.
Pelos "leões" jogaram ainda Capel, Cissé, Marcelo Boeck, Dier, Adrien, Labyad e Carrillo.
Conteúdo publicado por SportInforma c/ Lusa

II Divisão: Operário inicia pré- temporada

Operário com seis reforços no arranque
Operário inicia a pré-temporada com seis caras novas no plantel e dezassete elementos às ordens de André Branquinho. Guarda-redes é a prioridade após a saída de João Botelho.
O plantel do Operário inicia esta segunda-feira os trabalhos de pré-temporada com o primeiro treino agendado para as 9.00 horas, na Lagoa, depois do sábado passado ter sido dedicado aos exames médicos. Os lagoenses dão o pontapé de saída com seis reforços confirmados e todos para o ataque.
Os médios ofensivos Mauro (Águia de Musgueira) e Bruno Martinho (Lameirão), os extremos Danilo (Fabril do Barreiro) e Josimar (Oeiras) e os pontas-de-lança Fufuco e Filipe Andrade, ambos recrutados ao Desportivo de Chaves, são as caras novas no grupo às ordens de André Branquinho.
O jovem treinador conta ainda com os atletas que transitam da época anterior, nomeadamente Vítor Vieira, Nelo, Pedro Tavares, Tó Miguel, Tiago Resendes, Lino, Carlos Mota, Daniel, João Peixoto, Evandro e Bruno Ribeiro. A contratação de um guarda-redes para colmatar a saída de João Botelho é a prioridade para os próximos dias.
Acácio Mateus

II Divisão: Praiense inicia preparação


Encarnados da Praia da Vitória regressam ao trabalho
Coletivo da Praia da Vitória cumpre o primeiro treino da pré-época 2013/14 na próxima segunda-feira. Manuel da Costa tem 24 jogadores à disposição.
O Sport Clube Praiense inicia segunda-feira os trabalhos de pré-temporada tendo em vista a estreia no novo campeonato de futebol de Portugal, prova que sucede à extinta II divisão nacional. A formação da Praia da Vitória cumpre o primeiro treino às 19.00 horas sob as ordens de Manuel da Costa.
O treinador que levou a formação praiense à conquista do título de campeã na série Açores da III divisão manteve a estrutura do plantel que conta com 24 elementos no arranque dos treinos. A apresentação oficial acontecerá no dia 26, na loja do patrocinador principal.
Às ordens de Manuel da Costa estão os seguintes jogadores: Spencer, André Martins, André Silva, André Vieira, Benjamim, Bruno Teixeira, Emanuel Amaral, Filipe Luís, Hugo Bogas, João Borges, Leandro Silva, Luciano Serpa, Marco Aurélio, Miguel Oliveira, Nelson Gomes, Ricardo Costa, Ricardo Mendes, Queirós, Veredas, Ruben Rodrigues, Rui Silva, Vasco Goulart e Vítor Alves.
Acácio Mateus

sábado, 20 de julho de 2013

II Liga: João Botelho regressa ao Santa Clara

João Botelho, guarda-redes de 27 anos, vai ser jogador do Santa Clara.
João Botelho assinou contrato por dois anos
Guarda-redes é reforço dos encarnados de Ponta Delgada para a época 2013/14. Acordo ficou estabelecido em poucas horas no último sábado. Contrato por dois anos.
João Manuel Raposo Botelho está de regresso ao Santa Clara, clube onde fez toda a formação e onde conheceu a chamada às seleções jovens de Portugal. O guarda-redes de 27 anos já tinha renovado pelo Operário, clube que representou nas últimas duas temporadas, mas não teve como recusar o convite dos encarnados de Ponta Delgada.
A existência de uma cláusula no contrato com os fabris que lhe permitia sair para um emblema de patamar superior, como de resto já aconteceu com Forbes e Hélder Arruda, associada ao desejo que o guardião nunca escondeu de um dia poder voltar ao clube do seu coração, proporcionaram um desfecho rápido numa operação relâmpago.
Três anos depois de ter saído (uma época na Camacha e duas no Operário), João Botelho regressa ao Santa Clara com um contrato de dois anos. O guarda-redes já deverá treinar nesta segunda-feira e irá discutir a titularidade com Serginho. O júnior Hugo Viveiros completa o trio de elementos para a baliza.
Acácio Mateus

Santa Clara e a Açoreana de Seguros renovaram parceria

II Liga de Futebol Profissional:
Santa Clara e Açoreana de Seguros renovam parceria
O Clube Desportivo Santa Clara e a Açoreana de Seguros renovaram parceria para as próximas duas épocas desportivas.
O Santa Clara e a Açoreana de Seguros renovaram esta manhã a parceria que une as duas marcas à cerca de uma década, dando assim continuidade a uma casamento bem sucedido entre as duas instituições de sucesso no panorama regional, nacional e internacional.
O Presidente da Açoreana Engº. Diogo Silveira, sublinhou isso mesmo:"Esta é uma parceria com muitos anos, com sucessos mútuos e para uma empresa criada e dinamizada nos Açores, uma parceria com o Santa Clara é um facto natural e sem embargo da conjuntura actual, acredita que as duas marcas vão ultrapassar esta fase", terminando a sua intervenção desejando"os maiores sucessos desportivos " ao Santa Clara.
Quando ao presidente do Santa Clara, Mário Batista, agradeceu "em nome da administração do Santa Clara, de todos sócios, simpatizantes e açorianos em geral agradecer a presença do Presidente da Açoreana Seguros, neste ato em que congratulamos por esta renovação deste contrato de sponsorização entre as marcas Santa Clara e Açoreana Seguros, provavelmente as melhores marcas dos Açores".
Afirmar que "pensamos, que sem embargo do quadro de dificuldades conhecidos por todos ao nível nacional e regional, importa referir da importância sublime que as marcas de sucesso dêem sinais diferentes nestes momentos em projectos que nos fazem acreditar que é possível ultrapassar as dificuldades. A associação da Açoreana Seguros ao futebol profissional através da marca Santa Clara, ao longo de uma década, tem-se pautado pelo crescimento mútuo e esse é um dado que não se pode esquecer, independemente das conjunturas financeiras".
Por fim, "dizer que esta assinatura renova a certeza, a convicção e esse acreditar nas nossas duas marcas e naturalmente acreditar que quer o Santa Clara quer a Açoreana Seguros vão passar por esta fase e sair delas ainda mais fortes".
CDSC

Morreu o antigo jogador do CDSC, Jacinto Teves

Faleceu Jacinto “Malta da Silva”
Antigo jogador e, mais recentemente, colaborador dos escalões de formação do Clube Desportivo Santa Clara, Jacinto Teves faleceu após doença prolongada.
O antigo jogador Jacinto Teves, mais conhecido no meio futebilistico por Malta da Silva, faleceu na passada quinta-feira, dia 18 em Ponta Delgada.
Jacinto "Malta da Silva" representou o clube na década de 70 conjuntamente com outras grandes glórias, tendo sido treinado por Ben-David, e notabilizou-se a defesa esquerdo. Mais recentemente, colaborou nos escalões de futebol de sete do Santa Clara.
De simpatia extrema, Jacinto "Malta da Silva" foi sempre um técnico-adjunto incansável no apoio aos treinadores com quem trabalhou, nomeadamente Carlos Lousada, com quem passou por diversos escalões de futebol de sete no Santa Clara.
Neste momento particularmente difícil, os órgãos sociais da SAD e do clube dirigem as condolências à família enlutada.
CDSC

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Santa Clara vence Santiago em Água de Pau

Segunda vitória dos encarnados de Ponta Delgada frente ao Santiago
Santiago, 0 - Santa Clara, 3
Santa Clara vence segundo jogo da pré-época 
Segundo jogo de preparação, segunda vitória para o Santa Clara nos confrontos com o Santiago.
Na tarde/noite desta sexta-feira os encarnados de Ponta Delgada foram a Água de Pau bater os locais por 0-3. Hugo Sa...ntos (39' gp), Minhoca (63') e Ruizinho (73') apontaram os golos do triunfo alcançado pelos comandados de Carlos Condeço, treinador que fez alinhar o seguinte onze:
Serginho; Mike, Sandro, Accioly e Igor; Seddiki, Pedro Cervantes e Pacheco; João Ventura, Minhoca e Hugo Santos. No decorrer da segunda parte entraram Hugo Viveiros, Ivanildo, Kaabeche, Diogo Moniz e Ruizinho.
SZ

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Santa Clara vence Santiago em jogo de preparação

No campo de jogos do Lajedo em Ponta Delgada
Santa Clara, 5 - Santiago FC, 0
Santa Clara vence primeiro jogo da pré-época
O Santa Clara tirou nota positiva no primeiro jogo de preparação da pré-temporada.
Os encarnados de Ponta Delgada defrontaram o Santiago, no Lajedo, e golearam por 5-0. Hugo Santos (3' e 10') e Minhoca (37' e 53') bisaram, cabendo a João Ventura (19') o outro golo do triunfo folgado sobre os pauenses.
Carlos Condeço fez alinhar de início o seguinte onze:

Serginho; Mike, Accioly, Sandro e Igor; Diogo Moniz, Pedro Cervantes e Minhoca; João Ventura, Hélder Arruda e Hugo Santos. Na segunda parte jogaram Hugo Viveiros, Ivanildo, Kaabeche, Paulo Henrique, Seddiki, Vítor Hugo e Ruizinho.
 
por. SZ
 

domingo, 14 de julho de 2013

Automobilismo: Moura vence rally Além Mar em V. Franca

Campeonato dos Açores de Ralis:
Ricardo Moura vence Rallye Além Mar Vila Franca
O pentacampeão açoriano conduziu o seu Mitsubishi Lancer EVO IX até à vitória na quarta prova do Campeonato dos Açores de Ralis, que terminou hoje, em Vila Franca do Campo. Rali também contou para o Troféu de Ralis de São Miguel.
Na segunda posição ficou Luís Miguel Rego Jr. (Mitsubishi Lancer EVO IX) e no último lugar do pódio ficou Pedro Rodrigues (Mitsubishi Lancer EVO IX).
No Troféu, a glória coube a Sérgio Silva, em Subaru Imprez WRX.

II Liga: Santa Clara regularizou a situação junto da Segurança Social e Finanças

Santa Clara SAD fechou os processos pendentes da época anterior
Liga levanta impedimento
Santa Clara regularizou a situação junto da Segurança Social e Finanças e já pode começar a inscrever os jogadores para a nova época. Vão chegar mais jogadores para Carlos Condeço observar.
A SAD do Santa Clara regularizou junto da Segurança Social e das Finanças os valores em dívida referentes à época 2012/13 e dessa forma apresentou todos os documentos exigidos pela Liga Portuguesa de Futebol Profissional para competir na próxima edição do campeonato da II Liga.
O comunicado número 18 da LPFP dá conta da “cessação do impedimento de registar contratos de trabalho desportivo ou de formação, bem como de utilizar jogadores com contratos já registados em épocas anteriores”, pode ler-se no documento emitido pela entidade que organiza as provas de futebol profissional em Portugal.
A regularização dos montantes em dívida aconteceu logo após o recebimento da parcela (800 mil euros) transferida pelo governo regional por conta da promoção dos Açores no exterior, montante que equivale a metade do valor atribuído (1,6 milhões de euros) para a temporada transata. Para a época 2013/13 os encarnados de Ponta Delgada vão receber um milhão de euros.
Entretanto, o plantel continua a preparação diária e às ordens de Carlos Condeço permanecem três franceses que estão à experiência e até ao final desta semana devem chegar um guarda-redes e um avançado para prestar provas.


Médio está de regresso ao União da Madeira
Toni rescinde contrato com o Santa Clara
Médio defensivo alegou questões familiares para rescindir o segundo e último ano de contrato com o Santa Clara. Está de regresso à Madeira para voltar a jogar no União.
Toni não será jogador do Santa Clara na época 2013/14. O médio defensivo de 31 anos já tinha sido ausência notada aquando do arranque dos trabalhos de pré-temporada e a SAD encarnada confirmou agora, através de nota divulgada no site, que as partes chegaram a acordo para a desvinculação.
«A Santa Clara, Açores – Futebol SAD, informa que chegou a um acordo de revogação do contrato de trabalho desportivo dos direitos económicos e desportivos do jogador José António Pestana Figueira», pode ler-se na nota que valoriza a «conduta exemplar do jogador na temporada em que vestiu a camisola do Santa Clara».
A saída de Toni, apuramos, está relacionada com motivos de índole pessoal, optando o atleta por permanecer mais próximo da família, aceitando a proposta que lhe foi apresentada pelo União da Madeira, clube que representou antes de rumar ao Santa Clara.
Na Califórnia - EUA
Pacheco foi recebido na comunidade açoriana de Artesia
O capitão do Santa Clara foi recebido, na Califórnia, pela comunidade açoriana de Artesia.
O médio e capitão do Santa Clara, Pedro Pacheco, foi recebido pela comunidade açoriana de Artesia, na Califórnia.
Aproveitando a sua estadia em terras americanas, por ocasião da sua presença na selecção do Canadá – que disputa a Gold Cup – Pacheco esteve reunido com um grupo de açorianos radicado na Diáspora, tendo vivido momentos de agradável convívio, tendo presenteado aquela comunidade com uma camisola do Santa Clara.
Fundada em 1927, a comunidade de Asteria conheceu um enorme impulso, em 1974, por influência de um grupo de cidadãos açorianos que pretendia maior actividade para aquela comunidade.
Com esta acção, mais uma vez, o Santa Clara cultiva o excelente relacionamento que tem com a Diáspora, entre a qual é reconhecidamente a marca e imagem dos Açores.

Festa do Espírito Santo dos Micaelenses de Cambridge

CAMBRIDGE / ONTÁRIO
Organização Portuguesa Micaelense de Caridade celebrou a festa do Divino Espírito Santo
A Organização Portuguesa Micaelense de Caridade – Império de São Pedro de Cambridge no Ontário, celebrou nos passados dias 5,6 e 7 de julho a festa em honra do Divino Espírito Santo, cujo o programa foi o seguinte:
Na sexta –feira dia 5, foi realizada a benção da carne, pão e vinho e do quatro do Divino Espirito Santo e entrega das pensões no clube seguido do jantar dos Criadores.
No sábado dia 6, da manhã foram distribuidas as pensões aos irmãos ao domicílio, e pelas 14h00 foi servido o almoço do mordomo. No entertenimento actuou o artista brasileiro Allan Castro, e tiveram á venda comida como as Iscas de figado, Favas guisadas, bifanas e as famosas malassadas tudo á moda de S. Miguel.
No domingo dia 7, na Brierdale Plaza, reuniu-se pelas 10h30, os mordomos e convidados realizando-se o cortejo da coroação acompanhada pela Banda Portuguesa de Hamilton para a igreja de Nossa Senhora de Fátima onde foi celebrada a missa pelo Pe. António Cunha que no final da missa dominical realizou a cerimónia da benção das coroas .
Depois da missa foi tocado o hino do Divino Espirito Santo com todos reunidos na frente da igreja, seguindo depois com destino ao Clube de Cambridge.
No entanto no salão do clube Português de Cambridge, pelo meio-dia (12h00) foram servidas a carne guisada com batatas para as pessoas da terceira idade.
Foi formado na entrada do parque da propriedade do clube português um novo cortejo com a participação de outras irmandes do Ontário e a filarmónica que seguiu em direção à Capela do Divino Espírito Santo.
Á chegada foi então tocado os hinos do Canadá, Portugal e apresentado as entidades locais, como o Frank Monteiro (City Council) conselheiro citadino em Cambridge que por sua vez foi o porta-voz das saudações de Doug Craig, presidente da Câmara de Cambridge, e o Hon. Gary Goodyear, M.P. (Minitro de Estado e Ciências e tecnologia).
Finda as cerimónias os Mordomos, Emanuel e Fátima de Paiva, agradeceram a presença de todos, em especial os seus familiares que vieram da ilha de S. Miguel, Açorese, e depois lançaram com é tradição os dois pombas brancas e foram até á entrada da cozinha agradecer aos cozinheiros/as acompanhados pela banda de Hamilton que tocou o Hino do Dinino Espírito Santo.
Depois seguiram a entrada para o salão que encheu, tendo o presidente da organização João de Deus Raposo, pediu para aguardarem um minuto de silêncio em memória dos antigos mordomos já falecidos, depois chamou o Rev. padre António Cunha que dirigiu algumas palavras á comisão de festas pelo trabalho realizado ao longo dos últimos anos e deu a benção da mesa, onde depois foi servida a tradicional refeição de carne guisada com batatas á moda de São Miguel, com o pão, vinho e massa sovada.
No exterior do parque primeiramento a banda portuguesa de Hamilton realizou um concerto, seguiundo depois a atuação do grupo ‘’Despença de Rabopeixense’’ com o baile das castanholas á moda da vila de Rabo de Peixe na ilha de S. Miguel. Continou o entertenimento com o Rancho Folclórico ‘’As Tricanas’’ de Toronto e música para dançar pelo D.J. ‘’Music Nation’’ de Luis Almeida.
Não faltou o bazar, para a compra de bilhetes para prémios e leilões para ajuda monetária da organização.
Obrigado pelo convite. Bem hajam!
João G. Silva

P.C.I.M de Mississauga celebra o 41º. Aniversário

P.C.I.M - 1ª Irmandade do Divino Espírito Santo de Mississauga celebra 41º Aniversário da sua fundação
A Organização do Portuguese Canadian Integration Movement – 1ª. Irmandade do Divino Espírito Santo de Mississauga, celebrou no passado sábado dia 6 de julho, a passagem do Quadrigéssimo primeiro aniversário (41º.) da sua fundação (1972-2013), no salão de festas do St. John’s Hall localizado no 2185 Stavebank Road, na cidade de Mississauga.
Em plena época de Verão com uma temperatura a rondar os 30Cº, com muita gente boa a aproveitar o bom tempo para passear ao livre e fazer nos seus quintais as famosas petiscadas no BBQ, com familiares e amigos, esta organização do PCIM, conseguiu juntar na sua festa de aniversário mais de 450 pessoas, para festejar os 41 anos de existência, com um jantar comemorativo.
A noite começou com a atuação do grupo instrumental ‘’Melodias de Sempre’’ de Toronto, que animou a festa de aniversário do PCIM com canções tradicionais portuguesas.
Manuel Martins presidente da assembleia geral, foi o apresentador da festa do PCIM, que deu as boas-vindas a todos, e apresentou a comunicação social.
Depois aguardou-se um minuto de silêncio em memória dos falecidos que fizeram parte desta organização.
Proseguiu com um pequeno resumo do historial do PCIM, e seus fundadores, citamos:
O Portuguese Canadian Integration Movement de Mississauga, fundado a 4 de Março do ano 1971, teve a formação do primeiro centro e comissão, em Streetsville, Ontário, Canadá. ( O aparecimento oficial da comissão efectuou-se no dia 19 de Março do mesmo ano). O Centro principiou a funcionar depois da sua fundaçãoem Lakeview, Mississauga, Ontário. O seu primeiro aparecimento teve lugar a 13 de Maio de 1972, altura em que foi criada a 1ª Irmandade do Divino Espírito Santo, para poderem manterem viva as tradições do nosso povo na sua fé. O movimento foi registado e incorporado na cidade de Toronto na provincia do Ontário, a 17 de Junho de 1972, tendo como fundadores , José Botelho Rebelo, Manuel Melo e Alfredo Sousa, todos de Mississauga.
A sua finalidade era promover anualmente uma festa em louvou do Divino Espírito Santo ao abrigo da umbrela do PCIM. Para a irmandade do D.E.Santo foram criados centros em Mississauga, Brampton, Oshawa, Toronto, Oakville e Hamilton, ao cuidado dos zeladores das Coroas que faziam parte da comissão.
Depois do jantar comemorativo foram chamados o presidente do PCIM, Dinarte Teves, a sua filha Sandra Teves, (secretária e relações publicas, que foi a oradora e deu as boas-vindas como agradeceu a todos os amigos e sócios presentes. O vice-pres. do PCIM, Gilberto Pereira esteve presente mas não subiu ao palco.
Marcaram presença neste jantar o ministro das finanças do Ontário, Charles Sousa e esposa, e a MPP do bairro de Mississauga – East – Cooksville, Dipika Damerla, entre outras organizações da comunidade luso-canadiana.
Na cerimónia das apresentações, subiram ao palco, para apresentar os parabéns á organização do PCIM, e entregar placas de felicitações, vários representes tais como, a ‘’Casa dos Açores do Ontário’’, na pessoa de Fátima Bento representando também por Auxoliadora Medeiros e Cidália Sousa, o ‘’Amor da Pátria Community Centre, na pessoa de José Ferreira e dois membros do Governo do Ontário, a deputada Dipika Damerla representando a sua área como (MPP de Mississauga East – Cooksville), e o ministro das finanças do Ontário, Charles Sousa, que entregaram as suas felicitações através de discursos em nome do Governo da província do Ontário.
Charles Sousa frisou ainda no seu pequeno mas simbólico discurso, o agradecimento á comunidade luso-canadiana por contribuir para o engrandecimento da provincia e do país , com as tradições que os portugueses dos Açores trouxeram para o Canadá, graças também aos pioneiros que abriram as portas á imigração portuguesa á 60 anos atrás. O futuro está nos nossos jovens que de certo seguirão os passos dos pais e avós, para manterem esta rica tradição que é a festa em honra do Divino Espírito Santo, que esta organização mantém de pé á 41 anos. Parabéns a todos!
No decorrer do serão houve entertenimento com música para dançar pelos cantores, Victor Martins e Carlos Martins, e á meia-noite foi cortado o majestoso bolo de aniversário que foi servido com champanhe a todos os presentes.
O som e música esteve a cargo do DJ Zip-Zip.
JOÃO G. SILVA

II Liga Portuguesa de Futebol - Sorteios:

II LIGA: SORTEIO DO CAMPEONATO

Santa Clara começa campeonato em casa com o Desp. Chaves

Sorteio do campeonato colocou o Santa Clara a jogar em casa na primeira jornada. Na Taça da Liga os encarnados começam fora e realizam dois jogos como visitantes.

O Santa Clara vai iniciar o campeonato da II Liga, época 2013/14, em casa.
O sorteio realizou-se esta quinta-feira e ditou que os encarnados de Ponta Delgada recebam o Desportivo de Chaves na ronda inaugural que está agendada para 11 de agosto. Este confronto traz a São Miguel o avançado Clemente que volta a representar os flavienses.
No que respeita à Taça da Liga, o Santa Clara ficou integrado no grupo B juntamente com o Desportivo das Aves, Tondela e Farense. É precisamente em Faro, frente ao
promovido Farense, que os insulares iniciam a prova, a 27 de julho, recebendo no dia 31 o Tondela. A fase de grupos completa-se no dia 4 de agosto com a deslocação à vila
das Aves para defrontar o Desportivo local, adversário que o Santa Clara já tinha apanhado na época transata.
Entretanto, o plantel prossegue com os treinos bi-diários e às ordens de Carlos Condeço está Devon, médio direito de 23 anos que cumpre um período de observação. O
internacional sub-21 por Cabo Verde vai tentar agradar ao treinador na tentativa de rubricar contrato, tal como mais cinco atletas que vão chegar integrar o grupo até ao final da semana.

Taça da Liga : Santa Clara começa época diante do Farense
Condeço não espera facilidades
Treinador do Santa Clara reagiu ao sorteio do campeonato e da Taça da Liga e reconheceu que os confrontos serão difíceis, tanto para a sua equipa como para os adversários.
O Santa Clara inicia a época 2013/14 no próximo dia 27 com uma deslocação a Faro para defrontar o Farense na primeira jornada do grupo B da Taça da Liga.
Será o primeiro jogo de caráter oficial dos encarnados de Ponta Delgada na nova temporada mas, também, previsivelmente o primeiro para afinar pormenores pois não estão programados desafios particulares na pré-época.
Isso mesmo foi reconhecido pelo treinador na reação ao sorteio da Taça da Liga e do campeonato. «Esta primeira fase da competição servirá, acima de tudo, para concluir o
trabalho de pré-época com uma componente competitiva já de alguma dificuldade», disse. Para além do Farense, o Santa Clara vai defrontar o Tondela e o Desportivo das
Aves.
A 11 de agosto arranca o campeonato da II Liga, prova na qual os açorianos correm pela manutenção. A estreia será em casa, frente ao Desportivo de Chaves e Carlos Condeço
não espera facilidades naquela que será uma longa maratona de 42 jogos. «O campeonato será marcado por compromissos com adversários fortes mas a verdade é que tambémpara eles os jogos com o Santa Clara serão difíceis», salientou em declarações reproduzidas no site do emblema insular.