quarta-feira, 28 de novembro de 2012

II Liga de Futebol: Santa Clara vence na Trofa

Quarta vitória dos açorianos
Trofense, 1 - Santa Clara, 3
Reguila bisa no regresso à Trofa na quarta vitória consecutiva do Santa Clara
O Santa Clara alcançou, esta quarta-feira, a quarta vitória consecutiva na 2.º Liga, ao vencer (3-1) o Trofense, em encontro da 15.ª jornada, disputado na Trofa, que acabou com os trofenses reduzidos a 10.
Com três golos, dois de Reguila (quatro e 46 minutos) e um de Pacheco (57), contra apenas um do Trofense (Paulinho, aos 24), o Santa Clara conquistou a quarta vitória consecutiva na prova, afundando o clube trofense, que, com esta derrota caseira, ficou muito próximo da linha de despromoção.
O Trofense entrou no jogo praticamente em desvantagem, já que o primeiro golo dos açorianos foi assinalado, na cobrança de uma grande penalidade, logo aos quatro minutos.
Reguila, que regressou à Trofa pela primeira vez depois de uma passagem de 10 anos pelo clube trofense, marcou o castigo máximo.
A resposta dos locais foi boa, ainda que o Trofense mantivesse um jogo demasiado previsível, e o Santa clara foi obrigado a encostar-se à sua linha defensiva. Aos 17 minutos, Leandro quase empatava, mas a bola saiu ligeiramente ao lado da baliza de Hélder Godinho, que, aos 24, foi totalmente surpreendido por um cabeceamento de Paulinho.
A segunda parte começou como a primeira, com o Santa Clara a adiantar-se no marcador na sequência de um cabeceamento de Reguila, após livre marcado na esquerda (47 minutos). E, aproveitando a falta de discernimento dos trofenses, foi com facilidade que o clube açoriano marcou o terceiro golo, assinado pelo internacional moçambicano Pacheco (57).
Com dois golos de desvantagem, o Trofense viu ser ainda mais dificultada a missão de hoje, já que Tiago Lopes foi expulso devido à acumulação de cartões amarelos, deixando os locais reduzidos a 10 unidades a 20 minutos do fim da partida.
Equipas:
Trofense: Marco Gonçalves, Tiago Lopes, Luiz Alberto, Hebert Santos, Matheus (Moreira, 46), Tiago, Edson, João Amorim (Semedo, 64), Paulinho, Gomis (Rateira, 74) e Leandro. (Suplentes: Ricardo, Semedo, Moreira, Moisés, Aires, Jorge Inocêncio e Rateira).
Treinador: Neca.
Santa Clara: Hélder Godinho, Luiz Carlos, Paulo Monteiro (Accioly, 90+1), Serginho, Tony, Godinho, André Simões, Pacheco (Pedro Cervantes, 64), Porcellis, Reguila e Platini (Ruizinho, 85).
(Suplentes: Brice Niclos, Accioly, Marco Lança, Minhoca, Hugo Rego, Pedro Cervantes e Ruizinho).
Treinador: Luís Miguel. Árbitro: Manuel Mota (Braga).
Ação disciplinar:
Cartão amarelo para Matheus (03), Platini (15), Paulo Monteiro (52), Tiago Lopes (58 e 70), Semedo (76), Rateira (83), Ruizinho (87) e Edson (89)
Cartão vermelho, por acumulação de amarelos, para Tiago Lopes (70).
Assistência: Cerca de 350 espetadores.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

C.C.P.Mississauga / Noite do sócio dedicada ao Pico

Centro Cultural Português de Mississauga
Noite Picoense e do sócio com a ''Matança do Porco''
Na noite fria do último sábado, dia 24 Novembro, o Centro Cultural Português de Mississauga levou a efeito mais uma festa do seu calendário anual, a famoso Matança do Porco em noite dedicada ao Pico e aos sócios, que foi animada pelo conjunto musical ‘’Santa Fé’’, com um salão bem preenchido de calor humano de convivas sócios e amigos do clube.
O serão começou como não podia deixar de ser, com um jantar Buffet com as variedades que o amigo suíno oferece da culinária portuguesa.
Após o vasto repasto confecionado pelos mestre da cozinha do CCPM, o presidente Gilberto Moniz, antecipadamente agradeceu a presença de todos na sala, e em especial a todos os empresários do comércio português sem excepção, que contribuiram de uma maneira ou de outra para a ajuda para a festa da matança do porco, porque sem eles estas festas não seriam possíveis.
Depois apresntou o conjunto ‘’Santa Fé’’ para animar o baile em mais uma noite festiva em Mississauga.
No intervalo realizou-se, as arrematações dos três porcos que se encontravam pendurados que foram oferecidos para colmatar as despesas da noite e ajudarem o clube, foram cortados por voluntários e arrematados pelo presidente, Gilberto Moniz e Vice-presidente, Tony de Sousa, pelo melhor preço possivél, como também muitos chouriços e morcelas.
Houve um sorteio com três prémios dos bilhetes vendidos durante a noite, que os vencedores foram comtemplados com várias partes do porco já cortado pronto a levar para casa.
A noite continuou com mais música para dançar ao som do ‘’Santa Fé’’ até madrugada dentro.
No próximo fim-de-semana o baile do sócio, e a entrega de vários troféus aos membros e á equipa de futebol do PCCM, que foram os finalistas vencidos na final da Taça do Ontário, como também vai decorrer a despedidas da Miss. Chantel Carneiro e as suas damas que representaram o CCPM, durante um ano.
João G. Silva

Futebol nos Açores: Torneio de Abertura da Terceira

Ilha Terceira
Torneio de Abertura da AFAH - Seniores/Juniores
GD Fontinhas surpreende Juv. Lajense
Resultados da 12ª. jornada:
Fontinhas, 1 – Juventude Lajense, 1
Lajense ‘’A’’, 0 – Angrense ‘’A’’, 6
Lusitânia ‘’A’’, 1 – Vilanovense, 9
Praiense ‘’A’’, 0 – Boavista CR, 4
Torneio de Abertura de Seniores:
CLASSIFICAÇÃO:
L   EQUIPAS              J    V   E   D        GM-S      P
1.º Boavista CR       12  11  1    0    63 – 12     34
2.º Vilanovense       12   9   1    2     56 – 9      28
3.º Juv. Lajense       12   8   3    1     56 – 12    27
4.º Angrense “A”    12   7   0    5     26 – 17    21
5.º GD Fontinhas    12   5   1    6      29 – 19   16
6.º Lusitânia “A”    12   3   0    9      21 – 5       9
7.º Lajense “A”      12   1   1   10       7 – 60     4
8.º Praiense “A”     12   0   1   11       8 – 78     1
13ª jornada – 2-12-2012:
Angrense ‘’A ‘’ – Praiense ‘’A’’
Juventude Lajense – Lajense ‘’A’’
Lusit\ania ‘’A’’ – GD Fontinhas
SC Vilanovense – Boavista CR
Campeonato de Juniores “A”:
CLASSIFICAÇÃO:
L   EQUIPAS             J   V   E   D        GM-S      P
1.º Angrense ''A''      5    5   0   0     19 – 1     15
2.º Lusitânia ''A''      5    3   0   4     16 – 8       9
3.º JD Lajense ''A''   5    1   1   3      5 – 15      4
4.º Praiense ''A''       5    0   1   4      6 – 21      1

domingo, 25 de novembro de 2012

Futebol nos Açores: Campeonato Faial/Pico (AFH)

FC Madalena, 2 - Fayal Sport, 0
Campeonato da A.F.H – Faial/Pico -  2012/13:
FC Madalana vence e já é líder isolado!
1ª. jornada - Resultados:
FC Madalena, 2 – Fayal Sport, 0
GD Cedrense, 1 – CD Lajense, 1
Folgou: GD Salão.
CLASSIFICAÇÃO:
L   EQUIPAS         J  V  E  D    GM-S      P
1º FC Madalena      1   1  0   0      2 – 0        3
2º CD Lajense         1  0   1  0       1 – 1        1
3º GD Cedrense      1  0   1   0      1 – 1        1
4º Fayal Sport         1  0   0   1      0 – 2        0
5º GD Salão            0  0   0   0      0 – 0        0
Próxima jornada (2ª.)
CD Lajense – FC Madalena
Fayal Sport – GD Salão
Folga: GD Cedrense.

Futebol nos Açores: Campeonato de São Miguel (AFPD)

Mira Mar, 0 - Vale Formoso, 1
CAMPEONATO DE SÃO MIGUEL - 2012/13:
São Roque, Capelense e Vale Formoso entram a vencer
1ª. Jornada – Resultados:
São Roque, 3 – U. Nordeste, 1
U. Micaelense, 0 – Capelense, 2
Mira Mar, 0 – Vale Formoso, 1
Folgou: Águia CD dos Arrifes.
CLASSIFICAÇÃO:
L   EQUIPAS         J   V  E   D   GM-S   P
1º CD São Roque    1   1   0    0     3 – 1    3
2º Capelense SC      1   1   0    0    2 – 0     3
3º Vale Formoso     1   1   0    0    1 – 0     3
4º Águia Desp.        0   0   0    0    0 – 0    0
5º Mira Mar SC      1   0    0   1     0 – 1    0
6º U. Nordeste        1   0    0   1     1 – 3    0
7º U. Micaelense    1   0    0   1     0 – 2    0
2ª. Jornada - 2 Dezembro 2012:
U. Nordeste – U. Micaelense
Vale Formoso – CD São Roque
Capelense – Águia dos Arrifes
Folga: Mira Mar SC.

Hóquei em Patins: Marítimo lider da zona sul

Hóquei em Patins – III Divisão – Zona Sul:
Marítimo é líder e tem o melhor ataque
O Marítimo Sport Clube , arrecadou mais uma vitória, no sábado ao vencer em terras algarvias o CD Boliqueime, por 7-4, para mais um desafio a contar para a 8ª jornada da 3ª. Divisão Nacional – Zona sul de Hóquei em Patins - séniores.
Desta forma o Marítimo de Ponta Delgada conseguiu chegar ao final da primeira volta com 15 pontos, e em primeiro lugar, em igualdade pontual com o Vialonga. Para além deste feito, de ser líder na tabela classificativa, ainda aparenta o melhor ataque com 46 golos marcados e apanas 21 sofridos.
Relativamente aoas juízes da partida, Tiago Monteiro (AF Setúbal) e Jorge Pereira (Alentejo), apresentaram um bom trabalho.
A próxima jornada realiza-se a 1 de Dezembro, com a formação açoriana de Ponta Delgada a deslocar-se ao HC Santiago, pelas 18 horas, a contar para a 9ª. jornada.
DSP
Classificaçaão Geral (3ª Divisão - Zona Sul):
Marítimo SC ................... 15 pontos.
2º GD Vialonga ................... 15
3º CF Estremoz ................... 7
4º Juventude Azeitonense . 7
5º FC Castrense .................. 6
6º HC Santiago ................... 6
7º CD Boliqueime ............... 6
Liga Europeia – Grupo «A» - 2ª Jornada:
Candelária perde com o Igualada (3-2)
O Candelária volta a não vencer nas Competições Europeias. A equipa foi a Espanha jogar com o Igualada e perdeu por 3-2.
Na primeira parte, o Igualada foi a primeira equipa a marcar, mas minutos depois Tiago Resende do Candelária, repôs a igualdade, resultado que se manteve até ao intervalo.
Na segunda metade, a equipa de Espanha foi novamente para a frente no marcador, mas a equipa picoense não baixou os braços e Mauro Fernandez fez o 2-2.
Em grande penalidade, o Igualada fez o 3-2, resultado que se manteve até ao final.
No outro jogo do grupo, o Barcelona venceu o Quévert, em França, por 5-2.
O Candelária não soma qualquer ponto no grupo A, visto que na primeira jornada também tinha perdido com os franceses do Quévert.
GRUPO «A»
1ª. Jornada:
Barcelona-Igualada, 1-1
Candelária-Quévert, 1-3
2ª. jornada:
Igualada-Candelária, 3-2
Quévert-Barcelona, 2-5
CLASSIFICAÇÃO:
1º Igualada (Espanha), 4 pontos/2 jogos
2º Barcelona (Espanha), 4/2
3º Quévert (França), 3/2
4º Candelária (Portugal), 0/2
3ª jornada – 15/12/12:
Quévert-Igualada
Candelária-Barcelona

III Divisão - Série Açores: Praiense soma e segue

CAMPEONATO DA 3ª. DIVISÃO - SÉRIE AÇORES:
Praiense soma e segue: goleou o Angrense por 4-0 e reforçou a posição cimeira na classificação
De vento em popa segue o Sport Clube Praiense na série Açores de futebol. No jogo grande da jornada oito a equipa da Praia da Vitória recebeu e goleou o rival Angrense por 4-0. Ricky abriu o marcador e Marco Aurélio, com um hat-trick, embalou os praienses para um triunfo robusto que lhes permitiu dilatar para cinco pontos a vantagem sobre a turma de Angra do Heroísmo.
Em Rabo de Peixe também houve desafio de cartaz mas deu empate (1-1) no Rabo de Peixe – Prainha FC, mantendo a formação de Rabo de Peixe o terceiro lugar na classificação. Quem se aproximou foi o Sporting Ideal – que abriu a ronda com goleada (4-2) ao Marítimo da Graciosa – e o Santiago que não sentiu dificuldades de maior em derrotar o FC Flamengos, no Faial, por 4-1, com Tozé em destaque pelos três golos apontados. Na luta pela manutenção, SC Barreiro e Vitória do Pico repartiram os pontos com uma igualdade a duas bolas.
Resultados da – 8ª. jornada:
SC Barreiro, 2 – Vitória Pico, 2
FC Flamengos, 1 – Santiago, 4
Sp. Praiense, 4 – Angrense, 0
Rabo de Peixe, 1 – Prainha, 1
Sporting Ideal, 4 – Marítimo, 2
CLASSIFICAÇÃO:
L   EQUIPAS               J   V   E   D   GM-S     P
1º Sp. Praiense          8   7   0   0   20 – 4    24
2º SC Angrense        8   6   1   1   28 – 7    19
3º Rabo de Peixe      8   4   3   1   16 – 8    15
4º Sporting Ideal      8   4   2   2   19 –12   14
5º Prainha FC           8   4   2   2   12 – 9    14
6º Santiago FC         8   3   2   3   11 – 9    11
7º SC Barreiro         8   2   1   5     9 –18     7
8º SC Marítimo       8   1   0   7     6 –16     3
9º Vitória FC           8   0   3   5     5 –15     3
10º FC Flamengos   8   0   2   6     7 –32     2
9.ª jornada – 2 Dezembro 2012:
Angrense - Rabo de Peixe
Prainha FC – Sporting Ideal
Santiago FC – SC Barreiro
SC Maritimo – Flamengos
Vitória Pico – Sp. Praiense
Melhores Marcadores:
1º Magina (Angrense) ................ 7 golos
2º Vitória (Angrense) ................ 6
3º Victor Gaguinha (R. Peixe) ... 6
4º João Borges (Praiense) .......... 5
5º Ruben Rodrigues (Angrense).. 4

2ª Divisão - Zona Centro: Operário empata em casa

NACIONAL DA II DIVISÃO – ZONA CENTRO:
Operário, 4 - Pampilhosa, 4
Operário empata na despedida de Agatão
Fabris consentiram igualdade a uma bola na recepção ao Pampilhosa no último jogo de Francisco Agatão no comando técnico dos fabris.
Viveram-se emoções fortes no campo João Gualberto Arruda, na Lagoa. O Operário recebeu e empatou a uma bola com o Pampilhosa mas o jogo da nona jornada ficou marcado pelo sentido adeus dos sócios e simpatizantes dos fabris ao treinador Francisco Agatão que está de malas feitas para rumar a Angola.
Os adeptos, os amigos e os dirigentes tributaram-lhe a devida homenagem antes e após o final da partida, não conseguindo o técnico evitar as lágrimas num momento de enorme carga emotiva. O resultado, esse, até ficou para segundo plano, mas a igualdade é injusta para os lagoenses que dominaram grande parte do desafio mas faltou aos jogadores algum discernimento no momento da finalização, também eles a sentir a partida de Francisco Agatão.
Ainda na II divisão, mas na ilha Terceira, o Lusitânia deixou escapar uma boa possibilidade de somar mais um triunfo em casa. Os leões estiveram a vencer o Nogueirense por 3-1 mas permitiram a recuperação para 3-4 e só evitaram a derrota no quinto e último minuto de compensação com um golo de Amaral.
Os insulares terminaram o jogo reduzidos a nove elementos.

II Liga de Futebol: Santa Clara terceira vitória consecutiva

AÇORIANOS "FOGEM" AOS ÚLTIMOS LUGARES
II LIGA PORTUGUESA DE FUTEBOL:
Santa Clara, 4 - Arouca, 0
Platini bisa na goleada com muita qualidade
Santa Clara recebeu e despachou o candidato Arouca com quatro golos sem resposta, todos eles de fino recorte técnico. Terceira vitória consecutiva reforça a ascensão da equipa na classificação.
O Santa Clara reentrou este sábado na luta pela subida ao principal escalão, ao receber e vencer o Arouca, adversário direto na corrida, por 4-0, em jogo da 14.ª jornada da 2.º Liga.
A precisar de vencer para fugir aos últimos lugares e aproximar-se da parte de cima da tabela, a equipa açoriana não deu hipóteses e, aos sete minutos, vencia já por 2-0.
O Santa Clara entrou em campo com uma atitude diferente da que evidenciou nos últimos jogos em casa e rapidamente chegou ao 2-0, com tentos de Porcellis (4') e de Platini (7').
Aos 25 minutos, o Arouca podia ter reduzido a desvantagem no marcador, mas desperdiçou uma grande penalidade, que foi muito contestada pela equipa visitada.
Ainda antes do intervalo, o Santa Clara ampliou para 3-0, novamente através de Platini, aos 36 minutos. Com uma boa vantagem no marcador e com mais um em campo, o Santa Clara entrou ainda mais confiante na etapa complementar, tendo desperdiçado algumas boas situações para aumentar. O seu quarto golo, anotado por Serginho, aos 74 minutos, resultou de um canto direto.
Jogo no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.
Santa Clara-Arouca, 4-0
Marcadores: 1-0, Porcellis, 4'. 2-0, Platini, 7'. 3-0, Platini, 36'. 4-0, Serginho,74'.
Árbitro: Luís Ferreira (Braga).
CD Santa Clara: Hélder Godinho, Luiz Carlos, Paulo Monteiro, Accioly, Serginho, Tony, André Simões, Minhoca (Hugo Rego, 79'), Porcellis (Reguila, 82'), Ruizinho (Pedro Cervantes, 64') e Platini.
Suplentes: Brice Niclos, Marco Lança, Reguila, Alex, Hugo Rego, Pedro Cervantes e Diogo Moniz.
Treinador: Luís Miguel.
FC Arouca: Serginho, Miguel Oliveira, Mika, João Vicente, Dani, Bijou (André Claro, 29'), Idris, Kovacevic, Luis Pinto (Miguel Ângelo, 45'+2), Clemente e Hugo Monteiro.
Suplentes: Ricardo, André Claro, Hemiliano, Miguel Ângelo, Stéphane e Amessan.
Treinador: Vítor Oliveira.
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Luís Carlos (25'), Idris (32'), Ruizinho (38'), Hugo Monteiro (47'), João Vicente (60'), Serginho, do Arouca, (74') e Mika (90'+2). Cartão vermelho direto para Dani (45').
Assistência: Cerca de 100 espetadores.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Associação de Futebol de Ponta Delgada (AFPD)

Novos membros da AFPD tomaram posse:
Robert Câmara presidente adjunto
A Associação de Futebol de Ponta Delgada (AFPD) informou, através de comunicado, a constituição dos vários órgãos sociais, devido às alterações recentemente introduzidas pelas demissões e pedidos de renúncia.
O engenheiro Robert Câmara, que foi presidente do Capelense, passa a ser o presidente-adjunto da direcção presidida por Auditon Moniz, o único resistente desde a eleição para novo mandato de 4 anos (cumpre o terceiro mandato), ocorrida em Julho do ano passado.
Na vice-presidência para a área administrativa ficou Paulo Correia, conhecido empresário da Ribeira Grande e candidato à presidência da Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas dos Açores (AICOPA), cujas eleições decorrem amanhã.
João Vale detém a pasta da área desportiva e André Moniz fica responsável pelas selecções da AFPD. São dois jovens que têm estado ligado ao futebol de formação.
Estes quatro elementos, que já tomaram posse perante o presidente da Assembleia Geral, José Medeiros, substituem os demissionários José Araújo Lopes, saído no início deste ano, João Pedro Costa, José Ponte e Ricardo Sampaio, que abandonaram recentemente.
As demissões dos três agentes desportivos deveram-se a motivos de ordem pessoal e de saúde, mas, no fundo, discordaram da forma como foi conduzida a resposta associativa ao processo movido pelo Conselho de Disciplina Não Profissional da Federação Portuguesa de Futebol no “caso” João Botelho, mormente o erro do Gabinete Técnico, dirigido por Rogério Barroso.
Também o Conselho de Disciplina sofreu alterações. Por desistências do presidente dr. Loenardo Costa Ponte e da vice-presidente dra. Joana Decq Mota, já assumiram os cargos os advogados dr. José Luís Pontes (presidente) e dr. Hélder Cabral Borges (vice-presidente).
As substituições, sem necessidade de se recorrer a eleições antecipadas, estão de acordo com os estatutos, que prevêem as situações ocorridas.

Taça de Portugal: Caso Operário/Caldas

FPF esclarece “caso” Operário/Caldas:
Processo ainda decorre
A Federação Portuguesa de Futebol noticiou, no seu sitio da internet, que o “caso” do jogo Operário-Caldas ainda não está encerrado.
“Face a várias notícias que dão conta que o processo que opõe o Caldas ao Operário, relativo ao jogo da segunda eliminatória da Taça de Portugal já estará resolvido, a Federação Portuguesa de Futebol esclarece que o processo em causa se encontra sob a alçada do Conselho de Disciplina que tomará uma decisão em tempo oportuno”, lê-se na nota informativa.
Esta informação não significa que, devido aos desenvolvimentos recentes, motivados pela introdução de novos dados, o Operário venha a perder o jogo (3-0) que venceu em campo por 3-1; sofra uma penalização pecuniária entre 1500 e 2500 euros e que o guarda-redes João Botelho sofra uma penalização temporária, que pode atingir os 3 meses como pena máxima.
Apesar de se saber que a Associação de Futebol de Ponta Delgada (AFPD) assumiu o erro por ter indicado na defesa do Operário que o jogo foi a 23 de Agosto, quando efectivamente foi a 18 e João Botelho só foi inscrito 4 dias após a realização da partida da Taça Amizade, o processo tem de ser reanalisado e proferido novo acórdão.
A reconfirmar a assumpção do erro, o Operário dispensou as alegações a que tinha direito, por concordar que na realidade houve um erro do Gabinete Técnico da AFPD na comunicação ao Conselho de Disciplina sobre a data do desafio.
O recurso do Caldas para Conselho de Justiça teve uma análise sumária, o que motivou a notícia veiculada no site do clube das Caldas da Rainha, mas foi decidido que todo o processo seja reapreciado pelo Conselho de Disciplina Não Profissional. Este “voltar à primeira forma” deve-se, precisamente, à necessidade de analisar os novos dados e tentar apurar os factos que motivaram o erro inicial de uma informação que não correspondia à verdade.
Enquanto não for proferido um novo acórdão, com as sanções para o Operário e a declaração oficial da qualificação do Caldas, não pode ser marcado o desafio da 3ª eliminatória da Taça de Portugal com o Coimbrões.

Hóquei em Patins: Victor Silva novo treinador do Candelária

Hóquei em Patins - Candelária SC tem novo treinador
Vítor Silva substitui Dantas
Vítor Silva é o novo treinador do Candelária.
O técnico vai substituir Carlos Dantas, que abandonou o cargo de treinador devido a problemas de saúde, numa altura em que cumpria a terceira temporada no clube picoense.
Em declarações à Rádio Pico, Vítor Silva avançou que vai fazer tudo para que o Candelária volte aos primeiros lugares. Vítor Silva foi recrutado ao Hóquei Clube de Braga, equipa que ajudou a levar à primeira final europeia, no ano passado, na Taça CERS.
O novo treinador viaja esta Quinta-feira com o Candelária para Espanha, que defronta no Sábado o Igualada.

Futsal femininos: Santa Clara ganhou quinta edição

Futsal Femininos Séniores:
Santa Clara conquista a 5ª Taça de Honra
A equipa do Clube Desportivo Santa Clara venceu na tarde de domingo passado a sua 5ª. Taça de Honra ao derrotar o Clube Norte Crescente por 9-2.
 O desafio que se realizou no Pavilhão Multiusos AçorArena, em Vila Franca do Campo apresentou uma moldura humana consideravél para assistir a uma final de grande calibre onde o futsal feminino foi rei.
Os golos das vencedoras do Santa Clara foram marcados por Marilia Ferreira (3) Sandra Garrafa Ameida (2) Sandra Tomás, Cládia Oliveira, Ana Galvão e Sónia Dias.
O Santa Clara foi o vencedor da Taça de Honra da Associação de Futebol de Ponta Delgada de futsal feminino.
Na final, em Vila Franca do Campo, derrotou o Norte Crescente, de Santo António, por 9-2, com 6-1 ao intervalo.
Foi a quinta vitória das “encarnadas” em outras tantas edições da prova. Nas primeiras três, devido ao menor número de equipas, a Taça de Honra foi disputada a pontos. Nas duas últimas temporadas as equipas estiveram divididas por duas séries na 1.ª fase, jogando as vencedoras a final. Na época passada o Santa Clara vencera o União Micaelense, por 3-2.
Esta foi a estreia do Norte Crescente numa final, na segunda temporada em que compete no âmbito federado. Na primeira fase o Norte Crescente perdeu um dos 6 jogos, marcou 24 golos e sofreu 15 na série “A”.
As atletas “encarnadas” dominaram a Série “B”. Venceram os 6 jogos, apontando 65 golos (40 fora de casa) e sofrendo 14.
Segue-se o campeonato de S. Miguel, cujo arranque é no próximo fim-de-semana: Norte Crescente-Santa Clara, União Micaelense-Universidade dos Açores, Fenais da Luz-Benfica Águia e Operário-Atalhada são os jogos da 1.ª jornada.

RABO DE PEIXE VIRTUAL VENCEDOR
O Desportivo de Rabo de Peixe é o virtual vencedor da Taça de Honra da Associação de Futebol de Ponta Delgada em futsal masculino, a uma jornada do fim.
Na penúltima jornada (5.ª), os resultados foram os seguintes:

Atlético dos Ginetes, 0 - Clube Escolar de Vila Franca do Campo, 1
Capelense Sport Clube, 1 - Desp. Rabo de Peixe, 5
Classificação actual:

1.º Desportivo de Rabo de Peixe, 15 pts
2.º C. E. Vila Franca, 9
3.º Atlético dos Ginetes, 4 
4.º Capelense, 1 pt.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Futebol Regional: Torneio de Abertura da Terceira

Torneio de Abertura da AFAH - Seniores/Juniores
Boavista CR continua imparável na liderança
Boavista da Ribeirinha goleia (7-0) Lajense "A" e está cada vez mais perto de conquistar o Torneio de Abertura de Seniores da AFAH da ilha Terceira.

Resultados da 10ª. jornada:
Lajense ‘A’, 2 – Praiense ‘A’, 2
Lusitânia ‘A’, 1 – Angrense ‘A’, 4
Fontinhas, 0 - Boavista CR, 4
Juv. Lajense, 0 – Vilanovense, 0
Resultados da 11ª. jornada:
Angrense ‘’A’’, 1 – Fontinhas, 0
Juv. Lajense, 9 – Lusitânia ‘’A’’, 1
Boavista CR, 7 – Lajense ‘’A’’, 0
Vilanovense, 10 – Praiense ‘’A’’, 1
Torneio de Abertura de Seniores:
CLASSIFICAÇÃO:
L   EQUIPAS              J    V   E   D     GM-S        P
1.º Boavista CR        11 10   1   0    59 –12      31
2.º Juv. Lajense        11   8   2   1     55 –11     26
3.º Vilanovense        11   8   1   2     47 – 8      25
4.º Angrense “A”     11   6   0   5     20 – 17    18
5.º GD Fontinhas     11   5   0   6     28 – 18    15
6.º Lusitânia “A”     11   3   0   8     20 – 50      9
7.º Lajense “A”       11   1   1   9       7 – 54      4
8.º Praiense “A”      11   0   1   10     8 – 74      1
12ª jornada – 25-11-2012:
Fontinhas – Juv. Lajense
Lajense ‘’A’’ – Angrense ‘’A’’
Lusitânia ‘’A’’ – Vilanovense
Praiense ‘’A’’ – Boavista CR
Campeonato de Juniores “A”:
CLASSIFICAÇÃO:
L   EQUIPAS              J   V   E   D     GM-S      P
1.º Angrense ''A''       4   4   0   0    13 – 1      12
2.º Lusitânia ''A''       5   3   0   4    16 – 8        9
3.º JD Lajense ''A''    4   1   1   2      5 – 9        4
4.º Praiense ''A''        5   0   1   4      6 –21       1

Campeonatos Regionais: Graciosa e S. Jorge

Campeonato da Graciosa 2012/13:
Guadalupe reforça liderança na Luz
Melhor o resultado do que a exibição. Dirão, naturalmente, os sportinguistas da Graciosa que assistiram neste domingo ao triunfo da sua equipa no Campo Municipal da Luz.
O jogo foi como o tempo. As condições meteorológicas adversas, marcadas por vento mais forte na primeira parte e chuva na segunda, também não concorreram para a qualidade da partida.
O Guadalupe foi, no entanto, a equipa que mais procurou a vitória. O golo apontado aos 35 minutos por Nelson Mendes valeu os três pontos para a equipa leonina reforçar a liderança do campeonato.
O encontro terminou com 20 jogadores, após as expulsões de Amunike, aos 54 minutos, por acumulação e de Duarte Silva que viu o cartão vermelho aos 76 minutos.
O Luzense ficou a 6 pontos do topo da classificação e o Graciosa FC, embora com um jogo a menos, está a 9 pontos do líder.
1ª jornada - Resultado:
Sp. Guadalupe 2 - GD Luzense 0
Folgou: Graciosa FC.
2ª. jornada - Resultado:
Graciosa FC, 0 - Sp. Guadalupe, 2
Folgou: GD Luzense.
3ª. jornada – Resultado:
GD Luzense, 4 - Graciosa FC, 3
Folgou: Sporting Guadalupe.
4ª. jornada – Resultado:
GD Luzense, 0 – Guadalupe, 1
Folgou: Graciosa FC
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS             J   V   E   D    GM-S     P
1º Sp. Guadalupe    3    3   0   0      5 – 0      9
2º GD Luzense       3    1   0   2       4 – 6      3
3º Graciosa FC       2    0   0   2       3 – 6      0
5ª jornada - 18-18-2012:
Guadalupe – Graciosa FC
Folga: GD Luzense.
Campeonato de São Jorge 2012/13:
GD Velense aumenta vantagem de líder
Expetativa para o primeiro derby do campeonato, num municipal das Velas bem composto de público apesar do tempo escuro a ameaçar chuva.
Sem poder contar com o lesionado Bruno, mister Dominique apostou em Xico a ponta de lança mantendo a estrutura habitual.
Entrou bem o Desportivo na partida e logo aos 8 minutos de jogo, André remata de fora da área, o guardião contrário defende para a frente, Xico recupera a bola e é derrubado.
Penalty assinalado pelo árbitro da partida que Ataíde converteu dando vantagem ás zebras.
Até ao intervalo o domínio pertenceu ao adversário destacando-se uma grande perdida e uma bela defesa de Filipe num lance de bola parada. Face ao dominio contrário mister Dominique mexe na equipa ainda antes do intervalo tirando Steven e lançando Tiago Rocha.
Na segunda metade continuou a incapacidade do Desportivo em controlar a posse e o dominio do adversário intensificou-se. Canário lesiona-se logo no ínicio da 2ª metade e Dominique coloca Boneca no jogo. Sucediam-se os despejos de bola para a área de Filipe e o GDV defendia-se como podia. A meio da 2ª metade o Desportivo fica em superioridade numérica mas nem assim retomou o controlo da partida.
Derby que é derby não podia terminar sem polémica. Perto do minuto 90 o árbitro assinala penalty contra as zebras num lance em que o árbitro assistente já havia interrompido por fora de jogo de um jogador da equipa adversária.
Vitória sofrida e com a estrelinha dos campeões das zebras que assim se mantêm 100% vitoriosas neste inicio de campeonato.

Resultados – 1ª. Jornada:
GD Velense, 3 – FC Calheta, 0
FC Urzelinense, 0 – Marítimo, 0
Resultados - 2ª. jornada:
FC Marítimo, 3 – FC Calheta, 1
Urzelinense, 2 – GD Velense, 5
Resultados – 3ª. jornada:
GD Velense, 1 – FC Marítimo, 0
FC Calheta, 0 –  FC Urzelinense, 3
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS            J   V   E   D     GM-S    P
1º GD Velense       3   3   0   0      9 – 2     9
2º FC Marítimo     3   1   1   1      3 – 2      4
3º Urzelinense       3   1   1   1      5 – 5      4
4º FC Calheta        3   0   0   3     1 – 9       0
4ª. jornada – 25-11-2012:
FC Calheta – GD Velense
FC Maritimo – Urzelinense

Futebol nos Açores: Taça AF Horta para o Salão

Futebol no Faial/Pico:
 
Taça A.F. da Horta:
Salão é o grande vencedor da Taça AFH
O Grupo Desportivo do Salão perdeu por duas bolas a zero com o FC Madalena mas mesmo assim foi o grande vencedor da Taça de Futebol da Associação de Futebol da Horta.
O outro jogo sensação da jornada colocava frente a frente Cedrense e Fayal Sport, encontro que terminou com um empate a uma bola, resultado que não interessava ao Fayal Sport , pois não lhe garantia o primeiro lugar.
Resultados da 9ª jornada:
Fayal Sport, 3 - CD Lajense, 2
 
GD Salão, 1 - GD Cedrense, 2
 
Folgou: FC Madalena.
Resultados da 10ª. jornada:
Cedrense, 1 – Fayal Sport, 1
Madalena, 2 – GD Salão, 0
Folga: CD Lajense.
CLASSIFICAÇÃO FINAL:
L   EQUIPA               J   V   E   D      GM-S       P
1º. GD Salão             8   5    0   3     13 –10      15
2º. Fayal Sport          8   4    2   2     11 – 8       14
3º. GD Cedrense      8   4    1   3       9 –13      13
4º. FC Madalena      8   3    0   5      11 –11       9
5º. CD Lajense         8   2    1   5      13 –15       7

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

C.C.P.Mississauga celebrou o 38º. aniversário

38º Aniversário do Centro Cultural Português de Mississauga
Jantar de gala marca aniversário com discursos fechando a efeméride com o cantor David de Melo e sua banda vindo dos EUA
O salão nobre do Centro Cultural Português de Mississauga situado na Queen Street em Streetsville – Mississauga, vestiu-se a rigor para celebrar o 38º Aniversário da sua fundação que anteriormente antes da mudança para o novo local, estava situado na Dundas Street na mesma cidade e era conhecido pelo Clube Português de Mississauga.
No passado sábado dia 17 de Outubro, uma semana após da cerimónia de abertura no domingo (11) com o içar das bandeiras, missa, almoço e matiné dançante, foi a vez da realização do jantar de Gala para celebrar com a devida vénia , o trigéssimo oitavo aniversário desta prestigiosa clube luso-canadiano que tem oferecido ao longo dos anos as melhores actividades possiveis, tais como festas, jantares, espectáculos com artistas vindos de Portugal e não só e bailes com a maior variedade aos seus sócios e comunidade portuguesa em geral, com muito trabalho mas sempre a primar pelo melhor possivél para os lusos-canadianos.
Foram convidados vários representantes de vários sectores da sociedade, a participarem no aniversário com três mesas de convidados que a seguir vamos citar: Na mesa principal encontrava-se o Gilberto Moniz (Presidente do PCCM), Armindo Silva (Presidente da Assembleia Geral), George Carlson (Mississauga area 11), Brad Butt (Conservative MP for Missssauga/Streetsville) e Manuel de Sousa (Chancelor-representante do Consul Geral de Portugal em Toronto), todos acompanhados pelas suas esposas como não podia deixar de ser.
Numa outra mesa, Alfredo Pita (conselho fiscal), Vitor Vieira (sócio Honorário), Chantel Carneiro (Miss. PCCM), Alexandria Pereira (1ª dama), Jennifer Martins (2ª dama), e Maggy Gaspar (Miss. Simpatia), en quanto que na terceira mesa encontrava-se, Angie Câmara (sócia honorária) e esposo, Raimundo Favas (sócio honorário) e esposa, Tony de Sousa (vice-presidente do PCCM) e esposa, Angela Carreiro e o Monsenhor Eduardo Resendes.
A pessoa encarregada de apresentar os convidados foi o Carmen Balestra que primeiramente, pediu ao pessoal para levantarem-se nas mesas para brindar o cálice de champanhe para celebrar a efeméride. Depois convidou o Monsenhor Eduardo Resendes para abençoar a refeição e dirigir os parabéns ao clube aniversariante e a todos os seus responsáveis terminando com uma oração, o Pai Nosso!
Depois de servido o jantar de gala, começou os discursos pelo responsavél do Centro o presidente Gilberto Moniz que apresentou as boas-vindas aos convidados de honra como também a todos os sócios e amigos que semanalmente visitam e participam nas festas do clube, sem eles não seria possivél estas realizações, porque o trabalho é de muita responsabilidade e é necessário muita gente e voluntários para manter o clube a funcionar bem para manter a casa aberta, porque as despesas também são elevadas.
Seguiu-se os breves discursos e apresentação de parabéns ao CCPM, pelos vários convidados presentes acima mencionados e no final , Armindo Silva (presidente da Assembleia fiscal) fechou
os discursos.
Charles Sousa, ministro da imigração do Ontário, e não participou não jantar derepente entrou no salão e apareceu para dar os parabéns ao CCPM, concluindo que deu a noticia que decidiu e vai concorrer para lider do partido Liberal do Ontário e consequentemente para o primeiro ministro do Ontário. Este pediu o apoio de todos os lusos-descendentes para votar nele para representar todos os lusos-canadianos no Ontário.
Depois foi a vez do Gilberto Moniz cortar o majestoso bolo de aniversário do CCPM, que foi oferecido e servido por todas as mesas como o sobremesa.
Foram entregues a todos os membros da direcção um quadro com a fotografia tirada recentemente para a posporidade.
Logo de seguida apresentou a famosa banda internacional e o cantor norte americano, David de Melo vindo dos Estados Unidos, que abrinhantou um excelente baile com músicas do seu novo album e também músicas variadas, que levou a pista de dança a encher rápidamente.
No intervalo houve vários aniversariantes a celebrar a festejar os seus anos, como o jovem, Matthew Balestra que fez 11 anos de idade, neto do presidente Gilberto Moniz como outros dois membros que fazem parte da direcção do clube, Ana Mateus e Manuel Machado. Parabéns a todos!
Na segunda parte David de Melo e a sua banda contuniou deu continuação ao baile com a participação activa dos presentes que gostaram e não arredaram pé. Para a passagem do ano David de Melo e a sua banda voltarão a actuar no CCPM, como já foi programado no calendário do clube como a ultima festa do ano de 2012.
No próximo sábado será a vez da festa da Matança do Porco. Compareçam!
João G. Silva.
Apresentamos o discurso de Gilberto Moniz, presidente do CCPM:
Ex.mos Convidados
Estimados Consócios,
O Centro Cultural Português de Mississauga faz hoje 38 anos de Existência.
É uma honra poder assinalar esta data numa sala tão preenchida de história, e calor humano, resultado de uma vivência persistente e plena de valores, principios e causas, em nome da cidade, da comunidade portuguesa e dos países que representamos, Canadá e Portugal.
Foi um ano deficil, mas graças ao esforço e sacrifício de todos os directores, suas esposas e secções, conseguimos manter a qualidade e valor das nossas actividades.
A primeira actividade em relevo foi a homenagem ao comendador, Tony Belas.
No mesmo mês tivemos pela primeira vez, cantigas ao desafio, que foi um sucesso, com a casa cheia no sábado e domingo.
A seguir foi a Carassauga na qual ganhamos todos os prémios, com a nossa gastronomia, música, artesanato e folclore.
A nossa Gala de Fados que foi novamente uma noite inesquecivél.
A seguir tivemos a comemoração dos 25 anos do nosso Rancho Folclórico, verdadeira emblema de representação do Centro, o qual exibe danças do norte ao sul de Portugal continental, Madeira e Açores. As cores destas regiões estão representadas nos trajes, que de forma bem vincada permitem uma empatia de afirmação que nos orgulha.
Aproveito parra agradecer á directora do rancho, ás ensaiadoras, dançarinos, tocadores e grupo coral pelo bom trabalho que têm feito, e finalmente aos pais, pois sem eles nada disso seria possivél.
Um agradecimento á nossa juventude pelo envolvimento e empenho que tiveram polo, Carassauga, Picnic e Halloween.
Á nossa miss Chantel Carneiro e suas damas, por terem representado o Centro com orgulho, por ocasião dos aniversários de vários clubes.
A nossa particular atenção aos idosos neste verdadeiro Centro de convívio diário, um especial obrigado a José Pereira e Carlos Travassos, pois são eles que confeccionam e organizam os almoços e convívio.
Á secção desportiva, um agradecimento ao director, treinadores e jogadores por todo o empenho, esforço e dedicação que s levou á final da taça do Ontário.
Quero também agradecer a todos os patrocinadores, por todo o auxílio prestado a este Centro, sem eles não seria possivél chegarmos aonde chegamos.
Á nossa média, por divulgarem de uma maneira carinhosa, todos os nossos eventos.
A todos os sócios e amigos deste Centro, que nos têm ajudado nas tarefas do dia a dia, quer seja na sala, no bar ou na cozinha.
Também quer agradecer á Assembleia Geral e ao Conselho Fiscal, por todo o auxílio que nos deram ao longo do ano.
E finalmente, um agradecimento muito especial a todos os directores, suas esposas ou esposos, por todo o apoio, compreensão e amizade.
Pois compreendo como é dificil, semana após semana, muitas vezes sextas, sábados e domingos, sacrificar a família para servir o Centro. Mais uma vez o meu muito obrigado!
Quero aproveitar a ocasião para agradecer a Tony de Sousa – E.M.S. Landscaping, pelo trabalho gratuito que faz durante o ano, cuidando da jardinagem e na limpeza da neve.
Por fim agradeço á minha esposa, Helena, por todo o apoio, paciência, dedicação e empenho na decoração da sala para cada evento, dando um aspecto mais acolhedor ao salão.
Parabéns Centro Cultural Português de Mississauga por mais um ano de sucesso.
Bem Hajam!
Gilberto Moniz.