quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Liga Europa: SC Braga apurado para os 16 avos da prova

SC Braga, 1 - Birmingham, 0
Braga tomou-lhe o gosto da glória europeia
A equipa minhota junta-se ao Sporting na passagem aos 16 avos de final da Liga Europa.
O Sporting de Braga venceu, esta quarta-feira, o Birmingham de Inglaterra por 1-0, com golo de Hugo Viana (50'), no Estádio Axa, em jogo a contar para a quinta jornada do Grupo H da Liga Europa.
Depois de duas derrotas em território nacional, frente ao Sporting para a Taça de Portugal e FC Porto na I Liga, o Sporting de Braga estava obrigado a vencer este jogo europeu para se qualificar de imediato para os 16 avos da prova, evitando a pressão do último embate com o Brugge, formação que venceu em Braga por 2-1.
O Birmingham, que foi derrotado pelos bracarenses na primeira jornada por 3-1, demonstrou logo nos primeiros minutos de jogo, no Estádio Axa, que não estava na cidade dos Arcebispos para defender, nem arriscar nos contra-ataques. Desde o primeiro minuto que Chris Hughton deu ordem aos seus jogadores para atacarem sem piedade os da casa.
A equipa inglesa beneficiou de uma grande penalidade a seu favor logo nos primeiros minutos, com Ewerton a agarrar Wade Elliot na grande área, mas Quim conseguiu impedir o golo do Birmingham. Começava aqui a noite do guarda-redes português, ele que esteve em destaque durante a primeira parte, evitando o desaire da formação minhota em várias ocasiões.
Esgotados os primeiros 45 minutos, deu a sensação que o Sporting de Braga ainda não tinha começado a jogar, ou pouco ou nada tinha feito para travar o domínio inglês.
O segundo tempo começou com a sorte a bater à porta do Sporting de Braga ou, noutra perspetiva, com o azar a entrar na baliza de Myhill. Aos 51 minutos, o médio Hugo Viana rematou rasteiro de longe e a bola acabou por desviar num jogador da formação inglesa, acabando por trair o guardião. Foi este o único golo do encontro que garantiu ao Sporting de Braga a qualificação para a próxima fase.
No outro encontro do agrupamento, o Brugge venceu o Maribor por 4-3. Os belgas estiveram a perder por 3-0 mas deram a volta ao resultado em 16 minutos, com quatro golos marcados.
O Spoting de Braga entrará na última jornada com 10 pontos, os mesmos que o Brugge, e mais três que o Birmingham. Maribor está eliminado da competição europeia pois tem apenas um ponto. 

Liga Orangina: Santa Clara subiu ao segundo lugar

LIGA ORANGINA 2011/2012:
Freamunde, 1 - Santa Clara, 2
Açorianos dão a volta ao resultado e encurtam distância para liderança
Uma segunda parte conseguida permitiu este domingo ao Santa Clara anular a desvantagem no marcador e vencer em Freamunde, por 2-1, encurtando distâncias para a liderança da Liga Orangina, em jogo da 10.ª jornada.
Bock colocou o Freamunde a vencer, aos 7 minutos, na cobrança de uma grande penalidade, mas o Santa Clara, de Bruno Moura [na foto], reagiu e acabou por dar a volta ao marcador na segunda parte, com tentos de Platini, aos 48', e Alex, aos 71', também na conversão de um castigo máximo.
Num jogo repartido, o Freamunde foi melhor no primeiro tempo e justificou a vantagem ao intervalo, conseguida bem cedo, face a um Santa Clara que pareceu preso de movimentos e lento a pensar o jogo.
As entradas de Nelson e de Minhoca ao intervalo, acompanhadas pelo recuo de Lourenço para a posição "6", deram maior consistência defensiva ao Santa Clara e permitiram uma melhor ligação na hora de organizar o ataque.
O Freamunde demorou a adaptar-se a estas alterações e quebrou fisicamente, permitindo que o Santa Clara desse a volta ao resultado, com tentos de Platini (48), após falha de João Amorim, e de Alex (71), na cobrança de uma grande penalidade a castigar uma pretensa falta de Pedro Moita.
Os locais tentaram reagir, encostaram o Santa Clara à sua área nos minutos finais, mas foram os açorianos que estiveram sempre mais perto de marcar, através de Platini, um autêntico quebra-cabeças na segunda parte do encontro.
Com este resultado, o Santa Clara subiu ao segundo lugar, com 18 pontos, a apenas 2 do líder Atlético, derrotado na quinta-feira pelo Moreirense, enquanto o Freamunde, batido em casa pela primeira vez esta época, mantém-se a meio da tabela.
Jogo no Estádio do Sport Clube Freamunde, em Freamunde.
Árbitro: Bruno Esteves (Setúbal)
Equipas:
Freamunde
: Tó Figueira, João Amorim (Luciano, 80), Luís Pedro, Sérgio Nunes, Serginho, Bruno Magalhães, Nana K (Horácio, 74), Tarcísio, Marco Matias, Bock e João Rodrigues (Pedro Moita, 64). (Suplentes: Assis, Batista, Luciano, Brandão, Pedro Moita, Pedrinho e Horácio).
Santa Clara: Stefanovic, Márcio Piccolo, Sandro, Ilic (Nelson, 46), Paulo Grilo, Pacheco, Edgar (Minhoca, 46), Lourenço, Platini, Alex (Moreira, 83) e Sylvestre. (Suplentes: Brice Niclos. Nelson, André Simões, Minhoca, Moreira, Valdinho e Dincic).
Ação disciplinar: Cartão amarelo para Ilic (06), Sandro (21), Nana K (58), Tarcísio (65), Pedro Moita (70), Marco Matias (82), Lourenço (82), Bock (83), Sylvestre (88) e Platini (90+2).
Ao intervalo: 1-0.
Marcadores:
1-0, Bock, 07 minutos (grande penalidade).
1-1, Platini, 48.
1-2, Alex, 71 (grande penalidade).

Assistência: Cerca de 500 espectadores.

Actuação de Rodrigo e Paulo Filipe no CCPM

Centro Cultural Português de Mississauga
O consagrado fadista Rodrigo rubrica uma excelente noite de fados em Mississauga
Mais uma noite memoravél de fados aconteceu na passada sexta-feira, dia 25, no Centro Cultural Português de Mississauga (CCPM), com a presença do consagrado fadista, Rodrigo, vindo de Portugal, o qual rubricou uma bela noite de fados a todos os amantes da canção nacional, que deram por bem entregue o seu tempo.
Rodrigo demostrou a razão pela qual é considerado por muitos um dos melhores fadistas de todos os tempos.
 Desta feita, Rodrigo, veio até á América do norte, para celebrar os cinquenta anos de carreira, tendo já precorrido os quatro cantos do planeta para cantar para as comunidades portuguesas.
A noite de fados, começou com um jantar servido pela prata da casa a preceito, com o caldo verde, bacalhau com batatas e vegetais e a fechar com um prato de arroz doce e café.
Depois do repasto bem caractrístico da gastronomia lisboeta, o apresentador AvelinoTeixeira, chamou ao palco o trio de guitarras composto por Ricardo Parreira (Viola), Marco Oliveira (Guitarra) e Hernani Raposo (Baixo), para dar início à noite de fados que começou com Paulo Filipe, um jovem fadista da nossa comunidade,  que interpretou vários temas populares.
Paulo Filipe cantou e encantou, enquanto esteve em cima do palco e foi aplaudido.
Seguiu-se então que o carismático fadista português, Rodrigo, que sem subir ao palco, pediu licença para cantar o fado á sua maneira original, como acontece nas noites lisboetas, ao lado do público, rondando as mesas.
Rodrigo referiu que não estava ali, ''para fazer nenhum espectáculo'', porque ''o fado não é nenhum espectáculo'' mas sim a nossa canção nacional que, ''deve ser ouvida de perto e com muita atenção para se sentir o pulsar da letra ds nossos poetas que escreveram as canções, muitos deles consagrados poetas do povo, hoje pouco reconhecidos pelos portugueses em geral''.
Em todas as canções que interpretou, Rodrigo lembrou a história das letras das mesmas e os seus autores, grandes homens com capacidade de escrever temas, de uma forma que muitos seriam incapazes, nos dias de hoje de o fazeram.
Estes poetas do povo sentiam o viver nas letras que escreviam muits das quai eram baseadas no seu dia-a-dia, acrescentou Rdrigo, pedindo aos presentes que escutassem com atenção o significado dos poemas que saíam nos seus versos. Uma autêntica maravilha que muitos desconhecem.
A verdade é que ouvimos isto mesmo nos fados de Rodrigo, que tevepela frente um público que soube apreciar apreciar e ouvir todos os temas.
Depoís deu a vez a outro jovem fadista que recentemente editou com o seu primeiro CD, Marco Oliveira, que cantou e encantou com a sua voz cristalina, que tem talento, não só como tocador dos vários fadistas que acompanha, mas também como intérprete de fados.
Rodrigo voltou a cantar mais alguns temas que todos conhecem ao longo da sua carreira.  Um deles foi um dos fados que nimguém dava muito por ele e que esteve  arrumado quatro anos na caveta e que veio a ser um dos maiores sucessos da sua carreira. Falo de ''Coentros e Rabanetes'', que vendeu milhares cópias e que lhe trouxe um rendimento que ele não esperava.
Foi uma noite de fados bem passada, bem à moda lisboeta como se vive nas casas de fado na capital portuguesa. Valeu a pena rever este grande homem do Fado-canção, voz única no patamar dos artistas portugueses.
A presença de Rodrigo entre nós foi possivél, graças a alguns patrocionadores luso-canadianos: Luís Pavão (Salsicharia Pavão); Carlos Silva (Euro-Carpenters), Luis Arruda (Regional Insurance) e Rodrigo Valente (RED). 
O som e as luzes foi esteve a carfgo do TNT-produtions. 
Uma nota final para o facto de o fado ter sido proclamado património Imaterial da humanidade, pela UNESCO, no dia  27 de Novembro, facto acerca do qual publicamos o artigo da noticia abaixo.
João G. Silva

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Fado - Património Imaterial da Humanidade

''Fado já é Património Imaterial da Humanidade''
O fado é Património Imaterial da Humanidade segundo decisão hoje tomada durante o VI Comité Intergovernamental da Organização da ONU para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).
O antigo presidente da Câmara de Lisboa Pedro Santana Lopes lançou a ideia de candidatar o fado a Património Imaterial da Humanidade e escolheu os fadistas Mariza e Carlos do Carmo para embaixadores da candidatura.
A candidatura foi aprovada por unanimidade pela Câmara de Municipal de Lisboa no dia 12 de maio de 2010 e apresentada publicamente na Assembleia Municipal, no dia 1 de Junho, tendo sido aclamada por todas as bancadas partidárias.
No dia 28 de Junho de 2010, foi apresentada ao Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, e formalizada junto da Comissão Nacional da UNESCO. Em Agosto desse ano, deu entrada na sede da organização, em Paris.
A candidatura portuguesa foi considerada como exemplar pelos peritos da UNESCO, tal como o Paraguai e Espanha.

Liga Zon-Sagres: Dragões vencem Braga e chegam aos 50 jogos sem derrotas

     Futebol Clube do PortoFC Porto, 3 - SC Braga, 2Sporting Braga
FC Porto vence e não vacila 
O FC Porto venceu, este domingo, o Sporting de Braga por 3-2, com golos de Hulk (37' e 77') e outro de Kléber (82'), no Estádio do Dragão, em jogo da 11.ª jornada. Lima assinou os golos bracarenses aos 89 e 91'.
Os Dragões estavam obrigados a vencer o encontro com os vizinhos de Braga para não perder a liderança do campeonato português, depois de Benfica ter vencido o dérbi de ontem com o Sporting por 1-0. A liderança está a ser disputada taco-a-taco entre FC Porto e Benfica que, com as respetivas vitórias, distanciaram-se dos seus adversários mais diretos, o Braga, Sporting e Maritimo (que empatou a dois golos com o Nacional este fim-de-semana). 
Depois da vitória moralizadora na Ucrânia contra o Shakhtar para a Liga dos Campeões, Vítor Pereira voltou a apostar no angolano Djalma para o ataque azul e branco, com Hulk a ponta-de-lança, deixando Kléber de fora do "onze". Quem também continua a merecer a confiança do treinador é Maicon, que manteve o seu lugar no lado direito da defesa, ele que é um central, relegando Fucile, este sim um lateral de raíz, para o banco. 
As duas equipas entraram bem no jogo, com atitude vencedora e marcadora, mas os jogadores do FC Porto continuam a demonstrar falta de ideias, gostando de complicar o que parece fácil, quando se veem em situações mais "apertadas", nomeadamente na defesa e principalmente no ataque.
O primeiro golo portista nasceu ao minuto 37, num cabeceamento certeiro de Hulk depois de um excelente cruzamento de James Rodríguez, a isolar o avançado brasileiro, deixando o guardião Quim muito mal na fotografia. 
Já no segundo tempo foi a vez de Alan testar a agilidade de Helton num bom remate à entrada da grande área mas seria preciso esperar pelos últimos minutos para se ver um Braga eficaz. 
O segundo golo do encontro foi novamente da autoria do Incrível, que num grande pontapé bateu Quim. Mas ainda houve tempo para Kléber, que entrou na segunda parte, fazer o terceiro portista nos últimos dez minutos.
O FC Porto descansou então com a vitória assegurada e abriu espaços que o Braga não desaproveitou. Lima foi derrubado por Hulk, aos 89, e converteu o penálti com sucesso, voltando a faturar dois minutos depois, deixando as bancadas do Dragão em sobressalto com o 3-2 no marcador. No entanto, a vitória não fugiu e o FC Porto regressa assim à liderança do campeonato português, com os mesmos 27 pontos que o Benfica, enquanto o Braga fica na quinta posição com 19.

sábado, 26 de novembro de 2011

Liga Zon-Sagres: Benfica vence Sporting e lidera

Sport Lisboa e BenficaSL Benfica, 1 - Sporting CP, 0Sporting Clube de Portugal
Um dérbi à antiga que pendeu para o Benfica
Javi foi o único a marcar. Benfica terminou com 10 jogadores, por expulsão de Cardozo. Sporting fez tudo bem, mas faltou pontaria afinada.
O Benfica venceu este sábado o Sporting, por 1-0, em jogo da 11ª jornada, em que os encarnados estiveram a jogar com 10 jogadores desde os 63 minutos, por expulsão de Cardozo.
Muito se esperava deste dérbi. Frente a frente a melhor equipa em casa e a melhor fora. Jesus reencontrava o último treinador a impor-lhe uma derrota e Domingos estreava-se nos dérbis entre os grandes. E as expectativas não foram defraudadas, com um jogo mexido, emocionante até ao último segundo, ainda que só um golo se tenha visto na Luz.
Num ‘Inferno’ com  63 146 espectadores, foi o Sporting que dominou a primeira parte do encontro, criando mais espaços perante um Benfica à espreita do contra-ataque, ao contrário do que Jorge Jesus tinha antecipado na conferência de imprensa. E cedo se percebeu que os leões de Domingos não vinham à Luz para ver jogar. Aos seis minutos, Capel arrancou, cruzou para Wolfswinkel que, no coração da área e de primeira, rematou ao lado.
A resposta encarnada só chegou aos 12’ e de bola parada. Aimar para bater o canto. O camisola 10 bateu para trás, à procura de Gaitán que de primeira rematou forte. As bancadas levantaram, com a bola a ir direita ao poste. Bateu e saiu. Desta vez não quis entrar. Respirou-se de alivio no topo norte, onde estava a claque do Sporting a estrear a ‘caixa de segurança’. O Sporting não desistiu e manteve a toada do jogo. Aos 15’, Schaars imitou o compatriota e tudo igual: bola a rasar o poste.
E o futebol acaba também por ser sorte. Novo canto para os encarnados, Aimar de novo. Na grande área, Javi Garcia subiu mais alto que a defesa leonina e fez o 1-0.
O tento deu alento e o Benfica entrou mais forte na segunda parte, invertendo os papéis. Agora eram as águias a tomar conta do jogo e Cardozo, antes de ser expulso, teve a melhor ocasião para fazer o 2-0. Grande passe de Aimar, a rasgar, Tacuara tira dois do caminho, rematou, com Rui Patrício a estar à altura.
Do outro lado, também Artur, já apelidado de Rei, foi novamente um ‘monstro’ de segurança. Elias (59’) na cara do golo a fazer brilhar o guardião brasileiro brilhar. O mesmo Elias aos 64’, quase com a baliza oferecida, rematou ao lado.
Já no tempo de compensação, Nolito desmarcou Rodrigo, mas Rui Patrício opôs-se bem.
Mesmo com menos um, o Benfica aguentou o jogo, sem que o Sporting tenha conseguido ser eficaz. Muita luta, mas na hora da finalização acabou por passar ao lado.
Com este resultado, o Benfica isola-se na liderança de forma provisória. O FC Porto está obrigado a vencer amanhã o Sporting de Braga, no Dragão, se quiser recuperar o primeiro lugar. O Sporting mantém o terceiro lugar, agora a quatro pontos dos encarnados.

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Futebol nos Açores: Campeonato de S. Miguel 2011/12

CAMPEONATO DA SÃO MIGUEL 2011-2012:
Quarteto sai na frente
Rabo de Peixe, São Roque, Vale Formoso e Santa Clara são as equipas que repartem o primeiro lugar do campeonato de São Miguel, disputada que está a ronda inaugural. O candidato Capelense perdeu em casa.
Quatro equipas estão na frente do campeonato de São Miguel após a disputa da primeira jornada da fase regular com a surpresa maior a acontecer no estádio Jácome Correia, em Ponta Delgada, onde o candidato Capelense perdeu na condição de visitante frente ao Rabo de Peixe, por 0-2, entrando em falso na competição na estreia de Sidónio no cargo de treinador.
O conjunto da vila piscatória é, de resto, o primeiro líder em virtude dos dois golos marcados e nenhum sofrido, à frente de São Roque e Vale Formoso, equipas que venceram fora, ambas por 2-1, nos terrenos do Bota Fogo e União de Nordeste, respectivamente, confirmando as credenciais que as colocam entre aquelas que deverão discutir a presença na segunda fase do campeonato.
O Santa Clara, recentemente coroado vencedor da Taça de Honra, também teve uma deslocação complicada ao sempre difícil terreno do Mira Mar, conseguindo os encarnados de Ponta Delgada regressar a casa com os três pontos na bagagem, fruto de uma vitória tangencial (1-0) com golo do inevitável Basílio.
Neste encontro foi Betinho quem orientou os povoacenses no banco pois o novo treinador, Mário Pimentel, teve de se deslocar ao Continente por motivos de formação profissional, ele que ainda vai falhar o jogo da segunda ronda, em Rabo de Peixe, devendo cumprir a estreia na recepção ao São Roque, a 4 de Dezembro.
Resultados da 1ª. jornada:
Capelense, 0 - Rabo de Peixe, 2
Bota Fogo, 1 - São Roque, 2
U. Nordeste, 1 - Vale Formoso, 2
Mira Mar, 0 - Santa Clara B, 2
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS            J  V  E  D  GM-S    P
1º Rabo de Peixe    1  1  0   0     2 - 0     3
2º GD São Roque   1  1  0   0     2 - 1     3
3º Vale Formoso    1  1  0   0      2 - 1     3
4º Santa Clara B    1  1   0  0      1 - 0     3
5º U. Nordeste       1  0   0   1     1 - 2     0
6º Bota Fogo         1  0  0   1      1 - 2     0
7º Mira Mar           1  0   0   1      0 - 1     0
8º Capelense         1  0   0   1     0 - 2     0
Jornada 2 - 27 Novembro 2011:
GD São Roque - Capelense
Santa Clara B - U. Nordeste
Rabo de Peixe - Mira Mar
Vale Formoso - Bota Fogo

Mundial 2014 (Qual.): Portugal, Rússia, Luxemburgo, Israel, Irlanda do Norte e Azerbaijão

Mundial2014 (Qual.)
Portugal abre e fecha com Luxemburgo
Os jogos com a Rússia, teórica grande adversária de Portugal neste Grupo F, ficaram marcados para 12 de outubro de 2012, no país de Leste, e 07 de junho de 2013, em Portugal.
Portugal abre e fecha com Luxemburgo
Portugal abre e fecha com o Luxemburgo, primeiro fora de casa, a campanha do Grupo F de apuramento ao Mundial2014 em futebol, segundo o calendário definido esta sexta-feira entre todos os selecionadores do agrupamento.
Numa reunião precisamente no Luxemburgo, que durou cerca de três horas, o calendário aprovado por todos os técnicos, entre eles Paulo Bento, definiu que Portugal começa a qualificação no Luxemburgo, a 07 de setembro de 2012, encerrando a campanha em casa com o mesmo adversário, a 15 de outubro de 2013.
Os jogos com a Rússia, teórica grande adversária de Portugal neste Grupo F, ficaram marcados para 12 de outubro de 2012, no país de Leste, e 07 de junho de 2013, em Portugal.
Completam o Grupo F as seleções de Israel, Azerbaijão e Irlanda do Norte.
Mundial 2014: calendário do grupo de Portugal
Portugal começa e acaba ante o Luxemburgo, veja todos os jogos do Grupo F
Foi conhecido, esta sexta-feira, o calendário do grupo F de qualificação para o Mundial 2014, a realizar no Brasil. No Luxemburgo, os selecionadores nacionais do grupo de Portugal.
1.ª jornada, 07 de Setembro 2012:
Luxemburgo - PORTUGAL
Azerbaijão - Israel
Rússia - Irlanda do Norte
2.ª jornada, 11 de Setembro 2012:
PORTUGAL - Azerbaijão
Irlanda do Norte - Luxemburgo
Israel - Rússia
3.ª jornada, 12 de Outubro 2012:
Rússia - PORTUGAL
Luxemburgo - Israel
4.ª jornada, 16 de Outubro 2012:
PORTUGAL - Irlanda do Norte
Rússia - Azerbaijão
Israel - Luxemburgo
5.ª jornada, 22 de Março 2013:
Israel - PORTUGAL
Luxemburgo - Azerbaijão
Irlanda do Norte - Rússia
6.ª jornada, 26 de Março 2013:
Azerbaijão - PORTUGAL
Irlanda do Norte - Israel
7.ª jornada, 07 de Junho 2013:
Azerbaijão - Luxemburgo
PORTUGAL - Rússia
8.ª jornada, 06 de Setembro 2013:
Israel - Azerbaijão
Rússia - Luxemburgo
Irlanda do Norte - PORTUGAL
9.ª jornada, 10 de Setembro 2013:
Rússia - Israel
Luxemburgo - Irlanda do Norte
10.ª jornada, 11 de Outubro 2013:
Azerbaijão - Irlanda do Norte
PORTUGAL - Israel
Luxemburgo - Rússia
11.ª jornada, 15 de Outubro 2013:
Azerbaijão - Rússia
Israel - Irlanda do Norte
PORTUGAL - Luxemburgo

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Liga dos Campeões: FC Porto continua na luta pelo apuramento

Shakhta FC Shakhtar Donetsk 0 - 2   Futebol Clube do Porto FC Porto
Vítor Pereira vence e respira de alívio
FC Porto continua na luta pelo apuramento para os “oitavos” da Liga dos Campeões. Para passar à fase seguinte terá de vencer obrigatoriamente o Zenit na última jornada.
O FC Porto venceu, esta quarta-feira, por 2-0, com golo de Hulk (79’) e auto-golo de Rat (90’), ao Shakhtar Donetsk, em jogo da quinta jornada do Grupo G da Liga dos Campeões, no Donbass Arena, na Ucrânia.
O FC Porto venceu, pela primeira vez, neste mês de Novembro, depois da derrota com o APOEL por 2-1, o empate a zero com o Olhanense na I Liga e, mais recentemente, a mais pesada de todas, a eliminação da Taça de Portugal ao perder por 3-0 com a Académica em Coimbra.
A vitória permite aos portistas sonhar com a passagem aos oitavos de final da Liga dos Campeões, onda já lá mora o Benfica, mas para isso terá de vencer obrigatoriamente, na última jornada, o Zenit de São Petersburgo no Estádio do Dragão.
Recorde-se que o FC Porto perdeu com o Zenit na visita à Russia por 3-1.
Ainda esta tarde, o susposto “patinho feio”, o APOEL de Nicósia, foi a primeira equipa do Grupo G a carimbar passagem aos oitavos de final da prova, empatando a zero com a formação russa.
A equipa portista entrou em campo enfrentando temperaturas que rondavam os 7 graus negativos, e com Vítor Pereira a surpreender na montagem do seu onze inicial. Djalma foi o extremo escolhido pelo treinador portista e Maicon manteve-se como lateral direito, relegando Fucile para o banco de suplentes.
Logo aos cinco minutos de jogo, o FC Porto vislumbrou o golo quando Hulk recebeu de peito um passe longo de Alvaro Pereira e o brasileiro afastou o guardião dos ucranianos, empurrando a bola em direção à baliza. Mas Rakitskiy tirou a bola quase em cima da linha de golo.
Aos 17 minutos foi a vez de o Shakhtar enviar uma bola ao poste depois de Luiz Adriano ter fugido de Fernando.
No segundo tempo, a equipa portista esteve melhor mas foi a equipa ucraniana que assustou primeiro com uma bola ao poste aos 72 minutos.
O primeiro golo dos portistas surgiu ao minuto 73, com João Moutinho a isolar Hulk e o avançado brasileiro, cara-a-cara com o guarda-redes da formação ucraniana, a não falhar. O segundo apareceu em cima do minuto 90, com auto-golo de Rat, após passe de Maicon.
FC Porto terá tempo para pensar na última jornada da fase de grupos da prova, agendada para 06 de dezembro. Isto porque no próximo domingo, tem um jogo também importante para a I Liga, na receção ao Sporting de Braga.
APOEL lidera o Grupo G com 9 pontos, seguem-se o Zenit com oito e o FC Porto com sete. O Shakhtar Donetsk, com dois pontos, está eliminado das competições europeias.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Jantar de Gala assinala 37º. aniversário do CCPM

Centro Cultural Português de Mississauga
37º. Aniversário serve para reconhecer a dedicação de sócios e voluntários
O prestigioso Centro Cultural Português de Mississauga (CCPM) realizou no passado sábado, dia 19, o jantar de gala em comemoração da passagem do 37º Aniversário da sua fundação (26-02-1974).
Os festejos tiveram o seu início oito dias antes, na manhã do dia 13, com o içar das bandeiras em frente das instalações da sede do clube, seguindo-se no interior a celebração de uma missa pelo Monsenhor Eduardo Resendes, por alma dos sócios e digirentes já falecidos.
Após o acto religioso houve uma palestra pelo professor e historiador  luso-canadiano, José Carlos Teixeira, que apresentou os seus registos sobre os portugueses em Mississauga e não só, desde 1954. Ño final da sua intervenção este professor da Universidade da Colômbia Britânica, e nascido na Ribeira Grande, recebeu da vasta audiência os apalausos de merecido reconhecimento pelo trabalho apresentado.
Durante a tarde foi servido o almoço. Posteriormente, procedeu-se à recepção de alguns representantes de outras colectividades e organismos luso-canadianios que se deslocaram até Mississauga para deixar pessolamente os parabéns aos associados e dirigentes do CCPM.
O programa incluiu uma peça de teatro com o tema ''A filha perdida'', do Grupo de Amizade dos Biscoitos da ilha Terceira, que se encontra no Canadá. O público teve ainda oportunidade de assistir a um divertido cantor e animador vindo do continente, Quinzinho de Portugal, vestido a rigor com o equipamento da selecção nacional portuguesa, que com o seu estilo característico, levou a plateia  a rir ás gargalhadas e com boa disposição.
O presidente do CCPM, Gilberto Moniz,  cargo há 12 anos, teve a sua cargo a condução do evento.
O salão nobre engalanou-se a preceito para receber o jantar de Gala nas cerimónias do aniversário, realizadas no sábado dia 19. Esta foi uma oportunidade para  homenagear os sócios e o elenco da direcção actual no vários departamentos, entre os quais: cultura, folclore, desporto, escola portuguesa, e grupo da terceira idade.
José Mário Coelho, foi o apresentador da noite de Gala, convindando primeiramente o Monsenhor Eduardo Resendes (sócio nª 3 desta colectividade), para dirigir algumas palavras de incentivo à direcção executiva e abençoar a refeição com um Pai Nosso.
Depois do jantar deu-se a cerimónia do corte do majestoso bolo de aniversário, pelo presidente da Assembleia Geral, Armindo Silva, e foram chamado os convidados de honra a apresentaram os seus votos de parabéns ao CCPM. Estiveram presentes os seguintes convidados nas duas mesas de honra: Brad Butt (Memro do Parlamento por Mississauga-Streetsville); Bob Delaney e esposa (Membro do Parlamento Provincial membro porl Mississauga-Streetsville); George Carlson (vereador área 11), Manuel de Sousa (representante do Cônsul Geral de Portugal em Toronto) e Monsenhor Eduardo Resendes, Alfredo Pita e esposa (presidente do Conselho Fiscal), Tony Souse e esposa (vice-presidente do CCPM), Armindo Silva e esposa (residente da Assembleia Geral), Gilberto Moniz e esposa (presidente do CCPM), Chantel Carneiro (Miss. PCCM) e Alexandra Pereira (Primeia dama de honor do PCCM).
Chantel Carneiro, leu a mensagem enviada pela presidente da câmara municipal de Mississauga, Hazel McCallion, que não pôde estar presente, mas que agradeceu o convite e reconheceu mais uma vez do pretigiado clube luso-canadiano, deixando nas palavras de Chantel os parabéns a toda a direcção e os maiores sucessos no futuro.
Seguiu-se o discurso do Gilberto Moniz, que agradeceu a toda a sua direcção pelo tranbalho desenvolvido ao longo do seu mandanto á frente desta grande organização, que tem trazido até ao Canadá, os melhores espectáculos e artistas de Portugal e EUA, ''o que não é fácil'', reconheceu, e pediu a continuação e apoio de todos incluindo o patricinio dos empresários da nossa praça, que têm contribuido também ao longo dos anos da melhor maneira possivél para o sucesso desta organização. Agradeceu ainda à sua família, em especial â esposa Helena Moniz, que tem sido o braço direito (escondido), nos doze anos de serviço e labuta que leva como presidente do CCPM.
Para finalizar a cerimónia, Armindo Silva, disse não foi (nem é) fácil esta caminhada à frente desta grande instituição comunitária, e pediu a continuição do apoio de todos, bem como dos sócios, lembrando como é fundamental que mantenhamas as cotas em dia, para a saúde financeira da casa, que se quer bem arrumada.
Foi então que se homenagearam todos os elementos da direcção, colaboradores, e as restantes pessoas encarregues dos vários grupos deste Centro Cultural, entregado-lhes placas evocativas.
Depois das cerimónias começou o entertenimento com o conjunto ''Mexe-Mexe'', que apresentou música para dançar.
Enviamos os parabéns a toda a direcção do CCPM pelo 37º Aniversário.
O ‘Portuguese Cultural Centre of Mississauga Inc., anteriormete conhecido como Portuguese Club of Mississauga, foi fundado no dia 26 de Fevreiro de 1974 por: Artur da Costa Janeiro, José Joaquim Pinto, José Francisco, José Teixeira Carreiro, João Cordeiro Silvestre, Manue da Costa Pacheco, Manuel Raposo, Juvenal Lima, Isaias de Melo e Fernando Sousa Pereira.
A actual direcção é prescidida por: Armindo Silva, Tibério Branco, Alfredo Pita, Joe Botelho, Gilberto Moniz, António de sousa,  Angie Câmara, Fernando Silva, José Mendes entre muitos outros. 
Por: João G. Silva

Sorteio da Taça da Liga: Benfica com menos sorte

Taça da Liga: Benfica apanha  Guimarães, Marítimo e Santa Clara
O sorteio da III Fase da Taça da Liga foi realizado esta quarta-feira. O Benfica, actual detentor do troféu, ficou a saber que terá como adversários o V. Guimarães, o Marítimo e o Santa Clara no Grupo B. Os encarnados têm os funchalenses como oponentes também na Taça de Portugal.
O F.C. Porto, por seu lado, é o cabeça-de-série do Grupo D. Ao lado dos dragões estão Paços de Ferreira, V. Setúbal e Estoril-Praia. O Sporting calhou no Grupo A com Rio Ave, Gil Vicente e Moreirense.
Os primeiros classificados de cada agrupamento qualificam-se automaticamente para as meias-finais da Taça da Liga.
Sorteio: confira o emparelhamento dos quatro grupos:
GRUPO ASporting, Rio Ave, Gil vicente e Moreirense
GRUPO BBenfica, V. Guimarães, Marítimo e Santa Clara
GRUPO CSp. Braga, Nacional, Portimonense e Penafiel
GRUPO DF.C. Porto, Paços de Ferreira, V. Setúbal e Estoril-Praia
Primeira jornada: (2 e 3 de Janeiro de 2012)
Grupo A: Rio Ave-Sporting e Gil Vicente-Moreirense;
Grupo B: V.Guimarães-Benfica e Marítimo-Santa Clara;
Grupo C: Nacional-Sp. Braga e Portimonense-Penafiel;
Grupo D: P. Ferreira-F.C. Porto e V.Setúbal-Estoril.
Benfica com menos sorte
Caso vençam os respetivos grupos, Benfica e FC Porto poderão defrontar-se nas meias-finais
O Benfica tem, teoricamente, a tarefa mais difícil na terceira fase da Taça da Liga, tendo calhado no Grupo B com Vitória de Guimarães, Marítimo e o Santa Clara, da Liga de Honra.
O sorteio, que decorreu na sede da Liga, no Porto, ditou ainda que o FC Porto, no Grupo D, vai defrontar o Paços de Ferreira, o Vitória de Setúbal e o Estoril. O Sporting, no Grupo A, terá pela frente o Rio Ave, o Gil Vicente e o Moreirense.
O Sporting de Braga ficou no Grupo C, com Nacional, Portimonense e Penafiel, sendo o único dos ‘grandes’ a contar com duas equipas da II Liga, tendo, assim, talvez, o mais acessível dos quatro grupos.
Os jogos serão disputados nos dias 2 e 3 de janeiro (1.ª jornada), 18 de janeiro (2.ª jornada) e 4 e 5 de fevereiro (3.ª jornada).
As meias-finais que irão opor os vencedores dos grupos estão agendadas para 21 de Março.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Taça de Portugal: Derby à vista para os quartos-de-final

Sorteio dos oitavos-de-final da Taça de Portugal
Sporting-Belenenses e Marítimo-Benfica nos oitavos
O sorteio dos oitavos-de-final da Taça de Portugal ditou um Sporting-Belenenses e um Marítimo-Benfica. E para os quartos-de-final há um derby à vista.Os jogos dos oitavos estão marcados para 4 de Dezembro, mas o Benfica pediu a antecipação do seu encontro para 2 de Dezembro, sexta-feira, e o Sporting para diz 5, devido aos compromissos europeus.
Realizou-se depois o sorteio dos quartos-de-final, que fez cruzar o vencedor do Sporting -Belenenses com o do Marítimo - Benfica.
Jogos dos oitavos-de-final:
Marítimo (L) - SL Benfica (L)
Sporting (L) - Belenenses (LH)

Tirsense (II) - CD Nacional (L)
Desp. Aves (LH) - Ribeira Brava (II)

Mirandela (II) - Oliveirense (LH)
Moreirense (LH) - Torreense (II)

Leixões (LH) - Académica (L)
Estoril Praia (LH) - Olhanense (L)

Quartos-de-final:
Vencedor do Leixões-Académica/Vencedor do D. Aves-Ribeira Brava
Vencedor do Sporting-Belenenses-/Vencedor do Marítimo-Benfica
Vencedor do Moreirense-Torreense/Vencedor do Tirsense-Nacional
Vencedor do Mirandela-Oliveirense- Vencedor do Estoril-Olhanense

Liga dos Campeões: Benfica ultrapassa fase de grupos pela terceira vez

Manchester United Football ClubMan. United 2 - SL Benfica 2Sport Lisboa e Benfica
Enquanto o Diabo esfrega o olho
O SL Benfica qualificou-se para os oitavos-de-final ao empatar em Old Trafford com o Manchester United por 2-2. Adeptos encarnados silenciaram o “Teatro dos sonhos”.
Ainda as cortinas estavam a subir e já o SL Benfica estava a vencer em Old Trafford por 1-0. Os diabos vermelhos só mais tarde tomaram o palco de assalto e deram a volta ao marcador mas Aimar fez o 2-2 enquanto os diabos vermelhos ainda festejam o golo.
Foi uma entrada de sonho da equipa do SL Benfica em Old Trafford. Ainda o “Teatro dos Sonhos” se agitava com os primeiros passes da equipa do Manchester United e já o SL Benfica inaugurava o marcador aos 3’ minutos.
Gaitán, na primeira subida da equipa encarnada junto à baliza de De Gea, tenta um cruzamento. Jones lê a jogada do argentino mas na interceção acabou por introduzir a bola na própria baliza. O SL Benfica vencia por 1-0, apanhando o Manchester United desprevenido.
A perder tão cedo, a equipa do Manchester United teve que procurar o golo do empate perante uma equipa do SL Benfica bem organizada no meio-campo. Com a dupla do meio-campo, Javi Garcia e Witsel, em bom plano, a equipa do SL Benfica conseguiu segurar as investidas do Manchester United no seu terreno defensivo no primeiro quarto de hora de jogo.
As faltas começaram então a suceder-se no meio-campo encarnado com a Witsel a mostrar-se muito combativo perante a armada inglesa do Manchester United. Artur revelava muita tranquilidade entre os postes e o perigo ia sendo afastado.
Mas pressão inglesa foi intensificando-se e perto da meia hora de jogo Berbatov faz o 1-1 de cabeça a centro de Nani. O avançado búlgaro parece estar em fora-de-jogo no momento do passe mas o golo foi validado para delírio dos milhares de adeptos ingleses que tiveram a primeira alegria da noite.
O jogo seguiu então para intervalo com um empate no marcador 1-1, com nota positiva para um remate de Bruno César aos 33’ minutos.
No início do segundo tempo, a equipa de Jorge Jesus sofreu a primeira grande contrariedade na estratégia de jogo com a lesão de Luisão aos 57’ minutos. Miguel Vítor entrou para o lugar do capitão encarnado e logo no minuto seguinte o Manchester United ia para a frente do marcador por intermédio de Fletcher. O médio escocês fugiu à marcação da defesa encarnada e em dois toques reacendeu a “chama” do “Teatro dos Sonhos”.
E enquanto os diabos vermelhos festejavam a vantagem no marcador, pela primeira vez no jogo, Aimar aproveitou uma boa iniciativa de Bruno César para fazer o 2-2 aos 59 minutos. Jorge Jesus lançou então Matic, por troca com Gaitan, para reforçar o meio-campo encarnado contra as investidas de “último acto” da equipa do Manchester United.
A 10 minutos do final do encontro, Alex Ferguson lançou o avançado mexicano Chicharito para o lugar de Valencia. A pressão do Manchester agudizou-se, com a formação de Jorge Jesus a sentir muitas dificuldades nos instantes finais do encontro. Mesmo ao cair do pano, Rodrigo Moreno ainda teve uma oportunidade de ouro para dar a primeira vitória aos encarnados em Old Trafford mas o remate saiu ao lado.
Com este resultado, tendo em conta o empate na Luz por 1-1, o SL Benfica sobe ao primeiro lugar do Grupo C da Liga dos Campeões e assegura desde já a passagem aos oitavos-de-final. A equipa de Jorge Jesus está a uma vitória de garantir o primeiro lugar do Grupo C, evitando o confronto direto com os líderes dos restantes grupos na ronda seguinte.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Fantástico!!! ...a RTP1: Nova Geografia dos Açores

Nova Geografia dos Açores
Fantástico!!!...a RTP1 conseguiu realizar a façanha de mudar a Geografia dos Açores.
A ilha das Flores deslocou-se do Grupo Ocidental para o Grupo Oriental (vejam a foto em anexo).
Não sei se foi devido aos fortes ventos que assolaram o Arquipélago desde ontem.
Outra explicação para o fenômeno poderá ter sido um sismo de elevadíssima magnitude, que provocou o deslocamento da ilha para outras longitudes.

Pensar positivo em Portugal

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Festa de São Martinho da PCIM -1ª Irmandade de Mississauga

PCIM - 1ª. Irmandade do Divino Espírito Santo de Mississauga
Baile anual de São Martinho animado por mais de 600 pessoas
No passado fim-de-semana realizaram-se nas várias comunidades luso-canadianas do Ontário os festejos em honra de São Martinho celebrado oficialmente a 11 de Novembro, que este ano calhou numa sexta-feira. Um Santo celebrizado pelo ditado popular: ''No dia de São Martinho vai à adega e prova o teu vinho''.
A comissão de festas do ''Portuguese Canadian Integration Movement'' - Primeira Irmandade do Divino Espírito Santo de Mississauga (fundada em 1972), realizou no último sábado dia 12, no salão da St. John's, em Mississauga, o seu segundo jantar anual, com o Baile de São Martinho, que juntou este ano perto de 640 luso-canadianos.
O presidente da comissão de festas, Dinarte Teves, apesar de estar muito preocupado para que tudo corresse pelo melhor, estava satifeito pela comparência de tantos amigos desta organização.
O jantar foi preparado e servido pelos irmãos e familiares da Irmandade e muitos jovens voluntários, que serviram os aperitivos, sopa de canja de galinha, Roast-bife com batatas e salada e pudim Flã.
No final o presidente da Assembleia Geral e Chaiman, Manuel Martins, que dirigiu a noite, agradeceu a presença de todos e apresentou o conjunto ''MiraVila '' de London que abrinhantou o baile.
Mas ainda antes de começar o serão dançante, como é apanágio anual, procedeu-se à apresentação do novo Mordomo para o próximo ano, com a cerimónia da passagem do testemunho dos velhos mordomos de 2011, Tony e Zélia Raposo, que entregaram a coroa e o estandarte do Divino Espírito Santo na presença do presidente da direcção administrativa, Dinarte Teves. Por sua vez, sua filha , presidente adjunta da assembleia geral, Sandra Teves, entregou uma placa de reconhecimento ao Tony enquanto outra jovem entrogou um ramo de flores à Zélia.
Os novos mordomos para 2012, são; João e Maria Santos naturais da freguesia de Candelária do conselho de Ponta Delgada, São Miguel , Açores.
Depois da cerimónia religiosa, a pista de dança logo se encheu para dançarem ao ritmo da música do ''Mira-Vila''.
Mais tarde, no discurso do intervalo, foi a vez de servirem as castanhas e o vinho, e de sortearem os prémios dos bilhetes vendidos ao longo da noite.
Foi mais uma festa de sucesso desta Primeira Irmandade de Mississauga.
A próxima festa da Irmandade, será em Fevereiro de 2012, com a festa da Matança do Porco, a primeira do novo ano.
Agradecemos o convite formulado ao  ''Milhafre-Noticias''.
Por: João G. Silva.

Noite Africana no C.C.P.M.


NO CENTRO CULTURAL PORTUGUÊS DE MISSISSAUGA
Noite Africana em Mississauga com muita animação e música para dançar
O Centro Cultural Português de Mississauga realizou no passado sábado dia 12, mais um jantar para celebrar a Noite Africana.
Foi o terceiro convívio anual com estas características o qual juntou mais de duas centenas de amigos de lusos-descendentes de uma das  comunidades africanas radicados no Ontário, para celebrarem a sua noite e recordarem os  bons velhos tempos vividos nas suas terras de origem em África.
Mas a maior comunidade que se faz representar nesta festa, já há vários anos a esta parte,  foi a oriunda de Moçambique, ou se quiseram, ex- residentes de Moçambique, que têm como responsáveis, três membros activos: Cristina dos Santos, Jorge de Freitas e João Mateus,  que convidaram e juntaram os amigos para passarem juntos, pelo menos, uma noite por ano, para matarem saudades das suas raízes com um bom jantar e música africana para um bom pé de dança.
Estes amigos de Moçambique também se reúnem, já faz oito anos consecutivos, ao Piquenique de Verão que o CCPM realiza anualmente no parque Karlovack em Milton.
O presidente do CCPM, Gilberto Moniz, depois do jantar agradeceu a presença dos amigos africanos em especial dos moçambicanos que mais uma vez aderiram ao serão.
É pena que outras comunidades das ex-colónias portugueses africanas, tais como os angolanos, guinenses, cabo-verdianos entre outras, não se juntem nesta noite para celebrar as suas raízes em conjunto, pois isso seria muito bonito!
Enquanto muitos clubes e associações luso-canadianas do Ontário, festejaram a noite de São Martinho, podemos adiantar que também não faltaram as castanhas e o vinho para celebrar o patrono no CCPM.
A noite foi animada com a música variada para dançar a cargo do conjunto  da  nossa comunidade''Unique Touch'', com a presença de algums jovens á mistura como Alyzza e Cassandra e Amanda (foto).
O próximo evento do CCPM, será no próximo sábado com o jantar de gala do Aniversário deste valioso centro comunitário.
Por: João G. Silva.

Portugal qualificou-se para o Euro 2012 ao golear a Bósnia-Herzegovina (6-2)


Portugal, 6 - Bósnia, 2
Com relva é outra coisa
Olá, Olé e Adeus. Portugal está no Euro 2012 ao vencer a Bósnia no Estádio da Luz por 6-2. Ronaldo bisou, Nani brilhou, Postiga segurou, Veloso matou e Postiga voltou a matar.
A seleção nacional qualificou-se esta terça-feira para o Euro 2012 ao golear a Bósnia-Herzegovina, no Estádio da Luz, por 6-2, no jogo da segunda mão do play-off de qualificação. A equipa portuguesa confirmou a sua superioridade sobre a seleção dos Balcãs e num terreno favorável o adversário foi dizimado.
Entrada a matar de Portugal no Estádio da Luz. Paulo Bento apostou nos mesmos jogadores que haviam defrontado a Bósnia na “horta” de Zenica, e logo aos 5’ minutos de jogo Raul Meireles deu o primeiro sinal de perigo. O médio português do Chelsea surgiu isolado frente a Begovic, após defesa incompleta a remate de Nani, mas a pontaria de Meireles saiu ao lado.
O Estádio da Luz tinha assim a primeira convulsão nas bancadas e não esperou muito para celebrar o primeiro golo do jogo. Aos 8’ minutos, Cristiano Ronaldo, chamado a converter um livre direto frontal, não deu qualquer hipótese ao guardião bósnio e fez o 1-0 para delírio nas bancadas.Com um terreno favorável ao tipo de jogo de Portugal, a equipa bósnia limitava-se a acertar marcações e a travar os jogadores portugueses através de faltas. A equipa de Paulo Bento cedo controlou o adversário, mostrando determinação em ampliar o resultado.
A vantagem mínima não satisfazia as bancadas e Nani, aos 24’ minutos, encarregou-se sozinho de construir o segundo para Portugal. O extremo do Manchester United recebeu a bola na zona frontal da grande área bósnia e num remate de antologia fez o 2-0.
O golo de Nani tranquilizou as bancadas e os olés começaram a ser entoados naturalmente como mantras no Estádio da Luz. A vantagem de dois golos dava aparentemente alguma margem à equipa portuguesa mas os bósnios não foram na cantiga. Aos 32’ minutos, Dzeko cabeceia à barra da baliza portuguesa com muito perigo, valeu à equipa portuguesa o fora-de-jogo assinalado ao avançado bósnio.
Em cima do intervalo, o assistente, Jan-Hendrik Salver, assinala grande penalidade contra Portugal, a punir um corte com a mão de Fábio Coentrão dentro da área. Chamado à conversão, Misimović reduz para 2-1, enviando Rui Patrício para um lado e a bola para o outro.
No segundo tempo, as equipas de Portugal e Bósnia entraram sem alterações. Aos 53’ minutos, João Moutinho com um grande passe isola Cristiano Ronaldo, que ladeia Asmir Begović e atira para o 3-1. Portugal voltava a estar com uma vantagem confortável e mais ainda quando o árbitro expulsou Lulić com o segundo cartão amarelo.
Quando tudo parecia a correr bem à seleção de Portugal, a Bósnia resolve voltar a jogo e reduz para 3-2. Darko Maletić recebe a bola na área da seleção portuguesa, aos 65’ minutos, e assiste Spahić, que à boca da baliza encosta para o fundo das redes à guarda de Rui Patrício.
Aos 72’ minutos, numa jogada criada pelos madeirenses Cristiano Ronaldo e Ruben Micael, Hélder Postiga voltou a marcar na Luz e fez o 4-2.
Para selar a festa em beleza, Miguel Veloso e Postiga selaram a vitória com mais dois golos.
Com este apuramento, a seleção nacional garantiu a quinta presença consecutiva em fases finais de campeonatos da Europa.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Futebol nos Açores: Maritimos (Terceira), SC Maritimo (Graciosa) e Salão (Faial) são líderes

Futebol Regional ----------------------------------------
CAMPEONATO DA ILHA TERCEIRA:
O líder Marítimos sofre primeira derrota
Resultados da 3.ª jornada:
SC Barreiro, 0 - Boavista CR, 0
Fontinhas, 1 - Os Maritimos, 0
Juv. Lajense, 3 - Vilanovense, 1
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS         J   V   E  D  GM-S     P
1º Os Marítimos    3   2   0   1     5 - 3     6 
2º Juv. Lajense      3   1   1   1     4 - 3     4
3º SC Barreiro      3   1   1   1     5 - 5     4
4º Boavista CR     3   1   1   1     1 - 1     4
5º GD Fontinhas   3   1   1   1     3 - 5     4
6º Vilanovense      3   1   0   2     6 - 7     3
Próxima jornada (4ª) 27/11/2011:
Os Maritmos - SC Vilanovense
SC Barreiro - Juv. Lajense
Boavista CR - GD Fontinhas
 _________________________________________________
CAMPEONATO DA AFH - FAIAL/PICO:
GD Salão bate Vitória e aumenta vantagem
 No passado fim-de-semana jogou-se a quarta jornada do Campeonato da Associação de Futebol da Horta, em seniores masculinos. O jogo grande da semana opunha o Desportivo do Salão ao Vitória do Pico, primeiros classificados na competição. A jogar em casa, os salonenses mostraram mais uma vez o excelente momento da equipa, e venceram os picoenses com 2 golos sem resposta, isolando-se no comando do campeonato.
Nos outros jogos da jornada, o Flamengos foi ao Pico vencer o Lajense com um golo sem resposta, e colou-se ao Vitória na classificação. Nas Canadinhas, Feteira e Cedrense empataram sem golos.
Nas contas da tabela o Salão soma 12 pontos, seguido do Vitória e do Flamengos, ambos com 7. Cedrense e Feteira somam 4 pontos, enquanto que o Lajense é último, com 1 ponto.
No próximo fim-de-semana há pausa no campeonato.
Resultados da 4ª. jornada:
CD Lajense, 0 - Flamengos, 1
GD Salão, 2 - Vitória FC, 0
GD Feteira, 0 - Cedrense, 0
CLASSIFICAÇÃO:
L  Equipas               J  V  E  D   GM-S      P
1º. GD Salão            4   4  0   0    12 - 2    12
2º. Vitória FC           4   2  1   1      7 - 6      7
3º. FC Flamengos    4   2  1   1      4 - 3      7
4º. GD Feteira         4   1  1   2      3 - 5      4
5º. GD Cedrense     4   1  1   2      4 - 7      4
6º. Desp. Lajense    4   0  0   4      3 -10     0
Próxima jornada (5ª) 27/11/11:
Cedrense - Desp. Lajense
Flamengos -GD Salão
Vitória FC - GD Feteira
CAMPEONATO DA ILHA GRACIOSA:
Marítimo lidera e o Graciosa não ganha
Realizou-se mais um derby no principal escalão de futebol a contar para a 5ª jornada do campeonato.
Domingo, no Estádio Municipal de Santa Cruz da Graciosa, o Marítimo bateu o Graciosa FC por três bolas a duas. Os azuis e brancos ficam isolados na liderança do campeonato, enquanto o Graciosa continua na cauda da tabela, sem ganhar, e com mais um jogo em relação aos adversários.
Amunike fez os dois primeiros golos do encontro para o Marítimo. Luís Carlos e Diogo Carvalho conseguiram reestabelecer a igualdade mas, já em tempo de descontos, um auto golo de César Ramos ditou a vitória da equipa de Rui Cordeiro
Resultado da 5ª. jornada:
Graciosa FC, 2 - SC Maritimo, 3
Folgou: GD Luzense.
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS         J  V  E  D   GM-S     P
1º SC Marítimo     3   2  1   0     6 - 4      7
2º GD Luzense     3   1  1   1     6 - 6      4
3º Graciosa FC     4   0  2   2     7 - 9      2
Próxima jornada (6ª) 26/11/2011:
SC Marítimo - GD Luzense 
Folga: Graciosa FC.
TORNEIO DE ABERTURA DE SÃO JORGE:
Maritimo Velense vence Torneio de Abertura
Resultados da 5ª. jornada:
GD Velense, 1 - Urzelinense, 0
FC Calheta, 1 - Marítimo Vel., 2
Resultados da 6ª. jornada:
FC Calheta, 1 - GD Velense, 7
FC Urzelinense, 1 - Maritimo Vel., 5
CLASSIFICAÇÃO:
L  EQUIPAS            J  V   E  D    GM-S       P
1º Marítimo Vel.       6   5   1   0    15 - 6     16
2º Desp. Velense     6   4   1   1    14 - 5     13
3º FC Calheta          6   2   0   4      7 -15      6
4º FC Urzelinense    6   0   0   6      2 -12      0