sexta-feira, 24 de junho de 2011

Festa da Santissima Trindade em Mississauga e Oakville

Domingo da Santíssima Trindade
Comunidade celebra a festa da Santíssima Trindade
As comunidades luso-canadianas em todo o Ontário continuam a festejar as tradicionais festas em honra do Divino Espírito Santo.
Desde Toronto até Windsor os luso-canadianos de origem açoriana continuam a manter esta rica tradição religiosas nas suas paróquias e clubes.
Uma semana depois do Divino Espírito Santo, celebrou-se a festa no domingo da Santíssima Trindade, e a nossa reportagem esteve presente em Mississauga e Oakville.
Festa do Divino Espírito Santo em Mississauga
Os mordomos João e Suzana Linhares
irmandade das paróquias do Santíssimo Salvador do Mundo e Cristo Rei na cidade de Mississauga esteve em festa, com celebração da missa , coroação e as tradicionais sopas em louvor do Divino Espírito Santo.
Os mordomos foram o casal, João Linhares natural da Ribeira Quente, S. Miguel e Suzana Linhares natural de São Sebastião, Ilha Terceira. 
Na cidade de Oakville
Os mordomos, António e Zulmira Nunes
Lira Bom Jesus Milagrosa celebra a Santíssima Trindade
Na cidade de Oakville, a filarmónica Lira do Bom Jesus Milagroso, também realizou a sua festa em honra da Santíssima Trindade, com coroação, missa e a partilha das tradicionais sopas do Divino Espírito Santo à moda da ilha do Pico.
Pela tarde dentro actuou o Rancho Folclórico de Oakville e concerto pela banda filármonica em festa.
No final do dia houve a tradicional procissão das rosquilhas que foram benzidas pelo Pe. Fernando Pinto no alto da Cruz, e entregues à saída do parque no final dos festejos.
Os mordomos foram o casal, António e Zulmira Nunes naturais da Criação Velha, ilha do Pico, que passaram o estandarte e a côroa para outro casal representante da filarmónica com é tradição neste lugar, Claurense e Isabel que serão os novos mordomos para 2012.
Também foram agraciados os músicos mais antigos e apresentados os mais novos que foram fruto da escola de música da filármonica Lira Bom Jesus.
Reportagem de: João G. Silva

Sem comentários: