quinta-feira, 31 de março de 2011

Campeonato da III Divisão - Série Açores


CAMPEONATO DA 3ª. DIVISÃO – SÉRIE AÇORES (2ª.FASE):
GRUPO «A» - APURAMENTO DO CAMPEÃO:
Angrense venceu e está a um ponto da subida
No que concerne ao grupo da subida, o Angrense confirmou que à terceira é de vez. O Sport Clube Angrense venceu e está a um ponto da subida. Depois de ter perdido os dois desafios disputados com o Boavista S.M. na primeira fase (2-3 em casa e 1-0 no Pico), triunfou por 1-0 e poderia ter festejado a subida à II divisão se os três pontos ganhos na secretaria ao Vilanovense já estivessem atribuídos. Mas para que tal nem seja necessário basta-lhe empatar na próxima jornada, em Água de Pau, frente ao Santiago, que recebeu e derrotou o Lusitânia por 1-0, ascendendo assim ao segundo lugar.
Resultados da 2ª. jornada:
Santiago FC, 1 - SC Lusitânia, 0
SC Angrense, 1 - Boavista S.M., 0
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPA ..............J V E D GM-S P
1º SC Angrense ...........2 2 0 0 4 - 1 45
2º Santiago FC ..........2 1 1 0 4 - 3 35
3º SC Lusitânia .........2 0 0 2 1 - 4 33
4º Boavista S.M. ........2 0 1 1 3 - 4 30
Próxima jornada (3ª.) Abril 3 /2011:
Santiago FC - SC Angrense
Boavista S.M. - SC Lusitânia
GRUPO «B» - MANUTENÇÃO:
Vitória FC é a primeira equipa a descer aos regionais
Derrota caseira frente ao Prainha foi a confirmação de uma descida há muito anunciada. Cinco equipas disputam a fuga aos outros dois lugares separadas por sete pontos. Vitória Futebol Clube do Pico perdeu e confirmou a descida aos regionais. Duas épocas consecutivas a subir e duas épocas consecutivas a descer. Assim se resume a carreira do Vitória FC que neste domingo, dia 27 de Março, carimbou a queda no futebol regional depois de três temporadas nos nacionais. Por esta altura, em 2008, a equipa da ilha do Pico festejava a conquista do título de campeã da Associação de Futebol da Horta e consequente subida à III divisão, série Açores. Na temporada 2008/09, surpreendeu tudo e todos com o primeiro lugar na série Açores e ascensão meteórica à II divisão. Mas a experiência num patamar competitivo mais exigente não foi a melhor em termos desportivos e a descida por via do 15.º lugar na zona Centro fez regressar o colectivo da ilha montanha à III divisão onde, neste domingo, viu confirmado o regresso aos regionais. A descida era quase uma certeza. Faltava o matematicamente despromovido. Ficou confirmada com a derrota caseira diante do Prainha, por 2-3, em desafio da terceira jornada da segunda fase da série da manutenção. Normalmente só desceriam duas equipas da série Açores mas porque o Praiense cai da II divisão serão relegadas aos regionais três equipas. O Vitória foi a primeira porque os 21 pontos em disputa só lhe permitirão totalizar 26. O Vilanovense, primeira equipa acima da linha d’água, já soma 27 pontos! Se para o Vitória foi o consumar de uma previsibilidade, para o Prainha foram três preciosos pontos conquistados numa luta que se prevê titânica pela manutenção. E nessa corrida estão também Vilanovense e Sporting Ideal, equipas que trocaram de posição depois desta jornada. Os da Vila Nova receberam e infligiram a primeira derrota (4-2) aos leões da Ribeira Grande na era Hernâni Costa. Mais tranquilo mas ainda não totalmente descansado está o União Micaelense que foi ao recinto do Capelense vencer por 2-1. São três pontos que mantêm os unionistas na frente do grupo da manutenção, agora com sete pontos de vantagem sobre o rival desta ronda, que permanece em penúltimo.
Resultados da 3ª. jornada:
Vitória Pico, 2 - Prainha FC, 3
Capelense, 1 - U. Micaelense, 2
Vilanovense, 4 - Sporting Ideal, 2
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPA ...............J V E D GM-S P
1º U. Micaelense .........3 2 0 1 7 - 5 30
2º Prainha FC ...........3 2 0 1 7 - 5 27
3º Vilanovense ..........3 2 0 1 8 - 7 27
4º Sporting Ideal .....3 2 0 1 7 - 6 26
5º Capelense ...........3 1 0 2 5 - 7 23
6º Vitória Pico ........3 0 0 3 5 - 9 5
Próxima jornada (4ª) Abril, 3 /2011:
SC Vilanovense - Prainha FC
U. Micaelense - Vitória Pico
Sporting Ideal - Capelense

«Nacional» de Futebol da II Divisão - Zona Sul


CAMPEONATO DA 2ª. DIVISÃO - ZONA SUL:
Quanto às equipas açorianas que disputam o campeonato da II divisão, o fim-de-semana não foi muito animador. O Operário perdeu no Algarve frente ao Lagoa (2-1), o FC Madalena empatou (1-1) em Reguengos diante do Atlético e o já despromovido Praiense foi goleado em casa pelo Louletano por 2-4.
LAGOA, 2 - OPERARIO, 1
Operário: Reacção foi curta
Primeira parte de baixo rendimento permitiu ao Lagoa adquirir vantagem de dois golos. Operário reagiu no segundo tempo mas o golo da igualdade não apareceu. O Operário não foi feliz na deslocação ao Algarve onde perdeu por 2-1 no confronto com o Lagoa, adversário que à entrada para a 25.ª jornada do campeonato da II divisão, zona Sul, ocupava a última posição da tabela classificativa. Uma entrada pouco incisiva no encontro por parte dos fabris permitiu que o adversário ganhasse confiança com o decorrer dos minutos, confiança reforçada com o golo de Pituca, de livre directo, quando estavam decorridos apenas cinco minutos. A perder, o Operário tentou responder mas a tarde era de menor inspiração e com dificuldades em colocar em prática o seu futebol os pupilos de Francisco Agatão viram os locais dilatar o resultado para 2-0 em cima do intervalo, com golo de Douglas. A segunda parte foi diferente. O Operário reapareceu com nova atitude e numa das primeiras jogadas reduziu a diferença para 2-1 com golo de Ruben Rodrigues. Pensava-se que o golo cedo daria ânimo ao colectivo insular mas apesar de ter dominado o segundo tempo faltou-lhe concretizar as oportunidades criadas.
Resultados da 25ª. jornada:
SC Praiense, 2 - Louletano, 4
At. Reguengos, 1 - Madalena, 1
Mafra, 1 - Real Massamá, 1
Casa Pia, 4 - Juv. Évora, 1
Atlético CP, 1 - Oriental , 3
Carregado, 3 - Torreense, 1
Pinhalnovense, 0 - Farense, 0
Lagoa, 2 - Operário Desp. , 1
CLASSIFICAÇÃO
Pos. Equipa ...........J V E D GM-S P
1º Atlético CP .............25 16 8 1 41-20 56
2º AD Mafra ...............25 13 8 4 47-31 47
3º Torreense ..............25 14 4 7 30-22 46
4º Carregado .............25 12 5 8 42-33 41
5º Pinhalnovense ......25 9 10 6 30-26 37
6º Operário ...............24 10 7 7 33-30 37
7º FC Madalena .......25 10 7 8 26-22 37
8º Louletano ............25 9 8 8 35-31 35
9º Oriental ..............25 8 9 8 32-31 33
10º Juv. Évora ........24 8 9 7 23-25 33
11º A. Reguengos ...25 10 3 12 34-38 33
12º Farense ............25 6 12 7 21-24 30
13º Casa Pia ............25 6 6 13 31-42 24
14º Real Mass. ........25 5 7 13 22-33 22
15º Lagoa ................25 4 4 17 17-31 16
16º SC Praiense ......25 2 7 16 21-46 13
Próxima jornada (26ª) 3 Abril 2011:
FC Madalena - Louletano
Real M. - At. Reguengos
Juv. Évora - AD Mafra
Oriental Lisboa - Casa Pia
Torreense - Atlético CP
Farense - Carregado
Operário - Pinhalnovense
Lagoa - Sport Praiense

Rali de Portugal: Ricardo Moura desistiu


Motores - Rali de Portugal: Ricardo Moura desiste
O piloto açoriano Ricardo Moura desistiu nos últimos quilómetros da segunda passagem por Loule 13, a última prova especial de classificacão do dia de hoje do Rali de Portugal. Uma avaria mecânica imobilizou a 5km da meta o carro de Ricardo Moura que era então o segundo melhor português e liderava a classificacão dos pilotos do Campeonato de Portugal de Ralis.

Futsal: FC Madalena campeã da AFH

F.C. Madalena campeão de Futsal em femininos
A equipa feminina do F.C. Madalena sagrou-se no passado domingo campeão da associação de futebol da Horta (AFH) em futsal, vencendo o F.C. Flamengos por três zero, no segundo jogo disputado na ilha do Pico. Na ilha do Faial, na semana transacta o encontro tinha terminado numa igualdade a um golo, ficando tudo adiado para o segundo jogo, que terminou com a vitória das jovens picoenses que arrecadou o título de campeãs nesta modalidade.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Informação Desportiva dos Açores


CAMPEONATOS REGIONAIS DE FUTEBOL:
CAMPEONATO DE SÃO MIGUEL (2ª. Fase):
APURAMENTO DO CAMPEÃO:
Águia Desportivo mais perto do título
Na segunda jornada o GD São Roque derrotou o Vitória Clube por 3-2, e ultrapassou na classificação a equipa do Pico da Pedra, e segue agora na terceira posição na tabela com 27 pontos. No encontro da jornada o Águia recebeu nos Arrifes o Desportivo de Rabo de Peixe e venceu por 2-1, num jogo que terminou aos 84 minutos devido a desacatos entre um jogador do Rabo de Peixe, Yaya que saltou para a bancada para agredir, pai e filho depois de trocas verbais entre o jogador e o expectador. Com esta vitória o Águia ficou mais perto de conquistar o título de campeão de São Miguel e festejar a respectiva subida á 3ª divisão - série Açores.
Resultados da 2ª. jornada:
GD São Roque, 3 - Vitória CPP, 2
Águia Desportivo, 2 - Rabo de Peixe, 1 *
* Interrompido aos 84 minutos.
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPA ...........J V E D GM-S P
1º Águia Desp. ......2 2 0 0 4 - 1 37
2º Rabo Peixe .......2 0 1 1 3 - 4 28
4º São Roque ........2 1 0 1 3 - 4 27
3º Vitória CPP .......2 0 1 1 4 - 5 25
3ª. jornada - Março 26/27 2011:
CD Rabo de Peixe - GD São Roque
Vitória CPP - Águia Desportivo
TAÇA PRIMAVERA DA AFPD:
Mira Mar líder destacado
A segunda jornada trouxe surpresas, o Bota Fogo bateu o Mira Mar por 3-1 e o Vale Formoso perdeu em casa com a União de Nordeste por 0-2.
Resultados da 2ª. jornada:
Bota Fogo, 3 - Mira Mar SC, 1
Vale Formoso, 0 - U. Nordeste, 2
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPAS .........J V E D GM-S P
1º Mira Mar ............2 1 0 1 2 - 3 24
2º U. Nordeste ........2 1 0 1 2 - 1 14
3º Bota Fogo ..........2 1 1 0 6 - 4 13
4º Vale Formoso ....2 0 1 1 3 - 5 13
3ª. jornada - Março 27/20011:
U. Nordeste - Bota Fogo
Mira Mar - Vale Formoso
CAMPEONATO DA TERCEIRA:
Os Marítimos campeão da Terceira
Resultados da 19ª. jornada:
Juv. Lajense, 3 - Os Marítimos, 2
GD Fontinhas, 0 - Boavista CR, 0
Folgou: SC Barreiro.
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPAS ..............J V E D GM-S P
1º Os Maritimos .......16 10 5 1 34 -13 35
2º Juv. Lajense ........15 8 4 3 25 -16 28
3º Boavista CR ........15 4 6 5 18 -19 18
4º SC Barreiro ........15 2 6 7 17 -24 12
5º GD Fontinhas ......15 2 3 10 15 -37 9
20ª. jornada - 03-27-2011:
Boavista CR - Juventude Lajense
SC Barreiro - GD Fontinhas
Folga: Os Marítimos.
CAMPEONATO DA GRACIOSA:
Graciosa FC goleado na Luz
O Graciosa FC foi goleado pelo Desportivo Luzense, por seis bolas a zero, na abertura da ultima jornada do campeonato. Os golos da Luz foram apontados por Tiago Romeiro (2), Isidro Lima, César Lima, Célio e Marco Paulo.
A formação do Graciosa FC terminou o encontro reduzida a 8 unidades, após as expulsões de Márcio Teves, Sandro e Bruno Gil, por acumulação de amarelos. Bruno Silva foi o arbitro do jogo.
Campeonato termina mal
O último jogo do campeonato, disputado este domingo entre o Sporting de Guadalupe e dirigido pelo árbitro Rogério Sousa, também terminou com menos 3 jogadores.
Por acumulação de amarelos saíram mais cedo o lateral direito do Marítimo, Diogo Bettencourt e o avançado do Guadalupe, Amunike. Já depois da hora o central azul e branco Flávio Picanço viu vermelho directo por agressão.
O Marítimo abriu o activo ainda cedo por Pedro Rodrigues mas o Guadalupe deu a volta ao marcador ainda antes do intervalo com golos de Amunike e Júlio Fernandes. José Gabriel fechou a contagem já em tempo de compensação.
Resultados da 18ª. jornada:
GD Luzense, 6 - Graciosa FC, 0
Sp. Guadalupe, 3 - SC Marítimo, 1
CLASSIFICAÇÃO FINAL:
L EQUIPAS .............J V E D GM-S P
1º Sp. Guadalupe ......18 14 3 1 43-18 45
2º SC Marítimo .........18 10 3 5 36-22 33
3º GD Luzense .........18 4 4 10 27-34 16
4º Graciosa FC .........18 0 6 12 12-44 6
CAMPEONATO DE SÃO JORGE:
Campeão Desp. Velense termina com vitória
Resultados da 12ª. jornada:
Desp. Velense, 2 - Maritimo Vel., 1
FC Urzelinense, 1 - FC Calheta, 1
CLASSIFICAÇÃO FINAL:
L EQUIPAS ...........J V E D GM-S P
1º Desp. Velense .....12 11 0 1 30 - 7 33
2º Maritimo Vel. .......12 5 3 4 23 -18 18
3º FC Calheta ..........12 3 5 4 20 -19 14
4º FC Urzelinense ....12 0 2 10 11 -39 2
TAÇA ASSOCIAÇÃO FUTEBOL DA HORTA:
Fayal Sport obtém primeira vitória e lidera
O Fayal Sport obteve a primeira vitória na Taça AF Horta, vencendo o Grupo Desportivo da Feteira por 3-0, sendo que ao intervalo já vencia por uma bola a zero, graças a um tento apontado pelo avançado Rui Furtado, que assim marcou o seu primeiro golo esta temporada.
Com este triunfo, o Fayal Sport passa a liderar juntamente com o Lajense a Taça AF Horta (a equipa do Pico venceu nos Cedros por 1-0), se bem que na próxima jornada a equipa liderada por Eugénio Botelho folga, onde teremos os jogos Lajense-Flamengos e Feteira-Cedrense.
Resultados da 3ª. jornada:
GD Cedrense, 0 - CD Lajense, 1
Fayal Sport, 3 - GD Feteira, 0
Folgou: FC Flamengos.
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPAS ...........J V E D GM-S P
1º Fayal Sport ...........3 1 1 1 6 - 4 4
2º CD Lajense ...........3 1 1 1 1 - 1 4
3º GD Cedrense ........2 1 0 1 1 - 1 3
4º FC Flamengos ........2 1 0 1 4 - 4 3
5º GD Feteira ............2 1 0 1 1 - 3 3
4ª. jornada - Março 27 - 2011:
CD Lajense - FC Flamengos
GD Feteira - GD Cedrense
Folga: Fayal Sport.

Morreu a actriz Elizabeth Taylor aos 79 anos


Morreu a actriz norte-americana Elizabeth Taylor, aos 79 anos.
Elizabeth Taylor morreu "pacificamente, hoje, no Hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles", disse, em comunicado, a sua agente. A atriz tinha sido hospitalizada há seis semanas, com problemas no coração, que a afetavam há anos.
Considerada por muitos uma das mulheres mais bonitas de todos os tempos, a actriz Elizabeth Rosemond Taylor morreu hoje, aos 79 anos, avançou a ABC News. A notícia foi entretanto confirmada pelo agente da actriz e também pelo filho, através de um comunicado. Taylor morreu na sequência de problemas de coração, depois de um internamento de dois meses no Cedars-sinai Medical Center em Los Angeles.
Com uma carreira de mais de 50 filmes e dois Óscares - pelas interpretações em "Quem tem medo de Virginia Woolf?" e "O Número do amor", casou-se oito vezes com sete maridos diferentes.
Elizabeth Rosemond Taylor nasceu em Londres, Inglaterra, a 27 de fevereiro de 1932, mas os seus pais eram oriundos dos Estados Unidos, ambos comerciantes e galeristas de arte.
Elizabeth Taylor viveu em Londres até aos sete anos, altura em que a II Guerra Mundial começou e os pais decidiram voltar aos Estados Unidos. Aí, um amigo da família sugeriu que ela prestasse provas para o cinema. Segundo o site especializado em cinema IMDB, ela impressionou os executivos da Universal Pictures, que lhe propuseram um contrato. A sua primeira aparição no grande ecrã dá-se com "There's One Born Every Minute" (1942), quando tinha dez anos. Mas o contrato com a Universal ficou-se por este filme, seguindo-se a MGM, com a qual a sua primeira produção foi "O Regresso" (1943).
Entre os anos 1940 e 1960, Elizabeth Taylor surge de filme em filme e muitos eles marcantes para o cinema, entre os quais "O Gigante" (1956), com James Dean (que nunca o viu, porque morreu num acidente de viação), "Bruscamente no Verão Passado" (1959), A Árvore da Vida (1957) , "Gata em Telhado de Zinco Quente" (1958) e "Cleópatra" (1963), pelo qual cobrou um milhão de dólares, valor recorde até então pedido por uma atriz.
Venceu dois Óscares de Melhor Atriz: em 1961, com "Butterfield 8" e em 1967 com "Quem Tem Medo de Virginia Woolf?". Em 1993, recebeu o prémio de carreira da Academia de Hollywwod.
Foi casada oito vezes, sendo a sua união mais célebre a que manteve com o quinto marido, Richard Burton, com quem casou, de quem se divorciou e com quem se voltou a casar.
Em fevereiro de 1997 foi hospitalizada para retirar um tumor no cérebro.
Após a morte do seu amigo, Rock Hudson, em 1985, começou a sua cruzada contra a sida, criando uma fundação, a AmFAR.

PortugaL: Sócrates apresenta demissão


Crise política em Portugal.
Sócrates pede demissão e responsabiliza oposição
O primeiro-ministro pediu a demissão ao Presidente da República, na sequência da rejeição do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) na Assembleia da República, confirmou fonte de Belém. José Sócrates anunciou tencionar candidatar-se a novas eleições, manifestando confiança na “vontade dos portugueses” e lamentando que “a ansiedade pelo poder tenha posto em causa o interesse nacional”.
“Hoje os partidos retiraram todas as condições ao Governo para continuar a governar. Fizeram-no sem apresentar alternativa, sem abrir espaço para o diálogo político de forma consciente”, afirmou José Sócrates, para assim justificar o pedido de demissão apresentado a Cavaco Silva.
A Presidência da República confirma o pedido e avança que Cavaco Silva promoverá, sexta-feira, “audiências com os partidos representados na Assembleia da República”.
O primeiro ministro demissionário avançou que o chumbo vai implicar o pedido de ajuda externa por Portugal, a exemplo da Irlanda, porque o país não consegue resolver os seus problemas. José Sócrates sublinhou que os mecanismos de ajuda externa implicam “medidas muito mais duras” do que as preconizadas na quarta versão do PEC.
O primeiro-ministro lamentou ainda que os partidos da oposição não tenham apresentado alternativas às medidas consignadas e notou que as medidas contavam com a aprovação das instituições europeias.
“Esta crise acontece no pior dos momentos para Portugal”, destaca José Sócrates, que disse pretender cumprir “o seu dever dentro das competências que são próprias de um Governo de gestão, com a consciência da gravidade da situação com que o país acaba de ser atirado".
O Chefe do Governo, sem referir diretamente o presidente do PSD, atribui responsabilidades pela crise política àqueles que a criaram por causa da “sofreguidão pelo poder, a impaciência pelo poder”. “Esta atitude de obstrução às funções do Governo não é nova e não é de agora”, é desde que o Governo entrou em funções, sublinha.
“O que se passou hoje na Assembleia da República não tem a ver comigo, nem com o Governo, tem a ver com o país (…) hoje acrescentou-se uma crise política à crise económica”, acrescenta José Sócrates, apontando que a demissão do Governo terá “consequências gravíssimas” junto dos mercados financeiros.
Por: RTP

terça-feira, 22 de março de 2011

Morreu o "comunicador" Artur Agostinho


Faleceu hoje o carismático jornalista Artur Agostinho
O radialista, actor e jornalista desportivo Artur Agostinho morreu hoje aos 90 anos no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde estava internado há uma semana, confirmou à Lusa fonte da administração do jornal Record, de que era colunista.
Segundo a mesma fonte, a causa da morte não está determinada e pondera-se fazer uma autópsia. Artur Agostinho morreu no Serviço de Urgência do Hospital de Santa Maria.
Artur Agostinho destacou-se como jornalista desportivo, passou pela locução na rádio e experimentou ainda o papel de actor e apresentador de televisão.
Artur Agostinho fez parte do departamento desportivo da Rádio Renascença, nos anos 80, e foi ele a voz de alguns dos mais importantes momentos do desporto português aos microfones da Emissora Nacional de Radiodifusão.
Dirigiu o diário desportivo Record, entre 1963 e 1974, tendo regressado ao jornal como colunista e patrono do prémio destinado a premiar o desportista do ano, em 2005. Entretanto, foi também director do Jornal do Sporting.
Como actor, participou nos filmes Cais do Sodré (1946), O Leão da Estrela (1947), Capas Negras (1947), Cantiga da Rua (1950), Sonhar é Fácil (1951), O Tarzan do 5.º Esquerdo (1958), Dois Dias no Paraíso (1958), O Testamento do Senhor Napumoceno (1997), A Sombra dos Abutres (1998) e Perfeito Coração (2009).
Agostinho apresentou o primeiro concurso da televisão portuguesa, o "Quem Sabe, Sabe", e participou em programas como "O Senhor que se Segue", "No Tempo Em Que Você Nasceu" e "Curto-Circuito" e ainda em séries e telenovelas.
Entre estas destacam-se "Casa da Saudade", "Ganância", "Clube das Chaves", "Ana e os Sete", "Sonhos Traídos", "Inspector Max", "Tu e Eu", "Pai à Força" e "Perfeito Coração".
Como autor, escreveu o livro "Português sem Portugal" (1977) e, em 2009, lançou o romance "Bela, riquíssima e além disso ...viúva".
A 28 de Dezembro de 2010, três dias depois de cumprir 90 anos, foi condecorado pelo Presidente da República com a Comenda da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, e comentou que este foi «um dos dias mais felizes» da sua vida.
«Realmente foi um dos dias mais felizes da minha vida, felicidade, emoção, alegria, todas as coisas boas da vida me aconteceram hoje», disse na altura à Lusa.
«Não tenho reclamações a fazer», gracejou Artur Agostinho, referindo-se ao privilégio de trabalhar naquilo de que gostava.

Carro de Luís Filipe Vieira apedrejado


Benfica: Comitiva apedrejada, Filipe Vieira com ferimentos ligeiros
Viatura em que seguia o presidente do Benfica foi atingida, estilhaços provocaram ferimentos na mão direita de Luís Filipe Vieira, avança a agência Lusa. "Encarnados" tomam posição esta tarde.
O autocarro da equipa de futebol do Benfica e o carro em que seguia o presidente Luís Filipe Vieira, de regresso a Lisboa após a goleada em Paços de Ferreira, por 5-1, foram esta noite apedrejados na auto-estrada A41.
O líder dos "encarnados" sofreu ferimentos ligeiros na mão direita, na sequência dos vidros que partiram e entraram na viatura, também danificada no capô, devido ao impacto das pedras.
De acordo com uma fonte do Benfica, contactada pela Agência Lusa, "foi atirado um saco de pedras de um viaduto, o único sem policiamento no trajecto até ao Porto, que atingiu o autocarro que transportava a equipa e resvalou para o carro do presidente".
"O carro do presidente era o que estava imediatamente atrás do autocarro e foi atingido. Se não fosse o carro que é, podíamos estar a falar de outro tipo de consequências", disse a mesma fonte.
Na sequência do apedrejamento, o autocarro que transportava a equipa de futebol parou no local, o quilómetro 22 da A41, sentido Porto, tal como o carro do presidente e a restante comitiva dos "encarnados".
Depois de cerca de 30 minutos de paragem, o autocarro rumou a Lisboa, enquanto o carro do presidente ficou na A41, à espera do reboque.
Bola Branca ouviu Luís Nazaré, presidente da Mesa da Assembleia Geral do Benfica.
O dirigente apela a uma intervenção a sério e séria das autoridades, perante o que considera ser um acto cometido por delinquentes e psicopatas..
Luís Nazaré lamenta a forma como as emoções são geridas em algumas regiões do país.
Bola Branca ouviu, também, José Manuel Anes, presidente do Observatório da Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCAT).
José Manuel Anes fala em comportamentos criminosos, particularmente da parte das claques organizadas.
José Manuel Anes considera que chegou a hora de se atacar de frente este tipo violência, erradicando-a da sociedade portuguesa.
O presidente do Observatório da Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo, nesta entrevista a Bola Branca, considera que os presidentes dos três clubes “grandes” têm que ter um papel decisivo e dissuasor desta violência incontrolável.
O Benfica goleou segunda-feira em Paços de Ferreira por 5-1, em encontro da 24ª jornada da Liga de futebol, ficando a um ponto de assegurar o segundo posto e consequente lugar na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Torneio de apuramento da AF Angra do Heroismo


Subir à Série Açores é o sonho do GD Velense
Promete grande animação o Torneio de Apuramento do Campeão da Associação de Futebol de Angra do Heroísmo (AFAH), que arranca em abril. A primeira jornada está marcada para o dia três, medindo forças Desportivo Velense e Marítimos de S. Mateus, jogo a realizar em S. Jorge. Folga o Sporting de Guadalupe.
Os três campeões de ilha dominaram de forma clara ao longo dos respetivos campeonatos, tendo conseguido festejar o título muito antes de as competições atingirem o final.
O Marítimos de S. Mateus da Calheta garantiu a conquista do cetro de ilha na deslocação ao Porto Judeu, em jogo inserido no cartaz da 17.ª jornada do campeonato. A vitória por 3-0 ante o Barreiro deixou o Juventude Lajense, segundo classificado, a sete pontos de distância, quando faltavam apenas três rondas para o final da competição.
Em S. Jorge, o campeonato concluiu-se ontem, mas o Grupo Desportivo Velense é campeão desde a 9.ª jornada, após vitória pela margem mínima sobre o Marítimo Velense. Em 11 jogos disputados, o Velense apenas perdeu por uma ocasião (na ronda inaugural, no reduto do FC Calheta, por uma bola a zero), somando, depois, 10 vitórias consecutivas. A uma jornada do fim, regista 27 golos marcados e apenas seis sofridos.
Larga superioridade, também, para o Sporting Clube de Guadalupe. A última jornada do Campeonato da Ilha Graciosa, a 18.ª, disputou-se ontem e o campeão Guadalupe lidera com 42 pontos, mais 9 do que o Marítimo da Graciosa, numa contabilidade que ainda não inclui a derradeira ronda. Até ao momento, os pupilos de João Picanço sucumbiram apenas por uma vez, permitiram três empates e conquistaram 13 vitórias, num registo de 40-17 em golos.
Sonho
O Desportivo Velense assumiu largo domínio ao longo do campeonato de ilha em S. Jorge e o título de campeão surgiu com naturalidade a três jornadas do final da prova, após vitória por 1-0 sobre o Marítimo Velense. Subir à Série Açores não é um objetivo assumido, mas os responsáveis pela coletividade mostram ambição.
João Esteves, treinador do Desportivo Velense, assume que a subida de divisão não é uma meta, apenas um sonho. Há 10 anos no clube, três como jogador, três como adjunto e quatro no papel de técnico principal, afirma que o sucesso no campeonato deveu-se, em larga escala, ao facto de a base do grupo de trabalho se ter mantido desde a época passada.
De resto, a revalidação do título de ilha foi encarada como o principal objetivo. "Com a aposta forte em reforços por parte dos nossos adversários, este objetivo tornou-se ainda mais desejado. Como a base da equipa se manteve desde a época passada, foi possível a consolidação de algumas rotinas, sem esquecer o espírito de grupo nos momentos difíceis e a dedicação do clube aos jogadores", reforça o técnico.
Sobre o Torneio de Apuramento do Campeão da AFAH, João Esteves garante um grupo motivado, mas prefere incutir maior importância aos critérios de evolução do jogador jorgense. "As expectativas passam por tentar fazer o melhor possível. Sabemos que o Guadalupe reforçou fortemente a sua equipa e que o Marítimos ganhou um campeonato sempre muito competitivo com vários pontos de avanço. Sendo assim, não queremos assumir o protagonismo, mas prometemos que vamos fazer o nosso melhor", frisa.
João Esteves reforça a ideia de evolução: "a nossa equipa está num processo de evolução a médio/longo prazo. Um dos nossos objetivos é construir um grupo com atletas que vivam em S. Jorge e que nos possam garantir alguma estabilidade ao longo de alguns anos. Esta escolha tem sido criteriosa, tanto no aspeto humano, como no desportivo. Quando sentirmos que o grupo de atletas nos dá garantias, assumiremos como intuito principal a subida e manutenção na Série Açores".
Aliás, o treinador campeão pelo Desportivo Velense reconhece que o clube, atualmente, ainda não reúne as condições ideais para poder enfrentar com a tranquilidade desejada uma 3.ª Divisão. "Penso que, também no aspeto estrutural, o clube ainda não reúne condições para estabilizar na Série Açores. É certo que este elenco diretivo muito tem vindo a fazer para colmatar os problemas do clube, mas as dificuldades são enormes", acrescenta.
Sobre o futebol em S. Jorge, diz que o quadro competitivo nos seniores está bem estruturado, embora aponte como condicionante a falta de estabilidade ao nível da arbitragem. "É preciso uma revolução de mentalidades a esse nível em S. Jorge. É preciso dar tranquilidade aos bons árbitros para eles retribuírem com trabalho de qualidade", opina.
"Outra dificuldade tem a ver com a mentalidade do jogador de S. Jorge. Uma grande maioria dos seus jogadores não sente um compromisso efetivo e consistente para com o desporto/competição, algo que pode ser justificado pelos quadros competitivos do futebol juvenil, que estão totalmente desajustados à progressão natural do jovem futebolista. Os atletas só têm dois escalões (juniores B/C e juniores D/escolas). Os juniores A passam diretamente para os seniores. Desta forma, a competitividade perde-se. Logo, a motivação também", consubstancia.
Conclui considerando como natural o domínio da Terceira. E deixa o conselho: "é importante que as pessoas de S. Jorge e Graciosa mantenham uma atitude positiva e trabalhem para atenuar diferenças. Parece-me que esse trabalho está progressivamente a ser desenvolvido, mas continuo a pensar que o poder institucional, a todos os níveis, inclusive o desportivo, continua a centrar-se muito nas ilhas maiores".
Recordemos o calendário do Torneio de Apuramento do Campeão da AFAH:
I Volta:
1.ª jornada, 03/04/11: Desp. Velense - Marítimos. Folga o Sp. Guadalupe.
2.ª jornada, 10/04/11: Sp. Guadalupe - Desp. Velense. Folga o Marítimos.
3.ª jornada, 17/04/11: Marítimos - Sp. Guadalupe. Folga o Desp. Velense.
II Volta:
1.ª jornada, 01/05/11: Marítimos - Desp. Velense. Folga o Sp. Guadalupe.
2.ª jornada, 08/05/11: Desp. Velense - Sp. Guadalupe. Folga o Marítimos.
3.ª jornada, 15/05/11: Sp. Guadalupe - Marítimos. Folga o Desp. Velense.
Contávamos ter nesta edição as declarações dos responsáveis do Sporting Guadalupe, especialmente do treinador da equipa principal, João Picanço. No entanto, apesar da nossa insistência, não recebemos em tempo útil as respostas às questões enviadas por e-mail.
Fonte: Diário Insular

domingo, 20 de março de 2011

Campeonato da III Divisão - Série Açores (2ªFase)


SC Lusitânia, 1 - SC Angrense, 3
CAMPEONATO DA 3ª. DIVISÃO – SÉRIE AÇORES (2ª.FASE):
GRUPO «A» - APURAMENTO DO CAMPEÃO:
Angrense bate Lusitânia no «derby» da Terceira
Neste fim-de-semana regressaram as emoções da série Açores, série da subida, com o SC Angrense a dar um passo de gigante rumo à promoção à II divisão nacional.
A vitória do Angrense por 3-1 no terreno do Lusitânia no «derby» de Angra de Heroísmo, dá margem para os comandados de João Eduardo Alves poderem fazer a festa da promoção na próxima ronda.
No outro jogo, Boavista de São Mateus e Santiago repartiram os pontos com um empate a três, no encontro da 1ª. jornada no campo do Bom Jesus na ilha do Pico, que rendeu seis golos.
Resultados da 1ª. jornada:
Boavista S.M., 3 - Santiago, 3
SC Lusitânia, 1 - Angrense, 3
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPA ..............J V E D GM-S P
1º SC Angrense ........1 1 0 0 3 - 1 45
2º SC Lusitânia ........1 0 0 1 1 - 3 33
3º Santiago FC ........1 0 1 0 3 - 3 32
4º Boavista S.M. ......1 0 1 0 3 - 3 30
Próxima jornada (2ª.) Março 27/2011:
Santiago FC - SC Lusitânia
SC Angrense - Boavista S.M.
GRUPO «B» - MANUTENÇÃO:
União Micaelense, 1 - Sporting Ideal, 3
Sporting Ideal de vento em popa
De vento em popa segue o Sporting Ideal que somou mais uma vitória, desta feita no terreno do União Micaelense, por 3-1, alojando-se no segundo lugar do grupo da despromoção a apenas um ponto do líder que continua a ser o rival desta jornada. Hernâni Costa continua sem perder desde que assumiu o comando técnico da equipa.
No tudo por tudo para escapar à despromoção, o Vilanovense foi ao Pico derrotar o Vitória por 3-1 e o Prainha recebeu e derrotou o Capelense por 3-1. A luta pela permanência está ao rubro pois entre o primeiro e o quinto existem apenas seis pontos a separá-los.
Resultados da 2ª. jornada:
Vitória Pico, 1 - Vilanovense, 3
Prainha FC, 3 - Capelense, 1
U. Micaelense, 1 - Sp. Ideal, 3
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPA .............J V E D GM-S P
1º U. Micaelense .....2 1 0 1 5 - 4 27
2º Sporting Ideal .....2 2 0 0 5 - 2 26
3º Prainha FC ........2 1 0 1 4 - 3 24
4º Capelense .........2 1 0 1 4 - 5 23
5º Vilanovense .......2 1 0 1 4 - 5 21
6º Vitória Pico ........2 0 0 2 3 - 6 5
Próxima jornada (3ª) Março 27/2011:
Vitória do Pico - Prainha FC
Capelense SC - U. Micaelense
SC Vilanovense - Sporting Ideal

Campeonato da Nacional da II Divisão - Zona Sul:


CAMPEONATO NACIONAL DA 2ª. DIVISÃO - ZONA SUL:
Vitória do Operário confirma descida do Praiense
Dois golos no primeiro quarto-de-hora sentenciaram a despromoção do Praiense à III divisão nacional. Descida faz com que da série Açores aos regionais tenham que descer três equipas. FC Madalena perde em casa um ano depois.
O derby que opôs o Operário ao Praiense confirmou a descida da equipa do concelho da Praia da Vitória à série Açores da III divisão. Uma vitória dos fabris conjugada com determinados resultados colocavam a turma orientada por Francisco Barão na série Açores de futebol.
E não foi preciso esperar muito para ver o Praiense conhecer em definitivo o destino que há muito parecia traçado porque no final do primeiro quarto-de-hora os da casa já venciam por 2-0 e a ténue reacção dos forasteiros não deu para continuar a sonhar.
Os encarnados da Praia são relegados porque embora matematicamente ainda possam chegar ao 12.º lugar e sair da zona de descida, já não conseguirão ser o melhor 11.º classificado porque os outros dois também são despromovidos. Os dezoito pontos em disputa são escassos para alimentar o milagre da salvação.
No Pico, o FC Madalena averbou a primeira derrota na época em jogos caseiros e deixou cair uma invencibilidade que durava há um ano. O Mafra, com vitória por 2-0, foi o autor da proeza com golos de Nuno Gomes e Kifuta.
Resultados da 24ª. jornada:
Louletano, 3 - At. Reguengos, 1
FC Madalena, 0 - AD Mafra, 2
Real Massamá, 3 - Casa Pia, 2
Juventude Évora, 2 - Atlético, 3
Oriental Lisboa, 1 - Carregado, 1
Torreense, 0 - Pinhalnovense, 3
SC Farense, 1 - Lagoa, 0
Operário, 2 - Sp. Praiense, 0
CLASSIFICAÇÃO
Pos. Equipa ............... J V E D GM-S P
1º Atlético CP ...........24 16 8 0 40-17 56
2º Torreense ............24 14 4 6 29-19 46
3º AD Mafra .............24 13 7 4 46-30 46
4º Carregado ............24 11 5 8 39-32 38
5º Operário ..............23 10 7 6 32-28 37
6º FC Madalena ..........24 10 6 8 25-21 36
7º Pinhalnovense ..........24 9 9 6 30-26 36
8º Juv. Évora ..............23 8 9 6 22-21 33
9º Louletano ...............24 8 8 8 31-29 32
10º A. Reguengos .......24 10 2 12 33-37 32
11º Oriental ................24 7 9 8 29-30 30
12º Farense ...............24 6 11 7 21-24 29
13º Real Mass. ............24 5 6 13 21-32 21
14º Casa Pia ..............24 5 6 13 27-41 21
15º SC Praiense ..........24 2 7 15 19-42 13
16º Lagoa .................24 3 4 17 15-30 13
Próxima jornada (25ª) 27 Março 2011:
SC Praiense - Louletano
At. Reguengos - FC Madalena
AD Mafra - Real Massamá
Casa Pia - Juventude Évora
Atlético CP - Oriental Lisboa
Carregado - Torreense
Pinhalnovense - Farense
Lagoa - Operário Desportivo

Liga Orangina: Santa Clara empata com o Varzim


LIGA ORANGINA 2010/2011:
SANTA CLARA, 0 - VARZIM, 0
Falta de eficácia origina segundo empate consecutivo
Bruno Moura tinha avisado que este seria um encontro de paciência e tal veio a acontecer. Varzim optou por defender na etapa complementar e o Santa Clara foi ineficaz.
O Santa Clara, embora continue sem perder diante dos seus adeptos, não foi além de um empate sem golos frente ao Varzim, em jogo da 22.ª jornada da Liga de Honra.
No Estádio de São Miguel e perante condições atmosféricas um pouco complicadas, a formação da casa esteve um pouco aquém do que era esperado.
Por outro lado, o Varzim deu alguma mostra de que a posição que ocupa na tabela não correspondeu à qualidade do jogo, pelo menos o que apresentaram ontem. Um adversário que deu muito trabalho aos encarnados de Ponta Delgada, mas foram os da casa a terem as melhores oportunidades, pese embora o Varzim ter levado perigo, mas já em tempo de compensação.
A primeira oportunidade do Santa Clara surgiu aos 19 minutos, numa jogada entre Gabi e Alex, em que este último cruza para Moreira, mas o avançado da casa não estava na melhor posição para remate.
Depois de uma primeira parte sem grandes oportunidades, apesar de bem disputada por ambas as equipas, as situações de perigo acabaram por acontecer apenas no regresso dos balneários
O Santa Clara só chegou pela primeira vez com perigo à baliza do Varzim aos 52 minutos, quando Moreira, isolado e com Ricardo batido, atirou ligeiramente ao lado.
A pressão da equipa açoriana cresceu a meio do segundo tempo, obrigando a equipa da Póvoa a recuar para a sua linha defensiva. Com o Varzim a apostar nos contra-ataques, Renan obrigou Ricardo a uma defesa em esforço aos 87'.
Mas foi a equipa da Póvoa que teve a última oportunidade de golo, com Tito Silva, servido por Salvador, a atirar por cima da baliza de Ney, já em tempo de compensação.
Ficha do jogo:
Estádio de São Miguel.
Árbitro
: Bruno Esteves (Setúbal)
Santa Clara: Ney, Diogo Silva, Monteiro, Pacheco (Jeferson, aos 87'), Moreira, Platini, Dias, Vítor Alves, Ilic, Alex (Brigues, aos 72') e Gabi (Renan, aos 45').
Varzim: Ricardo, Tiago Lopes, Neto, Telmo, Tito, Tiago Terroso (Campinho, aos 70'), André Carvalho, Tiago Carneiro (Gonçalo Graça, aos 56'), Salvador, Rafael (Tito Silva, aos 81') e Pedro Santos.
Ação disciplinar: cartões amarelos para Moreira (44'), Moreira (55'), Telmo (58') e Neto (72')
Assistência: cerca de 400 espectadores.

sábado, 19 de março de 2011

Intervenção militar na Líbia


Os 110 mísseis foram lançados de um porta-aviões no Mediterrâneo.
EUA, França e Reino Unido atacam forças de Kadhafi
Tripoli, 20 Março - Um avião francês iniciou a operação "Odisseia ao Amanhecer". Seguiram-se os aviões americanos e britânicos. Kadhafi ameaça atacar alvos civis e militares no Mediterrâneo.
A coligação internacional passou à acção no sábado atacando por mar e ar alvos estratégicos na Líbia, para deter a repressão militar da revolta lançada há mais de um mês contra o regime de Muammar Kadhafi.
Depois de aprovado um mandato das Nações Unidas, com o apoio árabe e na sequência de uma reunião extraordinária em Paris, entre a Europa, EUA, ONU e países árabes, a intervenção militar começou com o envolvimento da França, Estados Unidos e Reino Unido.
O primeiro ataque aéreo francês foi as 16h45 GMT (mesma hora em Lisboa) contra um veículo das forças do regime de Kadhafi. O porta-aviões francês Charles de Gaulle, de propulsão nuclear, deverá começar a navegar hoje de Toulon (sul) para a Líbia.
Ao início da noite, os EUA dispararam, a partir de porta-aviões estacionados no Mediterrâneo, 110 mísseis de cruzeiro Tomahawk contra as defesas antiaéreas da Líbia, para facilitar a aplicação da zona de exclusão aérea.
Em Londres, o primeiro-ministro, David Cameron, anunciou que as forças britânicas estavam também em acção.

Crise na Líbia: Kadhafi ameaça batalha


O líder líbio, Muammar Kadhafi, afirmou esta noite que vai abrir os depósitos de armas para defender a Líbia.
Kadhafi ameaça transformar Mediterrâneo em campo de batalha
O líder líbio, Muammar Kadhafi, ameaçou este sábado atacar alvos "civis e militares" no Mediterrâneo e disse que vai abrir os "depósitos de armas" para permitir ao povo defender a Líbia contra a operação militar ocidental contra seu país.
Em mensagem à Nação, Khadafi afirmou que o Mediterrâneo será transformado num "campo de batalha" e qualificou os ataques ocidentais, com recurso a aviões e mísseis, como sendo uma "agressão injustificada dos cruzados" contra "o povo líbio, que “vai lutar".
Os ataques com aviões e mísseis contra a Líbia realizados por Estados Unidos, França e Grã-Bretanha são "coordenados" de um quartel-general americano baseado na Alemanha, informou neste sábado à AFP um oficial francês que pediu para não ser identificado.
"Trata-se de uma operação multilateral sob a coordenação do comando americano para as forças americanas na Europa, com sede em Stuttgart, Alemanha. Este quartel-general ocupa-se de coordenar os centros operacionais aéreos franceses, com sede em Lyon, e os britânicos, baseados em Northwood".
Os americanos têm um papel "estratégico" nesta coordenação e no comando da operação, disse o oficial.
Líbia: Bombardeamento aéreo de Tripoli, DCA entra em ação
Tripoli, 20 mar (Lusa) - Um bombardeamento aéreo visou hoje a cidade de Tripoli e a defesa antiaérea na capital líbia entrou em ação, segundo um jornalista da France Presse.
Um avião sobrevoou o setor da residência do líder Muammar Kadhafi em Bab al-Aziziya, no sul da capital, segundo o correspondente da AFP, que se encontrava num hotel a um quilómetro da residência e que ouviu várias explosões.
Canhões antiaéreos instalados na residência de Kadhafi e nos arredores, bem como noutros setores em Tripoli, abriram fogo imediatamente após as 02:20 locais (00:20 em Lisboa), deixando rastos vermelhos no céu.

Eleições no Sporting: Bruno Carvalho apresenta treinador


Van Basten, treinador de Bruno Carvalho quer levar leões ao topo.
O candidato Bruno de Carvalho apresentou este sábado Marco van Basten como o treinador eleito para dirigir a equipa leonina em caso de vitória nas eleições. Numa sessão de esclarecimento aos sócios realizada na sede da candidatura, Bruno Carvalho prometeu uma equipa vencedora.
Van Basten - «Sporting é um grande clube»
O treinador holandês manifestou vontade de aprender a falar português assim que Bruno de Carvalho vença as eleições de 26 de Março.
Marco Van Basten foi apresentado esta noite por Bruno de Carvalho para o cargo de treinador, caso saia vencedor das eleições de 26 de Março para a presidência do Sporting.
O holandês mostrou-se honrado pela recepção apoteótica de quase 300 adeptos dos leões, que de certa forma 'esqueceram' o decepcionante empate com a União de Leiria no estádio de Alvalade.
«O Sporting é um grande clube e nós esperamos ter a possibilidade de voltar a trazê-lo para o topo do futebol português, que é o lugar onde pertence», disse o treinador holandês, sublinhando a sua vontade de aprender a falar português: «Assim que ele ganhar as eleições na próxima semana, conto aprender português o mais rápido possível.»
O antigo internacional e seleccionador holandês não escondeu a necessidade do clube atacar o mercado de transferências para poder ser mais competitivo: «Espero que possamos comprar bons jogadores, que voltemos a estar na luta com FC Porto e Benfica e formar um Sporting campeão. Vamos ter um bom investimento no próximo ano para fazer do Sporting um clube maior.»
«Vamos ter esperança de que trabalharemos juntos no próximo ano e que possamos viver bons momentos aqui em Lisboa», concluiu Van Basten, num ambiente de euforia no Alvaláxia.

Hóquei em Patins: Candelária vence o Noia no Pico


Liga Europeia: Picarotos em grande sobre o Noia de Espanha.
CANDELÁRIA (POR), 5 - NOIA (ESP), 3
Candelária do Pico mantém o sonho
O Candelária venceu esta noite, no Pico, a equipa espanhola do Noia por 5-3 em jogo a contar para a liga europeia de Hóquei em Patins, grupo C.
Foi um grande jogo de Hóquei que assistiu-se no pavilhão de desportos da Candelária, com a equipa picarota a mostrar todas as suas potencialidades e classe sobre uma das melhores equipas da Europa.
Foram os espanhóis que iniciaram a partida da melhor forma e abriram o marcador aos 10m com um tento de Del Amor, com a desvantagem os pupilos de Carlos Dantas aceleraram o seu jogo e embalaram o publico com o golo do empate intermédio de Sérgio Silva. Ao intervalo o resultado mantinha-se empatado e a equipa do Candelária entrou na segunda parte como acabou a segunda com o pé no acelerador e com muita classe colocando os adversários na defensiva, tendo o golo da vantagem sido alcançado por Sérgio Silva aos 2m. A partir dai os picarotos acreditaram e foram aumentando o marcador com todo o mérito através de Mauro Fernandez, Montivero e Tiago Resende respectivamente.
O Noia ainda conseguiu diminuir a desvantagem intermédio de Bargalló e Riba.
Foi sem duvida uma fantástica vitória para a equipa do Candelária que assim muitas hipóteses de passar a fase de grupos desta liga Europeia.
Com esta vitória, a equipa do Pico, que esteve a ganhar por 5-1, ascende ao segundo lugar do grupo em parceria com o Viareggio (Itália), somando 7 pontos.
CLASSIFICAÇÃO:
L Equipa ...........J V E D GM GS P
1º Noia (E) .........5 3 0 2 18 - 18 9
2º Candelária (P).. 5 2 1 2 19 - 17 7
3º Viareggio (IT) . 5 2 1 2 13 - 13 7
4º Pati Vic (E)..... 5 2 0 3 13 - 15 6
6ª JORNADA - 09-04-2011:
Pati Vic (E) - Noia (E)
Candelária (P) - Viareggio (IT)

sexta-feira, 18 de março de 2011

Liga dos Campeões Europeus - Sorteio:


Tottenham no caminho do Real Madrid
O sorteio da UEFA ditou que o Real Madrid irá jogar frente ao Tottenham, nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, os jogos da primeira mão estão marcados para 5 e 6 de Abril.
O Real Madrid, de Cristiano Ronaldo, Pepe e Ricardo Carvalho, irá primeiro receber o Tottenham e depois desloca-se ao terreno da equipa inglesa.
No segundo jogo, o Manchester United, de Nani e Bebé, irá defrontar o rival Chelsea, de Bosingwa, Paulo Ferreira, Hilário, David Luiz e Ramires, num duelo britânico.
O Barcelona, que caso passe terá como adversário o Real Madrid ou Tottenham nas meias-finais, irá medir forças com o Shahktar, uma das surpresas da «Champions».
O Inter, actual campeão europeu, irá defrontar os alemães do Schalke.
Calendário:
Real Madrid (Esp) - Tottenham (Ing)
Chelsea (Ing) – Manchester United (Ing)
Barcelona (Esp) – Shahktar (Ucr)
Inter Milão (Ita) - Schalke 04 (Ale)
Nas meias-finais, o vencedor do jogo quatro vai defrontar o vencedor do jogo dois, ou seja Inter ou Schalke vai jogar com Chelsea ou Manchester United; e a outra partida irá colocar frente a frente o vencedor do encontro entre Barcelona-Shakhtar com Real Madrid ou Tottenham.

Sorteio da Liga Europa:
Benfica recebe PSV, Porto o Spartak Moscovo e Braga visita Dínamo Kiev
Spartak de Moscovo, PSV e Dínamo de Kiev são os adversários de FC Porto, Benfica e Sp. Braga, respetivamente, nos quartos de final da Liga Europa, após o sorteio realizado, na cidade de Nyon, Suíça.

Deste modo, ainda não foi desta que equipas portuguesas se defrontam, pelo que aumentam as esperanças da presença de pelo menos uma equipa portuguesa na final da competição, em Dublin, na Irlanda.
Os “encarnados” defrontam o PSV, num embate histórico já que as duas equipas irão reeditar a final da Liga dos Campeões de 87/88. Uma partida de má memória para o Benfica, pois acabou por perder o jogo nos penáltis.
O Porto joga novamente diante uma equipa russa, depois de ter eliminado o CSKA Moscovo na última ronda (3-1).
A equipa de André Villas-Boas parte com alguma vantagem para este encontro, já que a equipa russa começou recentemente o campeonato nacional, tendo disputado apenas um jogo, saindo derrotado (4-0 com o Rostov).
Factor desfavorável aos “dragões” será a viagem até à Rússia.
O Braga, depois de eliminar o "gigante" europeu Liverpool, volta a defrontar uma equipa ucraniana, depois de ter encontrado o Shakhtar Donetsk na fase de grupos da Liga dos Campeões (derrotado nos dois jogos).
Os arsenalistas vão assim defrontar o segundo classificado da Ucrânia, num encontro que se prevê difícil.
Eis o resultado do sorteio dos quartos de final:
Quartos-de-final:
1 - FC PORTO (POR) - Spartak Moscovo (RUS)
2 - BENFICA (POR) - PSV (HOL)
3 - Villarreal (ESP) - Twente (HOL)
4 - SC BRAGA (POR) - Dínamo Kiev (UCR)
Os jogos dos "quartos" da Liga Europa estão marcados para 7 (primeira mão) e 14 de abril (segunda).
O sorteio das meias-finais realizou-se de seguida e o resultado foi o seguinte:
Meias-finais:
SC BRAGA (POR) / Dínamo Kiev (UCR) - BENFICA (POR) - PSV (HOL)
FC PORTO (POR) / Spartak Moscovo (RUS) - Villarreal (ESP) / Twente (HOL)
Os jogos realizam-se a 28 de abril e 5 de maio.
A final joga-se a 18 de maio, em Ladsdownr Road, em Dublin.
SC Braga vai, afinal, jogar primeiro em Kiev
O SC Braga acertou com o Dínamo Kiev a inversão dos jogos dos quartos-de-final da Liga Europa. Assim, a equipa minhota jogará primeiro na Ucrânia.
O encontro da primeira mão está marcado para 7 de Abril, em Kiev, seguindo a decisão da eliminatória, em Braga, agendada para dia 14.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Liga Europa: Benfica, Porto e Braga apurados


PARIS SAINT-GERMAIN, 1 - SL BENFICA, 1
Benfica sofre em Paris, mas garante lugar no ''quartos'' da Liga Europa
O Benfica empatou no Parque dos Príncipes com o Paris Saint-Germain a um golo e confirmou a presença nos quartos-de-final da prova, já que vencera na Luz por 2-1. Gaitán fez aos 27 minutos o golo que deu vantagem na partida ao Benfica, mas o PSG fez aos 35 minutos o golo do empate através de Bodmer.
O Paris Saint-Germain entrou bem no jogo, tentado anular a desvantagem que levou do estádio da Luz, onde perdera por 2-1.
Apesar disso foi o Benfica que chegou à vantagem com um golo de Gaitán, que beneficiou de uma má intervenção do guarda-redes da equipa francesa.
Ainda na primeira parte, a formação da capital gaulesa conseguiu empatar a partida, e relançar a eliminatória.
Na segunda parte o Paris Saint-Germain "encostou" o Benfica no seu meio-campo, mas a equipa de Jorge Jesus conseguiu segurar o empate até ao final do jogo.
Um empate que colocou o Benfica nos quartos-de-final da Liga Europa.

No final do jogo, Jorge Jesus diz que já esperava dificuldades na partida:
"Sabia que ia ser um jogo difícil, pois o Paros Saint-Germain é uma boa equipa, com jogadores criativos, especialmente, na parte ofensiva. Sabia que o PSG ia arriscar tudo na segunda parte, apostando no contra-golpe. No fim do jogo, só tivémos que defender o resultado, já tinha preparado esta estratégia."
Sobre as prioridades do Benfica, o treinador diz que ainda não esqueceu o campeonato: "O grande objectivo da época era sermos campeões nacionais, mas sabemos que está cada vez mais difícil. Mas não jogamos só para um objectivo. A Liga Europa é uma prova que dá prestígio, e a partir de agora só estarão as oito melhores equipas. Temos vários objectivos, e não desistimos das provas."

FC PORTO, 2 - CSKA - MOSCOVO, 1
Porto vence CSKA e segue na Liga Europa
O FC Porto voltou a vencer a equipa da capital russa, garantindo a passagem aos quartos-de-final da Liga Europa. Os "dragões" entraram da melhor forma no jogo, já que aos 50 segundos de jogo, Hulk fez o primeiro golo do encontro.
Mesmo com vantagem na eliminatória, o Porto entrou no jogo da 2ª mão com o objectivo de vencer. E não demorou muito tempo a ficar em vantagem no marcador. Hulk aos 50 segundos de jogo, fez o primeiro golo dos "dragões", que aumentaria a vantagem aos 23 minutos, com Guarín a repetir um golo ao CSKA de Moscovo.
O golo da equipa russa surgiu aos 29 minutos, através de Tosic.
O treinador do FC Porto, André Villas Boas, reconheceu que o golo madrugador influenciou o resultado final:
"Algumas transições do CSKA foram complicadas, mas o golo cedo ajudou-nos e frustrou o CSKA de Moscovo. Mas o 2-1 é sempre uma ameaça, por isso tivemos de fazer uma boa gestão de posse de bola.
Sobre a possibilidade de defrontar uma equipa portuguesa nos quartos-de-final da Liga Europa, Villas Boas foi lacónico: "Lá terá que ser. Algumas equipas importantes ficaram pelo caminho, estão agora as oito melhores. Logo veremos o que nos calha.”
André Villas Boas falou ainda do jogo com a Académica para o campeonato português, um jogo que consider importante vencer para chegar ao título.

LIVERPOOL FC, 0 - SPORTING DE BRAGA, 0
"Guerreiros" do Minho fizeram história em Liverpool
O Sporting de Braga conseguiu segurar a vitória de 1-0 conseguida na primeira mão dos oitavos-de-final da Liga Europa. A equipa de Domingos Paciência apresentou-se em Anfield muito concentrada, o que lhe permitiu seguir em frente na prova ao empatar sem golos.
Os "Guerreiros" do Minho fizeram história ao concretizarem em Anfield a eliminação do Liverpool.
A equipa de Domingos Paciência venceu o primeiro jogo por 1-0, e levava para Inglaterra o sonho de chegar aos quartos-de-final da Liga Europa.
E o sonho tornou-se realidade, com o Sporting de Braga a não permitir que a equipa do português Raúl Meireles fizesse qualquer golo.
Após o final da partida, Domingos Paciência era um treinador feliz:
"Pedi aos jogadores para que ficassem na história do clube. Sabíamos que as dificuldades iam ser muitas. Acabou por ser uma vitória da entrega, da organização e da concentração. É uma vitória eterna para este clube. É uma satisfação para todos alcançar um patamar destes na história do clube."

São Miguel: Neve e granizo no Vale das Furnas

Liga Europa: Benfica, Sp. Braga e FC Porto nos quartos!


Liga Europa: Benfica, Sp. Braga e FC Porto nos quartos!
Benfica, Sp. Braga e FC Porto apuraram-se para os quartos-de-final
Os encarnados foram os primeiros a entrar em campo, no Parque dos Príncipes, onde empataram 1-1, depois de terem virado o resultado no Estádio da Luz para 2-1. Jorge Jesus poupou os habituais titulares no último jogo com o Portimonense de forma a poder apresentar a equipa na máxima força em Paris.
O Sp. Braga teve o desafio mais complicado, não só por ter pela frente o Liverpool como também por jogar no mítico Estádio de Anfield. Sem golos em Inglaterra, valeu o tento de Alan em Braga para garantir a inédita qualificação dos minhotos para a fase seguinte.
Já o FC Porto voltou a bater o CSKA, desta feita por 2-1, no Dragão, depois da vitória por 1-0 em Moscovo. Guarín voltou a marcar, assinou o 2-0, já após Hulk ter inaugurado o marcador no minuto inicial.
Além das três equipas portuguesas apuraram-se Spartak Moscovo, Dínamo Kiev, Twente, Villarreal e PSV Eindhoven.
Tudo sobre a Liga Europa
Jogos da segunda mão (entre parênteses os resultados da primeira mão e a negrito as equipas qualificadas):
SPARTAK MOSCOVO - Ajax, 3-0 (1-0)
(Kombarov, 21; Welliton, 30; Alex, 54)
Paris Saint-Germain - BENFICA, 1-1 (1-2 )
(Bodmer, 35) (Gaitán, 27)
Manchester City - DÍNAMO KIEV, 1-0 (0-2)
(Kolarov, 37)
Zenit - TWENTE, 2-0 (0-3)
(Shirokov, 16; Kerzhakov, 38)
VILLARREAL - Bayer Leverkusen, 2-1 (3-2)
(Cazorla, 33; Rossi, 61) (Derdiyok, 82)
Liverpool - SP. BRAGA, 0-0 (0-1)
FC PORTO - CSKA Moscovo, 2-1 (1-0)
(Hulk, 1; Guarín, 24) (Tosic, 29)
Glasgow Rangers - PSV Eindhoven, 0-1 (0-0)
(Lens, 14)
Sorteio dos quartos e meias-finais na sexta-feira (12h00)

quarta-feira, 16 de março de 2011

Açores: Neve e granizo em São Miguel


Queda de neve em São Miguel nos Açores.
Queda de neve atrai dezenas de pessoas à Lagoa do Fogo
O topo da Serra de Água de Pau esteve na tarde do último domingo coberto de neve durante cerca de uma hora, fruto do frio que se faz sentir na ilha de São Miguel.

1. Monte Escuro coberto de neve ............... 2. Parque Florestal de água Retorta.

A queda de neve aconteceu a meio da tarde e, por ser fácil ver o topo da serra coberto de branco da estrada regional sul entre Ponta Delgada e Vila Franca, rapidamente dezenas de pessoas foram atraídas ao local, gerando um inesperado congestionamento do trânsito no topo da serra, que nem no mês de Agosto é fácil acontecer.
A Serra de Água de Pau ficou transformada, por momentos, numa ‘mini’ Serra da Estrela, onde nem o frio cortante afastou os muitos curiosos que quiseram tirar fotografias a este fenómeno raro em São Miguel, além de improvisarem ‘batalhas’ com bolas neve ou tentar fazer pequenas esculturas antes da neve derreter.
3. Graminhais. ........................................... 4. Parque de Água Retorta

Não foi só na Serra de Água de Pau que recebeu neve no passado domingo, também no Monte Escuro, Graminhais e Parque Florestal de Água Retorta e Vale das Furnas, caíu neve e granizo como se vê nestas imagens fornecidas por um colega nosso.

terça-feira, 15 de março de 2011

Informação Desportiva dos Açores:


CAMPEONATOS REGIONAIS DE FUTEBOL:
CAMPEONATO DE SÃO MIGUEL (2ª. Fase):
APURAMENTO DO CAMPEÃO:
Águia Desportvio vence e aumenta vantagem
A equipa do Águia dos Arrifes entrou da melhor forma na segunda fase do Campeonato de São Miguel ao vencer em São Roque o Desportivo local por 0-2, na primeira jornada do grupo de apuramento de campeão, com o vencedor a ter acesso automáticamente à subida à série Açores a disputar na próxima época de 2011/2012.
Com esta vítória os arrifenses aumentaram vantagem para seis pontos do segundo classificado, o Rabo de Peixe que empatou a duas bolas no Pico da Pedra frente ao Vitória CPP.
Na próxima jornada o líder Águia recebe o segundo classificado o Rabo de Peixe e se vencer o encontro em disputa ficará mais perto do titulo e respectiva subida á série Açores, e leverá nove pontos de avanço dos segundos classificados.
Resultados da 1ª. jornada:
Vitória CPP, 2 - Rabo de Peixe, 2
GD São Roque, 0 - Águia Desp., 2
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPA ............. J V E D GM-S P
1º Águia Desp. ........1 1 0 0 2 - 0 34
2º Rabo Peixe .........1 0 1 0 2 - 2 28
3º Vitória CPP .........1 0 1 0 2 - 2 25
4º São Roque ..........1 0 0 1 0 - 2 24
2ª. jornada - Março 19/20 - 2011:
GD São Roque - Vitória CPP
Águia Desportivo - Rabo de Peixe
TAÇA PRIMAVERA DA AFPD:
Mira Mar vence...Vale Formoso empata
O Mira Mar recebeu e venceu o U.Nordeste por 1-0 enquanto que a equipa das Furnas deslocou-se a Ponta Garça tendo empatado a 3 bolas com o Bota Fogo. Com estes resultados o Mira Mar ampliou a sua vantagem para o duo seguidor para 11 pontos quando estão em disputa apenas 15 pontos pelo que muito possivelmente o Mira Mar conquistará o troféu no decorrer ainda da primeira volta desta competição.
Resultados da 1ª. jornada:
Bota Fogo, 3 - Vale Formoso, 3
Mira Mar, 1 - U. Nordeste, 0
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPAS ........ J V E D GM-S P

1º Mira Mar ..........1 1 0 0 1 - 0 24
2º Vale Formoso..... 1 0 1 0 3 - 3 13
3º U. Nordeste .......1 0 0 1 0 - 1 11
4º Bota Fogo .........1 0 1 0 3 - 3 10
2ª. jornada - Março 20/20011:
Bota Fogo - Mira Mar
Vale Formoso - U. Nordeste
CAMPEONATO DA TERCEIRA:
Marítimos venceram e fizeram a festa de campeão
Os Marítimos de S. Mateus, campeão da Terceira, fizeram a festa de campeões no último encontro em casa para o campeonato ao venceram na 18º. jornada jornada o Fontinhas por 3-1. Na Ribeirinha o Boavista não foi além de um empate a uma bola frente ao SC Barreiro de Porto Judeu. O Maritimos levam dez pontos de avanço do segundo classificado, o Lajense que folgou nesta jornada.
Resultados da 18ª. jornada:
Maritimos, 3 - GD Fontinhas, 1
Boavista CR, 1 - SC Barreiro, 1
Folgou: Juventude Lajense.
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPAS .............. J V E D GM-S P
1º Os Maritimos .......15 10 5 0 32 -10 35
2º Juv. Lajense .........14 7 4 3 22 -14 25
3º Boavista CR ..........14 4 5 5 18 -19 17
4º SC Barreiro ...........15 2 6 7 17 -24 12
5º GD Fontinhas ........14 2 2 10 15 -37 8
19ª. jornada - 03-20-2011:
Juv. Lajense - Os Marítimos
GD Fontinhas - Boavista CR
Folga: SC Barreiro.
CAMPEONATO DA GRACIOSA:
Sp. Guadalupe derrotou Graciosa FC (4-0)
O último clássico do campeonato entre o Guadalupe e o Graciosa FC, a contar para a 17ª e penúltima jornada, terminou com a vitória dos leões por quatro bolas a zero. Seninho (2), Nené e Júlio Fernandes fizeram os golos.
Este domingo o Maritimo recebeu o Desportivo Luzense e ganhou por duas bolas a uma.
Luís Filipe marcou os dois golos da vitória, garantida apenas no periodo de compensação, enquanto Isidro Lima fez o golo do Luzense de grande penalidade.
Resultados da 17ª. jornada:
SC Marítimo, 2 - GD Luzense, 1
Sp. Guadalupe, 4 - Graciosa FC, 0
CLASSIFICAÇÃO :
L EQUIPAS ................ J V E D GM-S P
1º Sp. Guadalupe ........17 13 3 1 40-17 42
2º SC Marítimo ...........17 10 3 4 35-19 33
3º GD Luzense ............17 3 4 10 21-34 13
4º Graciosa FC ............17 0 6 11 12-38 6
18ª. jornada - Março 20, 2011:
Graciosa FC - GD Luzense
Sp. Guadalupe - SC Marítimo
CAMPEONATO DE SÃO JORGE:
Campeão, CD Velense vence na Urzelina
Resultados da 11ª. jornada:
FC Calheta, 1 - Marítimo Vel., 1
Urzelinense, 0 - Desp. Velense, 1
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPAS ................ J V E D GM-S P
1º Desp. Velense ........11 10 0 1 28 - 6 30
2º Maritimo Vel. .........11 5 3 3 22 -16 18
3º FC Calheta ............11 3 4 4 19 -18 13
4º FC Urzelinense .......11 0 1 10 10 -38 1
12ª. Jornada - 03-20-2011:
Desp. Velense - Maritimo Vel.
FC Urzelinense - FC Calheta
TAÇA ASSOCIAÇÃO FUTEBOL DA HORTA:
Fayal Sport derrotado em casa
O Fayal Sport estreou-se da pior maneira na Taça AF Horta, ao ser derrotado por 4-3 em casa sobre o Flamengos, naquele que foi o primeiro desaire no Estádio da Alagoa ocorrido esta temporada, sendo que esteve a vencer por 3-1 e chegou inclusive a desperdiçar uma grande penalidade, com o Flamengos nos últimos 15 minutos a apresentar-se muito forte e a operar a reviravolta no marcador, vencendo assim pela primeira vez o Fayal Sport esta época.
No outro jogo desta ronda inaugural da Taça, a Feteira recebeu e bateu o Lajense 1-0.
A 2ª. jornada a equipa picarota recebeu o Fayal Sport e empatou a zero, e o Flamengos perdeu no campo do Vale diante do Cedrense por 0-1.
Resultados da 1ª. jornada:
Fayal Sport, 3 - Flamengos, 4
GD Feteira, 1 - Desp. Lajense, 0
Folgou: GD Cedrense.
Resultados da 2ª. jornada:
CD Lajense, 0 - Fayal Sport, 0
Flamengos, 0 - GD Cedrense, 1
Folgou: GD Feteira.
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPAS .............. J V E D GM-S P
1º GD Cedrense .........1 1 0 0 1 - 0 3
2º GD Feteira ............1 1 0 0 1 - 0 3
3º FC Flamengos ........2 1 0 1 4 - 4 3
4º Fayal Sport ...........2 0 1 1 3 - 4 1
5º CD Lajense ...........2 0 1 1 0 - 1 1
3ª. jornada - Março 20-2011:
GD Cedrense - CD Lajense
Fayal Sport - GD Feteira
Folga: FC Flamengos.

Campeonato da III Divisão - Série Açores - 2ª fase


SC VILANOVENSE, 1 - UNIÃO MICAELENSE, 4
CAMPEONATO DA 3ª. DIVISÃO – SÉRIE AÇORES (2ª.FASE):
GRUPO DA MANUTENÇÃO:
Vitória do Pico com a descida consumada

O arranque da segunda fase do campeonato da série Açores, série da manutenção, praticamente sentenciou a queda do Vitória do Pico nos regionais. A derrota por 3-2 diante do Capelense complica sobremaneira as reduzidas esperanças dos picoenses em se salvarem da despromoção. Pelo contrário, os três pontos somados pelo colectivo de Miguel Ferreira são uma preciosa injecção de confiança para futuras batalhas.
O mesmo se aplica ao triunfo do Sporting Ideal sobre o Prainha, por 2-1, com mérito para os leões da Ribeira Grande que recuperaram de uma desvantagem inicial. Em cinco jogos no comando da equipa o presidente/treinador, Hernâni Costa, continua a trilhar o caminho da recuperação e a equipa da Ribeira Grande já está fora dos lugares de despromoção, tal como o Capelense.
Jornada positiva para o União Micaelense que foi à Vila Nova golear o Vilanovense por 4-1 e reforçou a posição cimeira no grupo dos últimos, distanciando de um adversário directo na luta pela permanência.
Resultados da 1ª. jornada:
Capelense, 3 - Vitória Pico, 2
Sporting Ideal, 2 - Prainha FC, 1
Vilanovense, 1 - U. Micaelense, 4
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPA .............. J V E D GM-S P

1º U. Micaelense ......1 1 0 0 4 - 1 27
2º Sporting Ideal ......1 1 0 0 2 - 1 23
3º Capelense ..........1 1 0 0 3 - 2 23
4º Prainha FC .........1 0 0 1 1 - 2 21
5º Vilanovense ........1 0 0 1 1 - 4 18
6º Vitória do Pico .... 1 0 0 1 2 - 3 5
Proxima Jornada (2ª) 2011-03-20:
Vitória Pico - SC Vilanovense
Prainha FC - Capelense SC
U. Micaelense - Sp. Ideal
APURAMENTO DO CAMPEÃO:
Tem início no próximo fim-de-semana
1ª. jornada - 20/03/2011:
Boavista S.M. - Santiago FC
SC Lusitânia - SC Angrense
CLASSIFICAÇÃO:
L EQUIPA .............. J V E D GM-S P
1º SC Angrense ........0 0 0 0 0 - 0 42
2º SC Lusitânia ........0 0 0 0 0 - 0 33
3º Santiago FC .........0 0 0 0 0 - 0 31
4º Boavista S.M. .......0 0 0 0 0 - 0 29

Campeonato da II Divisão - Zona Sul:


SC PRAIENSE, 1 - ATLÉTICO REGUENGOS, 3
CAMPEONATO DA 2ª. DIVISÃO - ZONA SUL:
Praiense tem a descida praticamente consumada

Derrota caseira frente ao Atlético de Reguengos reduziu de forma drástica as possibilidades do Praiense se manter na II divisão.
A jornada 23 do campeonato da II divisão nacional, zona Sul, não foi das mais proveitosas para as equipas açorianas – um empate e duas derrotas – mas é sobre o Praiense que recai maior dose de desalento depois da derrota caseira por 1-3 frente ao Atlético de Reguengos.
Afundado nos lugares de despromoção, o confronto com a turma de Monsaraz era visto como uma rampa de relançamento para uma esperança maior rumo à manutenção mas o desaire dissipou dúvidas que ainda poderiam subsistir e só um milagre evitará a equipa da Praia da Vitória de descer à III divisão.
O Praiense mantém-se no 15.º e penúltimo lugar e está a 16 pontos do 11.º, posição que garante a permanência directa, pois dois dos três 12.º colocados das três séries também serão despromovidos. Ou seja, com 21 pontos em disputa, a formação de Francisco Barão está a cinco de ver consumada a descida.
Madalena e Operário também ficaram-se pelas intenções nesta jornada onde tinham pela frente opositores teoricamente ao seu alcance. Os picoenses não conseguiram melhor que um empate a zero no recinto do Casa Pia e ainda viram os locais desperdiçar uma grande penalidade na primeira parte.
Também o Operário ficou aquém das expectativas ao perder em casa por 0-1, na recepção ao Farense, partida onde os fabris revelaram-se ineficazes no ataque e nem de penalidade conseguiram marcar. Aos 79 minutos o avançado Vida atirou ao lado da baliza de Serrão da marca dos onze metros.
Resultados da 23ª. jornada:
Praiense, 1 - At. Reguengos, 3
AD Mafra, 2 - Louletano, 3
Casa Pia, 0 - FC Madalena, 0
Atlético CP, 0 - Real Massamá, 0
Carregado, 3 - Juv. Évora, 0
Pinhalnovense, 1 - Oriental, 1
Lagoa, 0 - Torreense, 1
Operário (Aç), 0 - Farense, 1
CLASSIFICAÇÃO
Pos. Equipa ............ J V E D GM-S P
1º Atlético CP ............23 15 8 0 37-15 53
2º Torreense .............23 14 4 5 29-16 46
3º AD Mafra .............23 12 7 4 44-30 43
4º Carregado .............23 11 4 8 38-31 37
5º FC Madalena ........23 10 6 7 25-19 36
6º Operário CD ..........22 9 7 6 30-28 34
7º Juv. Évora .............22 8 9 5 20-18 33
8º Pinhalnovense .....23 8 9 6 27-26 33
9º At. Reguengos ....23 10 2 11 32-34 32
10º Louletano ..........23 7 8 8 28-28 29
11º Oriental .............23 7 8 8 28-29 29
12º SC Farense .......23 5 11 7 20-24 26
13º Casa Pia ...........23 5 6 12 25-38 21
14º Real Mass. .......23 4 6 13 18-30 18
15º SC Praiense ......23 2 7 14 19-40 13
16º Lagoa ................23 3 4 16 15-29 13
Próxima jorna (24ª) 20 Março 2011:
Louletano - At. Reguengos
Madalena - AD Mafra
Real Massama - Casa Pia
Juventude Évora - Atlético CP
Oriental Lisboa - Carregado
Torreense - Pinhalnovense
SC Farense - Lagoa
Operário - Sp. Praiense

Liga Orangina: Santa Clara empata no Restelo


LIGA ORANGINA - 2010/2011:
BELENENSES, 0 - SANTA CLARA, 0
Um nulo apropriado - jogo de fraca qualidade técnica no Restelo
Belenenses e Santa Clara empataram 0-0 no Estádio do Restelo, num fraco jogo da 21ª jornada da Liga Orangina de futebol, em que ambas as equipas saíram castigadas pela total ausência de ideias.
Com este nulo, o Belenenses eleva para quatro o número de jogos consecutivos sem vencer, enquanto o Santa Clara somou o quinto encontro seguido a pontuar mas quebrou a série de quatro vitórias consecutivas para o campeonato.
Com apenas uma vitória nos últimos cinco jogos, só os três pontos interessavam à formação do Restelo, que procura a fuga dos lugares inferiores da tabela, enquanto os encarnados de Ponta Delgada, com um tranquilo sétimo posto, jogavam sem a pressão do resultado e à procura do quinto triunfo consecutivo, o que não veio a verificar-se.
Numa primeira parte com poucos motivos de interesse, apenas de longe as duas equipas tentavam alvejar as balizas, mas sempre sem sucesso, já que o destino dos remates nunca era o desejado.
Já depois de Semmler ter sido posto à prova por Alex, o belenense Tiago Gomes, à passagem da meia hora, respondeu num remate que desviou em Victor Alves e foi embater com estrondo na trave, naquela que foi a melhor ocasião do primeiro tempo.
Os “azuis” do Restelo entraram para o segundo tempo determinados em desfazer o nulo, primeiro por Victor Silva, com um remate a passar muito perto do poste, e depois por intermédio de Miguel Rosa, que apareceu a cabecear ao segundo poste, mas às malhas laterais da baliza à guarda do brasileiro Ney.
No entanto, as intenções belenenses ficaram-se por essas duas ameaças, já que até final não houve mais qualquer lance digno de registo, o mesmo se aplicando ao Santa Clara, que deu sempre a ideia de satisfação pelo empate conquistado em Belém.
Ficha do jogo:
Estádio: Restelo, em Lisboa.

Árbitro: Hugo Pacheco (Porto).
Belenenses: Semmler, Duarte Machado, Baggio, Luiz Alberto, Tiago Gomes, Victor Silva, Celestino, Sidnei (Élton, aos 64'), Miguel Rosa (Calé, aos 84'), Fredy (Barge, aos 71') e Rui Varela.
Santa Clara: Ney, Victor Alves, Diogo Silva, Ilic, Nélson, Jeferson (Renato, aos 68'), Pacheco, Gabi, Jorge Monteiro (Bruno Monteiro, aos 81'), Moreira e Alex (Platini, aos 58').
Ação disciplinar: cartão amarelo para Diogo Silva (aos 8'), Rui Varela (aos 64'), Duarte Machado (aos 69' e 90'+2), Luiz Alberto (aos 75'), Tiago Gomes (aos 77') e Nélson (aos 86'); cartão vermelho por acumulação para Duarte Machado (aos 90'+2).
Assistência: cerca de 1.000 espetadores.

Japão/Crise: Novo incêndio nuclear em Fukushima


Japão-Sismo:
Novo incêndio no reator 4 da central nuclear de Fukushima
Tóquio, 15 mar (Lusa) - Um novo incêndio ocorreu no reator 4 da central nuclear de Fukushima, um dia depois da explosão que provocou um primeiro incêndio que trespassou o teto do edifício exterior, anunciou a operadora daquela central, a Tepco.
Um trabalhador da empresa de eletricidade confirmou quarta-feira (ainda terça-feira em Lisboa) que estava a sair fumo do edifício exterior do reator 4, disse um porta-voz da Tokyo Electric Power (Tepco), citado pela AFP.
Depois de um sismo e de um tsunami devastadores, o Japão tem sido abalado por uma série de problemas graves que desde sexta-feira afetam a central nuclear de Fukushima, situada a 250 quilómetros a nordeste de Tóquio.