sexta-feira, 25 de junho de 2010

Mundial 2010: Portugal e Brasil empatam


PORTUGAL, 0 - BRASIL, 0
Portugal e Brasil empatam e carimbam passagem aos oitavos
Portugal e Brasil empataram esta tarde (0-0) num jogo que confirmou o apuramento da Selecção Nacional para os oitavos-de-final e a liderança do Brasil no grupo.
Carlos Queiroz surpreendeu com a inclusão de Ricardo Costa, Pepe e Danny no onze, e a verdade é que a aposta não serviu para dar espectáculo, mas foi suficiente para conter o ataque brasileiro.
A estratégia portuguesa para a partida passou pela contenção durante a primeira parte. Afinal, a equipa de Queiroz partiu para a última jornada do grupo com nove golos de avanço sobre a Costa do Marfim, o que lhe possibilitava perder frente ao Brasil.
Com o 6-2 de há dois anos bem vivo na memória, Queiroz não arriscou. E se Portugal se dedicou a defender nos primeiros 45 minutos, a verdade é que também tentou a sorte no ataque. Ao intervalo as estatísticas eram claras: 63 por cento de posse de bola para o Brasil, 12 remates para os canarinhos e 6 para Portugal.
A melhor ocasião de golo pertenceu a Nilmar, número 21 do Brasil, que rematou para defesa de Eduardo – bola na barra, na sequência da jogada – mas também Tiago fez vibrar os portugueses, com um forte remate perto da baliza, após jogada de ataque de Fábio Coentrão.
Na segunda parte o jogo virou. Portugal acelerou e virou o jogo. Cristiano Ronaldo – hoje a jogar como homem mais adiantado – espalhou o terror com as suas rápidas incrusões ofensivas. Numa delas, Lúcio viu-se aflito para o travar e acabou por cortar para o centro da área, onde Raul Meireles quase marcou o golo que daria a liderança a Portugal. Valeu ao Brasil a defesa atenta de Júlio César.
Face ao que as duas equipas produziram e à inversão de papéis da primeira para a segunda-parte, pode considerar-se justo o empate. Até porque qualquer das equipas poderia ter ganho, mas nenhuma arriscou o suficiente para fazê-lo.
Nota de destaque na equipa portuguesa é o facto de terminar a fase de grupos sem sofrer qualquer golo. Até ver, a Selecção Nacional será o melhor ataque e a melhor defesa da primeira fase do Mundial.
O Brasil passa na primeira posição, Portugal é segundo. A Selecção Nacional joga na Cidade do Cabo, 29 de Junho, às 19.30 horas, com o primeiro classificado do Grupo H, a Espanha.
PORTUGAL: Eduardo, Ricardo Costa, Ricardo Carvalho, Bruno Alves, Fábio Coentrão, Pepe, Raúl Meireles, Tiago, Duda, Danny, Cristiano Ronaldo
BRASIL: Júlio César, Maicon, Lúcio, Juan, Michel Bastos, Daniel Alves, Gilberto Silva, Felipe Melo, Nilmar, Luís Fabiano, Júlio Baptista

quarta-feira, 23 de junho de 2010

A terra tremeu no Canadá e EUA


América do Norte:
Sismo raro sacode Canadá e nordeste dos Estados Unidos

Um termor de terra com magnitude estimada em 5.0 graus Richter foi esta quarta-feira sentido nas cidades canadianas de Otava, Toronto e Montreal, bem como nos estados norte-americanos de Nova Iorque, Pensilvânia e Ohio, entre outros.
O abalo não fez vítimas e provocou danos ligeiros apenas na zona de Otava, a capital do Canadá, a 50 quilómetros do epicentro. O sismo provocou algum pânico em Montreal e em Toronto, a maior metrópole do país, que se prepara para receber a cimeira do G20, esta semana.
O tremor, o mais forte em décadas naquela área, foi também sentido ao longo do nordeste dos Estados Unidos, no triângulo entre Detroit, Boston e Washington.
O evento é particularmente raro naquela parte da América do Norte, que ao contrário da costa do Pacífico está afastada das principais zonas de actividade sísmica.

Desastre do século na Plataforma da BP


Local onde aconteceu o acidente na plataforma da BP
Foto de EPA/DANIEL BELTRA

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Mundial 2010: Portugal goleou Coreia do Norte


Goleada à Coreia do Norte
PORTUGAL, 7 - COREIA DO NORTE, 0

Portugal quase nos "oitavos"
Portugal praticamente selou hoje o apuramento para os oitavos-de-final do Mundial2010, após golear a Coreia do Norte por 7-0, num jogo em que finalmente soltou a magia, e em que Cristiano Ronaldo quebrou o enguiço.
Portugal praticamente selou hoje o apuramento para os oitavos-de-final do Mundial2010, após golear a Coreia do Norte por 7-0, num jogo em que finalmente soltou a magia, e em que Cristiano Ronaldo quebrou o enguiço.Portugal quase nos "oitavos"
0 twitterO resultado mais desnivelado da prova foi construído com golos de Raul Meireles (29 m), Simão (53), Hugo Almeida (56), Tiago (60 e 89), Liedson (81) e Cristiano Ronaldo (87), o "homem do jogo" que quebrou um jejum de 16 meses.
A goleada, que não sofre contestação, ganhou forma apenas quando a aguerrida Coreia do Norte perdeu a sua organização, ao procurar recuperar a desvantagem 1-0 que tinha ao intervalo e assim concedendo espaços, atitude que se revelou fatal.
Portugal até poderá perder com o Brasil, já apurado, desde que gira na última ronda os confortáveis nove golos de vantagem para a Costa do Marfim.
Portugal foi implacável no segundo tempo frente a uns "inocentes" norte-coreanos que cometeram a primeira falta apenas aos 57 minutos, asiáticos que revelaram duas "caras", uma primeira de organização, coesão, velocidade e objectividade e outra de desordem quando teve de se abrir.
Para este jogo, Carlos Queiroz promoveu quatro alterações com Miguel, Tiago, Simão e Hugo Almeida a renderem Paulo Ferreira, Deco, Danny e Liedson no "onze" em "4x3x3".
Portugal entrou a acelerar e em sete minutos criou três oportunidades, destacando-se Ricardo Carvalho (05 e 07 m) que, liberto na área, atirou à meia volta, mas por cima, antes de cabecear ao poste direito na sequência de um canto.
O azar pareceu eclipsar a equipa que viu os solidários e rápidos asiáticos subir no terreno com transições ofensivas rapidíssimas e a rematar de todas as zonas, geralmente de forma certeira e com perigo.
Após o intervalo a equipa de Queiroz manteve-se por cima, mas, com mais espaço para explorar face ao adiantamento adversário, acabou por massacrar a baliza de Ri Myong Guk, e marcar 7 golos sem resposta.

Cambridge: Festa do Divino Espirito Santo


IRMANDADE PICOENSE DO DIVINO ESPIRITO SANTO DO ONTARIO
Picoenses do Ontário celebram o Divino Espirito Santo em Cambridge

A Irmandade Picoense do Divino Espírito Santo do Ontário, sediada na cidade de Cambridge, celebrou na passada semana a festa anual em louvor da Terceira Pessoa da Santíssima Trindade.
Esta festa é realizada há mais de vinte anos pelos açorianos oriundos da ilha do Pico que trouxeram consigo para terras do Canadá, como tantos outros açorianos aqui radicados, esta linda tradição religiosa, com o partilhar das sopas, carne, massa e vinho a todos os irmãos mais desfavorecidos.
Os festejos tiveram início no dia 13 de Junho, com a apresentação do gado na quinta do Hélio e Elvira Serpa acompanhada por uma sardinhada à moda portuguesa.
No sábado dia 19, no salão do Clube Português de Cambridge, deu-se a benção do pão, carne e vinho pelo Pe. António Cunha, terminando com um jantar gratuito a todos os irmãos, seguindo-se a música para dançar com o D.J. Mix 1997 de Jerry & Maria Lemos.

No dominho dia 20 de Junho, Dia do Pai, realizou-se o cortejo que teve a saída da Brierdale Plaza com os portadores de alçafates com oferendas e irmandades até á igreja de Nossa Senhora de Fátima, onde foi celebrada a missa solene e ocorreu a coroação.
Ao meio-dia, no Clube Português de Cambridge, foram servidas as primeiras sopas e carne para as pessoas da terceira idade. Às 13h30 já em entrada do portão do Clube de Cambridge, realizou-se o cortejo que incorporaram várias irmandades do Ontário, Criadores, representantes do governo local e policia municipal, e alçafates de rosquilhas levadas á cabeça por senhoras, que foram acompanhada pela Lira do Bom Jesus de Oakville, até à Capela do Divino Espírito Santo.

Aí seguiram-se as cerimónias habituais, da recolha da coroa à Capela e uma alocução do representantes do governo municipal e das autoridades policiais, com dois lusos-descendentes a marcarem presença no evento, e o agradecimento dos mordomos, Duarte e Lucia Lopes, a todos que cumpriram o segundo mandato consecutivo.
Foram entregues pelos mordomos, dois ramos de flores ao Pai mais velho e ao mais novo presentes no evento, neste domingo Dia do Pai no Canadá.
No final o Pe. António Cunha, ofereceu um livro da história das irmandades de Cambridge, que ao longo de mais de quarenta anos celebraram estas festividades naquela cidade e uma medalha comemorativa, que foi entregue á Lucia dirigidas ás comemorações dos 50 anos da comunidade portuguesa de Cambridge. Depois foi tocado o hino do Espírito Santo frente á Capela.

Durante a tarde, foram servidas as tradicionais sopas e carne em honra do Divino Espírito Santo a todos os convidados e presentes, que encheram o salão de festas por três vezes.

No entertenimento, realizou-se o concerto pela filarmónica Lira Bom Jesus, seguindo-se actuação do Grupo Folclórico de Oakville e a jovem cantora Tânia Costa de Cambridge encerrou a festa com lindas canções para dançar, num dia radiante de sol e calor. Houve algumas pequenas arrematações nos intervalos e foram distribuidas as famosas rosquilhas no final da festa com é tradição do povo picoense.
- João G. Silva

Brampton: ''Flower City Parade '2010''


Imagens do Cortejo das Flores na cidade de Brampton, Ontário, Canadá

sábado, 19 de junho de 2010

Ilha Terceira - Sanjoaninas 2010

SANJOANINAS ARRANCAM COM CORTEJO DE ABERTURA
A rainha Sofia Ortins
Sofia Ortins, a Rainha das Sanjoaninas 2010 é o rosto da campanha de prevenção associada às festas.
CORTEJO DE ABERTURA DAS SANJOANINAS
Riqueza das jóias em estética minimalista
Arrancam, hoje à noite, as Sanjoaninas2010. O cortejo de abertura será marcado por uma estética minimalista em conjugação com a riqueza das jóias, lema central das festas.
Marcadas pela contenção financeira, os festejos viram reduzidos em dois dias a sua programação e ficaram sem fogo de artifício final.
Cinco carros. 160 figurantes. Séquito real. Jóias, borboletas e música de várias partes do mundo resumem, de forma sucinta e minimalista, o cortejo de abertura das Sanjoaninas 2010. Isto porque minimalista foi a abordagem escolhida este ano para a concepção daquele que é um dos principais momentos das festas, marcado para as 22H00.
Em explicações ao jornal “a União”, Bruno Fontes, um dos criadores do desfile da rainha, referiu isso mesmo: “os carros foram pensados com o mesmo padrão do design da festa: com minimalismo, com charme, encanto, reflectindo a riqueza da jóia”.
Assim, à semelhança do cartaz, do programa das festas e das decorações de rua, o branco, salientou, será a cor dominante.
Outro dos aspectos que o designer realçou vai para o reaproveitamento de materiais: “aproveitámos todo o material do ano passado, toda a estrutura principal dos carros foi reciclada”.
Segundo explicou o responsável, a escolha desta abordagem “eco”, como referiu, esteve relacionada, em primeira instância, com a “redução de custos” e com a sensibilização para as questões da preservação do ambiente.
Aliás, adiantou Bruno Fontes, este ano, foi feita uma inventariação de todos os materiais existentes no pavilhão de construções das Sanjoaninas: “está tudo dividido por secções, desde as madeiras, metais, decoração, roupas, etc”.
O criativo destaca que, este ano, a música não vai ser lançada de cada carro alegórico, mas antes do sistema de sonorização geral do recinto da festa.
“Vai haver um fio condutor entre os carros, os figurantes, as coreografias, as música”, disse Bruno Fontes que afirma estar contente com o trabalho realizado em equipa com Mariana Godinho, em estreia absoluta: “foi um desfio muito grande. Sempre vivemos as festas, mas nunca tínhamos visto as sanjoaninas de dentro”.
Do portão à Borboleta
Este ano, o primeiro dos carros, baptizado de “Carro do Portão”, “convida” – segundo nota informativa da comissão organizadora – “o público a entrar na festa e a ver Angra como Jóia do Mundo. Seguem-se dois grupos coreografados pela Associação de Dança Desportiva da Região Autónoma dos Açores. O charleston e o tango marcam os ritmos da dança”.
O segundo carro, denominado “Mundo” transporta o chefe de protocolo, Álvaro Dentinho. “É nele que se faz a ligação às diferentes culturas associadas à produção de jóias. Atrás seguem danças típicas indianas e cabo-verdianas. A preparação dos grupos contou com a colaboração de uma representante da comunidade indiana na Terceira, bem como da comunidade cabo-verdiana”.
O terceiro carro, “Caixa de Música”, representa a “eternidade”, onde seguem os pajens do séquito.
“As jóias marcam o quarto carro – “o Diamante”–, que transporta a jovem bailarina Maria Codorniz. É precedido por um grupo de dança contemporânea, que representa novamente as jóias, que dão brilho à festa. O grupo que antecede o último carro representa as borboletas. As coreografias dos dois últimos grupos e do grupo de danças indianas estiveram a cargo de José Moules”.
E por último, o carro que transporta a rainha das Sanjoaninas 2010, Sofia Ortins, é o da “Borboleta”, no qual figuram a camareira, Carolina Almeida, e as damas, Alice Pimentel, Rita Borba e Rita Ávila. “O quinto carro espelha o símbolo das festas e representa alma, mudança e metamorfose”.
Festas a Oito dias
Este ano, devido a obrigações de contenção financeira, publicamente assumidas pela autarquia angrense, as Sanjoaninas 2010, orçadas em 1,2 milhões de euros (400 mil de apoio municipal), foram reduzidas a oito dias de programação, decorrendo de 19 a 26 de Junho.
Outra das alterações ao figurino tradicional, vai para a inexistência de fogo de artifício a encerrar os festejos.
Novidade a registar este ano igualmente, é criação da BoxMusic, no cerrado do Bailão, onde serão, pela primeira vez, realizados concertos pagos. Nele, os cabeças-de-cartaz, James (26 de Junho), Mariza (amanhã), Rui Veloso (segunda-feira), DZRT (a 24 de Junho) actuarão no palco principal das festas.
Em termos de gastronomia, o destaque vai para a presença de um chefe polaco, Tomasz Bazyl, que confeccionará no restaurante da comissão das festas, localizado no Largo Prior do Crato.
Humberta Augusto

terça-feira, 15 de junho de 2010

Informação Desportiva dos Açores


FUTEBOL: Prainha FC vencedor da Taça Açores
Prainha perdeu com Cedrense mas venceu Taça da Região Autónoma dos Açores

O Prainha da ilha do Pico é o novo vencedor da terceira edição da Taça Região Autónoma dos Açores, em futebol.
No jogo no Faial com o Cedrense, perdeu por 1-0, na segunda-mão da final da competição.
A equipa do Pico tinha vencido a primeira-mão (2-0) e sucedeu ao Marítimos de São Mateus.
BASQUETEBOL: Lusitânia sagrou-se campeão da Proliga

A equipa de basquetebol do Sport Clube Lusitânia que no passado sábado sagrou-se, em Penafiel, campeã nacional da Proliga, foi recebida domingo em clima de festa. Várias dezenas de apaniguados leoninos deslocaram-se ao aeroporto internacional das Lajes para saudar os novos campeões nacionais.
ANDEBOL: Arrifes campeão regional dos Açores
Os Arrifes sagraram-se campeões do Torneio Regional dos Açores de Andebol, escalão de seniores masculinos, disputado na ilha Terceira.
Resultados:
1.ª Jornada: GD Biscoitos 31 – SC Angrense 33.
2.ª Jornada: GDCP Arrifes 27 – GD Biscoitos 32.
3.ª Jornada: SC Angrense 22 – GDCP Arrifes 38.
Classificação Final:
1.º GDCP Arrifes 4 pontos (2J1V0E1D, 65-54 em golos)
2.º GD Biscoitos 4 pontos (2J1V0E1D, 63-60 em golos)
3.º SC Angrense 4 pontos (2J1V0E1D, 55-69 em golos)

Saúde: Aviso do Ministério britânico da Saúde

Aviso do Ministério britânico da Saúde ...
VER E LER ATÉ AO FIM
Atenção às lâmpadas de baixo consumo. Se alguma se partir, devem seguir as instruções do Ministério da Saúde britânico, que junto, para evitarem os graves danos causados pelo mercúrio :

Aviso do Ministério britânico da Saúde sobre as lâmpadas economizadoras de energia
Estes tipos de lâmpadas que são chamadas de poupança de energia ou lâmpadas de baixa energia, se elas se partem causam sério perigo! Tanto que todo mundo vai ter que sair da sala, pelo menos, 15 minutos.
Porque elas contém mercúrio (venenoso), que causa a enxaqueca, a desorientação, os desequilíbrios e diferentes outros problemas de saúde quando inalado.
E muitas pessoas com alergias, causa-lhes a condição de pele e outras doenças graves apenas tocando a esta substância ou inalado.
Além disso, o ministério alertou por não limpar os restos da lâmpada quebrada com o aspirador de pó, pois iria espalhar a contaminação para outros lados da casa quanto estiver usando o aspirador de pó novamente
Devem ser limpos através de vassoura ou escova normal e mantidos num saco lacrado e jogado bem fora de casa no lixo para materiais perigosos.
Aviso: O mercúrio é perigoso, mais venenosa que o chumbo ou arsénio!!

quinta-feira, 10 de junho de 2010

1ª Irmandade do Divino E. Santo de Mississauga


PORTUGUESE CANADIAN INTEGRATION MOVEMENT
Primeira Irmandade de Mississauga celebrou a festa do Divino Espírito Santo em Oakville
A Organização do Portuguese Canadian Integration Movement - Primeira Irmandade do Divino Espírito Santo de Mississauga, realizou no fim-de-semana de 4 a 6 de Junho, a festa em honra da Terceira Pessoa da Santíssima Trindade.
Os Mordomos deste ano foram o casal, Gilberto e a Ilda Pereira, que apesar do cansaço estavam felizes no final, porque tudo correu bem e a comunidade portuguesa marcou presença em grande força no domingo de festa.
O programa da festa começou na sexta-feira, 4, na igreja portuguesa de São José em Oakville, ao final da tarde com a benção do pão, carne e vinho, seguindo-se a distribuição das pensões aos irmãos presentes.
No sábado, dia 5, foram distribuidas as Pensões nas residências dos Irmãos de Mississauga, Brampton, Oakville e Hamilton, que não puderam levantar no dia anterior.
No domingo, dia 6, pelas 11h30 da manhã, realizou-se o cortejo das Coroas, que contou com todas as organizações convidadas, acompanhado pela Filarmónica Lira Bom Jesus de Oakville.

Ao meio-dia houve Missa, seguida de procissão em redor da igreja, com toda a irmandade e convidados. Debaixo do pálio seguia o Pe. Fernando Pinto com a Custódia com a Hóstia Consagrada, em pleno domingo da festa do Corpo de Deus.
Depois dos serviçõs religiosos, foram servidas as tradicionais sopas em louvor do Divino Espírito Santo e Alcatra à moda da ilha Terceira, a todos os convidados, irmãos e visitantes.
Durante a tarde houve entertenimento para todos os gostos, com actuações dos Ranchos Folclóricos Português de Oakville e Associação Cultural do Minho de Toronto, o cantor Victor Martins, o acordeonista David Viveiros e arraial pela Lira Bom Jessus.
O som e a música esteve a cargo do DJ Mix'97 de Jerry e Maria. A finalizar houve um sorteio de prémios dos bilhetes vendidos ao longo da tarde. Não faltaram o comes e bebes, bazar e leilões de ofertas. Agradecemos pelo convite!
- João G. Silva.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Brampton: Festa do ''Corpo de Deus''


PARÓQUIA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA:
Procissão do Santíssimo ''Corpo de Deus'' em Brampton
A comissão de festas da paróquia de Nossa Senhora de Fátima, na cidade de Brampton, realizou no domingo, dia 6 d Junho, a festa da Solenidade do Corpo e Sangue de Jesus Cristo, com procissão em honra do Santíssimo, mais conhecida pela festa do ''Corpo de Deus''.
O programa da festa começou com a missa solene ao meio-dia e quinze. Às três horas deu-se a saída da procissão do Santíssimo, numa tarde maravilhosa de sol, tendo precorrido as ruas adjacentes à igreja portuguesa de N. Sra. de Fátima, previamente engalanadas com lindos tapetes floridos, preparados pelos moradores luso-canadianos, e que embelezaram a passagem do ''Corpo de Deus'', na hóstia consagrada. O precurso incluiu três paragens nas casas onde se encontrava um alta, para que se realizasse uma pequena oração da liturgia do dia, com três padres presentes a lerem a palavra de Deus.
A Custódia foi transportada debaixo do pálio de volta à igreja ao som do hino do Santíssimo pela Banda Lira Portuguesa de Brampton, mas antes de recolher, houve tempo para uma hommília no adro da igreja.
Agradecemos ao Pe. Andrjec Chilmon, que no final das cerimónias no adro da igreja, notificou a presença da comunicação social e o impacto que esta tem em divulgar ao mundo dos eventos da comunidade portuguesa. Obrigado pelo reconhecimento!
Depois da recolha da procissão, as pessoas desceram ao salão paroquial da igreja, para assistirem à tarde de entertenimento, em que participaram diversos cantoras, o Grupo folclórico de Brampton, terminando com arraial pela Lira Portuguesa de Brampton.
Parabéns á comissão de festas e voluntários pelo sucesso alcançado em mais uma festa tradicional portuguesa em terras do Canadá. Bem hajam!
- João G. Silva.

sábado, 5 de junho de 2010

Carassauga 2010: Festival Multicultural de Mississauga


25ª. EDIÇÃO ''CARASSAUGA '2010'':
Festival de Culturas de Mississauga celebra 25º Aniversário com sucesso
65 países mostraram as suas tradições na 25ª edição do Festival Multicultural de Mississauga, que registou este ano um novo recorde de países participantes.
Desde 1986 - este ano celebrou as Bodas de Prata, que o Festival de Culturas ''CARASSAUGA'', é o maior e o mais participado evento anual multicultural realizado na cidade de Mississauga.
A edição de 2010 teve início na sexta-feira, com a cerimónia de abertura, no parque da ''Hershey Centre'', tendo contado com a presença de vários dignitários do governo federal e provincial, da Mayer da cidade, Hazel McCallion, e do luso-Canadiano Jack Prazeres, presidente deste evento anual desde 2007.

Este ano os 31 pavilhões espalhados pela cidade acolheram um novo recorde de participações, com 68 países . Desta forma foi possivél durante os três dias de duração do Carrassauga, visitar vários países do mundo sem sair de Mississauga, conhecendo tradições culturais e gastronómicas, a história, a música e o artesanato.
A primeira edição, contou apenas com dez pavilhões.
No discurso de abertura, foram vários os discursos, todos eles com uma linha comum: o enaltecimento desta iniciativa e o desejo de que a mesma continue por muitos anos, como forma de promover também a multiculturalidade.
O acto foi aproveitado pelo ministro do trabalho do Ontário, Peter Fonseca, e pelo deputado provincial , Charles de Sousa, para entregrarem a Jack Prazeres um certificado de reconhecimento do governo da provincia pelo trabalho desenvolvido na direcção do Carrassauga.
Um quarto de século depois, os quatro países que participaram em todas as edições, entre os quai se encontra Portugal, foram agraciados uma bola de cristal.

A luso-canadiana Michelle Madeira foi a artista convidada, tendo cantado inicialmente o hino do Canadá, voltando mais tarde para interpretar temas do seu repertório.
A presidente do município Hazel McCallion, elogiou Mississauga e os seus residentes, pelo sucesso da cidade e deste festival, sendo ovacionada com uma grande salva de palmas quando anunciou que iria concorrer para mais um mandato de quatro anos.
Jack Prazeres realçou, desde ano, o Carassauga ter sido reconhecido como o maior festival cultural do Canadá, já o era no Ontário, segundo palavras do presidente do Carassauga.
PAVILHÃO DE PORTUGAL
Mais uma vez, o famoso Centro Cultural Português de Mississauga, teve a responsabilidade de garantir a presença de mais um pavilhão de Portugal, no Carasauga '2010''.
O pavilhão nacional serviu para dignificar o nome do país a sua rica história, artesanato, gastronomia e música. Ao longo dos anos, têm sido vários os artistas vindos de Portugal para participarem neste evento, complementado a mostra.
O pavilhão de Portugal apresentou como tema , as ''Sete Maravilhas de Portugal'' património da Humanidade, o qual estava em destaque á entrada do CCPM. Como convidados estiveram presentes o famoso cantor açoriano de origem picoense, Chico Ávila, vindo dos EUA, que com uma voz inconfundivél, canta desde temas tradicionais até fado, para agrado dos lusos-canadianos e dos representantes de outras nacionalidades que visitaram o pavilhão.
Os Pauliteiros de Miranda do Rancho Folclórico Mirandês de Duas Igrejas, de Miranda do Douro, que vieram expressamente de Portugal para participar neste evento, também foram muito apreciados e ovacionados de pé com muitas palmas, pela sua actuação.
Durante os três dias progamados, o pavilhão português apresentou o seguinte entertenimento; Grupo Folclórico do CCPM, As Tricanas, A.C. Minho, S.C. de Toronto, A.M. Barcelos, Luso-can Tuna, e os cantores Tony Câmara, e Chico Ávila e os Palmiteiros de Miranda. Estes dois últimos actuaram nos três dias, á semelhança com o Rancho do CCPM.
Foi no sábado que a azáfana maior de visitantes foi maior, para apreciarem os nossos usos e costumes e saborearem a nossa culinária, que foi servida pelo Restaurante Seven Cities, prata da casa, que incluíu na ementa o Bacalhau com batatas a murro, Lulas Grelhadas, Carne de Porco á Alentejana, sopa de Caldo Verde, Camarrão entre outros pratos da nossa grastomonia. Não faltou a pastelaria e doçaria, onde pontificavam os famosos pastéis de nata, fornecidos pela Nova Pastery & Bakery de Mississauga.
Em exposição e para venda, encontrava-se o tradicional artesanato Mirandês trazido pelos Pauliteiros de Miranda.
Um pouco da história dos Pauliteiros
O Rancho Folclórico Mirandês de Duas Igrejas Pauliteiros de Miranda foi fundado em 1945 pelo Pároque da freguesia de Duas Igrejas Dr. António Maria Mourinho.
Ao longo da sua existência tem actuado de Norte a Sul de Portugal e nos quatro cantos do Mundo desde a Ásia - Macau, África - Angola, Estados Unidos da América e grande parte da Europa, em de uma tradição e em nome do floclore portugu~es.
O Rancho Folclórico Mirandês de Duas Igrejas Pauliteiros de Miranda preserva a tradição folclórica da nossa região nas vertentes de danças masculinas, danças mistas e canções com coro interpretando - canções dos serões transmontanos com acompanhamento instrumental de Gaita de Foles, caixa de Guerras e Bombo.
Estas danças dos paulitos que em terras de Miranda se chamam 'Ilhaços' são de origem remota.
Os Pauliteiros de Miranda continuam a manter a tradição fiel em todos os seus elementos constitutivos: no canto, na dança, nos trajes e adornos, como fazendo parte notável da cultura e do património cultural português.
Mais uma vez o CCPM, e os seus directores, cozinheiros e voluntários estão de parabéns ao dignificaram o nome de Portugal no pavilhão de todos os portugueses que sentem o patriotismo das nossas origens. Bem Hajam!
- João G. Silva.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Mississauga: Festa da Santíssima Trindade


DOMINGO DA SANTÍSSIMA TRINDADE:
Irmandade do Divino Espírito Santo de Mississauga fez celebração na Igreja de Cristo-Rei
A paróquia portuguesa da Igreja do Cristo Rei na cidade de Mississauga, esteve em festa no passado fim-de-semana, ao celebrar a festa da Santíssima Trindade.
O portal ''OMilhafre'' marcou presença no domingo do cortejo da coroação depois da missa do meio dia, que foi acompanhada pela Banda Lira Portuguesa de Brampton.

Após o cortejo a irmandade do Divino Espírito Santo da paróquia do Santíssimo Salvador do Mundo de Mississauga que incorporou na coroação, desceu ao salão paroquial e o povo convidado para saborearem as tradicionais sopas do Divino Espírito, que foram servidas à moda da Terceira, que incluiu a saborosa alcátra e massa sovada como é tradicional na ilha de Jesus Cristo.

Os Mordomos foram, António e Fernanda Carreiro, naturais da Vila de Rabo de Peixe, São Miguel, que tomarem a responsabilidade destes festejos pela quatra vez, como ele nos informou.
Durante a tarde houve entertenimento, bazar e concerto pela Lira Portuguesa e Brampton.
- João G. Silva.

Oakville: Festa da Santíssima Trindade


Domingo da Santíssima Trindade:
Filarmónica Lira Bom Jesus celebra a Santíssima
Trindade em Oakville
A Filarmónica Lira do Bom Jesus de Oakville, realizou no último fim-de-semana a festa em honra da Santíssima Trindade na Igreja de São José dos Portugueses na cidade de Oakville.
No domingo ao fim-da-tarde, onde assistiu à procissão de alçafetes de Roquilhas, levados á cabeça por senhoras e alguns senhores como manda a tradição até ao Alto da Cruz, onde aconteceu uma pequena oração da liturgia do dia da Santíssima Trindade e foram benzidas as rosquilhas (argolas de massa), pelo Pe. Fernando Pinto.

Seguiu-se o agradecimento ao mordomo António e Fátima Gomes e a toda a direcção da Filarmónica de Oakville, e foi anunciado os novos mordomos para o próximo ano de 2011, que foi músico António e esposa Zulmira Nunes.
No principio da tarde efectuou-se o cortejo até ao salão, logo após a missa, e foram servidas as tradicionais sopas do Divinio Espírito Santo á moda do Pico, a todos os presentes. Seguiu-se o arraial pela filarmónica em festa, e actuação do Grupo Folclórico de Oakville, bazar e leilões de ofertas. Não faltaram e comes e bebes em mais um dia de calor com o termómetro a subir acima dos 30ºC, quando ainda estamos em plena Primavera.
- João G. Silva