terça-feira, 31 de março de 2009

Patinagem artística no gelo


HORIZONTAL
Benjamin Agosto e Tanith Belbin, dos EUA, numa prova durante o Campeonato do Mundo de patinagem em Los Angeles, California.

O jovem Venilson recebeu bênção do Papa


O JOVEM QUE LUDIBRIOU A SEGURANÇA DO PAPA
Com apenas um ano e três meses, Venilson Gabriel Maria Augusto conseguiu a façanha de iludir a apertada segurança do Papa Bento XVI, na sua recente visita a Luanda, e receber pessoalmente a sua bênção, em Luanda.

Semana da Moda Outono/Inverno


SEDA - Semana da Moda Outono/Inverno em Mumbai, na Índia.

TÉNIS: Uma das Williams...


... que de Serena só tem o nome.

Isto não custa nada...


... faz-se com uma perna às costas...

Portugal vence África do Sul na Suíça

PORTUGAL, 2 - ÁFRICA DO SUL, 0
Portugal quebra "jejum" com dois golos aos "Bafana Bafana"
No particular frente à selecção sul-africana o conjunto das "quinas" pode ter rompido a inércia, como Queiroz desejava: só o futuro o dirá.
Bruno Alves pôs fim ao "jejum" prolongado de golos da selecção portuguesa, no jogo particular frente à África do Sul, no La Pontaise, Lausana, Suíça.O defesa portista, de cabeça, deu o melhor destino a um cruzamento de Nani, aos quatro minutos; depois, houve que esperar pela segunda parte, para Twala, pressionado por Edinho, fazer auto-golo, aos 56 minutos e fixar o resultado final.Queiroz continuou com a sua política de experiências, revolucionando o "onze" que empatou com a Suécia, estreando Nelson, Gonçalo Brandão e Edinho.No final do jogo, o seleccionador nacional valorizava a vitória e o jogo, acrescentando ter ganho várias coisas com o estágio: "jogadores, posições, uma equipa, espírito, entusiasmo - bons pontos de partida para irmos à Albânia ganhar".
Árbitro: Massimo Busacca (Suíça).
Equipas:
- Portugal: Eduardo, Nelson, Ricardo Carvalho (Rolando, 46), Bruno Alves, Gonçalo Brandão, Pepe (Tiago, 74), Maniche (Raul Meireles, 57), Deco (João Moutinho, 62), Danny (Simão, 57), Nani (Cristiano Ronaldo 57) e Edinho.
Suplentes: Daniel Fernandes e Beto, Duda, Rolando, Raul Meireles, João Moutinho, Tiago, Cristiano Ronaldo, Simão e Hugo Almeida.
- África do Sul: Khune, Gaxa, Mokoena, Morris, Thwala, Sibaya, Davids (Masilela, 73), Peinar (Madubi, 65), Modise (Moriri, 76), Tshabalala (Khenyeza, 65) e Parker (Mashengo, 78). Suplentes: Fernandez e Marlin, Booth, Gould, Masilela, Moon, Mashego, Modubi, Moriri, Nkosi, Mphela e Khenyesa.
Acção disciplinar: nada a assinalar.
Assistência: 14.659 espectadores.

Faleceu nas Bermudas Renato ''Genina''


ADEUS A ''GENINA'' ...
Faleceu Renato Pereira (Genina) Velha Glória do CD Santa Clara.

Faleceu nas Bermudas no dia 17 de Março de 2009, um dos melhores jogadores de sempre que envergou a camisola do Clube Desportivo Santa Clara de seu nome Renato Pereira mais conhecido por "Genina", foi talvez o melhor avançado que passou pela equipa encarnada de Ponta Delgada de Futebol Sénior .
É com muita mágoa que perdemos mais um santaclarense que muitas alegrias nos deu nas décadas de cinquenta e sessenta.
A toda a sua familia e amigos o Santa Clara endossa votos de sinceras condolências e que a sua alma descanse em paz.
Fonte: Direcção CD Santa Clara.

PAULETA recebe homenagem no dragão


PAULETA RECEBE HOMENAGEM NO DRAGÃO:
Rei dos Açores e dos golos homenageado no Dragão

A selecção portuguesa de futebol vencia por 3-1 a Arménia, em Setúbal, e o treinador Artur Jorge decidiu retirar Domingos e chamar Pauleta, aos 77 minutos, num jogo de qualificação para o Mundial de 1998 em França.
Poucos imaginariam, nesse dia 20 de Agosto de 1997, que o avançado açoriano, que então se estreava, se tornaria o melhor marcador de sempre da selecção das “quinas”, com 47 golos, mais seis que o “rei” Eusébio.

Pedro Miguel Carreiro Resendes "Pauleta" foi homenageado - antes do Portugal-Suécia - pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF), no Estádio do Dragão, curiosamente o palco que assistiu ao seu último jogo oficial de "quinas" ao peito em solo luso e no qual, em definitivo, se tornou o maior goleador da história da selecção.
O açoriano, que nunca jogou no principal campeonato português, passou nove anos ao serviço da equipa das "quinas" e marcou presença em dois dos mais emblemáticos jogos, embora infelizes, de Portugal das últimas décadas: a final perdida do Euro2004 (1-0, para a Grécia) e as meias-finais do Mundial da Alemanha em 2006 (derrota por 1-0 com a França, hoje vice-campeã do Mundo).
Actual embaixador do Paris Saint-Germain, clube que representou cinco temporadas (de 2003/04 a 07/08), Pauleta abriu a torneira de golos a 26 de Março de 1999, no caminho para o Euro2000: com dois tentos do açoriano, em apenas 16 minutos, Portugal goleou o Azerbaijão por 7-0, em Guimarães.
Presente no Euro2000 na Bélgica e Holanda (1 jogo, na vitória por 3-0 sobre a Alemanha), Mundial2002 da Coreia e Japão (três jogos e três golos, no triunfo por 4-0 frente a Polónia), Pauleta foi ainda convocado para o Euro2004 e Mundial2006, na Alemanha.
No campeonato da Europa realizado em Portugal, Pauleta fez cinco jogos e não conseguiu qualquer golo e, na Alemanha, apesar dos seis jogos, apenas marcou por uma vez, na vitória inaugural frente a Angola (1-0).
O "açor", que é agora observador do PSG na Península Ibérica, fez dois "hat-tricks" ao serviço de Portugal (Polónia e Cabo verde) e um "poker", no triunfo sobre o Kuwait (8-0).
Além disso, Pauleta conseguiu bisar em seis ocasiões.
O avançado, que foi ganhando nome no Estoril, na altura ao lado de Cavaco, iniciou a sua caminhada no futebol ao serviço do Micaelense, em 19994/95.
Duas temporadas depois, o açoriano foi melhor marcador do Salamanca e da II Divisão espanhola (19 golos), levando o clube para o primeiro escalão do futebol do país vizinho.
Na época seguinte, ainda ao serviço do Salamanca, o avançado apontou 15 golos e foi adquirido pelo Deportivo da Corunha, clube com o qual se sagrou campeão (1999/00).
Ao serviço do Bordéus (de 2000/01 a 02/03), Pauleta voltou a demonstrar grande veia goleadora, transferindo-se depois para o PSG, clube da capital francesa que assistiu ao seu final de carreira.
Melhor marcador do campeonato francês em três ocasiões, duas vezes melhor jogador do ano em França e vencedor de duas taças de França, Pauleta, hoje justamente homenageado pela FPF, despediu-se da selecção das "quinas" com uma derrota: 3-0, frente a Alemanha, no jogo de atribuição do "bronze" no Mundial2006.
Hoje, Pauleta recebeu, nas pessoas do presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Gilberto Madaíl, e do “vice” Amândio de Carvalho, uma justa homenagem por parte da selecção lusa, antes do início do embate com a Suécia, sendo carinhosamente aplaudido pelo muito público presente no Estádio do Dragão, no Porto.

domingo, 29 de março de 2009

Mundial 2010: Portugal, 0 - Suécia, 0


PORTUGAL, 0 - SUÉCIA, 0
Portugal remata muito mas não marca
Portugal criou este sábado bastantes oportunidades e dominou a Suécia no Dragão, mas voltou a falhar na finalização e cedeu novo empate (0-0) que compromete ainda mais seriamente as suas aspirações de apuramento para o Mundial2010 de futebol.
São já nove os pontos perdidos em 15 possíveis e os escassos seis conquistados em cinco jornadas (os mesmos da Suécia, que tem um jogo a menos) deixa os lusos mais longe das líderes Dinamarca (quatro encontros) e Hungria (cinco), com 10 pontos. Se a missão já era complicada, agora ficou ainda mais dificultada: o segundo lugar, que pode dar direito a um lugar nos "play-offs", parece cada vez mais o objectivo da equipa de Carlos Queiroz, que tem vitórias morais de sobra, mas pontos a menos para as suas ambições. Depois da derrota 2-3 com a Dinamarca em Alvalade e empate 0-0 com a Albânia em Braga, Portugal continua sem ganhar em casa neste apuramento - o único triunfo em cinco jogos foi obtido na ronda inaugural, na visita à frágil Malta (4-0). Os lusos realizaram uma primeira parte de bom nível, chegando mesmo a sufocar a Suécia, mas a finalização voltou a ser o problema, perante um adversário que foi ultra rigoroso tacticamente, com uma ocupação muito inteligente dos espaços. Com um bloco sólido, os nórdicos foram remetidos muito tempo ao seu meio-campo, mas assustavam sempre nas bolas paradas ofensivas, criando várias oportunidades: ao fim de sete jogos, a Suécia continua invicta em solo nacional, com três empates e quatro triunfos. Carlos Queiroz fez "bluff" e deixou Deco no banco, ficando Tiago com a responsabilidade de conduzir o jogo ofensivo: numa equipa sem ponta-de-lança (Hugo Almeida suplente), Danny completou um vagabundo tridente ofensivo que incluía ainda Cristiano Ronaldo e Simão. A Suécia entrou confiante e prometia discutir o jogo taco a taco, mas, progressivamente, os pupilos de Queiroz tomaram conta do jogo e instalaram-se no meio-campo contrário. A velocidade e criatividade desejadas por Queiroz eram fielmente traduzidas em campo: Tiago (17 minutos) desviou com perigo e Cristiano Ronaldo (18) tentou o "chapéu", mas a bola foi às malhas laterais: aos 24 minutos, Duda cruzou... e acertou no poste direito. A Suécia queria "respirar" e adormecia o jogo, apostando em lançamentos para os avançados Larsson e Elmander ou então a explorar os lances de bola parada, como aos 28 minutos, em que o central Majstorovic quase marcava, de cabeça, na molhada de jogadores. A pressão lusa esbarrava na ausência de uma referência na área e foi em lance ao primeiro toque em Simão (43 minutos) apareceu a rematar na área, mas rente ao poste esquerdo. A lesão de Bosingwa (45 minutos) retirou capacidade ofensiva ao flanco direito na segunda parte (Rolando juntou-se a Bruno Alves e Ricardo Carvalho foi lateral direito). O resultado não interessava e Portugal que continuou a pressionar e podia ter marcado quanto Tiago (54 minutos) ofereceu o golo a Danny, mas este, apertado sobre a direita, atirou rente ao poste. No minuto seguinte, a defesa lusa falhou e Eduardo saiu arrojado frente a Elmander, cedendo canto. Portugal perdia fulgor e discernimento: Deco (saiu Tiago) entrou aos 62 minutos e Hugo Almeida (Danny) aos 66. O luso-brasileiro obrigou Isaksson a defesa apertada aos 73 minutos (Cristiano Ronaldo fez o mesmo dois minutos depois) e, aos 75, novamente de fora da área, errou o alvo por pouco. Elmander (84 minutos) perdeu tempo e podia ter feito melhor na área, tal como Cristiano Ronaldo na resposta, falhado de cabeça na pequena área.

quinta-feira, 26 de março de 2009

Tina Turner volta aos palcos


A MISS "HOT-LEGS" ESTÁ DE VOLTA
Tina Turner está de volta aos palcos. O Gelredome Stadium em Arnhem, na Holanda, recebeu o primeiro de dois concertos da diva. Os fãs que enchiam o Estádio não se queixaram da idade de Tina.

Patinagem artística no gelo


Ainda estás aí?

Chicotada no Chelsea - Scolari


E O BURRO SOU EU ...?

Haverá outra língua assim?


Fabulosa a Língua PORTUGUESA
NUNCA NO INGLÊS SE CONSEGUIRIA FAZER ALGO ASSIM….
SÓ A LÍNGUA PORTUGUESA NOS PERMITE ESCREVER ASSIM!...
Paulo Pedro Pereira Pinto, pequeno pintor Português, pintava portas, paredes, portais. Porém, pediu para parar porque preferiu pintar Panfletos. Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir.Posteriormente, partiu para Pirapora. Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres.Porém, pouco praticou, porque Padre Pedro pediu para pintar panelas, porém posteriormente pintou pratos para poder pagar promessas. Pálido, porém personalizado, preferiu partir para Portugal para pedir permissão para papai para permanecer praticando pinturas, preferindo, portanto, Paris. Partindo para Paris, passou pelos Pirineus, pois pretendia pintá-los. Pareciam plácidos, porém, pesaroso, percebeu penhascos pedregosos, preferindo pintá-los parcialmente, pois perigosas pedras pareciam precipitar-se, principalmente pelo Pico, porque pastores passavam pelas picadas para pedirem pousada, provocando provavelmente pequenas perfurações, pois, pelo passopercorriam, permanentemente, possantes potrancas. Pisando Paris, pediu permissão para pintar palácios pomposos, procurando pontos pitorescos, pois, para pintar pobreza, precisaria percorrer pontos perigosos, pestilentos, perniciosos, preferindo Paulo Pinto precaver-se. Profunda privação passou Paulo Pinto. Pensava poder prosseguir pintando, porém, pretas previsões passavam pelo pensamento, provocando profundos pesares, principalmente por pretender partir prontamente para Portugal. Povo previdente! Pensava Paulo Pinto... - Preciso partir para Portugal porque pedem para prestigiar patrícios, pintando principais portos portugueses. Paris! Paris! Proferiu Paulo Pinto.- Parto, porém penso pintá-la permanentemente, pois pretendo progredir. Pisando Portugal, Paulo Pinto procurou pelos pais, porémPapai Procópio partira para Província.Pedindo provisões, partiu prontamente, pois precisava pedir permissão para Papai Procópio para prosseguir praticando pinturas. Profundamente pálido, perfez percurso percorrido pelo pai. Pedindo permissão, penetrou pelo portão principal.Porém, Papai Procópio puxando-o pelo pescoço proferiu: - Pediste permissão para praticar pintura, porém, praticando, pintas pior. PrimoPinduca pintou perfeitamente prima Petúnia.Porque pintas porcarias? - Papai, - proferiu Paulo Pinto – pinto porque permitistes, porém, preferindo, poderei procurar profissãoprópria para poder provar perseverança, pois pretendo permanecer por Portugal. Pegando Paulo Pinto pelo pulso, penetrou pelo patamar,procurando pelos pertences, partiu prontamente, pois pretendia pôr Paulo Pinto para praticar profissão.Perfeito: Pedreiro! Passando pela ponte precisaram pescar para poderem prosseguir peregrinando. Primeiro, pegaram peixes pequenos, porém, passando pouco prazo, pegaram pacus, piaus, piabas, piaparas, pirarucus. Partiram pela picada próxima, pois pretendiam pernoitar pertinho, para procurar primo Péricles primeiro. Pisando por pedras pontudas, Papai Procópio procurou Péricles, primo próximo, pedreiro profissional perfeito. Poucas palavras proferiram, porém prometeu pagar pequena parcela para Péricles profissionalizar Paulo Pinto.Primeiramente Paulo Pinto pegava pedras, porém, Péricles pediu-lhe para pintar prédios, pois precisava pagar pintores práticos.Particularmente Paulo Pinto preferia pintar prédios. Pereceu pintando prédios para Péricles, pois precipitou-se pelas paredes pintadas.Pobre Paulo Pinto pereceu pintando...Permita-me, pois, pedir perdão pela paciência, pois pretendo parar para pensar... Para parar preciso pensar.Pensei. Portanto, pronto: Pararei!·
E ainda há quem se ache o máximo quando consegue dizer: 'O Rato Roeu a Rica Roupa do Rei da Rússia. ‘!!!

quarta-feira, 25 de março de 2009

Padre recusa baptizar Lucílios


Padre recusa baptizar meninos com nome Lucílio
A polémica em torno da arbitragem da final da Taça da Liga entre Sporting e Benfica chegou à Igreja quando um pároco em Lisboa, fervoroso sportinguista, anunciou que não irá baptizar meninos com nome Lucílio.
"Aproveito para vos anunciar que, enquanto for responsável por esta paróquia, não faço intenções de baptizar nenhum menino chamado Lucílio. Queiram dispor para tais propósitos dos serviços de uma paróquia vizinha", anunciou domingo o padre João José Marques Eleutério antes do tradicional "Ide em paz e que o Senhor vos acompanhe".
Na missa dominical, celebrada todos os domingos às 12:30 na igreja do Rato, o pároco manifestou-se assim "incomodado" com a arbitragem de Lucílio Baptista no jogo da Final da Taça da Liga.
O árbitro tem sido criticado pelo Sporting por ter assinalado uma grande penalidade inexistente que aos 72 minutos deu o empate 1-1 ao Benfica, que acabou por conquistar o troféu no desempate por penalties.
"É verdade que sou sportinguista desde sempre e que falei, durante a missa, do resultado vergonhoso entre o Benfica e o Sporting", disse à Lusa o padre João Eleutério.
"Foi uma brincadeira e os paroquianos já sabem que eu gosto do Sporting e gosto de fazer piadas", disse o sacerdote, garantindo no entanto que nenhuma criança ficará por baptizar: "se não for eu, será outro sacerdote".
Sócio do Sporting Clube de Portugal e atleta durante vários anos, João Eleutério não consegue "ficar indiferente" ao clube.
"Custa muito perder da maneira que perdemos no sábado, frente ao Benfica. Vai ficar sempre a suspeita de que o árbitro não foi correcto", frisou o sacerdote.
João Eleutério não imaginou que o 'aviso' que fez no final da missa dominical seria objecto de crónicas em blogues e motivo de comentários por parte de alguns paroquianos.
"Foi mesmo uma brincadeira, mas a verdade é que o Sporting está constantemente a ser prejudicado pela arbitragem", disse à Lusa.
Na memória do sacerdote, tal como o último Benfica/Sporting, está ainda um jogo realizado há dois anos com o Paços de Ferreira.
"O Sporting perdeu o campeonato por ter perdido o jogo com o Paços de Ferreira, onde foi marcado um golo com a mão", finalizou o padre João Eleutério.
Lusa

terça-feira, 24 de março de 2009

Novo ponta de lança para o Benfica


Chama-se Lucilio Batista o novo ponta de lança que o Benfica contratou esta semana. O novo reforço encarnado apresenta-se ao lado de Rui Costa com a sua nova camisola.

sábado, 21 de março de 2009

Carlsberg Cup: Benfica ganha II Taça da Liga


SPORTING, 1 - BENFICA, 1 (ap) 2-3 (g.p.)
II Taça da Liga é do Benfica
Sporting cede, mais uma vez, nos penáltis, numa final manchada pela polémica.
Mais uma final da Taça da Liga decidida na lotaria dos pontapés da marca de grande penalidade, depois de um empate, no fim do tempo regulamentar, com a participação de Lucílio Baptista ao assinalar um penálti, inexistente, contra o Sporting, que, mais uma vez na competição, baqueou.48 minutos, uma recarga de Pereirinha, a remate ao poste de Liedson, deu vantagem aos "leões". Aos 73, Lucílio Baptista assinala penálti contra o Sporting, por pretensa mão de Pedro Silva, que reage desabridamente e é, só por isso, bem expulso. Reyes não perdoa e faz o empate.
Na decisão: Romagoli marca, Tiago defende remate de Aimar, Rochemback permite defesa a Quim, Cardozo não perdoa, Moutinho também não, Katsouranis atira para a bancada, Quim defende tentava de Derlei, David Luiz converte, Quim adivinha remate de Postiga e Carlos Martins deu a taça aos "encarnados".
Estádio Algarve:
Árbitro: Lucílio Baptista (Setúbal)
SPORTING: Tiago; Pedro Silva, Daniel Carriço, Anderson Polga e Caneira; Pereirinha, Rochemback, João Moutinho e Vukcevic; Liedson e Derlei
Suplentes: Rui Patrício, Abel, Tonel, Adrien, Romagnoli, Yannick e Hélder Postiga
BENFICA: Quim; Maxi, Luisão, Miguel Vítor e David Luiz; Rúben Amorim, Aimar, Katsouranis e Reyes; Nuno Gomes e Suazo
Suplentes: Moreira, Sidnei, Jorge Ribeiro, Carlos Martins, Yebda, Di María e CardozoDisciplina: Cartão amarelo a Pedro Silva (21) e Reyes (40)
Marcadores: 1-0, Pereirinha (48)
Resultado Final: 1-1.
Grandes-penalidades: 2-3.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Taça UEFA: Sporting de Braga, 0 - PSG, 1


SPORTING DE BRAGA, 0 - PARIS SAINT-GERMAIN, 1
«Frango» de Eduardo elimina Sp. Braga da Taça UEFA

Um erro do guarda-redes Eduardo custou esta quinta-feira ao Sporting de Braga a possibilidade de conseguir um inédito apuramento para os quartos-de-final da Taça UEFA, pois ditou a derrota 0-1 com o Paris Saint-Germain, no Minho.
Eram decorridos 81 minutos quando o também titular da selecção nacional saiu em falso num livre e permitiu ao "gigante" Hoarau, recém entrado, cabecear tranquilamente nas suas costas, marcando assim o único golo da eliminatória, após o "nulo" registado em Paris. O Sporting Braga estava sempre obrigado a vencer para se qualificar e a verdade é que foi a única equipa a procurar objectivamente o golo, frente a um adversário muito retraído e que nem em contra-ataque assustava, parecendo mais interessado em não sofrer do que propriamente em marcar. Mais experientes, os gauleses foram também mais pragmáticos e eficazes: no fim, os adeptos locais apoiaram a equipa minhota de pé, como se de um triunfo se tratasse. A derrota impediu os "arsenalistas" de serem a sétima equipa lusa a chegar aos "quartos" da UEFA e negou-lhes ainda os 2,1 milhões de euros que valiam o apuramento, um terço do orçamento da época. Enquanto o Sporting Braga se apresentou na máxima força, o PSG, mais virado para o campeonato gaulês, apresentou-se com alguns habituais titulares no banco, casos de Hoarau, Ceará, Makelele, Giuly e Rothen. Destemidos, os "arsenalistas" entraram em campo decididos a resolver cedo o jogo: instalaram-se no meio campo contrário e, aos seis minutos, reclamaram mão na bola de Armand, no limite da área, mas o árbitro mandou seguir. Aos 13 minutos, Paulo César disparou de fora da área, mas Landreau, com a ajuda da barra, impediu o golo. Muito confiante e personalizada, a equipa de Jorge Jesus pressionava em todo o campo - não deixava o adversário pensar o jogo - e procurava a baliza contrária preferencialmente pelos extremos, pelo que Landreau estava em permanente alerta. O PSG tentava surpreender em contra-ataque, mas foi de livre que esteve perto de gelar a "pedreira": Chantôme, à entrada da área, levou a bola à trave, com Eduardo impotente. A resposta lusa chegou aos 34 minutos, também de livre, com Luis Aguiar, na quina da área, a atirar cruzado tão rente ao poste esquerdo que se já se festejava o golo nas bancadas. A atitude lusa manteve-se na etapa complementar, que começou com uma perdida de Renteria (48 minutos), que, liberto na área, após passe de João Pereira, errou o alvo. O guarda-redes Eduardo era um mero espectador, mas a verdade é que o PSG tapava muito bem os caminhos da sua baliza, pelo que o "nulo" persistia, sempre com sinal mais luso. Aos 77 minutos, Paul le Guen apostou no gigante Hoarau (1,91 metros), que quatro minutos mais tarde resolveu, no lance infeliz de Eduardo. Já nos descontos, Luyindula, de contra-ataque, acertou na base do poste esquerdo e, na resposta, Renteria obrigou Landreau à defesa da noite.

quarta-feira, 18 de março de 2009

Portuguese Canadian Integration Movement


1ª Irmandade do Divino E. Santo de Mississauga
Festa da ''Matança do Porco'', celebrada com muita animação pelo P.C.I.M.

A Organização do ''Portuguese Canadian Integration Movement'' (PCIM), realizou no último sábado dia 7 do corrente mês de Março, a sua festa anual da ''Matança do Porco'', que juntou mais de 600 irmãos e amigos da 1ª Irmandade do Divino Espírito Santo de Mississauga.

A festa da matança do Porco, é uma tradição que já vem de longe, e que se festeja anualmente nos Açores, ainda hoje nos nossos dias em muitas freguesias e conselhos nas nove ilhas da Região Autómnoma, e que os açorianos trouxeram para o Canadá e Estados Unidos da América.
Assim acontece esta celebração anual aqui no Canadá nos nossos clubes e associações em todo o Ontário, e o P.C.I.M não foge á regra e celebra todos os anos nos primeiros meses do novo ano.
O salão da St. John's Hall apresentou uma boa moldura humana cheio de convivas para prestar homenagem ao nosso amigo suíno, que ao longo do ano alimenta muitas das nossas refeições nos nossos lares.

O jantar incluiu uma variedade de pratos composto de carne de porco e acompanhamentos; começou com uma deliciosa feijoada c/todos os ingredientes do porco, e bofos cozidos com batatas, seguindo-se as especiarias, como os torresmos, Chouriços, línguiças, morcelas acompanhado por hínhames e batatas branca e doce assadas. Para terminar como sobremesa o famoso arroz doce e café. Para as crianças que não gostem da comida do porco, tiveram a escolha dos hot-dogs á canadiana.

Após o jantar, o responsável pelas relações públicas e MC da noite, Manuel Martins, agradeceu a presença de todos irmãos e amigos do PCIM, e apresentou o entertenimento ao longo da noite. Também foi lida uma carta de agradecimento à organização, pela doação da cadeira de rodas, que foi entregue no final do ano passado na ilha do Pico.

Com a presença dos novos mordomos, Carlos e Lúcia Melo, responsáveis pela festa do Espírito Santo no próximo Verão que será realizadas a igreja de S. José em Oakville, ao longo da noite houve as respectivas arrematações no intervalo, com o leilão de dois porcos, como também vários pratos com chouriços e morcelas entre outros.
Quanto ao entertenimento o conjunto musical ''United'' de London abrihantou o baile e o artista da comunidade Victor Martins também cantou vários temas do seu último CD, para todos dançarem.

O próxima evento da organização do P.C.I.M. será levada a efeito no mesmo salão do St. John's Hall, situado no Stavebank Road em Mississauga, no sábado, dia 4 de Abril com a festa de angariação de fundos a favor da igreja da Lomba da Fazenda de Nordeste, S. Miguel-Açores.
O presidente da organização, Dinarte Teves convida toda a comunidade portuguesa e agradece a presença de todos os irmãos, por esta justa causa!
Fotos e texto de: João G. Silva

Como são feitos os Gémeos?


quinta-feira, 12 de março de 2009

Taça UEFA: PSG, 0 - Sp. Braga, 0


Paris Saint-Germain, 0 - Sporting de Braga, 0
Braga arranca empate precioso em Paris
O Sporting de Braga arrancou hoje um precioso empate 0-0 no terreno do Paris Saint-Germain, na primeira mão dos oitavos-de-final da Taça UEFA de futebol, e manteve esperanças de poder alcançar a próxima ronda da prova.
No Parque dos Príncipes, a formação de Jorge Jesus efectuou uma primeira parte de bom nível, mas acabou por apanhar alguns sustos durante a segunda metade, com Eduardo e o poste direito do guarda-redes português a impedirem que os franceses ganhassem vantagem na eliminatória. Com este empate, o Sporting de Braga adiou a decisão para daqui a uma semana no Minho, num encontro que está obrigado a vencer, para poder seguir, pela primeira vez na sua história, para os "quartos" da Taça UEFA. Um empate com golos deixa de fora a equipa "arsenalista". Sem o camaronês Meyong, lesionado, Jorge Jesus apostou apenas no colombiano Renteria na frente, apoiado pelo regressado Jorginho e por Alan, e colocou Luís Aguiar mais recuado, junto a Vandinho e César Peixoto, no meio-campo. Numa primeira parte com poucas ocasiões de golo, o Sporting de Braga "pegou" cedo no encontro, enquanto a equipa parisiense apostava em lances de contra-ataque, com lançamentos longos para Sessegnon e Luyindula. Apesar de ter mais posse de bola, os minhotos mostraram algumas dificuldades em ultrapassar a defesa francesa, e o melhor que conseguiram foi um lance protagonizado por Renteria, que, isolado frente a Edel, acabou por adiantar demasiado a bola, aos 26 minutos. Até ao intervalo, o Paris Saint-Germain, com Pauleta a assistir ao encontro nas bancadas, acabou por conseguir equilibrar a luta a meio-campo, mas nunca chegou a incomodar o guardião Eduardo. No regresso dos balneários, os parisienses apareceram mais rápidos, tomaram o controlo da partida e estiveram perto de marcar, através de uma cabeceamento de Chatome, que o guarda-redes do Sporting de Braga respondeu com grande defesa. A formação minhota sentiu a pressão dos franceses, desceu no terreno e começou a cometer alguns erros, principalmente a meio-campo, e o Paris Saint-Germain esteve novamente perto de marcar, desta vez com Rothen a acertar no poste. A entrada de Stelvio Cruz, para o lugar de César Peixoto, acalmou a equipa de Jorge Jesus, que retomou algum domínio no encontro, enquanto o Paris Saint-Germain perdeu algum fulgor no ataque, apesar de ter em campo Kezman e Giuly. Apesar de demonstrar algum cansaço, os jogadores do Sporting de Braga não permitiram que os franceses se aproximassem mais da baliza de Eduardo e conseguiram aguentar o nulo até final da partida.
Taça UEFA - 1.ª mão dos oitavos-de-final:
Parque dos Príncipes (Paris)
Árbitro: Matteo Trefoloni (Itália)
Paris SG - Edel; Ceará, Traore, Camara e Armand; Sessegnon, Clément, Makelele e Chantôme; Rothen e Luyindula.
Treinador: Paul le GuenSp.
Braga - Eduardo- João Pereira, Rodríguez, Leone e Evaldo; Alan, Vandinho, Luís Aguiar e César Peixoto; Jorginho e Rentería.
Treinador: Jorge Jesus

quarta-feira, 11 de março de 2009

Liga dos Campeões: FC Porto, 0 - Atl. Madrid, 0


FC PORTO, 0 - ATLÉTICO DE MADRID, 0
FC Porto nos "quartos" após empate com Atlético Madrid
O FC Porto apurou-se hoje novamente para os quartos-de-final da Liga dos Campeões em futebol, após empate sofrido 0-0 no Dragão frente ao Atlético Madrid, numa segunda mão dos oitavos-de-final escaldante e imprevisível.
Depois de ter empatado 2-2 em Madrid, o FC Porto partiu em vantagem para o jogo decisivo e, sobretudo graças a uma segunda parte de grande concentração, atingiu com mérito os "quartos", fase que não conseguia desde 2003/04, época do segundo título europeu. O treinador Jesualdo Ferreira, que tinha falhado nas duas épocas anteriores o patamar das oito melhores equipas da Europa -- caiu então aos "pés" de Chelsea e Schalke 04 -- chega também, pela primeira vez na sua carreira aos quartos-de-final da prova "milionária". Com o feito, o FC Porto arrecada perto de 3,5 milhões de euros e mantém Portugal na luta pela presença na final de Roma, já que o Sporting foi eliminado pelo Bayern Munique, com um estrondoso 12-1, na totalidade dos dois jogos. Apesar de não ter feito nenhum golo, o FC Porto foi superior na segunda parte (uma bola na barra e outra no poste, entre outros lances), acabando, no entanto, por sofrer alguns calafrios na etapa final do jogo. O mesmo tinha acontecido no primeiro tempo. Sem Fucile, ainda lesionado, Jesualdo Ferreira regressou ao "onze" que tinha alcançado o empate em Madrid, com Helton, na baliza, uma defesa com Sapunaru, Bruno Alves, Rolando e Cissokho, ficando o meio-campo entregue a Fernando, Raul Meireles e Lucho Gonzalez Cristian Rodriguez, Lisandro Lopez e Hulk encarregaram-se, inicialmente, das manobras mais ofensivas do tricampeão português.
Na segunda parte, os "azuis-e-brancos" começaram destemidos como no primeiro tempo, com Raul Meireles e Lisandro, aos 53 e 56 minutos, respectivamente, a darem os primeiros avisos. Diego Forlan foi então chamado pelo treinador Abel Resino (saiu Maxi Rodriguez) e, aos 59 minutos, os jogadores portistas reclamaram grande penalidade, por alegada mão na bola de um adversário. Um canto de Simão, aos 66 minutos, levou Aguero a cabecear ao lado e, aos 72, um livre de Raul Meireles, com toda a intenção, apesar de demasiado descaído para o lado direito do ataque, ia traindo Leo Franco. Rolando, de cabeça, obrigou o guarda-redes madrileno a grande defesa, aos 73 minutos, e, no instante seguinte, Abel Resino chamou Maniche -- grande ovação do público portista -- para o lugar de Raul Garcia. Pouco depois, aos 77 minutos, foi Lucho a obrigar Leo Franco a nova grande defesa, após um remate fortíssimo de fora da área e, no minuto seguinte, Hulk enviou à barra... na transformação de um pontapé de canto. Muito melhor agora, o FC Porto esteve a um milímetro de marcar, aos 81 minutos, não fosse Lisandro ter chegado ligeiramente atrasado a uma assistência perfeita de Hulk, jogador que, logo de seguida, "driblou" o guarda-redes e, já com pouca posição para golo, atirou ao poste.

terça-feira, 10 de março de 2009

Liga dos Campeões: Bayern, 7 - Sporting, 1


- Golo de Polga, terceiro do Bayern
BAYERN DE MUNIQUE, 7 - SPORTING, 1
O orgulho do leão... fica para a próxima
O Sporting despede-se da Liga dos Campeões com um resultado agregado de 12-1, nos oitavos-de-final.
O Bayern de Munique cilindrou, de novo, o Sporting, desta feita, por 7-1, o que, depois de Alvalade, dá o bonito saldo de 12-1.Um golo logo aos sete minutos, de Podolski, abriu caminho a humilhação leonina, uma equipa pequena em estatura e em atitude, também de baixo custo, diga-se.Para não nos alongarmos, registe-se a cadência da metralha alemã: 7' e 34', Podolski; 43', Schhweinsteiger; 74', Van Bommel; 82', Koler; 90', Müller.Do lado português: 39', Polga, na baliza errada; 42', Moutinho, por acaso, um golaço.Paulo Bento e o "capitão Moutinho, no final do encontro, assumiram os erros cometidos e o vice-presidente leonino, Miguel Ribeiro Telles, considerou que "não honrámos a história do clube".Jogo disputado no Arena Munique. Apurado o Bayern de Munique com um total de 12-1. Resultado na primeira mão: Sporting - Bayern de Munique, 0-5.
Árbitro: Martin Hansson (Suécia).
Bayern de Munique: Butt, Lell, Van Buyten, Lúcio (Breno, 46), Lahm, Ottl, Van Bommel, Zé Roberto (Sosa, 46), Schweinsteiger (Muller, 72), Podolski e Klose.
Suplentes: Rensing, Demichelis, Oddo, Sosa, Muller, Deniz Yilmaz e Breno.
Sporting: Rui Patrício, Pedro Silva, Polga, Tonel, Miguel Veloso (Abel, 46), Adrien (Caneira, 75), Pereirinha (Izmailov, 46), Vukcevic, João Moutinho, Yannick e Derlei.
Suplentes: Tiago, Daniel Carriço, Ronny, Marco Caneira, Abel, Izmailov e Tiuí.
Acção disciplinar: Cartão amarelo para João Moutinho (18), Pedro Silva (77).
Assistência: Cerca de 69.000 espectadores.
A nova imagem do desktop!!

domingo, 8 de março de 2009

Sociedade: Dia da Mulher


DIA INTERNACIONAL DA MULHER
É o dia da Mulher. Aqui, ali, em todo o lado. A foto mostra uma reunião de mulheres em Santiago do Chile, no Chile, onde a Presidente é uma mulher: Michelle Bachelet, ao centro na imagem.

Atletismo: Rui Silva é campeão europeu!


Rui Silva volta às grandes vitórias internacionais.
Rui Silva campeão europeu de pista coberta
O português com uma prova a todos os títulos extraordinária venceu a prova dos 1500m nos campeonatos europeus de atletismo de pista coberta em Itália.
Rui Silva voltou aos grandes títulos e às grandes provas. O português sagrou-se hoje, pela terceira vez, campeão europeu dos 1.500 metros em pista coberta, nos campeonatos que decorrem em Turim (Itália), com o tempo de 3.44,38 minutos.Na corrida que se seguiu à final feminina dos 3.000 metros, na qual a portuguesa Sara Moreira conquistou a medalha de prata, Rui Silva embalou para a quarta medalha em Europeus de pista coberta, a terceira de ouro nos 1.500 metros, depois dos títulos de 1998 e 2002.
Nos Europeus de 2000, Rui Silva tinha conquistado uma medalha de prata, mas na distância dos 3.000 metros. Na corrida de hoje, o pódio ficou completo com o espanhol Diego Ruiz (3.44,70) e o francês Yoann Kowal (3.44,75).
Rui Silva era um homem feliz no final da corrida: "Para mim foi bastante importante por tudo aquilo que eu passei nos últimos anos. Foi um objectivo cumprido, é difícil descrever este momento".

sexta-feira, 6 de março de 2009

Na ilha de Java, no monte Semeru...


NATUREZA EM REVOLTA
O maior vulcão da ilha de Java, no monte Semeru, entrou em actividade e expeliu lava. Fumo e pó enegreceram o dia talvez como sinal de indignação contra os crimes ambientais de que a natureza é diariamente vítima.

Nova colecção Outono/Inverno 2009-2010


NOVAS APLICAÇÕES FINANCEIRAS
O sistema financeiro internacional colapsou e há quem diga que o dinheiro deixou de valer aquilo que valia antes da crise. Bernhard Willhelm apresenta a sua nova colecção Outono/Inverno 2009-2010 de pronto a vestir. À falta de utilização melhor, usa o dólar como indumentária.

Afonso Tiago encontrado morto na Alemanha


Corpo do jovem engenheiro português foi descoberto ao fim de quase dois meses (RTP)
Corpo de engenheiro português descoberto em Berlim
O corpo do português Afonso Tiago foi encontrado hoje pela polícia de Berlim no rio Spree. O engenheiro estava desaparecido desde 10 de Janeiro.
O corpo foi encontrado por um barco onde estavam agentes da polícia local à procura de Afonso Tiago. "Eles viram algo a flutuar, a princípio não conseguiram identificar o que era mas depois viram que se tratava de um corpo, que foi entretanto retirado da água por outro barco da polícia", disse à Agência Lusa o porta-voz da Polícia de Berlim. De acordo com as autoridades a "identificação foi relativamente rápida graças aos documentos que trazia consigo e ao vestuário".As causas da morte são ainda desconhecidas. O corpo foi transportado para o Instituto de Medicina Legal "para excluir a possibilidade de ter havido culpa alheia ou se ter tratado de um crime", informou a polícia daquela cidade alemã. A autópsia, realizada em Berlim, deve "estar concluida terça ou quarta-feira", acrescenta. Os polícias que encontraram Afonso Tiago indicaram que o português "não apresentava sinais de violência".
Quem era Afonso Tiago
Afonso Tiago era natural de Oliveira de Azeméis, tinha 27 anos e estava na capital alemã há seis meses como investigador na Active Space Technologies. Na noite em que desapareceu tinha saido com um grupo de amigos dos quais se separou já na madrugada do dia 10 de Janeiro dizendo que ia para casa, onde nunca chegou e não voltou a ser visto desde então.O desaparecimento de Afonso Tiago foi amplamente divulgado e até o próprio Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, fez recentemente referência ao caso durante a sua visita à Alemanha.O chefe de Estado dizia que as autoridades alemãs incluíam o caso do desaparecimento de Afonso Tiago na categoria de casos que designam como "bruxedo", ou seja, algo "que não conseguem explicar". (ouvir áudio)"Consideram o caso muito anormal. Fiquei a saber que o incluem numa categoria de casos a que atribuem a designação de 'bruxedo', isto é, qualquer coisa que não conseguem explicar", afirmou Cavaco Silva na altura aos jornalistas em Berlim.Até hoje as autoridades alemãs continuavam sem pistas quanto ao desaparecimento do português, mas não havia indícios nenhuns de que tivesse havido um crime.A família e os amigos de Afonso Tiago colocaram milhares de cartazes e distribuíram folhetos em Berlim com a fotografia do jovem para tentar obter informações sobre o seu paradeiro, até hoje sem resultados, dia em que o corpo do engenheiro foi finalmente descoberto no fundo do rio Spree.

Imagens do Desporto!


Porquê basquetebol...
... e não cabazbola?...

quinta-feira, 5 de março de 2009

Arnold Schwarzenegger de visita à Áustria


Terminar com uma salsicha
O agora Governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, durante uma visita à sua terra-natal, em Graz, Steiermark, Áustria.

quarta-feira, 4 de março de 2009

Verão no Paraguai!


PARA REFRESCAR
Um grupo de indígenas mergulha em Remansito, no Paraguai. Representantes de várias comunidades nativas vão eleger um novo presidente para o Instituto Paraguaio dos indígenas.

Adivinhe quem sou eu...


... e contente-se com isso!

terça-feira, 3 de março de 2009

Nova Iorque vê nascer a ''Via U2''


TOPONÍMIA
É conhecida a história de amor entre a banda de Bono Vox e o país das cidades "onde as ruas não têm nome". Com a autorização do "mayor" Michael Bloomberg, a cidade de Nova Iorque vê nascer a "Via U2". É essa a designação temporária da West 53rd Street, pelo menos enquanto os músicos irlandeses estiverem ocupados com o lançamento do seu novo trabalho.

Austrália: Baleias e Golfinhos deram á costa!


E O MAR ALI TÃO PERTO
Cerca de 200 baleias e golfinhos morreram porque não conseguiram sair da praia na ilha do Rei da Tasmânia, na Austrália.

Carlos Queirós: Recordar é viver!


Oh tempo... volta p'ra trás...

Imagens do Desporto


Qualquer semelhança...
... com Mike Tyson, só se for nas luvas. Ela também pratica a "nobre arte"
Muitas vezes esquece-se que sem bola não há jogo.
E sem cabeça, nada acontece.

Imagens do Desporto


Procurar o ponto de equilíbrio!

O homem bala? ...Ou terá esquecido o carro!
A toda a velocidade... rumo à vitória.
Sai-me da frente...