sexta-feira, 21 de novembro de 2008

LIGA/SAGRES - Rio Ave, 1 - Leixões, 2


Leixões firme na liderança
O Leixões venceu o Rio Ave (2-1), em Vila do Conde, e manteve-se firme na liderança da Liga, agora com 22 pontos, mais quatro que o Benfica (2.º), que joga no domingo com a Académica. Cinco jogos fora, cinco vitórias dos leixonenses!

Sensacional a carreira do Leixões na Liga portuguesa. A equipa dirigida por José Mota ultrapassou hoje mais um obstáculo difícil, o Rio Ave, e somou a quinta vitória fora de portas, noutros tantos jogos. Manteve-se firme na liderança, agora a quatro pontos de distância do Benfica (segundo classificado), que joga no domingo com a Académica, em Coimbra.Não foi um grande espectáculo. Escassas oportunidades, jogo muito disputado na zona do meio campo, supremacia das defesas em relação aos ataques. Três golos resultantes de lances de bola parada: o Rio Ave adiantou-se no marcador aos 35 minutos, por Wesley, após livre marcado por Diogo Valente; Rogério Matias restabeleceu a igualdade aos 44 m, na transformação de livre; Bruno China fixou o resultado final aos 67 m, favorável ao Leixões, na sequência de canto batido por Hugo Morais.No cômputo geral, a toada foi de equilíbrio e a derrota é castigo pesado para o Rio Ave. Mas o Leixões foi mais eficaz e arrecadou os três pontos, para gáudio dos milhares de adeptos que viajaram até Vila do Conde. A carreira do Leixões está a dar nas vistas, também no estrangeiro. Hoje, foram vários os observadores que marcaram presença em Vila do Conde.
Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde
Árbitro: Lucílio Baptista (AF Setúbal)
RIO AVE – Paiva; Miguel Lopes, Gaspar, Bruno Mendes e Rogério Matias (Mateus, 74 m); Delson, André Vilas Boas (Semedo, 69 m) e Tarantini (Niquinha, 74 m); Ronaldo, Evandro e Chidi.
LEIXÕES – Beto; Vasco Fernandes, Joel, Elvis e Laranjeiro; Roberto Sousa, Bruno China e Hugo Morais; Braga (Chumbinho, 80 m), Wesley (Sandro, 87 m) e Diogo Valente (José Manuel, 57 m).
Ao intervalo: 1-1
Golos: 1-0, Wesley (35 m); 1-1, Rogério Matias (44 m); 1-2, Bruno China (67 m).
Resultado final: 1-2
Cartão amarelo a Miguel Lopes, André Vilas Boas, Laranjeiro, Elvis, Hugo Morais, Roberto Sousa, Bruno China, Ronaldo, Semedo e Mateus.
Cartão vermelho para Mateus.
Fonte: A Bola

Sem comentários: